Arquivo da tag: árvores

Secretaria de meio ambiente de Solânea emite comunicado sobre poda de árvores

A Secretaria de Meio Ambiente, Geotecnologia e Sustentabilidade de Solânea emitiu comunicado nesta segunda-feira, informando sobre os procedimentos a serem tomados para a poda ou corte de árvores.

Veja abaixo a nota, na íntegra.

A Secretaria de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Geotecnologia informa que a poda ou o corte de árvores em locais públicos ou particulares só é permitida com autorização da Secretaria de Meio Ambiente. Estando sujeito à multa e às sanções previstas em Lei Municipal o proprietário e/ou podador de árvores que desrespeitar as normas em vigor, arcando, inclusive, com as despesas da coleta de troncos e galhos. 

Esclarecemos ainda que podar, cortar ou danificar de qualquer modo as árvores das vias públicas, pode ser considerado crime ambiental. A Lei Federal 9605/98 (Art.49), prevê detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente, a quem “Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia”.               

Certos da compreensão de todos, nos colocamos à disposição para maiores esclarecimentos. 

Solânea, 09 de Abril de 2018. 

Ieda Pereira da Silva

Secretária de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Geotecnologia.

Fonte: ASCOM – Governo de Solânea

Projeto Social leva crianças e adolescentes a plantarem árvores em Dona Inês-PB

PlantioVárias crianças e adolescentes que participam de um Projeto Social de Escolinha de Futsal participaram na manhã deste sábado, 01 de abril, em Dona Inês, de uma Caminhada Ecológica promovida pela Associação Astro, que é responsável pela Escolinha de Futsal.

O grupo que contou com as presenças do Presidente da Associação; José de Arimateia, dos monitores da Escolinha de Futsal; Carlinhos, Paulo e Rosenildo e de outros colaboradores, saíram do Centro da Cidade e foram em caminhada até a reserva Ecológica Mata do Seró, onde fizeram o plantio de 100 mudas de árvores nativas como; ipê rosa, ipê branco, acácia e moringa. O plantio foi feito em uma área de degradação na reserva.

Para Demétrio Ferreira, Vice-Prefeito de Dona Inês, que acompanhou o grupo, “foi um momento simbólico para o início de um projeto de preservação do meio ambiente que se inicia no Município e terá a frente a Associação Astro, com seus colaboradores.” O Vice-prefeito que é um colaborador e apoiador do Projeto Social acrescentou que cuidar do meio ambiente é uma responsabilidade de todos e que é necessário que cada um faça a sua parte na preservação ambiental.

O Projeto Social Escolinha de Futsal, de responsabilidade da Associação Astro, contempla 50 alunos com idades de 10 a 17 anos, divididos em três categorias; SUB-13, SUB-15 e SUB-17. Para participar do projeto, todos os alunos devem estar regularmente matriculados na Rede Municipal de Ensino e apresentarem bom comportamento em sala de aula.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Chuva forte provoca alagamentos e queda de árvores em São Paulo

chuvaA chuva forte com granizo que atingiu a capital paulista na tarde desta quinta-feira (25) provocou alagamentos e queda de árvores. O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, chegou a ficar seis minutos fechado para pousos e decolagens. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, colocou toda a cidade em estado de atenção para alagamentos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As zonas Norte e Leste, além do Centro e da Marginal Tietê foram colocadas em estado de atenção para alagamentos a partir das 15h10. As demais regiões, as zonas Sul, Sudeste e Oeste, além da Marginal Pinheiros, entraram em atenção a partir das 15h40. Todas as regiões voltaram ao estado de observação às 17h41.

De acordo com o CGE, a chuva caiu forte com potencial para queda de granizo nos bairros de Vila Medeiros, Tucuruvi, Vila Maria e Jaçanã, na Zona Norte. Em Guarulhos, a chuva foi leve com pontos moderados. A mesma condição de chuva forte com possibilidade de queda de granizo foi observada na Zona Leste, nos bairros de Tatuapé, Mooca, Belém, Brás, Penha e Vila Carrão.

Por volta das 18h, havia apenas chuvas leve em alguns pontos da cidade.

Alagamentos
Por volta das 16h30, a capital registrava ao menos 13 pontos de alagamento, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A Avenida Vinte e Três de Maio chegou a ficar totalmente bloqueada na altura do Viaduto General Euclides de Figueiredo. Às 18h40, não havia mais pontos de alagamento ativos na cidade. No horário, havia 47 semáforos quebrados na cidade.

Árvore caiu na Rua Itacolomi nesta quinta-feira  (Foto: Reprodução/TV Globo)Árvore caiu na Rua Itacolomi nesta quinta-feira
(Foto: Reprodução/TV Globo)

Doze árvores desabaram na capital paulista até o início da noite. Uma delas bloqueou a Rua Itacolomi, em Higienópolis, região central de São Paulo, na altura da Rua Pará. Em quatro dias, houve a queda de três árvores nesta mesma via. Uma delas matou o administrador de empresas Ricardo Luiz Galvão Mendes, de 33 anos.

A Rodovia Régis Bittencourt foi temporariamente interditada em Taboão da Serra, no sentido São Paulo, devido a um ponto de alagamento. O trânsito ficou bloqueado do km 275.

E Anhanguera estava parcialmente bloqueada nos dois sentidos, na altura do km 39, em Cajamar, região metropolitana de São Paulo, devido a um alagamento, por volta das 19h15.

Regiões com chuva forte
Segundo o CGE, choveu 44,2 mm cúbicos no bairro da Mooca, na Zona Leste, na tarde quinta-feira, o maior índice registrado na capital.

Confira os bairros com maiores índices pluviométricos na sequência:
– Sé – Anhembi – 42,6mm
– Vila Maria/Vila Guilherme – 31,4mm
– Vila Mariana – 33,8mm
– Sé – CGE – 25,2mm
– Freguesia do Ò – 22,0mm
– Aricanduva/Formosa – 23,0mm
– Campo Limpo – 20,8mm

Metrô
A chuva forte fez quatro linhas de Metrô circularem com velocidade reduzida:
Linha 1 – Azul: entre as estações Tiradentes e Tucuruvi;
Linha 2 – Verde: entre as estações Alto do Ipiranga e Chácara Klabin;
Linha 3 – Vermelha: entre as estações Corinthians-Itaquera e Palmeiras-Barra Funda;
Linha 5 – Lilás do Metrô circula com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro por causa da falta de energia no trecho.

Congonhas
O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, operava apenas por instrumentos por volta das 16h45 desta quinta-feira. O aeroporto chegou a ficar fechado entre 15h42 e 15h48 por causa da chuva forte, mas não houve prejuízos para pousos e decolagens porque o movimento é tranquilo neste feriado de Natal, segundo a Infraero. As operações eram normais no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, no mesmo horário.

Rodovia Anhanguera ficou bloqueada por causa de alagamento (Foto: Reprodução/TV Globo)Rodovia Anhanguera ficou bloqueada por causa de alagamento (Foto: Reprodução/TV Globo)
Raio atinge prédio durante chuva na tarde desta quinta-feira (25) na Zona Sul de São Paulo (Foto: Marcelo Brandt/G1)Raio atinge prédio durante chuva na tarde desta quinta na Zona Sul de São Paulo (Foto: Marcelo Brandt/G1)
Este carro parou de funcionar e precisou ser empurrado (Foto: TV Globo/Reprodução)Este carro parou de funcionar e precisou ser empurrado (Foto: TV Globo/Reprodução)
Chuva na Marginal Tietê nesta quinta-feira (25) (Foto: Reprodução/TV Globo)Chuva na Marginal Tietê nesta quinta-feira (25) (Foto: Reprodução/TV Globo)
G1

Cerca de 17 mil novas árvores são plantadas em João Pessoa em 2014

(Foto: Rizemberg Felipe/Jornal da Paraíba)
(Foto: Rizemberg Felipe/Jornal da Paraíba)

Cerca de 17  mil novas árvores foram distribuídas em áreas de recuperação de João Pessoa em 2014. Ela foram plantadas distribuídas em áreas de recuperação, a exemplo do Parque Cuiá e de Jacarapé, e em áreas urbanas, que contemplam praças, canteiros centrais e calçadas residenciais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o chefe da Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar) da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Anderson Fontes, as espécies dos Ipês (roxo, rosa, amarelo ou branco) são as mais procuradas pela população para o plantio. Seguido pelo pau-brasil, oitizeiro, mangueiras e jambeiros.

Lagoa deve ser revitalizada e trânsito migrará para outros pontos do Centro (Foto: Juliana Brito/G1)Espécies precisam ser adequadas ao local
(Foto: Juliana Brito/G1)

Apesar disso, Fontes alerta que antes de plantar a nova árvore, a Semam indica qual a planta mais adequada para o local, evitando assim sua retirada no futuro. “Este ano, 63 árvores precisaram ser retiradas. Ou porque a árvore estava com algum problema na sua estrutura ou porque foi plantada em local inapropriado”, explica Fontes.

Para adquirir uma muda, a pessoa ou instituição interessada deve seguir até o Viveiro Municipal de Plantas Nativas da Prefeitura de João Pessoa, localizado no bairro Valentina Figueiredo, próximo ao Sesc Gravatá. O serviço é gratuito.

Sobre os Ipês
Ao todo existem 1.600 exemplares da espécie espalhados por toda João Pessoa. Durante a Semana da Primavera, que aconteceu em setembro deste ano, foram plantados na capital paraibana 50 novas mudas de ipês, principalmente na região do Parque Solon de Lucena.
O resultado deste trabalho começou a ser observado pela população desde novembro com a floração dos ipês roxos e rosas. Agora a expectativa está para a floração dos ipês amarelos e brancos, que devem ocorrer até o final deste mês.

 

Do G1 PB

Projeto de incentivo ao reflorestamento distribui dois mil pés de árvores em Guarabira

 

A ida dos Romeiros ao Memorial de Frei Damião em Guarabira (PB), no domingo (27), foi um momento forte porque marcou o aniversário dos 15 anos de morte do frade capuchinho e da festa de Pentecostes. O apelo em prol do reflorestamento também encontrou espaço.

O “projeto Muda”, que tem aproveitado os espaços das celebrações religiosas para motivar o gosto pelo zelo ao meio ambiente, repetiu no domingo o que vem sendo uma praxe e distribuiu dois mil pés de árvores para os fieis.

Luís Carlos, coordenador do projeto, agradeceu ao apoio recebido pela Diocese de Guarabira, a divulgação e colaboração dada pelo padre Gaspar Rafael na Romaria de Frei Damião.

Os próximos eventos devem acontecer nas cidades de Bananeiras e Solânea na semana Nacional do Meio Ambiente, no mês de junho. “Dessa vez, com o apoio das secretarias de Educação dos dois municípios, a perspectiva é que sejam distribuídas em média cinco mil mudas de diversas espécies”, acredita Luís Carlos.

O projeto vem incentivando o plantio nesta parte da região do Agreste, onde já distribuiu mais de 15 mil mudas só este ano.

Galeria de fotos

Redação/Focando a Notícia

Equipe do projeto ‘Muda’ participa de Missa em Araruna e distribui mudas de árvores

 

Projeto ‘Muda’, de iniciativa da Organização não governamental Afink, distribuiu no domingo (13) quase 2 mil mudas de árvores, após a Missa celebrada no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na “Pedra da Boca”, em Araruna, município paraibano da microrregião do Curimataú Oriental.

Durante o ato religioso, Laís, de apenas 8 anos, fez a apresentação do projeto e leu uma mensagem de pedido de socorro ao planeta, chamando a atenção de todos para a responsabilidade de plantar uma árvore.

O coordenador do projeto Muda’, Luís Carlos, ressaltou que o momento de estiagem é justamente pelo desequilíbrio da natureza causado pelo desmatamento, “por isso é necessário começar a plantar o mais rápido possível, pois já perdemos muito tempo desmatando e não devemos esperar mais”.

Agora as atenções se voltam para a realização da segunda etapa do meio ambiente que vai acontecer na primeira semana de junho.

 Galeria de fotos

Redação/Focando a Notícia

 

Alemão decora árvores de sua casa com 10 mil ovos de Páscoa

Associated Press

Desde a Páscoa de 1965, Volker Kraft, 76, decora as árvores em frente à sua casa, em Saalfeld (Alemanha). Quando ele começou, eram apenas 18 ovos em seu jardim, mas hoje já são cerca de 10 mil, multicoloridos e enfeitados com lantejoulas e até conchas do mar.

Apesar de o número ter aumentado bastante com o passar das décadas, o aposentado afirma que o crescimento contínuo termina em 2012 (já que no ano passado foram 9.800 ovos). Segundo ele, não há mais espaço.

“Eu teria que dormir com os ovos”, afirma.

A macieira de Kraft tornou-se um ponto turístico na cidade localizada no território da extinta Alemanha Oriental, e o trabalho para decorá-la é intenso. São quase duas semanas para que ele e sua família deixem tudo pronto para o feriado.

Inicialmente, usavam modelos de plástico, mas logo passaram a ovos de verdade e a outros formatos. Além de “reciclar” as unidades quebradas nas receitas de bolo, por exemplo, eles reuniram algumas habilidades para fazer a decoração prosperar.

Christa, a mulher de Kraft, já produziu mais de mil ovos em crochê. E sua filha, Gabriela Rumrich, foi criando padrões artísticos nas peças, nas cores ouro e prata. Mais tarde, foram surgindo também desenhos de animais como ratos, peixes, tartarugas, porcos e rãs. Tudo feito a mão.

Divulgação
A árvore de Páscoa multicolorida de Saalfeld, na Alemanha
A árvore de Páscoa multicolorida de Saalfeld, na Alemanha

As árvores pascais são uma tradição na Alemanha e foi justamente uma delas que inspirou Kraft. Em 1945, ainda criança, ele ficou encantado com uma decoração dessas e passou a alimentar o desejo de ter uma em sua casa.

Conhecido na cidade em que mora, Volker Kraft passou a ser conhecido pela população local como “O Homem do Ovo”.

A entrada para ver sua decoração de Páscoa é gratuita, mas ele vende ovos decorados aos visitantes por 5 euros cada.

Folha