Arquivo da tag: assinatura

“Podem começar a estudar porque isso é real” diz Azevêdo ao anunciar assinatura de edital com 1.000 vagas para professores

O governador João Azevêdo (PSB) anunciou para a próxima quarta-feira (17) a assinatura do edital do concurso público para a Educação estadual, com 1.000 vagas para professores.

Segundo o governador, o concurso, que fez parte do seu programa de campanha, será o primeiro de quatro, já que seu objetivo é lançar a cada ano de governo um edital com 1.000 vagas para a área.

“Dentro daquilo que foi promessa de campanha e nós estabelecemos no nosso governo que é nos 4 anos de governo termos concurso para mil professores a cada ano. Então na próxima quarta-feira nós lançaremos o primeiro. Podem começar a estudar porque isso é real, não é promessa não, é realidade” destacou.

As vagas serão divididas da seguinte forma:

72 para Artes

150 para Biologia

68 para Educação Física

56 para Filosofia

47 para Física

72 para Geografia

78 para História

18 para Língua Espanhola

71 para língua Inglesa

195 para Língua Portuguesa

199 para Matemática

28 para Química e

6 para Sociologia

A informação repercutiu durante o programa Fala Governador desta segunda-feira (15).

PB Agora

 

 

 

CPI da Telefonia Móvel quer investigar banda larga e tv por assinatura

cpi-telefoniaA Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga danos causados aos consumidores paraibanos pelas operadoras de telefonia móvel realizou, nesta segunda-feira (5), a 32ª sessão pública onde foi apresentado um requerimento para estender as investigações para telefonia fixa, internet banda larga e tv por assinatura e prorrogando a atuação da CPI por até 120 dias.

Estavam presentes na sessão desta segunda o presidente João Gonçalves, o relator Bosco Carneiro, os deputados Janduhy Carneiro e Ricardo Barbosa, além do procurador da ALPB, Adalberto Falcão.

Para o relator Bosco Carneiro, ampliar as áreas de investigação da comissão tem por objetivo averiguar todos os indícios de irregularidades encontrados com as empresas de telefonia móvel aos demais setores. “Temos indícios fortes de sonegação fiscal, desrespeito a legislação ambiental, violação do patrimônio histórico e descumprimento do compromisso de universalizar e ampliar a telefonia móvel e fixa. Queremos agora outras linhas de investigação para verificar se as empresas que fornecem esses serviços também estão desrespeitando a legislação e prejudicando o consumidor”, detalhou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O deputado Ricardo Barbosa destacou o andamento da CPI, os avanços e aprendizados que todos os parlamentares tem acumulado com as investigações e solicitou que os trabalhos da comissão se encerram até o final do ano.

Durante a sessão ainda foram apresentados outros três requerimentos: um encaminhando uma notificação para que as empresas de telefonia móvel manifestem o desejo para a elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com disponibilidade de investimento e a contrapartida social.

O segundo requerimento é para solicitar da Secretaria de Educação funcionários e viaturas para inspecionar as escolas que a operadora Vivo já oferta internet gratuita a esses educandários. Por fim, o último requerimento é para solicitar da Sudema viatura e fiscal com conhecimento técnico em antenas para fazer teste e mensurar se os serviços oferecidos condizem com o que as operadoras fornecem.

Aliado de RC em Guarabira detona atitude dos deputados Raniery e Camila por assinatura na CPI do Empreender

deputadosAliado do governador Ricardo Coutinho (PSB), o empresário guarabirense Gilson Cândido que também é Diretor da UPA da capital do brejo, se mostrou revoltado com a posição dos deputados de Guarabira, Raniery Paulino e Camila Toscano, em assinar um pedido de CPI na Assembleia Legislativa da Paraíba para investigar a liberação de empréstimos do Empreender PB.

Gilson usou sua conta na rede social facebook para alfinetar os conterrâneos.

“Lamentável a postura dos deputados Camila e Raniery em se posicionarem contrários ao maior programa de incentivo a pequenos empreendedores na Paraíba”, disse.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Em seguida o empresário bateu forte ao afirmar que as famílias dos deputados – Paulinos e Toscanos – governaram Guarabira por cerca de 40 anos e nunca criaram programas de incentivo ao emprego. “Os mesmos representam na AL grupos que governam Guarabira a mais de quarenta anos e nunca foram capazes de criar nada para incentivar a geração de emprego e renda na cidade”, alfinetou o empresário ao Expressopb.

Cândido enalteceu o programa Empreender do Governo do Estado. “O Empreender que no último sábado liberou mais de um milhão de reais para pequenos empreendedores de Guarabira e região beneficiando diretamente cerca de duzentas famílias”.

Ao final da postagem o empresário colocou as duas principais famílias políticas de Guarabira no mesmo patamar: “Os Paulino e Toscano provando serem um só por suas atitudes”, finalizou.

PB Agora

Paraíba tem mais de 150 mil domicílios com TV por assinatura

tvO Brasil fechou junho de 2014 com 18,97 milhões de assinantes de TV paga. Na Paraíba são mais de 150 mil.

No mês, de cada cem domicílios brasileiros, 29,02 possuíam o serviço, segundo o indicador “Densidade dos Serviços de TV por Assinatura”, que é a relação percentual entre o número de assinaturas e o número de domicílios estimado a partir dos dados publicados pelo IBGE, em sua Síntese de Indicadores Sociais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na Paraíba são 150.079 assinantes.

Veja abaixo o número de assinantes e a densidade dos serviços de TV por assinatura em junho de 2014 no Nordeste.

MaisPB 

O Brasil terá novas regras para telefonias fixa e móvel, internet e TVs por assinatura

Fotos-de-Contrate-servicos-de-Tv-a-cabo-Internet-e-telefone-Atendimento-a-domicilio-GrandeO Brasil terá novas regras para telefonias fixa e móvel, internet e TVs por assinatura em 120 dias. Com a aprovação do Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC), em portaria publicada ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Diário Oficial da União, direitos e garantias dos usuários desses serviços serão ampliados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entre os benefícios previstos estão facilidades para o cancelamento dos serviços, a pedido do cliente. O bloqueio passará a ser feito de forma mais automática e com prazo máximo de dois dias para a conclusão, podendo ser feito por meio de ligação telefônica, pela internet ou pelos terminais.

Caso a ligação feita com a operadora caia, caberá à própria empresa fazer o retorno. Lojas associadas às operadoras passarão a ter, também como atribuição, o cancelamento de contas. Além disso, caberá a esses estabelecimentos fazer atendimento aos clientes que buscam resolver problemas na conta, bem como a fazer o registro de reclamações.

As novas regras fixam uma validade mínima de 30 dias para os créditos das contas pré-pagas. Caberá às empresas informar aos clientes pré-pagos a data de expiração dos créditos e, aos pós-pagos, que os limites de serviços de mensagem (SMS) e internet móvel estão próximos de atingir os limites previstos no plano contratado.

Portal Correio

Em Bananeiras, RC abre mais vagas do Habilitação Social e faz assinatura simbólica da MP que perdoa dívidas para motos

habilitacao-socialAo lançar nesta segunda-feira (6), em Bananeiras, a segunda fase do Programa de Habilitação Social, quando serão abertas três mil novas vagas de acesso gratuito à Carteira Nacional de Habilitação para pessoas carentes, o governador Ricardo Coutinho aproveitará para fazer a assinatura simbólica da Medida Provisória que trata da remissão do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de motos de até 150 cilindradas. A solenidade será realizada às 10h, no Espaço Cultural Oscar de Castro (R. Monsenhor José Pereira Diniz).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Já oficialmente assinada pelo governador, a MP 215 foi publicada no Diário Oficial, no dia 30 de dezembro de 2013, e está em vigência. Ela perdoa as dívidas de IPVA de motos de até 150 cilindradas. Se algum proprietário estiver com emplacamento atrasado, bastará pagar o IPVA de 2014 e terá os débitos relativos aos exercícios anteriores perdoados. Não serão perdoadas, entretanto, multas por infração de trânsito.

 

Em texto enviado à Assembleia Legislativa, o governador falou sobre o objetivo da medida: “Esta Medida Provisória pretende oportunizar aos proprietários dos veículos descritos na referida norma a regularização de pendências tributárias registradas em seu nome. De modo geral, considerando que tais veículos estão em poder de pessoas com menor poder aquisitivo, o benefício proposto atingirá parcela vulnerável da sociedade. Sendo, portanto, de relevante cunho social”, afirmou Ricardo Coutinho.

 

Habilitacão Social – Trata-se de um programa social de formação, qualificação e habilitação profissional de condutores de veículos automotores, cuja finalidade é possibilitar o acesso das pessoas de baixo poder aquisitivo, gratuitamente, à obtenção de Autorização para Condução de Ciclomotores (ACC) e da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A ou B, na hipótese de adição de categoria A ou B, bem como na mudança de categorias para C, D ou E.

 

O programa dispensa o candidato à CNH do pagamento das taxas relativas aos exames de aptidão física e mental; das taxas na adição de categoria; das taxas na mudança de categoria; do pagamento da Licença para Aprendizado de Direção Veicular (LADV); das taxas para Permissão para dirigir A ou B e do pagamento de taxas para realização dos cursos teórico-técnicos e de prática de direção veicular.

 

De acordo com o regulamento do Programa, 80% das vagas serão para candidatos à obtenção da primeira CNH e 20% para os candidatos à mudança categoria.

 

As vagas destinadas aos candidatos que se inscreverem para a primeira habilitação serão subdivididas em 70% para a categoria A (motos) e 30% para a categoria B (carros).

 

Pelo programa, os candidatos que tiram a CNH na categoria “A” (motociclistas) recebem um capacete, como forma de incentivo ao uso do equipamento de segurança.

Seleção – A seleção dos beneficiários do Programa será precedida de inscrição dos candidatos através do site www.habilitacaosocial.pb.gov.br, nos termos previstos no edital.

 

A divulgação dos resultados será publicada no Diário Oficial do Estado e no site www.habilitacaosocial.pb.gov.br.

Secom PB

Juiz denuncia que teve assinatura falsificada dentro de fórum da Paraíba

delegaciaO juiz de direito da comarca da cidade de Picuí, no Curimataú paraibano, Mário Lúcio, prestou queixa na delegacia regional da Polícia Civil, nesta sexta-feira (19), comunicando que sua assinatura foi falsificada em oito processos judiciais. O crime teria ocorrido dentro do fórum da cidade.

De acordo com o delegado regional João Joaldo, o magistrado constatou a fraude nas assinaturas concernentes a processos envolvendo empréstimos consignados. “O juiz trouxe cópias originais de oito processos e dá pra constatar uma falsificação grosseira nas assinaturas”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O delegado revelou que os documentos serão submetidos a exames grafotécnicos no Instituto de Polícia Científica (IPC) de Campina Grande, na próxima segunda-feira (22). “Os documentos serão periciados para constatar cientificamente se houve a fraude. Vou designar um delegado especial que vai investigar para saber quem foi o responsável pelas falsificações. Um inquérito policial será instaurado”.

No final de março deste ano, o Jornal Valor Econômico de São Paulo denunciou que a Paraíba estava entre os sete estados envolvidos numa verdadeira indústria de liminares possibilitando calotes em bancos que oferecem crédito consignado ao setor público, a exemplo da Marinha, Aeronáutica, INSS, governos estaduais e prefeituras municipais.

De acordo com a publicação, na Paraíba, as cidades de Picuí e Barra de Santa de Rosa seriam o epicentro da fraude. À época, Mário Lúcio era o juiz responsável pelas duas cidades. Picuí recebeu mais de 5 mil ações revisionais de empréstimo consignado nos últimos dois anos.

Em entrevista a imprensa paulista, o juiz Mário Araújo confirma que concedeu “diversas liminares” para suspender o pagamento de parcelas do consignado, mas fala que derrubou as decisões ao verificar que os fatos “não correspondiam” ao que era sustentado no processo. O magistrado revelou que “não tem conhecimento de fraude”, mas que “pode até ter sido enganado por advogados”.

 

 

Hyldo Pereira

Band acusa Globo de concentrar mercado de TV por assinatura

band_globoNa última quarta-feira (20/3), o vice-presidente de canais pagos da Band, Paulo Saad Jafet, criticou a nova lei de TV por assinatura por ampliar o acesso de novos canais, mas manter uma “distorção do mercado”, informou o blog Daniel Castro, do R7.
Segundo Jafet, essa distorção se deve ao fato de a Globosat, programadora de canais pagos da Globo, deter um terço dos custos de programação das operadoras, devido uma “interação histórica” com essas empresas – incluindo participação acionária e direito de veto a canais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Canais estrangeiros, de acordo com o executivo, ficam com outra boa fatia das verbas. “É muito difícil fazer uma canal de TV por assinatura”, diz. “A equação econômica não foi resolvida. A concentração permanece. Deveria haver uma legislação que ampliasse a concorrência.”
Jafet afirma que novos canais de TV por assinatura tiveram de aceitar uma remuneração quase simbólica para poderem operar – alguns dos quais, recebendo apenas um centavo por assinante.
“Consigo aceitar uma remuneração [baixa] porque tenho uma economia de escala”, explica Jafet, referindo-se ao fato de a Band ser um grupo com atuação em diferentes áreas.
Apesar das dificuldades, a empresa se prepara para lançar três novos canais.
Portal IMPRENSA

Dinheiro do vale-cultura poderá ser investido em TV por assinatura, diz ministra

Nesta terça-feira (26/2), a ministra da Cultura, Marta Suplicy, surpreendeu e anunciou uma novidade em relação ao vale-cultura, benefício de R$ 50 promovido pelo governo para o consumo de atividades culturais em todo o território nacional. O dinheiro do vale também poderá ser usado para o pagamento de mensalidades de TV por assinatura, noticiou O Globo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Crédito:Agência Brasil
Ministra diz qu cale-cultura pode ser usada para TV por assinatura
O decreto que regulamenta o vale-cultura deve ser assinado pela presidente Dilma Rousseff ainda nesta semana. Mas, segundo Marta, o que a presidente assinará é apenas um “documento bem genérico”. O documento “completo” será redigido até junho, data em que o benefício poderá entrar em vigor.
“Não há dúvidas de que esse benefício só poderá ser usado em estabelecimentos majoritariamente culturais. Então, ele vai funcionar em cinemas, teatros, casas de shows, museus, livrarias, para a compra de revistas e periódicos e para a assinatura de TV a cabo”, anuncia Marta.
Com o benefício, o número de assinantes de TV a cabo deve aumentar. Net e Sky, por exemplo, oferecem pacotes de TV por valores que oscilam entre R$ 39,90 e R$ 59,90, ou seja, é bem possível que esses valores sejam quitados ou completados usando o benefício do vale-cultura.
Portal IMPRENSA

Estações Digitais de JP vão virar ponto de acesso para assinatura do abaixo-assinado do SOS Seca PB

sosA Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) firmou parceria nesta quarta-feira (23) com a Assembleia Legislativa da Paraíba (AL-PB) para participar da campanha ‘SOS Seca’. Por meio da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (Secitec), o Governo Municipal vai disponibilizar o acesso gratuito à população nas 38 Estações Digitais mantidas pela secretaria para assinatura do abaixo-assinado que será levado à Presidência da República.

A parceria foi firmada durante uma reunião entre a secretária da Secitec, Marly Lúcio, e o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar da Seca na AL-PB, Assis Quintans. “A orientação do prefeito Luciano Cartaxo é que a Prefeitura contribua com a campanha, ajudando na divulgação e na adesão do maior número de pessoas. O prefeito tem o entendimento que esse é um movimento de interesse todos os paraibanos e que a Prefeitura da Capital tem o dever de ser parceira nessa iniciativa”, explicou a secretária.

Para isso, a Prefeitura está disponibilizando a estrutura dos seus 38 telecentros para que a população possa ter acesso ao documento e realizar a assinatura do abaixo-assinado por meio da internet. Os educadores digitais que atuam nesses espaços serão orientados a auxiliar as pessoas que quiserem aderir ao movimento, explicando a importância da campanha e de como a participação popular é essencial para a busca de melhorias para nosso Estado e nossa cidade.

“A campanha tem tudo a ver com a missão das nossas Estações Digitais, que é servir de espaços para a inclusão social e o exercício da cidadania, através do uso das novas tecnologias”, ressaltou Marly Lúcio.

Parceria – Para o deputado Assis Quintans, a participação da Prefeitura é essencial para incentivar a campanha e conseguir a adesão popular na busca por ações mais efetivas no enfrentamento ao problema. “Queremos chamar a atenção das autoridades federais para o Nordeste e não podemos fazer isso sozinhos. Precisamos que o nosso povo se mobilize. A seca sempre vai existir, mas precisamos de ações mais concretas para a região do semiárido”, comentou.

Apoio – Sobre a parceria, Quintans destacou que os parlamentares já esperavam contar com o apoio da PMJP e avaliou que o mesmo apoio deve ser estendido a outras pastas do município. “Não é surpresa esse gesto do prefeito Luciano Cartaxo. Quero agradecer em nome dos 36 deputados por essa atitude, que irá fortalecer essa luta que é de todas as regiões do nosso Estado”, frisou.

O objetivo do abaixo-assinado organizado pela Assembleia Legislativa é reforçar, junto às autoridades federais e estaduais, a ‘Carta da Paraíba’, documento oficial da campanha e fruto da ‘Caravana da Seca’, realizada pelos deputados estaduais no mês de dezembro de 2012. Desse modo, os parlamentares esperam conseguir ações continuadas para lidar com a problemática da seca no Estado.

MaisPB com SecomJP