Arquivo da tag: Areia

Hospital Municipal de Areia recebe respiradores emprestados da UFPB

O Hospital Veterinário do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) emprestou três respiradores para o Hospital Municipal de Areia, administrado pela prefeitura da cidade, a fim de contribuir para o tratamento de eventuais pacientes acometidos pelo coronavírus.

A iniciativa, segundo o diretor do Hospital Veterinário, Felipe Nael Seixas, partiu da direção do CCA, diante da situação de emergência em saúde decorrente da pandemia do novo coronavírus. “A gente está cumprindo o que determinou a Reitoria da UFPB, em relação à suspensão de aulas. E como tivemos que parar o Hospital Veterinário, para quarentena de técnicos, estagiários e residentes, a gente ficou com aparelhos disponíveis. Então o CCA disponibilizou”, explica o diretor.

Segundo ele, o uso desses equipamentos no Hospital Municipal de Areia seria mais para casos de emergência, uma vez que os pacientes mais graves devem ser removidos para Campina Grande, no agreste paraibano. “O município referenciado pelo Estado, na região, para atender a casos de Covid-19. O uso desses aparelhos, aqui, seria mais em uma emergência, para dar um suporte inicial, até que o paciente possa ser encaminhado para lá”, conta Felipe Nael Seixas.

Para o diretor, é importante retribuir à sociedade os recursos investidos na UFPB. “É uma obrigação de todo brasileiro, nesse momento, contribuir”. O gestor diz que está buscando ajudar a Prefeitura de Areia na localização de fornecedores para as peças plásticas dos respiradores, chamadas traqueias, que são conectadas aos pacientes. As peças são substituíveis, pois são descartáveis, mas está havendo dificuldade de encontrar o produto no mercado devido à grande procura.

Além dos respiradores, o Hospital Veterinário informou que, se o município necessitar, outros equipamentos podem ser emprestados, como monitor de frequência cardíaca, máscaras e luvas. “A Prefeitura não solicitou ainda, mas se precisar, a gente tem”, afirma Felipe Seixas.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, os hospitais de referência para Covid-19 estão distribuídos por macrorregião de saúde, sendo o Hospital Clementino Fraga, Santa Isabel e Hospital Municipal de Valentina na primeira macro, em João Pessoa, que concentrarão as internações. Na segunda macrorregião, o Hospital Pedro I, em Campina Grande; e no Sertão e Alto Sertão, as referências são os Hospitais Regionais de Cajazeiras, Pombal, Regional de Patos e o Infantil Noaldo Leite, também em Patos.

 

portalcorreio

 

 

Supostos assaltantes são linchados e presos em um distrito na cidade de Areia

Dois homens foram pegos e linchados por várias outras pessoas, quando estavam praticando assaltos no bar de João Carlos, no distrito de Cepilho, que fica na cidade de Areia, na Paraíba.

A dupla foi agredida e tiveram as mãos e os pés amarrados por fios até a chegada da polícia no local. O fato teria ocorrido na manhã deste sábado (7).

paraiba.com.br

 

 

Artistas pintam fachadas de casas para incentivar o turismo rural em Areia, na PB

Casas localizadas na zona rural de Areia, no Brejo da Paraíba, tiveram as fachadas pintadas por artistas grafiteiros conhecidos no Brasil inteiro. A vila com nove residências, às margens da PB-079, foi transformada em uma galeria de arte a céu aberto.

O trabalho foi feito na comunidade Chá de Jardim. As pinturas que reproduzem elementos da cultura nordestina, foram feitas por meio do projeto “Galerias”, que reúne 11 artistas plásticos de alguns estados do país.

A xilogravura é a marca registrada de Perrow, artista de pernambuco que contribuiu com a repaginação da comunidade.

“O trabalho é sempre inspirado no Nordeste, na nossa cultura. Com elementos com traços, com alguma a característica que envolve o nosso Nordeste, reforçou.

Pinturas foram feitas por artistas com trabalhos reconhecidos no páis e no exterior  — Foto: TV Paraíba/Reprodução

Pinturas foram feitas por artistas com trabalhos reconhecidos no páis e no exterior — Foto: TV Paraíba/Reprodução

Outro artista que participou do projeto foi Claudinei Oliveira, mais conhecido como Vespa, que tem atuação reconhecida mundialmente.

“Já tive a possibilidade de levar o meu trabalho para nove países e agora na Paraíba. É a minha primeira vez por aqui. Já estou apaixonado”, pontuou o grafiteiro.

Os artistas doaram os direitos autorais dos trabalhos que poderão ser usados para estampar artigos artesanais, que serão vendidos para os turistas que visitarem a comunidade.

O projeto que tem a finalidade de incentivar o conhecimento de culturas e fomentar manifestações artísticas, está estimado em R$ 23 mil. A ação foi custeada com ajuda de empresas e pessoas por meio de campanhas feitas na internet.

“Eles vão produzir bolsas, bonés, o céu é o limite, vestidos camisetas não só fazer a manutenção da galeria, mas apara gerarem renda para si. Um dos grandes focos da comunidade é trazer o turista para cá”, explicou o coordenador do projeto, Guataçara Monteiro.

Crianças, artesãs e donas de casa participaram da ação — Foto: TV Paraíba/Reprodução

Crianças, artesãs e donas de casa participaram da ação — Foto: TV Paraíba/Reprodução

Toda a comunidade se engajou na ação. Crianças, artesãs e donas de casa deram um toque especial para a grande obra de arte que o local se transformou.

“Muitos de nós nunca tivemos a oportunidade de conhecer uma galeria de arte. E a gente ter a oportunidade de ter uma galeria nas nossas portas, isso é motivo de muito orgulho e a gente de maneira alguma vai permitir nunca que isso se apague”, concluiu Luciana Balbino, coordenadora da comunidade.

O grupo passou 10 dias no local para concluir a obra. O lugar está aberto para visitação com o auxílio de um guia que é ou não remunerado conforme o desejo de quem passar pela vila. Já para participar de uma trilha ecológica na Mata Pau de Ferro é cobrada uma taxa de R$ 10.

G1

 

Homem é condenado a 10 anos de prisão por abusar da filha em Areia

Um homem, acusado de abusar sexualmente a própria filha, na cidade de Areia, foi condenado a uma pena de 10 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado. A sentença, publicada no Diário da Justiça eletrônico do Tribunal de Justiça da Paraíba desta terça-feira (28), é da juíza Alessandra Varandas, da Comarca de Areia.

De acordo com os autos da Ação Penal, nos anos de 2016 a 2017, o réu, aproveitando-se da tenra idade da sua filha, à época com 10 anos, abusou sexualmente da mesma, mantendo com esta conjunção carnal forçada. Segundo apurou-se, a vítima foi abusada por seu pai por aproximadamente um ano e tais fatos ocorriam, geralmente, à noite, quando todos que moravam na residência (Zona Rural) estavam dormindo, chegando o acusado por várias vezes a penetrar o pênis na vagina de sua filha, além de alisar seus seios, pedindo a menor que o pai parasse com aquelas atitudes, porém, ele a ameaçava, dizendo que se contasse a alguém, a mataria.

Diz ainda a denúncia que, no dia 21/11/2017, os abusos foram comunicados ao Conselho Tutelar por moradores da região, sendo o fato levado ao conhecimento da Delegacia de Polícia, tendo a vítima confirmado que estava sendo abusada sexualmente por seu pai, o qual, ao ver a presença da viatura policial, se evadiu do local e se escondeu em um matagal, sendo preso e recolhido à cadeia pública em 13/09/2018.

O acusado, quando interrogado, admitiu que manteve relação sexual com sua filha, mas uma única vez, justificando que o fez a pedido dela. Ao julgar o caso, a juíza Alessandra Varandas destacou que o réu agiu sem qualquer respeito ou pudor pelo corpo da filha. “Repugnante a conduta perpetrada contra a própria filha, a quem deveria proteger e zelar pelo bem-estar, que lhe é imposto pelo poder familiar, notadamente, em face da ausência precoce da mãe”, ressaltou.

Por ter respondido o processo na prisão, a juíza negou o direito do réu de apelar em liberdade.  “Não há nos autos fundamento inovador que justifique a revogação da prisão preventiva, ou seja, não há que se falar em concessão da liberdade provisória no presente caso”, enfatizou.

Da decisão cabe recurso.

PB Agora com informações do TJPB

 

 

Jovem é encontrado morto a tiros e com mãos algemadas, em Areia

Um jovem foi encontrado morto na madrugada deste sábado (14), em Areia, no Brejo paraibano. De acordo com a delegada de homicídios Socorro Silva, que investiga o caso, a vítima, identificada como Gleison da Silva Souza, de 20 anos, estava com as mãos algemadas e com cerca de seis perfurações de arma e fogo na cabeça.

Segundo a delegada, o corpo do jovem foi encontrado por um morador da região, por volta da 1h. A vítima estava em uma estrada que dá acesso ao Sítio Fechado, zona rural da cidade.

Conforme relato de testemunhas à polícia, na fim da tarde da sexta-feira (13), o jovem estava com dois amigos na cidade, quando dois homens chegaram ao local em um carro, algemaram a vítima e a colocaram à força dentro do veículo.

Ainda de acordo com a delegada, o jovem era envolvido com o tráfico de drogas na região e também era investigado por envolvimento em dois homicídios ocorridos no ano de 2018 na cidade.

G1

 

Polícia Civil cumpre mandados de prisões na cidade de Areia

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia da cidade de Areia, cumpriu mandado de prisão preventiva nesta quarta-feira (20) em desfavor de João Nunes Cavalcante dos Santos, 38 anos, pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificado, sendo condenado a 11 anos, 8 meses e 15 dias de prisão.

Segundo informações do delegado Danilo Orengo, esta é uma das ações que estão sendo realizadas pela 12ª Delegacia Seccional de Esperança, à qual a Delegacia de Areia está ligada, fazendo cumprir vários mandados de prisão expedidos pela Justiça.

No dia 30 de outubro foi cumprido outro mandado de prisão em desfavor de João Igor Pereira dos Santos, 19 anos, pela prática do crime de tráfico de drogas. “Na ação os policiais civis ainda apreenderam cocaína e maconha na casa do suspeito, além de sacos plásticos e depósitos em conta, configurando, portanto, o comércio ilegal, sendo, então, lavrado o auto de prisão em flagrante”, concluiu.

 

clickpb

 

 

Polícia Militar prende homem suspeito de tráfico de drogas em Areia

Um homem, de 20 anos, foi preso na noite do domingo (17) suspeito de tráfico de drogas, no bairro da Jussara, na cidade de Areia, no Brejo Paraibano. A prisão foi efetuada por volta das 22h, por uma Guarnição da Polícia Militar da 3ª Cia.

Segundo informações, Willian dos Santos ainda tentou correr para dentro de uma casa quando avistou a presença dos policiais da VTR-7578, composta pelo CB Neto, CB Alcides, SD Elvys e SD Henrique, que estava em rondas de rotina.

Em tempo, os policiais apreenderam uma embalagem com material semelhante à maconha, uma embalagem semelhante à crack, dois aparelhos celulares, dois carregadores, duas facas peixeiras, uma balança de precisão e a quantia de R$ 178,00 em dinheiro.

O homem juntamente com o material apreendido foram encaminhados a delegacia de flagrantes em Esperança, na Paraíba.

Redação: Blog do Pedro Júnior

 

 

Vereador revela que filho é funcionário fantasma na prefeitura de Areia

Em Areia: durante discurso na Câmara, vereador admite que filho recebe salário da prefeitura sem trabalhar (VEJA VÍDEO)

Que a política paraibana chama a atenção muito mais pelas polêmicas do que pelas conquistas sociais, já é algo de domínio público. Um fato, nesse sentido, ocorreu essa semana na Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Areia, quando, durante a sessão, o vereador Edvaldo Vigilante (PSD), de forma inusitada, reconheceu que o filho presta serviços à Secretaria de Transportes da prefeitura da cidade como ‘servidor fantasma’.

Segundo ele, o filho recebe regulamente o salário na conta, porém nunca se apresentou para dar expediente. Ou seja, não trabalha, mas recebe.

“Para quem não sabe, meu filho foi convocado para trabalhar na prefeitura, lá na Secretaria de Transportes. Com dois meses ninguém chamou o rapaz para trabalhar, então fiquei preocupado. Meu filho, teu salário tá na tua conta sem tu fazer nada? Está errado”, declarou Edvaldo aos colegas no parlamento.

Ao tomar conhecimento o vereador Neto da Ceral (PHS), que presidia a sessão, disse que iria apurar o caso e caso seja comprovada a irregularidade, pediria punições para o filho do vereador.

O parlamentar adiantou que levará o caso ao Ministério Público e exigirá providências. Para Neto da Ceral, se o filho do vereador recebeu sem trabalhar a Câmara tem por obrigação tomar as providências.

“O vereador Edvaldo tocou num assunto aqui hoje e eu assumi, e quando eu assumo uma cadeira aqui eu não estou para brincadeira não. Então tudo o que for dito aqui, vocês têm que pesar o que diz ou trazer com fontes seguras. O vereador, sem querer, fez uma denúncia onde o filho dele recebeu sem trabalhar. Então essa Casa tem por obrigação tomar providências e fazer uma denúncia dizendo que o filho do vereador recebeu sem trabalhar e encaminhar para o Ministério Público. E aí, ambas as partes que apresentem suas provas. Essa Casa aqui não é de brincadeira não e eu estando aqui não passa despercebido não, isso aí será tomado providências por minha parte, porque eu sou testemunha, e todos aqui na Casa são testemunhas que o senhor fez uma acusação séria na noite de hoje”, reagiu.

Veja:

 

pbagora

 

 

Homem é condenado a 23 anos de prisão por estuprar a filha em Areia-PB

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba condenou a pena de 23 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, um homem acusado de estupro de vulnerável contra a própria filha, que tinha 11 anos idade na época do crime. Cabe recurso da decisão.

Conforme o processo, em fevereiro de 2018 o acusado abusou da filha através de atos libidinosos diversos da conjunção carnal.

Em decisão de primeiro grau, a juíza da Vara Única da Comarca de Areia, Alessandra Varandas, condenou acusado a pena de 25 anos de reclusão. Após isso, a defesa recorreu da decisão pedindo absolvição, argumentando de que não existiam provas suficientes para a condenação.

No julgamento do recurso, o relator do processo, desembargador Arnóbio Alves Teodósio, afirmou que houve comprovação dos abusos sexuais e que o crime continuou até a vítima completar 14 anos.

“No presente caso, deve ser aplicada a regra da continuidade delitiva e não do concurso material de crimes, conforme estabelecida na sentença, pois os fatos foram praticados pelo mesmo agente e contra a mesma vítima, em semelhantes condições de lugar, tempo, circunstâncias e modo de execução, período que compreendeu a idade da ofendida dos 11 anos aos 14 anos”, disse o relator, tornando a pena definitiva em 23 anos e quatro meses de reclusão.

 

portalcorreio

 

 

Bráulio Bessa faz palestra sobre empreendedorismo em Areia, na Paraíba

O poeta, cordelista e escritor Bráulio Bessa fará palestra sobre empreendedorismo durante o Encontro de Homens e Mulheres de Negócios do Brejo Paraibano. O evento acontece 13 de novembro, em Areia, Brejo do estado.

Na palestra, Bráulio irá falar sobre motivação e empreendedorismo com poesia de cordel, causos da sabedoria popular e humor. O Encontro de Homens e Mulheres de Negócios do Brejo Paraibano acontece no Hotel Triunfo e além da palestra de Bráulio, terá balcão de negócios e expositores.

As inscrições para a palestra de Bráulio acontecem no site do evento. Os valores dos ingressos variam de acordo com os lotes, de R$ 100 + 1 kg de alimento até R$ 160 + 1kg de alimento, no dia do evento.

G1