Arquivo da tag: assalto

Funcionário de empresa simula assalto e é preso por policiais civis e militares de Guarabira

presoO funcionário de uma empresa localizada  no bairro São José, em Guarabira, foi preso por policiais civis e militares na tarde desta quarta-feira (22), logo depois de simular que teria sido vítima de um  assalto e que teriam sido roubados dele R$ 2.305 em espécie. O trabalho das polícias teve início quando a guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) foi informada, através do Copom, de um assalto que teria sido praticado próximo à UPA.

A guarnição do Comando, junto com o Núcleo de Inteligência do 4º BPM e policiais civis do GTE se deslocou até onde teria acontecido o assalto, mas no local as pessoas não souberam dar informações e disseram não ter presenciado nenhuma ocorrência desse tipo nas proximidades.

Os policiais localizaram, através do gerente, o funcionário da empresa que teria sido vítima do assalto. Ele informou que tinha sido abordado por dois homens em uma moto e que eles tinham levado o dinheiro da empresa que estava com ele, fugindo em seguida.

Os policiais solicitaram ao gerente que levasse o funcionário até a delegacia para registrar a ocorrência. Diante dos questionamentos feitos pelos policiais, o funcionário da empresa caiu em contradição e acabou confessando que teria simulado o assalto porque estava com problemas financeiros.

O dinheiro, segundo ele, estava guardado na casa da sua avó, no bairro Nordeste I, e foi encontrado pelos policiais. O acusado tem 23 anos de idade e foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mulher é baleada e jovens são agredidos em assalto a ônibus

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Uma mulher, de 53 anos, foi baleada durante um assalto em um ônibus de transporte público de João Pessoa na noite de domingo (19), quando o veículo passava pela Avenida Beira-Rio, no bairro da Torre, na capital paraibana. Segundo informações da polícia, a vítima foi baleada em um assalto no ônibus da linha Castelo Branco. Outras duas pessoas, dois adolescentes, ambos de 16 anos, também ficaram feridos no assalto após serem agredidos com coronhadas.

De acordo com a polícia, dois homens e uma mulher entraram no ônibus e anunciaram o assalto. No momento em que começou a tomar os pertences dos passageiros, a mulher de 53 anos tentou correr e acabou sendo baleada. Após balear a passageira e agredir os dois adolescentes, os suspeitos fugiram levando os objetos das vítimas do arrastão.

Os três passageiros feridos no assalto foram socorridos por uma ambulância do Samu e pela Polícia Militar, e encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Conforme boletim médico divulgado pela unidade no início da manhã desta segunda-feira (20), o estado de saúde da mulher era considerado regular.

Os dois adolescentes passaram por procedimentos médicos de emergência e apenas um segue internado em estado regular. O outro jovem, de 16 anos, foi atendido no hospital e recebeu alta médica por volta das 23h20 ainda do domingo (19).

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mulher baleada em assalto a ônibus morre no hospital, em João Pessoa

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Morreu, no início da tarde desta quinta-feira (9), a mulher de 42 anos que foi baleada durante um assalto em um ônibus de transporte público, no bairro do Jardim Planalto, na Zona Oeste, em João Pessoa, na noite de quarta-feira (8). A informação foi confirmada pelo Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde ela foi submetida a procedimentos médicos de emergência. O adolescente de 16 anos que também ficou ferido segue internado em estado grave.

O crime aconteceu em um ônibus da linha 110. Segundo informações de uma das vítimas, três homens que seguiam no ônibus anunciaram o assalto para os demais passageiros por volta das 21h, quando o veículo passava pela via de Acesso Oeste.

Antes do assalto, quando o ônibus ainda estava na Lagoa do Parque Solon de Lucena, no Centro de João Pessoa, o motorista havia percebido a movimentação estranha do trio dentro do veículo e chegou a perguntar ao passageiro se ele conhecia os três. “Eles ficaram rondando dentro do ônibus ainda na Lagoa. O motorista me perguntou se eu conhecia, mas eu disse que não, e ele seguiu o trajeto”, completou o passageiro que não se identificou.

Ainda de acordo com a vítima, que não quis ser identificada, os assaltantes agrediram os passageiros e acabaram atirando contra dois deles durante o roubo. “Foram muito agressivos, não esperavam nem as pessoas entregarem os pertences que já começavam a bater. Teve gente que apanhou na cara, outro que levou coronhada. E no final, atiraram em uma mulher e em um rapaz”, relatou.

Após os disparos, os suspeitos fugiram a pé do ônibus. Os dois baleados foram socorridos pelo Samu e pela Polícia Militar e encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Agricultor é feito refém e espancado durante tentativa de assalto em Serraria

sireneUm agricultor de 53 anos de idade foi vítima de uma tentativa de roubo no Sítio Laranjeiras, município de Serraria, nesta quarta-feira (01).

Durante o fato, ele foi feito refém e espancado pelos autores do crime. Por volta das 18h15, policiais de plantão foram acionados para atender a ocorrência e, segundo as informações repassadas, dois indivíduos encapuzados com camisa na cabeça e armados com uma armas de fogo, estavam no sítio, com uma vítima, sendo mantida como refém.

O agricultor teria reconhecido um dos acusados, que o atingiu com uma coronhada na cabeça. A vítima foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Os acusados foram localizados logo em seguida pelo grupo de Inteligência e agentes de investigações, em frente a casa deles.

Compareceu ao local da ocorrência as guarnições das viaturas 6179, 6886 (ROTAM), e grupo de inteligência, que efetuaram a condução dos envolvidos até a delegacia de Solânea para as providências cabíveis.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Grupo espanca agricultores por não achar dinheiro em assalto em Esperança

sireneHomens armados assaltaram e espancaram agricultores no sítio Lagoa Verde, zona rural de Esperança, no Agreste paraibano. O crime foi registrado pela Centro de Operações Policiais (Ciop), por volta das 20h de quarta-feira (22).

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos chegaram atirando na porta de uma residência e renderam os moradores. Como não acharam dinheiro no local, bateram nas vítimas e amarram o dono da casa e a mulher. Os criminosos roubaram ainda três aparelhos celulares.

Em seguida, levaram os moradores amarrados a outra residência. Lá praticaram a mesma ação e como o morador da casa também não tinha dinheiro, espancaram o homem e fugiram logo depois. A polícia foi acionada, mas até as 9h20 desta quarta-feira (23), nenhum suspeito havia sido encontrado.

O segundo morador que foi espancando pelos criminosos teve lesões mais graves e precisou ser levado ao hospital municipal de Esperança.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Idoso e três crianças são presos em banheiro durante assalto em Solânea

sireneUm comerciante de 73 anos e três crianças viveram momentos de terror nessa quinta-feira (16), em Solânea. Eles foram presos em um banheiro por três bandidos armados, que assaltaram a casa do idoso.

De acordo com a vítima, que é um comerciante conhecido na cidade, dois homens e uma mulher chegaram em sua residência interessados em adquirir terrenos à venda. Após alguns instantes de conversa os indivíduos anunciaram o roubo, apresentaram as armas e os detiveram trancados em um banheiro. Logo em seguida, após revirarem todos os cômodos da residência, fugiram com destino ignorado tranquilamente levando dois aparelhos celulares, um notebook, algumas escrituras de imóveis e terrenos e a quantia de R$ 5.000,00.

A vítima relatou ainda que uma semana atrás havia sido furtado da sua casa um revólver de sua propriedade, o qual não tem suspeita de quem poderia ter sido.

Compareceu ao local a guarnição da viatura 6932, que orientou a vítima a procurar a delegacia local para prestar melhores esclarecimentos no intuito de ajudar a elucidar o ocorrido.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cinco mil pessoas se despedem de jovem assassinada a tiro durante assalto na Capital

Foto: Cláudio Costa
Foto: Cláudio Costa

Cerca de cinco mil pessoas se despediram no final da tarde desta quinta-feira (16) da estudante Meirylane Thaís, 19 anos assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15), no centro de João Pessoa. O velório da estudante aconteceu durante toda a tarde desta quinta-feira (16) na Central de Velório Rosa Master, no centro de Itabaiana.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, além de diversos militares participaram do velório.

Ao conceder entrevista à Imprensa, o coronel Euller Chaves disse que não está descartada qualquer hipótese para explicar o assassinato da estudante.

A polícia já está de posse das imagens feitas para câmeras da rua onde o crime aconteceu e que já estão sendo analisadas.

Sobre o crime Meirylane Thaís,que cursava o 2º período do Curso de Biomedicina de uma universidade particular de João Pessoa, foi assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15) no centro de João Pessoa.

O tenente Santana, da Força Tática do 1º Batalhão, contou ao repórter Washington Luiz do Sistema Arapuan de Comunicação que jovem, que tinha 19 anos, caminhava pela Rua Barreto Sobrinho e na esquina com a Rua Adelino Cunha, no bairro de Tambiá, ele foi abordada por dois homens de moto.

Um dos homens, sacou de uma arma, anunciou o assalto e exigiu que a universitária entregasse a bolsa. Ele fez como o bandido mandou e logo em seguida, ele exigiu ela entregasse também relógio.

Nervosa, a estudante demorou a tirar o relógio e nesse momento o homem disparou um tiro acertando a cabeça da estudante que morreu no local. Logo em seguida, os bandidos fugiram levando apenas a bolsa da universitária.

O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi chamado apenas para constatar o óbito.

Paulo Cosme\Cláudio Costa\Esteniel Vieira

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Universitária reage a assalto e é morta perto de faculdade em João Pessoa

(Foto: Phillipe Xavier/Jornal da Paraíba)
(Foto: Phillipe Xavier/Jornal da Paraíba)

Uma universitária de 19 anos foi morta após reagir à abordagem de um assaltante, na noite desta quarta-feira (15), no bairro de Tambiá, em João Pessoa. De acordo com o tenente Ítalo Santana, da Polícia Militar, a jovem estava perto da faculdade particular onde estuda quando foi rendida por dois homens em uma moto. Nervosa, ela resistiu a entregar a bolsa, e um dos assaltantes atirou. O disparo atingiu o ouvido da jovem e ela morreu no local.

O crime aconteceu na esquina da Rua Deputado Barreto Sobrinho com a Avelino Cunha. De acordo com o tenente Santana, ela chegou de Itabaiana, onde mora, e estava indo lanchar com uma amiga antes de assistir à aula. A amiga, no entanto, percebeu a movimentação e conseguiu correr.

A dupla conseguiu levar a bolsa e o celular da universitária. A polícia verificou sinais de que os criminosos também tentaram levar o relógio dela, mas não conseguiram. A universitária cursava o segundo período de biomedicina na faculdade.

Os policiais continuam no local do crime, buscam câmeras que possam ter registrado o crime na região e fazem busca na região para tentar prender o criminoso. Até as 19h30, nenhum suspeito foi encontrado.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Idoso reage a assalto e baleia jovem suspeito na cabeça na PB, diz PM

sireneUm idoso de 60 anos reagiu a um assalto e baleou um jovem de 18 anos suspeito de tentar invadir a casa dele no Sítio Floriano, na zona rural de Lagoa Seca, no Agreste paraibano. O caso aconteceu na noite da quarta-feira (1°). Segundo a Polícia Civil, o homem confessou que atirou ao perceber que o rapaz tentava abrir a porta da residência.

Ainda conforme a polícia, o idoso afirmou que estava em casa quando quatro homens chegaram e tentaram invadir o local. Ele disse aos policiais que tinha um revólver em casa, atirou em direção as quatro pessoas e atingiu o jovem de 18 anos. Os outros três fugiram em motocicletas, segundo a polícia.

O próprio idoso acionou a Polícia Militar e contou o que tinha acontecido. Ele foi detido e levado para o Distrito de Segurança Pública (Disp) em Campina Grande, onde foi autuado, mas pagou fiança de R$ 450 e acabou sendo liberado.

O jovem baleado foi socorrido e deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande às 22h22. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, ele seguia internado na manhã desta quinta-feira (2) e o estado de saúde é considerado grave.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Suspeitos são presos após assalto a agência dos Correios de Lagoa de Dentro

sireneCinco pessoas foram presas suspeitas de assaltar a agência dos Correios de Lagoa de Dentro, no Brejo paraibano, nesta terça-feira (31). Os suspeitos e o carro usado na ação criminosa foram encaminhados para a sede da Polícia Federal em João Pessoa. Dois envolvidos ainda estão foragidos.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Alberto Filho, dois homens chegaram na agência por volta das 10h30 (horário local), agindo como clientes. Foi quando um deles sacou uma arma e pediu que todas as pessoas que estavam dentro do estabelecimento ficassem em silêncio. Em seguida, a dupla foi até o caixa e roubou uma quantia em dinheiro. Na saída, os criminosos ameaçaram as pessoas e saíram da local pela porta da frente. Eles ainda roubaram a arma do vigilante do local.

Ainda conforme o capitão Alberto Filho, uma viatura da polícia estava próxima à agência no momento do crime, mas os policiais que estavam no veículo não perceberam nada.

Após ligações anônimas, os policiais localizaram o veículo usado pelos criminosos na estrada que liga o município de Lagoa de Dentro à cidade de Pedro Régis. A viatura da PM foi até o local e chegou a perseguir os suspeitos, que abandonaram o carro na zona rural, fugindo a pé pelo matagal.

Uma mulher foi localizada por policiais dentro da casa em um sítio e dois homens foram capturados e presos na mata, sendo que um deles estava portando a arma roubada do vigilante.

No início da tarde, novas ligações anônimas apontaram onde estavam mais dois envolvidos, na cidade de Pedro Régis. Eles foram presos dentro de um carro que faz transporte alternativo entre os municípios. O motorista do veículo também foi detido, sob suspeita de ajudar na fuga dos criminosos. Entretanto, com a dupla não foram encontrados dinheiro roubado ou armas.

Segundo o capitão da Polícia Militar, no depoimento os dois últimos detidos informaram que mais duas pessoas estavam envolvidas no assalto à agência e um deles seria um menor de idade da cidade de João Pessoa. Até as 16h10, os suspeitos ainda continuavam foragidos.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br