Arquivo da tag: artificio

Galpão com fogos de artifício é interditado pela polícia após explosão de fábrica em Solânea

Um galpão que armazenava fogos de artifício foi interditado pela Polícia Civil no começo da noite da terça-feira (8), após a explosão que aconteceu em uma fábrica que produzia os produtos, em Solânea, no Agreste da Paraíba. Segundo o delegado Diógenes Fernandes, responsável pela investigação, os dois estabelecimentos eram vizinhos, pertencem ao mesmo proprietário e funcionavam sem autorização.

No armazém que foi lacrado, todo o material já estava pronto para venda. “É mais um crime para investigar. Inclusive, não consta alvará, pelo menos atualizado, na fábrica de fogos”, contou Diógenes. Ainda de acordo com ele, as causas da explosão só serão identificadas após de 30 dias, com a conclusão de uma perícia feita pela PC.

O proprietário dos locais é um vereador da cidade. Segundo o parlamentar Flávio Evaristo, presidente da Câmara Municipal de Solânea, Josué Pereira dos Santos está no segundo mandato consecutivo.

Após o acidente, o vereador foi encaminhado para o Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com informações da unidade hospitalar, o estado de saúde dele é estável. Ele sofreu uma fratura no braço e queimaduras.

Já outro homem que também estava no local, encaminhado para a mesma unidade, está em estado grave de saúde. Duas outras vítimas que foram encaminhadas com ferimentos leves para um hospital de Solânea já receberam alta.

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Explosão

Um adolescente de 15 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após a explosão de uma fábrica de fogos de artifício, em Solânea, no Agreste da Paraíba. O acidente aconteceu por volta das 15h30 da terça-feira (8). Com o impacto da explosão, o jovem teria sido arremessado a 50 metros de distância.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a fábrica onde o acidente aconteceu ficava localizada em um sítio, na zona rural do município. Parte do local ficou destruído com a explosão.

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Acidente anterior

Segundo o delegado Diógenes Fernandes, titular da Delegacia Seccional de Solânea, um acidente semelhante teria acontecido em 2009, em uma fábrica de fogos de artifício, localizada no Centro de Solânea. O estabelecimento pertencia ao mesmo proprietário do local onde aconteceu a explosão desta terça-feira.

No acidente que aconteceu em 2009, um outro filho do proprietário teria morrido. A vítima também tinha 15 anos de idade. A polícia abriu um inquérito para investigar as causas da explosão.

G1

 

Adolescente foi arremessado a 50 metros pela explosão em fábrica de fogos de artifício, diz Polícia Civil

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar as causas do incêndio ocorrido nesta terça-feira (8), em uma fábrica de fogos de artifício, no município de Solânea, no interior da Paraíba. Um adolescente morreu e três pessoas, incluindo o proprietário do imóvel, ficaram feridas.

A Polícia Civil descobriu um galpão escondido no local com grande quantidade de fogos de artifício armazenados. O material foi apreendido e vai passar por perícias.

O inquérito vai apurar se o local tinha autorização para a fabricação de fogos de artifício.

Equipes da Polícia Civil de Solânea se deslocaram ao local assim que o incêndio começou.

De acordo com Diógenes Fernandes, delegado titular da Delegacia Seccional de Solânea, a fábrica é de propriedade de Josué Pereira, vereador no município conhecido como Zué de Solânea.

O filho do vereador, Joalaaf Kaike de Moura, 15 anos, foi arremessado a uma distância de 50 metros e morreu no local.

“O proprietário e um funcionário do local foram socorridos com queimaduras aparentemente leves para um hospital de João Pessoa. Um vizinho teria sido socorrido com ferimento no ouvido, lesão no tímpano”, afirmou o delegado.

Segundo o delegado, outra fábrica de fogos de artifício, também pertecente ao vereador Zué de Solânea, explodiu em 2009. Na ocasião, outro filho do vereador, também com 15 anos, morreu no local.

 

 

clickpb

 

 

Acidente com fogos de artifício em rodeio deixa 2 mortos e 30 feridos

Um acidente durante a queima de fogos de artifício deixou duas pessoas mortas em uma feira agropecuária em Bom Jesus do Araguaia, a 983 km de Cuiabá, na noite deste sábado (30).

Segundo o G1, um rojão caiu na arquibancada, onde as vítimas estavam e também deixou cerca de 30 pessoas feridas.

A Polícia Militar e a prefeitura do município informaram que a explosão aconteceu no momento de entrada do locutor que iria narrar o rodeio. O evento foi cancelado devido ao acidente.

“Eu estava junto com outros prefeitos de municípios da região e empresários que iriam entrar na arena durante a abertura do rodeio desse dia, quando de repente houve uma explosão e o rojão se espalhou no alto, caindo na arquibancada. Não sabemos direito o que aconteceu”, disse o prefeito de Bom Jesus do Araguaia, Joel Ferreira (PSDB).

Ele contou que depois do acidente, a festa acabou, e todos se mobilizaram para tentar ajudar as vítimas que estavam feridas. “Entrei em contato com as prefeituras da região para que ajudassem as nossas equipes no resgate das vítimas.

Cerca de 1.500 pessoas estavam na arquibancada no momento do acidente, que ocorreu por volta de 23h [0h no horário de Brasília], segundo o prefeito.

A publicação explica que a Exposição Agropecuária de Bom Jesus do Araguaia (Expobonja) é realizada todos os anos pela prefeitura no período em que comemora o aniversário do município. A entrada para os quatro dias de festa é gratuita. O evento estava previsto para terminar neste domingo (1º), mas a feira foi cancelada. O município decretou luto de três dias pela morte das vítimas.

Notícias Ao Minuto

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pai é morto e filho ferido após discussão com vizinho por causa de fogos de artifício, na PB

casos-de-policiaUm homem foi morto e o seu filho ferido por disparos de arma de fogo após uma discussão com um vizinho na noite da terça-feira (23), no município de Mari, Zona da Mata paraibana, a 67 km de João Pessoa. A briga teria ocorrido após reclamações das vítimas referentes a soltura de fogos de artifícios disparados pelo vizinho, que se irritou com o pedido e efetuou diversos disparos.

De acordo com o sargento Valmir, da Polícia Militar em Sapé, responsável pelo policiamento em Mari, as vítimas teriam se irritado com os constantes disparos dos fogos perto de sua residência e foram pedir que o vizinho parasse com o ato.

“Eles se irritaram com o fato do vizinho estar soltando fogos constantemente perto de sua casa e foram pedir que ele parasse. Houve um discussão e o suspeito entrou em casa, pegou uma arma e efetuou diversos disparos. Um homem foi baleado e morreu no local, já o filho dele sofreu dois disparos e foi socorrido para o Hospital de Trauma em João Pessoa”, disse o sargento.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ao Portal Correio a assessoria de imprensa do Trauma informou que a vítima socorrida para a unidade permanecia internada até às 11h desta quarta.

 

Portal Correio

Esquema de segurança para a final da Copa do Nordeste proíbe consume de bebida alcoolica e fogos de artifício

reuniãoUm esquema especial de segurança foi planejado para a final da Copa do Nordeste que será realizada no próximo domingo (17), no Estádio Amigão entre o Campinene e o time alagoano ASA, a partir das 16h, em Campina Grande.

Durante reunião nessa terça-feira (12), entre autoridades de segurança pública do Estado e o Ministério Público da Paraíba (MPPB), ficou definido dentre as determinações, que estarão proibidos aos torcedores, o consumo de bebida alcoólica e o uso de fogos de artifício no estádio.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Participaram do encontro o tenente coronel Souza Neto, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, o Capitão Castro da Companhia de Patrulhamento de Trânsito, o major Lucas  do Corpo de Bombeiros e representantes do Estádio Amigão, da diretoria do Clube Campinense, da Federação Paraibana de Futebol e do MPPB.

O consumo de bebida alcoólica e a utilização de fogos de artifício fazem parte de medidas disciplinares com base no estatuto do torcedor, tendo como objetivo manter a segurança e evitar incidentes durante a partida.

Cerca de 19.700 ingressos estão sendo colocados a venda. O planejamento prevê ainda, a disposição dos torcedores, ficando toda a arquibancada/sol e dois terço da arquibancada/sombra para os seguidores do Campinense e um terço da arquibancada/sombra para os torcedores visitantes.

Tanto os jogadores do ASA quanto os do time dparaibano serão escoltados pela Polícia Militar entre o percurso do hotel e o estádio. 350 policiais militares estarão compondo a segurança no Estádio Amigão, sendo integrantes do 2º BPM e ainda, reforços das cidades de João Pessoa e Guarabira.

O Delegado Regional da Polícia Civil, Marcos Paulo, vai disponibilizar durante o domingo (17), uma equipe plantonista para atender possíveis ocorrências advindas da partida, dando agilidade ao atendimento dos casos. As casas de saúde de Campina Grande, como o Hospital de Emergência e Trauma Antônio Targino, também foram acionadas para estar em alerta.

1ª partida

O Campinense venceu o ASA no último domingo (10), com o placar de 2 a 1. Com o resultado, o time paraibano alcançou vantagem para a disputa final no Estádio Amigão no próximo domingo (17), podendo empatar em casa ou até perder por 1 a 0 para se sagrar campeão.

 

 

Pollyana Sorrentino, Portalcorreio

Estrada cai na China após explosão de caminhão com fogos de artifício

Um caminhão com fogos de artifício explodiu em uma estrada no centro da China, deixando cinco mortos e oito feridos e causando o colapso parcial da via expressa construída em uma ponte, disse a mídia estatal. A explosão, que destruiu uma seção de 80 metros da estrada, aconteceu na via expressa G30 na Província de Henan.

 

 

AP

Caminhão é visto na beixa de ponte que caiu parcialmente após explosão no condado de Mianchi, no centro da Província de Henan, China

 

Inicialmente, a China National Radio havia posto o número de mortos em 26, mas aparentemente a informação foi retirada depois dos sites. Há informações de que vários veículos despencaram de uma altura de 30 metros.

Segundo testemunhas, alguns carros foram arremessados pela força da explosão, cuja causa ainda não está clara. Seis veículos foram retirados dos destroços, disse a agência estatal Xinhua (Nova China), enquanto os trabalhos de busca e resgate continuam no local.

Imagens de TV mostraram equipes de resgate vasculhando os escombros. De acordo com a CCTV, dez caminhões foram encontrados sob a ponte.

A G30 é a estrada mais longa da China, com uma extensão de 4,4 mil km entre a costa da Província de Jiangsu, no leste, a Urumqi, perto da fronteira com o Casaquistão.

Fogos de artifício tradicionalmente são usados na China para celebrar o Novo Ano Lunar, que ocorre daqui apenas uma semana. Há frenquentes relatos de acidentes enquanto eles são fabricados, estocados ou transportados.

*Com BBC

Diretor de presídio regional de Guarabira é acusado de usar detentos em sua fábrica de fogos de artifício

O secretário de Administração Penitenciária, coronel Washington França, determinou o afastamento do diretor do Presídio Regional Dr. Vicente Claudino de Pontes, em Guarabira, João Costa de Oliveira e ainda dos diretores de disciplina da unidade prisional, Cybelle Gadelha Veloso Gomes e Cleonaldo Martins Bezerra.

Segundo consta de portaria publicada no Diário Oficial do Estado eles foram denunciados, por meio de carta, ao secretário e também a gerência executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe) onde consta que, tem envolvimento de internos do presídio.
De acordo com as denúncias o diretor João Costa é proprietário de uma fábrica de fogos de artifício em Guarabira e está utilizando detentos do presídio regional de Guarabira para trabalhar na fabricação dos produtos no estabelecimento localizado numa antiga estação ferroviária situada à Rua Prefeito Manoel Lordão, em frente ao Colégio Antenor Navarro de Guarabira.
Na utilização da mão de obra dos presos, segundo a denúncia, o diretor do presídio paga entre 10 e 12 reais por semana apesar deles trabalharem todos os dias e garante que faz parte do trabalho de ressocialização e que eles estão sendo beneficiados.
Para agradar os presos que são utilizados na fabricação de fogos de artifício, João Costa de Oliveira diz que é melhor estarem ali trabalhando, pois podem até tomar uma caninha e ver o mundo.
As denúncias foram levadas ao conhecimento do secretário Washington França e também do gerente executivo do Sistema Penitenciário do Estado, tenente coronel Arnaldo Sobrinho. A fonte está sendo preservada para garantir a sua integridade física.
Abaixo a Portaria do secretário Washington Luiz determinando o afastamento do diretor e dos responsáveis pela disciplina do Presídio Regional Dr. Vicente Claudino de Pontes, em Guarabira:
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 28, do Decreto nº. 12.836, de 09 de dezembro de 1988, RESOLVE afastar os servidores JOÃO COSTA DE OLIVEIRA, CYBELLE GADELHA VELOSO GOMES e CLEONALDO MARTINS BEZERRA, respectivamente, dos cargos de Diretor e Chefes de Segurança e Disciplina, do Presídio Regional Dr. Vicente Claudino de Pontes, em Guarabira, até que se conclua a apuração dos graves fatos denunciados através do Memorando nº176/GER/SEAP e seus anexos, emanado pela Gerência Executiva de Ressocialização desta Pasta.
Por Jean Ganso,com Wscom

Em Lagoa de Dentro não poderá haver carreatas e fogos de artificio durante período eleitoral

Justiça eleitoral da 60° Zona que compreende os municípios de Lagoa de Dentro, Pedro Regis, Jacaraú e Curral de Cima proíbe a realização de carreatas e o uso de fogos de artifícios especificamente no municipio de Lagoa de Dentro durante o período eleitoral.

A decisão foi tomada pela juíza Audrey Kramy Araruna Gonçalves, em reunião que aconteceu no fórum de Jacaraú na tarde desta quarta – feira (25).

Apropaganda eleitoral só será permitida até o dia 25 de setembro e as coligação realizarão eventos em dias pares e ímpares. O documento foi assinado e de total acordo dos representantes de partidos e coligações.

Veja a integra do documento assinado por representantes da coligações e ministério publico eleitoral.

 

 

Leonaldo Ferreira

lagoadedentro.net


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627