Arquivo da tag: armas

Polícia encontra 65 kg de maconha e cocaína, armas e explosivos em depósito de Campina Grande

Um depósito que servia para guardar drogas foi descoberto pela Polícia Civil nesta segunda-feira (19), em Campina Grande. No local foram apreendidos 65 quilos de maconha e cocaína, além de armas e explosivos. A apreensão foi feita pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande.

A Polícia Civil chegou ao local depois de receber uma denúncia anônima, através da linha 197. O depósito fica no bairro Malvinas. Lá estavam 60 quilos de maconha, 5 quilos de cocaína, uma arma longa e 47 artefatos explosivos. Não foi confirmada a prisão de nenhum suspeito no local.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o local servia como depósito para as drogas que já estavam preparadas para serem fracionadas e consumidas. Ainda segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que o local pertence a um presidiário suspeito de roubo de veículos e tráfico de drogas.

 Foto: Ramirez São Pedro/DRE

G1

 

Polícia recupera motos e apreende armas após abordagem, na cidade de Gurinhém

Uma ação integrada das Polícias Militar e Civil, na noite dessa sexta-feira (2), na 9ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), com sede em Itabaiana, resultou na prisão de um dos integrantes de um trio que trocou tiros com policiais após abordagem, em Gurinhém. Na ação, ainda foram apreendidas armas e munições, além de motocicletas com restrição de roubo.

Segundo as equipes do 8° Batalhão de Polícia Militar e da 9ª Delegacia Seccional, que participaram da ação, a Rádio Patrulha solicitou apoio para realizar abordagem de três homens em atitude suspeita. Ao perceber a aproximação das viaturas, o trio efetuou disparos de arma de fogo e na perseguição dois deles abandonaram as motos em que estavam, conseguindo fugir. Com o suspeito preso, foram encontrados uma pistola 380, as duas motocicletas com restrição de roubo, dois revólveres calibre 38, carregadores e 15 munições.

O preso e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Itabaiana.  A Polícia devolveu a motocicleta roubada na quinta-feira (1º) ao proprietário e a outra moto, do tipo Fan, seguiu para o pátio do 8º BPM.

Secom\PB

 

 

“Desarmamento civil um ovo”, dispara deputado ao defender porte de armas

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, voltou a polemizar nas redes sociais, nesse final de semana, ao reforçar sua defesa em prol da flexibilização do porte de armas no país. Em uma postagem feita em sua conta no Instagran, o parlamentar postou um vídeo em que um cidadão armado aparece reagindo a uma tentativa de assalto, utilizando-se utilizou-se de termos ‘chulos’ para endossar sua teoria.

“Desarmamento civil um ovo, defenda-se, volte pra sua casa, é nosso dever moral, e obrigação, desobedecer a uma lei injusta. Martin Luther King. Pode-se dizer que leis injustas são contrárias à Justiça, ou seja, contrárias ao objetivo maior do Direito que, conforme já dito, é dar a cada um o que lhe pertence. Esse não rouba mais !”, postou.

CONFIRA

PB Agora

 

 

Polícia apreende armas de fogo e desarticula oficina no Cariri

A Polícia Militar realizou a maior apreensão de armas de fogo, em uma única ocorrência, neste ano de 2019. Foram 29 armas entre espingardas de diversos calibres, pistola, armas curtas, cartuchos e vários materiais para manutenção e conserto que foram apreendidos nesse sábado (8), na zona rural de Serra Branca, região do Cariri ocidental paraibano. A ação fez parte da Operação Festas Juninas, deflagrada pela PM na última sexta-feira.

Todo o material estava em uma oficina de armas que foi desarticulada pela ação dos policiais da Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam), do 11º Batalhão. “A partir de uma denúncia anônima, chegamos a um sítio, em uma localidade de difícil acesso, e identificamos o estabelecimento, que servia para conserto e manutenção de armas”, explicou o sargento Cleudo Caldeira, que comandou a ação.

Um homem de 71 anos de idade, dono da propriedade, foi preso. “Ele não reagiu à prisão, disse que várias daquelas armas haviam sido deixadas ali há muito tempo, e que não lembrava quem eram os donos”, contou o policial. No local, a PM encontrou ainda várias peças de armas desmontadas, como coronhas, canos, além de cartuchos, pólvoras, chumbo e espoleta, materiais que são comumente usados para fabricação de munições.

Todo o material, o suspeito preso, e as armas apreendidas foram encaminhados para a delegacia de Monteiro e devem ser investigados.

 

portalcorreio

 

 

Com auxílio de helicóptero, polícia prende cinco, apreende armas e localiza carro roubado

O helicóptero Acauã 2, da Secretaria de Segurança e da Defesa Social, atuou durante a abertura dos festejos juninos nesta sexta-feira (7) em Campina Grande, e participou de ações que resultaram na apreensão de armas e prisão de cinco pessoas, além da localização de um veículo roubado.

As prisões ocorreram em operação conjunta com o 10º Batalhão de Polícia Militar. Os presos, suspeito de assaltos, foram localizados na saída para Massaranduba. Na ação, três armas de fogo foram apreendidas além de facões e machados.

Horas antes, a equipe do Grupamento Tático Aéreo foi responsável pela localização de um veículo roubado na manhã desta sexta-feira (7). O carro foi encontrado numa região de mata no Bairro do Jardim Tavares e devolvido aos proprietários.

Blog do Márcio Rangel

 

 

PM apreende armas em cinco cidades do estado

A Polícia Militar da Paraíba apreendeu de seis armas de fogo em cinco cidades do estado em nesta segunda-feira (3). As apreensões aconteceram em João Pessoa, Campina Grande, Alagoa Grande, Arara e Bayeux.

A última delas foi em Bayeux, onde dois adolescentes, de 17 anos cada, foram abordados em uma moto e flagrados com um revólver, no fim da noite. O veículo que a dupla estava havia sido roubado na noite do domingo (2), no centro da mesma cidade.

No município de Arara, foi apreendida uma espingarda com um homem de 56 anos, que estaria ameaçando moradores do Sítio Serrote Branco. Em Alagoa Grande, um suspeito de 50 anos foi preso com um revólver, após ameaçar pessoas com a arma.

Já em Campina Grande, policiais da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas (Rotam) do 2º Batalhão apreenderam um revólver durante abordagem a um jovem de 21 anos, no bairro de Bodocongó.

Na capital, as armas apreendidas foram consequência de duas ações de combate ao tráfico. A primeira, em Mangabeira, onde policiais da Força Regional apreenderam um revólver em meio a drogas que estavam escondidas no telhado de uma Unidade de Saúde da Família (USF). A segunda arma foi apreendida na comunidade do Riachinho, no bairro Treze de Maio, com um suspeito de 20 anos, que ainda foi flagrado com 122 pedras de crack, munição e dinheiro.

MaisPB

 

 

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta aberta contra decreto de armas de Bolsonaro

Governadores de 13 estados divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.

Na avaliação do grupo, que conta também com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.

“Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país”, afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que “as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”.

Camila Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.

Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.

O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da carta dos governadores:

Carta dos Governadores sobre o Decreto Presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e a Regulação Responsável de Armas e Munições no País

Como governadores de diferentes estados do país, manifestamos nossa preocupação com a flexibilização da atual legislação de controle de armas e munições em razão do decreto presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e solicitamos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União que atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país.

Sabemos que a violência e a insegurança afetam grande parte da população de nossos estados e que representam um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano e econômico do Brasil. Nesse contexto, a grande disponibilidade de armas de fogo e munições que são usadas de maneira ilícita representa um enorme desafio para a segurança pública do país e é preciso enfrentá-lo.

Por essa razão, é urgente a implementação de ações que melhorem a rastreabilidade das armas de fogo e munições durante toda a sua existência, desde sua produção. Também é fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime. Reconhecemos que essas não são soluções mágicas, mas são condições necessárias para a melhoria de nossa segurança pública.

Diante deste cenário, e a partir das evidências disponíveis, julgamos que as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias.

As soluções para reverter o cenário de violência e insegurança no país serão fortalecidas com a coordenação de esforços da União, Estados e Municípios para fortalecer políticas públicas baseadas em evidências e para implementar o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, fortalecendo a prevenção focalizada nas populações e territórios mais afetados pela violência e a repressão qualificada da criminalidade.

Reforçamos nosso compromisso com o diálogo e com a melhoria da segurança pública do país. Juntos, podemos construir um Brasil seguro para as atuais e futuras gerações.

IBANEIS ROCHA

Governador do Distrito Federal

FLÁVIO DINO

Governador do Estado do Maranhão

WELLINGTON DIAS

Governador do Estado do Piauí

PAULO CÂMARA

Governador do Estado de Pernambuco

CAMILO SANTANA

Governador do Estado do Ceará

JOÃO AZEVEDO

Governador do Estado da Paraíba

RENATO CASAGRANDE

Governador do Estado do Espírito Santo

RUI COSTA

Governador do Estado da Bahia

FÁTIMA BEZERRA

Governadora do Estado do Rio Grande do Norte

RENAN FILHO

Governador do Estado de Alagoas

BELIVALDO CHAGAS

Governador do Estado de Sergipe

WALDEZ GÓES

Governador do Estado do Amapá

MAURO CARLESSE

Governador do Estado do Tocantins

HELDER BARBALHO

Governador do Estado do Pará

G1

 

Homens invadem agência bancária, assaltam gerente e roubam armas de vigilantes, na PB

Uma agência bancária foi alvo de uma tentativa de assalto ao cofre na manhã desta terça-feira (2), no Centro de João Pessoa, na rua Duque de Caxias. Conforme relatos do gerente à polícia, dois homens chegaram no estacionamento da agência, na Rua Visconde de Pelotas, e mandaram o gerente abrir o cofre. A Polícia Militar recebeu o chamado para ocorrência às 6h.

O gerente da agência bancária explicou aos suspeitos que o cofre só poderia ser aberto em horários específicos, por meio de um sistema informatizado. Por conta disso, os suspeitos roubaram o celular e objetos pessoais do gerente e da agência.

Além disso, a dupla também levou as armas dos vigilantes. Até às 8h desta terça-feira, a agência funcionava normalmente, sem alterações no auto-atendimento. Ninguém foi preso.

G1

 

Adolescente é apreendido suspeito de arrombar delegacia para furtar armas, em Alagoa Nova, PB

Um adolescente de 17 anos foi apreendido em flagrante, na tarde deste domingo (17), suspeito de ter arrombado a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Alagoa Nova e furtado armas do local. O prédio já havia sido alvo de arrombamento em janeiro deste ano, conforme informou a Polícia Civil.

Ainda de acordo com a PC, na manhã deste domingo os policiais foram comunicados do arrombamento na delegacia por pessoas que disseram ter passado pelo local e ter visto as portas abertas.

Os policiais iniciaram as diligências e localizaram o adolescente, suspeito de ter cometido o crime. Com ele foram apreendidas três espingardas, que t sido furtadas da delegacia, segundo o delegado Danilo Orengo.

O garoto apreendido está detido na Delegacia de Polícia Civil de Alagoa Nova, aguardando a realização da audiência de custódia.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

G1

 

“Não precisamos de mais armas”, diz Lula após massacre em SP

Preso há quase um ano em Curitiba (PR), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou divulgar uma nota sobre o massacre desta quarta-feira (13) em uma escola de Suzano (SP), que teve oito mortos, além dos dois atiradores.

Foto: Felipe Rau / Estadão

Na mensagem, Lula expressa “toda solidariedade aos alunos e trabalhadores” do colégio e aos “familiares das vítimas que hoje enfrentaram essa terrível tragédia”.

“Que aqueles que incentivam a cultura do ódio e da violência entendam que não precisamos de mais armas para que massacres como o de Suzano não se tornem cotidianos em nosso pais. O Brasil precisa de paz”, disse o ex-presidente.

Ansa