Arquivo da tag: Artística

Lei proíbe exposição artística com teor pornográfico em espaços públicos de Campina Grande

Uma lei que proíbe a exposição artística ou cultural com teor pornográfico em espaços públicos de Campina Grande foi sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues. De acordo com a Lei nº 7.290, aprovada pela Câmara de Vereadores, fica proibida também exposições que atentem contra simbolismos religiosos. A lei, de 17 de julho de 2019, foi publicada no Semanário Oficial do domingo (8).

Conforme a lei, a proibição é para exposições artísticas que contenham teor pornográfico em fotografias, textos, desenhos, pinturas, filmes e vídeos que exponham o ato sexual ou performance com atrizes ou atores desnudos.

Ainda segundo a publicação, também estão proibidas “exposições artísticas que atentam contra elementos, objetos cultuados pelas diversas matrizes religiosas que representam o sagrado e a fé de seus seguidores”.

Multa por descumprimento da lei

O descumprimento do disposto na lei implicará em uma multa no valor de 500 Unidades Fiscais de Referência do Estado da Paraíba (UFR-PB). Para os casos de reincidência, o valor da multa será cobrado em dobro, passando de 500 UFR-PB para 1 mil UFR-PB.

Em julho deste ano, quando a lei foi aprovada na Câmara de Vereadores, o valor da UFR-PB em reais era de R$ 50,47. Atualmente, o valor da UFR-PB é de R$ 50,58. Isso significa que a multa aplicada para quem descumprir a lei será de R$ 25.290. E, nos casos de reincidências, o valor aumentará para R$ 50.580.

Estabelecimentos privados

Ainda de acordo com a lei, os estabelecimentos privados que abriguem exposições do tipo ficam obrigados a fixarem placa indicativa contendo advertência para o conteúdo da exposição, bem como a faixa etária do público alvo.

Projeto de lei apresentado em 2018

O projeto de lei com a proposta de proibir material pornográfico em exposições artísticas foi apresentado pelo vereador Sargento Neto (PRTB) em setembro de 2018 e, posteriormente, aprovada pela Câmara de Vereadores. “Não resta dúvida que a arte deve exercer seu papel crítico, expressar uma corrente de pensamento político, etc. Entretanto, os excessos devem ser coibidos”, justificou o vereador ao apresentar o projeto.

Retratação
Utilizamos a imagem da exposição Corpo-Poema para veicular esta notícia. O Ariel
Coletivo Literário e a fotógrafa Marília Cacho solicitaram a retirada da imagem por
entenderem que seu conteúdo em nada correspondia à matéria veiculada, sendo,
inclusive, extremamente ofensivo ser associada à pornografia e tendo sido utilizada sem a
permissão da autora. Atendemos prontamente à solicitação, reconhecemos o erro,
pedimos desculpas e nos retratamos do ocorrido.

Nota:
O Corpo-Poema é um projeto de desmistificação e naturalização do nu feminino. Nunca,
em nenhuma linha deste projeto, em nenhuma imagem exposta, tivemos como propósito
mostrar o corpo da mulher de forma pornográfica. Isso vai de encontro ao que propomos
e acreditamos. O Corpo-Poema trabalha a nudez feminina de forma a mostrar diferentes
facetas do ser mulher na sociedade machista e misógina em que vivemos. Literatura e
fotografia unidas em uma perspectiva feminina e feminista sobre o mundo. Já fizemos
mais de seis exposições em dois estados, na Paraíba e no Ceará, e contamos com dois
ensaios, um de 2015 e outro de 2017, são mais de vinte mulheres integrando o projeto
completamente feito por mulheres, pelo empoderamento das mulheres. Apesar de não
apresentar conteúdo sexual, nenhuma exposição foi realizada em local público aberto.

Todas foram realizadas em locais fechados, sob a curadoria dos responsáveis pelos locais.
Inclusive, na exposição atual, no Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri, com
classificação indicativa de 16+. Esperamos que a força da união feminina vivenciada
nesses ensaios reverbere naquelas (e naqueles) que conheçam o projeto, em uma
reflexão tanto sobre o machismo que oprime e mata mulheres diariamente quanto sobre
a luta, igualmente constante, das mulheres em seu direito de ser.

Criado em 2013, na cidade de Campina Grande, o Ariel Coletivo Literário é formado por
amantes da Literatura que se organizaram a partir do Facebook, inicialmente para
compartilhamento de material literário, depois agregando encontros presenciais com
muita poesia e descontração. Não cabendo mais apenas dentro de paredes e páginas
virtuais, o grupo passou a promover saraus que, para além da palavra, agregam também
música e artes visuais. Tão plural como também é a arte, o Ariel conta com um repertório
bem diversificado, desenvolvendo projetos desde os mais clássicos, aos mais inquietantes
e irreverentes. Farejadores da arte viva, o coletivo se apresenta em diferentes espaços,
como museus, bares, ruas; espaços urbanos e culturais em geral, com o intuito de
estimular uma literatura que se faça presente em nosso dia-a-dia. O Coletivo conta com
apresentações em Pernambuco, Paraíba e Ceará em festivais como o Festival de Inverno
de Garanhuns (FIG), a Festa Literária de Boqueirão (FLIBO), e a Semana da Consciência
Negra do Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB). Desde 2015, o Ariel, hoje formado
só por mulheres, desenvolve, em parceria com a fotógrafa Marília Cacho, o Projeto CorpoPoema.

G1

 

Cia. Artística Fascinart, apresentará espetáculo “Uns causos de um andarilho”, com patrocínio do FIC Augusto dos Anjos  

 

cartazA Cia. Artística Fascinart, estará em cartaz neste sábado, dia 03 de outubro, no Cine Teatro Municipal de Solânea com o seu espetáculo de teatro “Uns Causos de um Andarilho”. A apresentação terá entrada franca e conta com o patrocino do FIC – Fundo de Incentivo à Cultura do Governo de Estado da Paraíba e do Ministério da Cultura do Brasil.

A peça conta a história de Zé Curió, um vivente contador de histórias e causos, que vaga por entre solos dos mais diversos recantos deste chão “nordestinizado” de ser… É cheio de mistérios e traz a sina de ser perseguido pelo Cão Encourado e seu ajudante, o “Pilintra”. Nas suas histórias estão as marcas de um povo que outrora viveu a felicidade nos mais simples gestos da vida.  Sua caminhada objetiva a busca por uma terra perfeita, uma terra que mana leite e mel, a terra de Fascinart.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O projeto Uns Causos de um andarilho foi aprovado no edital 002/2014 do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos e vai circular apresentações em duas cidades da Paraíba: Em Solânea dia 03 de outubro de 2015, às 20h no Cine Teatro Municipal e no Munícipio de Guarabira, no dia 17 de outubro de 2015 no Teatro Municipal Geraldo Alverga. O diretor e também ator do espetáculo Tiago Salvador, mostrou-se muito contente com os resultados da pré-produção e falou da expectativa para as apresentações, “[…] e também de poder proporcionar um momento para as famílias nestas duas cidades, Uns Causos de um Andarilho é um mergulho na nossa cultura e só temos a agradecer o apoio de todos e o patrocínio do FIC” disse. No próximo dia 17 o espetáculo estará no município de Guarabira para mais uma apresentação.

Este trabalho ainda conta com o apoio da prefeitura de Solânea e Guarabira e da Radio Correio da Serra FM 100,3.

 

Sobre o texto Uns Causos de Um Andarilho:

A ingenuidade e a simplicidade da história são apenas alguns pontos do que o autor propõe com o texto Uns Causos de um Andarilho, numa inspiração que vem desde Ariano Suassuna aos Causos de Jessier Quirino, faz uma menção à tradição cultural do nordeste e, também estabelecer uma comunicação a partir da identificação da plateia com os elementos conhecidos da linguagem cômica.

Zé Curió é um personagem Desengonçado, feio, socialmente irrelevante, se sente desafiado pela pouca inteligência e a covardia do cão encourado e do Pelintra a provar sua habilidade em enganá-los para conquistar o respeito e prestigio dos maiorais. O andarilho é destemido e já venceu várias batalhas contra o encourado.
 

Ficha técnica:

Texto: Tiago Salvador;

Elenco: Tiago Salvador, Hidalgo Valentim, Marco Antonio, Alison Duarte, Ester Silva e Fabio Oliveira;

Figurinos e adereços: Valter Antônio Araújo;

Maquiagem: A Cia. FascinART;

Projeto gráfico e fotos: Zé Maria e Eduardo Araújo;

Concepção e direção: Tiago Salvador;

Assistente de Direção: José Francisco de Araújo;

Realização: Cia. Artística Fascinart

 

Serviço:

Espetáculo Teatral “Uns Causos de um Andarilho”;

Local: Cine Teatro de Solânea;

Rua Gov. João Fernandes de Lima S/N

Bairro: Centro, Solânea- PB

Data: 03 de OUTUBRO de 2015

Hora: 20hs

Entrada: Gratuita.

Duração: 45 mim. Classificação livre.

Patrocínio: Fundo de Incentivo à Cultura – FIC Augusto dos Anjos.

Contatos:

E-mail: ciafascinart@gmail.com

Facebook: Cia Fascinart art

Celular:(83)- 99327-2060

Cia. Artística FascinArt de Solânea realiza 1ª assembleia de 2014 e promete muitas novidades

 

assembleiaNessa Sexta Feira dia 03 de Janeiro de 2014, aconteceu no Cine Teatro Municipal da cidade de Solânea a 1ª assembleia do ano de 2014 da Cia. Artística FascinART. A Assembleia iniciou às 16h conforme convocatória, e se encerrou ás 18:30h. Fora apresentado, entre recadastro, balanços e metas, o lançamento da nova logo marca que ganhou alguns ajustes artísticos e está pronta para difundir as ações do FascinART.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O presidente da Cia. Artística FascinART e também Diretor Municipal de Cultural Tiago Salvador, abriu a assembleia dando as boas vindas a todos os associados jovens presentes, e ressaltando a importância desses momentos de avaliações e discussões em prol do desenvolvimento cultural e das ações da Cia. FascinART. Logo após foi formada a mesa que estava composta pela Diretoria Executiva da Cia.: Presidente Tiago Salvador; Vice Presidente Hidalgo Valentim; 1º Secretario Fabio Arcanjo, 2º Secretario Wanderson Victor; 1º Tesoureiro José Francisco de Araújo; 2º Tesoureiro Artur Carvalho e Presente do Conselho FascinART Carla Salvador.

 

O presidente mostrou em um slide todo o balanço das atividades do ano de 2013 e as metas para o ano de 2014. Ressaltou o bom trabalho desenvolvido, mas frisou que precisam ir mais além. “A minha fala parabeniza todos os segmentos artísticos desta família (Teatros, Danças e Skate) pelo trabalho realizado em 2013, mas ressalto que foi o nosso primeiro ano e temos que trabalhar em cima dos erros para que 2014 tragam mais realizações em nossas atividades”.

 

Cada segmento cultural abrilhantou a assembleia com uma pequena apresentação, os coreógrafos e diretores da Cia. FascinART estão deveras felizes com o trabalho que vem dando muito certo.

 

A Cia. Artística FascinART da cidade de Solânea surgiu em 08 de fevereiro de 2012 e hoje integra mais de 80 jovens que difundem praticas artísticas-culturais através de segmentos de Teatro ( de rua, arena e palco italiano), Dança ( De rua, Populares, Hip Hop e contemporânea) e Skate.

 

“A ano de 2014 será um ano de colheita para a cultura de nosso município, precisamos ter objetividade em nossos projetos para participarmos do avanço cultural que Solânea vem tendo no decorrer do ultimo ano”. Com essas palavras o Presidente da Cia. FascinART encerrou a solenidade convidando todos á um Coffe Break.

 

Tiago Salvador para o Focando a Notícia