Arquivo da tag: assaltante

Assaltante tomba com caminhonete roubada após fugir de fiscalização da PRF e acaba preso; assista

caminhonete-tombaA Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma caminhonete tomada de assalto em Natal (RN) e prendeu o assaltante, no final da tarde de ontem (26), na BR 101, em Mamanguape, Zona da Mata Norte da Paraíba, após o criminoso tombar com o veículo depois de tentativa de fuga.

Os policiais rodoviários federais deram sinal de parada para que o motorista de uma pick up L 200 parasse em uma fiscalização de rotina. Só que, quando o condutor percebeu que seria parado, acelerou o veículo para cima dos agentes da PRF, que tiveram que correr para não serem atropelados. No mesmo instante os policiais embarcaram em um carro da PRF e deram início à interceptação da caminhonete.

Durante a fuga o motorista desviou para a via lateral e, em seguida, perdeu o controle e tombou o veículo. O suspeito saiu do carro e saiu correndo para o outro lado da rodovia onde existe um loteamento. A equipe da PRF chegou logo em seguida e dois PRFs saíram em busca do foragido, que acabou sendo encontrado dentro de um imóvel abandonado, onde foi dominado e preso. Uma adolescente estava com o suspeito na caminhoneta e foi apreendida. A pick up foi tomada de assalto na cidade de Natal na mesma tarde e, segundo o preso, seria entregue em João Pessoa.

O suspeito de ter roubado o veículo, que também responde pelo crime de homicídio, foi encaminhado junto com a adolescente para a Delegacia da Polícia Civil.

Comunicação Social PRF/PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Policiais da RP e ROTAM da 7° CIPM de Solânea prende mais um assaltante

tiago-candido-silvestrePoliciais da RP e ROTAM da 7° CIPM de Solânea prenderam na madrugada deste Domingo (24) mas um assaltante de nome Tiago Cândido Silvestre, o mesmo acusado de vários roubos a motos e a pessoas, também acusado de prática de arrastão na cidade Bananeiras, Solânea e Arara, inclusive ao posto de combustível com a participação de “jaja” que já se encontra preso. Os mesmos envolvidos na morte do senhor Orlando.

Com o Tiago foi apreendido uma pistola ponto 40 e uma motocicleta com restrição de roubo.

 

 

Redação/Tv Web Cidade

 

13815154_1047613595328874_208708784_n

 

13820909_1047613571995543_1434163258_n

Assaltante faz refém e rouba pacientes e funcionários em clínica na Paraíba

(Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Uma clínica médica no bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa, foi alvo de assalto na manhã desta quarta-feira (13). Conforme relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), um homem armado rendeu pacientes e funcionários da clínica, recolheu celulares, relógios e jóias, e fugiu em seguida. Segundo relatos de testemunhas, no momento do assalto o estabelecimento tinha pelo menos 30 pacientes, além dos funcionários, que também foram assaltados. Antes da fuga, o assaltante chegou a fazer uma nutricionista refém.

Uma das funcionárias, que pediu para não ser identificada, detalhou a ação do criminoso. Ela explicou que ele chegou à clínica ainda cedo, como paciente, esperou que o movimento de pessoas aumentar para só então anunciar o assalto. “Ele entrou primeiro no consultório de uma nutricionista, aí ele rendeu logo ela com uma paciente na sala. Levou um celular dela, aliança. Levou objetos das duas, depois veio com elas abordando os outros na recepção”, comentou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A funcionária comentou que o assaltante estava nervoso, mas não chegou a agredir nenhuma das vítimas. “A minha vontade era só que ele saísse dali, que levasse os bens materiais, mas que saísse, porque eu vi a hora ele fazer uma besteira, porque estava muito nervoso. Tinha umas 30 pessoas, pacientes aguardando, fora os funcionários, porque ele também levou celular de funcionário”, explicou.

O marido de uma das vítimas flagrou o momento em que o assaltante arrastou a nutricionista como refém para o lado de fora da clínica e fugiu em uma motocicleta. “Ele já vinha com a médica como refém. Ele tava muito nervoso, montou na moto foi embora. Saiu com a médica lá de dentro, mas liberou ela quando fugiu na moto”, comentou.

Uma paciente, que não foi assaltada por estar dentro de uma sala que não foi invadida pelo assaltante, destacou que a clínica contava com um segurança. A Polícia Militar foi chamada para o local, realizou buscas pelo assaltante, mas até as 12h30 desta quarta-feira, o suspeito do roubo não tinha sido preso.

 

 

G1 PB

Assaltante tem mal-estar e morre durante roubo a ônibus

Vítimas temem novas ações criminosas durante trajeto de casa para o trabalho (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)
Vítimas temem novas ações criminosas durante trajeto de casa para o trabalho (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

Em Manaus, um homem morreu na madrugada desta quinta-feira (22) enquanto assaltava passageiros de um micro-ônibus, na Zona Norte da capital. Segundo testemunhas, ele teve um mal súbito. Ainda assim, o parceiro dele levou os objetos das vítimas e, antes, exigiu que elas que retirassem o corpo do veículo.

O assalto ocorreu por volta de 2h40, na Avenida Preciosa, no bairro Monte das Oliveiras. O micro-ônibus transportava para casa dez funcionários de uma empresa de eletrônicos do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Segundo as vítimas, cinco homens armados com escopetas anunciaram o assalto no momento que o veículo parou para o desembarque de uma passageira.Três ficaram do lado de fora e dois entraram no ônibus.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Logo após anunciar o assalto e iniciar a coleta dos pertences das vítimas, um dos assaltantes caiu e morreu. O outro suspeito exigiu que as mulheres o ajudassem a retirar o corpo do veículo, mas levou objetos como bolsas, celulares e relógios. O homem desceu do ônibus e mandou o motorista seguir.

Uma das vítimas, de 26 anos, que prefere não se identificar, disse que os passageiros foram ameaçados e que uma mulher foi agredida. “Eles [suspeitos] estavam drogados e nervosos. A situação é tão absurda, que além de nos roubar, ainda exigiram que carregássemos o corpo”, acrescentou a vítima, contrariada.

Vítimas temem novas ações criminosas durante trajeto de casa para o trabalho (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)Vítimas temem novas ações criminosas durante trajeto de casa para o trabalho (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

Suspeitos
As vítimas registraram ocorrência no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e acionaram a Polícia Militar. Equipes das 26ª e 15ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) foram até o local e encontraram o corpo do homem. Dois suspeitos também foram localizados e presos pela PM. Outros dois fugiram.

No DIP, os dez passageiros e o motorista reconheceram os dois suspeitos como integrantes do bando. Segundo a Polícia Civil, eles vão prestar depoimentos e depois serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Mais assalto
A empresa Martins Rent a Car é proprietária do micro-ônibus e presta serviço de transporte para a Digitron, para quem as vítimas trabalham. Segundo a gerente geral da locadora de veículos, Lúbia Lopes, esse foi o sexto assalto ao micro-ônibus em dois meses, somente nessa rota.

“Manaus inteira sofre com essa insegurança, principalmente na madrugada. A situação é absurda. Prova disso é que em uma semana, em um mesmo local, na Cidade de Deus, fomos assaltados duas vezes pelos mesmos bandidos”, reclamou Lúbia.

G1 procurou a Digitron, mas nenhum representante da empresa quis se pronunciar sobre o caso.

Um dos homens que invadiu o micro-ônibus passou mal e morreu durante assalto (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)Um dos homens que invadiu o micro-ônibus passou mal e morreu durante assalto (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

G1

Vídeo: Delegado reage e deixa um assaltante morto e outro ferido

Na madrugada deste sábado (19), um delegado identificado como João Vitor Costa foi atacado por três assaltantes, na cidade de Goiânia. De acordo com a polícia, ele reagiu e acabou atingindo um criminosos que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Image title

Paulo Ludovico, delegado responsável pelo caso, explica que a namorada de João Vitor, que estava no veículo, teve uma arma apontada para a cabeça. “Um deles deu voz de assalto com a arma em punho e colocou na cabeça da namorada do delegado. Ela conseguiu se desvencilhar e, neste instante, o doutor João Vitor conseguiu reagir ao assalto”,disse.

O segundo criminoso foi baleado, recebeu atendimento médico e encontra-se internado em estado grave. Já o terceiro bandido conseguiu fugir do local. Toda a ação foi gravada por câmeras de segurança.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O delegado que reagiu ao assalto faz parte do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc). Na Delegacia, ele prestou depoimento e alegou legitima defesa.

Veja o vídeo abaixo!

FONTE:

  • Com informações do G1

Assaltante fere o próprio pênis durante assalto em Santa Maria

Foto: Gabriel Haesbaert / Agencia RBS
Foto: Gabriel Haesbaert / Agencia RBS

Uma ferragem que fica na Rua do Acampamento, em Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul, foi assaltada na tarde deste domingo. Um dos proprietários, que mora na parte de cima da loja, estava chegando em casa quando percebeu que haviam arrombado o estabelecimento. De acordo com o dono, havia um buraco na fachada da ferragem, em cima da vitrine, por onde o bandido entrou.

Ao entrar no local, ele se deparou com um homem armado com um revólver calibre 38. O assaltante ameaçou a vítima, a empurrou e deu um tiro no chão. Ao tentar fugir pela fachada, com os R$ 6 mil que havia roubado, o assaltante atirou no próprio pênis. Ferido, ele procurou a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e de lá foi encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria (Husm).

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O dinheiro foi recuperado, e o homem foi preso em flagrante. Ele passou por cirurgia e não corre risco de morte. Ele está no Husm sob custódia da Brigada Militar e depois será encaminhado à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm).

 

 

Zero Hora

Assaltante morre e comparsa faz criança refém ao roubar carro para fugir no RN

assaltoDois homens tentaram assaltar um depósito de gás, na noite desta terça-feira (7), um deles acabou morto e outro fugiu roubando um carro e levando uma criança como refém. A ocorrência foi registada no Alvorada 4, em Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte de Natal.
De acordo com informações repassadas pela polícia, a dupla chegou armada para assaltar o depósito de gás, no entanto, uma pessoa não identificada que passava pelo local testemunhou a ocorrência e atirou em direção aos suspeitos. Um deles, identificado como Alex Johnny Paulino Fernandes, de 20 anos, foi baleado no peito e morreu no local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O comparsa dele fugiu e roubou um Renault Clio, da cunhada de um policial civil. Ele tirou a mulher que estava dirigindo, mas fugiu com a criança que estava dentro do carro como refém. Pouco tempo depois, ele abandou o Clio com a criança dentro e roubou outro veículo para fugir.
O sargento Manaia, do 4º Batalhão da Polícia Militar, informou que Keninho, como era chamado o jovem morto, era bastante conhecido da polícia pela prática de crimes na zona Norte de Natal.
Por JH

Duas policiais de folga evitam roubo lutando contra assaltante no Sertão da Paraíba

Policiais foram ao encontro de jovem que era vítima de assalto
Policiais foram ao encontro de jovem que era vítima de assalto

Um ato heroico de duas policiais do destacamento feminino do 14º Batalhão da Polícia Militar conseguiu evitar um assalto após as mulheres entrarem em luta corporal com o assaltante na tarde dessa quarta-feira (21) no município de Cajazeiras, no Sertão do estado, a 468 de João Pessoa.

As duas policias estavam de folga e viram uma jovem sendo atacada por um assaltante em plena rua. Elas pararam o carro, se aproximaram e uma delas mandou que o assaltante soltasse a moça e deitasse no chão. Como ele não atendeu, as duas policiais foram para cima dele e lutaram com o assaltante que, conforme contaram, tinha mais de 1,80 m de altura.

“Quando chegamos, ele estava com o braço agarrado no pescoço da vítima, tentando tomar o celular. A moça reagia e já tinha rasgado a camisa dele. Por conta disso já estava cheia de hematomas fruto de agressões. Como ele não nos atendeu quando dissemos que éramos policiais e que ele largasse a moça e deitasse no chão, partimos para salvar a jovem”, contou a soldado Verônica, uma das policiais do episódio.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ela disse que foi uma reação imediata e, mesmo se não fosse policial, a decisão teria sido a mesma. “Principalmente quando as vítimas são idosos, crianças ou mulheres, a reação acontece e a gente tenta fazer alguma coisa para ajudar”, desabafou.

A soldado relatou ainda que não sabia se o assaltante estava armado, mas percebeu que ele estava com algum objeto na cintura, no entanto, a policial acredita que não era uma arma.

As duas militares estão na Polícia Militar há quase dois anos e entraram na corporação na mesma turma. Elas estavam de folga e desarmadas e se o bandido estivesse armado naquele momento, soldado Verônica acredita que todos ali estariam correndo risco. “Mesmo assim, fizemos o que achamos correto naquele momento, acho que se ele estivesse armado talvez tivesse atirado na gente”, confessou.

Policiais militares estavam de folga, mas foram tentar ajudar a vítimaFoto: Policiais militares estavam de folga, mas foram tentar ajudar a vítima
Créditos: Reprodução/ Facebook/ Roberlândia Rodrigues 

O assaltante estava de moto e ainda teria tentado fugir no veículo, mas foi impedido pelas duas policiais. Sem o celular e sem a moto, o assaltante correu a pé e ainda foi perseguido pela soldado Gilberlândia, por alguns metros, mas conseguiu fugir.

Depois do susto, a vítima agradeceu às duas heroínas que a levaram até a delegacia da cidade para que fosse prestada queixa. De acordo com a soldado Verônica, outras queixas de assalto na mesma área foram prestadas e as características do assaltante repassadas pelas vítimas são as mesmas do autor dessa tentativa frustrada.

Com as características físicas e com os dados da motocicleta apreendida, o assaltante foi identificado pela polícia. Trata-se de um adolescente de 17 anos, que fez 18 anos nesta quinta-feira (22). Ele continua foragido.

“Nós acreditamos que ele vinha praticando assaltos no local há algum tempo. Conseguimos localizar a casa da mãe dele e conhecemos uma mulher batalhadora que confessou que o filho era usuário de drogas, mas não sabia que ele estava praticando assaltos”, relatou.

Como o suspeito quando cometeu a infração ainda era menor de idade, deve responder pelo ato como menor.

 

Por Luciana Rodrigues

Bélgica recomenda ter dinheiro para assaltante no Brasil

dinheiroAs recomendações oficiais do governo da Bélgica para os cidadãos que vêm ao Brasil incluem ter um pouco de dinheiro na carteira em casos de assalto. A quantia recomendada são “algumas dezenas de reais”.

 

“Não mantenha consigo grandes somas, mas esteja pronto para dar um mínimo de dinheiro em casos de ataques (algumas dezenas de reais, somente) e esteja muito atento ao usar cartões de crédito”, diz o aviso emitido pelo Ministério de Relações Exteriores do país.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A última atualização do documento é de novembro do ano passado, mas ele aparece como ainda “válido”, na data de hoje, no site oficial.

Esta dica não chega a ser nova entre os brasileiros, dadas as informações de que alguns assaltos terminam com feridos ou mortos por que ladrões se irritaram com a falta (ou o pouco) dinheiro das vítimas.

 

Mesmo assim, quando viram recomendações oficiais, causam polêmica: a Secretaria de Segurança Pública da Bahia teve de tirar do ar no ano passado parte de suas sugestões aos moradores do estado.

 

“Carregue um pouco de dinheiro (para satisfazer o ladrão), mas poucos cartões”, dizia o site do órgão na época.

 

No caso da Bélgica, os conselhos aos viajantes – um hábito da maioria dos países, incluindo o Brasil, para garantir a integridade dos seus em outros territórios – são recheados ainda de dicas de segurança para as cidades mais visitadas, como São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

 

 

A ironia involuntária é que o aviso consta entre os itens “modos de pagamento”, dentro da aba “informações práticas”, e não na parte que fala de “segurança geral”, quando são abordados os crimes.

Exame

 

Assaltante pede desculpa e devolve pertences em Porto Alegre

bilheteUm fato inusitado chamou a atenção de uma professora que mora em um condomínio no Bairro Cristal, na Zona Sul de Porto Alegre. Depois de sua casa ter sido invadida por um assaltante, ela foi surpreendida por um bilhete manuscrito no qual o suspeito pedia desculpas pelo crime e ainda que Deus a abençoasse.

O papel estava em uma embalagem plástica junto com documentos e cartões que haviam sido levados, como mostra a reportagem desta terça-feira (26) do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com diversos erros de ortografia, o bilhete foi deixado no pátio da residência. A professora percebeu que seus pertences haviam sido devolvidos quatro dias após o crime, em 19 de março. Ela ainda teve uma televisão levada. No dia 15 de março, os assaltantes entraram na casa enquanto ela estava no banho, e depois fugiram.

“Fiquei mais de uma hora sentada com o bilhete na mão e olhando os riscos no documento.

A gente que é professora sabe que são de criança pequena. Então aqueles meus documentos estiveram na mão de uma criança. Parei para pensar: será realmente que tem uma pessoa que está num estado de desespero que faz isso porque precisa, porque não tem um trabalho, porque não tem como dar comida ao filho? E se eu tivesse descido com eles aqui dentro, o que teria acontecido?”, reflete a professora, que preferiu não se identificar.

Ela recorda do dia do furto, pouco antes das 6h do dia 15 de março. “Tomei o maior susto, não pude nem trabalhar. Fiquei mal, muito chateada porque a gente trabalha, cuida das coisas, compra muitas vezes à prestação e alguém entra e se acha no direito de pegar”, lamenta.

Logo após o assalto, a mulher bloqueou os cartões e registrou ocorrência na delegacia. O bilhete será entregue à polícia, que vai tentar identificar o suspeito do crime.

G1