Arquivo da tag: Antônio

Solanense Antônio do Palmeiras é destaque na Record; assista

O solanense Antônio do Palmeiras (Palmeirinha) foi destaque no programa Domingo Espetacular deste domingo (08) na rede Record de televisão. Antônio morou 15 anos em São Paulo, tempo suficiente para se apaixonar perdidamente pelo time paulista, o Palmeiras. Ele trouxe o seu amor para a cidade que nasceu na Paraíba, inclusive, abriu o Bar do Palmeiras. Veja!

Focando a Notícia com R7

Antônio, só no papel

artigoramalho

Não sei por que botaram Antonio no seu nome. Se foi promessa ao Santo, cuja mãe era devota ou homenagem ao Tenente de Trinta, que o pai admirava. Conciliados, batizaram-no de Antonio Juarez Farias, na pia da Igreja de Cabaceiras. O Antonio só durou enquanto foi “Toinho”, operador da  única máquina de escrever do Cartório local.Quando ascendeu a escrevente de  cartório em Campina Grande, nasceu o Juarez  que ganharia o mundo e se tornaria um exemplar servidor publico do Brasil e da Paraíba.

Semana passada, contrariando suas ordens, alguns amigos foram reunidos para um almoço de confraternização. Estava proibido discurso. A emoção está à flor da pele nesse paraibano de oitenta anos. Juarez Farias preside hoje o que denominei de Confraria dos Cabelos Brancos e que, vez por outra, em seus almoços da sexta-feira,  aceita convidados mais jovens que se deliciam com a narrativa dos fatos vivenciados pelos comensais. Têm cadeira cativa nessa academia sem eleição e sem normas, o próprio Juarez, Luiz Nunes, Evaldo Gonçalves, Arnóbio Viana, Gleryston Lucena, Rafhael Carneiro Arnaud, Geraldo Almeida, Osvaldo Trigueiro do Vale  e, este que vos fala. Eventualmente,  Aracilba Rocha, Fernando Catão e João Fernandes. A pauta é livre mas inclui a vedação expressa de  comentários sobre os exames de saúde dos que estão ao redor da mesa. A saúde dos ausentes, pode ser…

Proibiram discurso de saudação aos oitenta anos de Juarez, mas não estou impedido de dizer neste espaço o orgulho que sinto em ser seu amigo.  Saído de Cabaceiras, mesmo Campina sendo grande, foi pequena para os seus vôos.  Esteve por lá até que apagaram a estrela nascente de Feliz Araujo. Depois, um concurso  colocou-o  no Banco do Nordeste e sua competência levou-o à SUDENE, à diretoria do  BNDES, do BNB, do Banco Nacional de Habitaçao-BNH e ao Governo da Paraíba. João Agripino fez dele seu Secretário de Planejamento e a Assembléia Legislativa o elegeu  Vice-governador. Esteve no exercício do cargo de Governador por várias vezes. Ronaldo Cunha Lima o trouxe de volta à Paraíba. Foi convocado  para o Tribunal de Contas, onde se aposentou depois de presidi-lo.

Nenhum paraibano vivo, merece mais que Juarez Farias ser homenageado pelos serviços prestados ao seu Estado e ao seu País. Suas ações reclamariam mais espaço. Lembro algumas: para ir ao Banco Mundial e negociar com os gringos o dinheiro do Anel do Brejo,  Agripino  mandou Juarez. Para arrancar do regime militar a pavimentação da BR-230 até Cajazeiras, lá estava Juarez com as justificativas econômicas da obra. Hermano Almeida,prefeito de João Pessoa,obteve recursos para asfaltar o Bairro de Manaíra que Dorgival Terceiro Neto deixara no Retão.Quem estava no BNH e inventou o Projeto Cura? Preciso dizer que foi também pelas mãos  desse imortal da nossa Academia de Letras que o  Brasil se encheu de conjuntos residenciais a acolher milhares de sem-teto?  Quando Celso Furtado aceitou a SUDENE tinha uma meta: mudar tudo no nordeste. E para isso, trouxe Juarez de volta à região. O novo nordeste pós SUDENE tem também a sua marca.

Aposentado, cercado dos amigos e da família que é seu orgulho, o  Juarez oitentão  lembra tanto o general homônimo descansando de grandes batalhas quanto o  Santo de Lisboa, o maior intelectual da Igreja, no seu tempo. Se o  Antonio de Juarez ficou apenas no registro,e ninguém assim o chama, o Santo não pareceu magoado.  Demonstrou sentir orgulho do seu afilhado, não lhe negando proteção  durante toda sua vida lutas e vitórias.

 

RAMALHO LEITE

 

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Antônio, só no papel

artigoramalho

Não sei por que botaram Antonio no seu nome.Se foi promessa ao Santo, cuja mãe era devota ou homenagem ao Tenente de Trinta, que o pai admirava. Conciliados, batizaram-no de Antonio Juarez Farias, na pia da Igreja de Cabaceiras. O  Antonio só durou enquanto foi “Toinho”, operador da  única máquina de escrever do Cartório local.Quando ascendeu a escrevente de  cartório em Campina Grande, nasceu o Juarez  que ganharia o mundo e se tornaria um exemplar servidor publico do Brasil e da Paraíba.

Semana passada, contrariando suas ordens, alguns amigos foram reunidos para um almoço de confraternização. Estava proibido discurso. A emoção está à flor da pele nesse paraibano de oitenta anos. Juarez Farias preside hoje o que denominei de Confraria dos Cabelos Brancos e que, vez por outra, em seus almoços da sexta-feira,  aceita convidados mais jovens que se deliciam com a narrativa dos fatos vivenciados pelos comensais. Têm cadeira cativa nessa academia sem eleição e sem normas, o próprio Juarez, Luiz Nunes, Evaldo Gonçalves, Arnóbio Viana, Gleryston Lucena, Rafhael Carneiro Arnaud, Geraldo Almeida, Osvaldo Trigueiro do Vale  e, este que vos fala. Eventualmente,  Aracilba Rocha, Fernando Catão e João Fernandes. A pauta é livre mas inclui a vedação expressa de  comentários sobre os exames de saúde dos que estão ao redor da mesa. A saúde dos ausentes, pode ser…

Proibiram discurso de saudação aos oitenta anos de Juarez, mas não estou impedido de dizer neste espaço o orgulho que sinto em ser seu amigo.  Saído de Cabaceiras, mesmo Campina sendo grande, foi pequena para os seus vôos.  Esteve por lá até que apagaram a estrela nascente de Felix Araujo. Depois, um concurso  colocou-o  no Banco do Nordeste e sua competência levou-o à SUDENE, à diretoria do  BNDES, do BNB, do Banco Nacional de Habitaçao-BNH e ao Governo da Paraíba. João Agripino fez dele seu Secretário de Planejamento e a Assembléia Legislativa o elegeu  Vice-governador. Esteve no exercício do cargo de Governador por várias vezes. Ronaldo Cunha Lima o trouxe de volta à Paraíba. Foi convocado  para o Tribunal de Contas, onde se aposentou depois de presidi-lo.

Nenhum paraibano vivo, merece mais que Juarez Farias ser homenageado pelos serviços prestados ao seu Estado e ao seu País. Suas ações reclamariam mais espaço. Lembro algumas: para ir ao Banco Mundial e negociar com os gringos o dinheiro do Anel do Brejo,  Agripino  mandou Juarez. Para arrancar do regime militar a pavimentação da BR-230 até Cajazeiras, lá estava Juarez com as justificativas econômicas da obra. Hermano Almeida,prefeito de João Pessoa,obteve recursos para asfaltar o Bairro de Manaíra que Dorgival Terceiro Neto deixara no Retão.Quem estava no BNH e inventou o Projeto Cura? Preciso dizer que foi também pelas mãos  desse imortal da nossa Academia de Letras que o  Brasil se encheu de conjuntos residenciais a acolher milhares de sem-teto?  Quando Celso Furtado aceitou a SUDENE tinha uma meta: mudar tudo no nordeste. E para isso, trouxe Juarez de volta à região. O novo nordeste pós SUDENE tem também a sua marca.

Aposentado, cercado dos amigos e da família que é seu orgulho, o  Juarez oitentão  lembra tanto o general homônimo descansando de grandes batalhas quanto o  Santo de Lisboa, o maior intelectual da Igreja, no seu tempo. Se o  Antonio de Juarez ficou apenas no registro,e ninguém assim o chama, o Santo não pareceu magoado.  Demonstrou sentir orgulho do seu afilhado, não lhe negando proteção  durante toda sua vida lutas e vitórias.

 

 

RAMALHO LEITE

 

 

 

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Vereador Antônio Marques desmente boatos de possível racha com o prefeito Douglas Lucena

 

antonio marquesO vereador Antônio Marques (PDT) desmentiu, nessa sexta-feira (15), durante entrevista ao FOCANDO A NOTÍCIA, boatos de que teria rachado politicamente com o prefeito Douglas Lucena, em Bananeiras, e entrado na bancada de oposição da Câmara Municipal.

 

Antônio Marques informou que foi mal interpretado por algumas pessoas durante seu pronunciamento na última terça (12) na Tribuna da Câmara. “Quem esteve na sessão e ouviu atentamente meu pronunciamento percebeu que em nenhum momento afirmei deixar a bancada do prefeito. O que relatei é que sou um vereador do povo e meu principal compromisso é com aqueles que me elegeram e com os que não me elegeram, pois represento minha cidade na Câmara, mas que sendo ou não da bancada do prefeito na hora de fazer as reivindicações irei fazer, pois é assim que o vereador deve se portar. Continuo como estou e assim permanecerei até achar necessário”, afirmou o parlamentar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O vereador falou, também, do motivo de sentar no lado da bancada onde ficam os vereadores da oposição. “Foi apenas uma coincidência. Estava conversando com um funcionário da Câmara quando começou a sessão é lá mesmo permaneci. Até porque não existe essa questão de local marcado para situação e oposição. A Câmara tem se portado de maneira cordial e acredito que todos que compõem o Legislativo do nosso município têm o mesmo objetivo que é o melhor para nossa cidade”.

 

 

Redação/Focando a Notícia

Chegou o dia: Padre Antônio Maria faz show nesta quarta (10), em Bananeiras-PB

 

Chegou o dia tão esperado por todos os bananeirenses e por todos da região. Nesta quarta- feira, dia 10, as 19:30min, o padre Antônio Maria estará realizando um show em Bananeiras, em comemoração aos 30 anos da Radio Integração do Brejo, pertencente a diocese de Guarabira e administrada pela Comunidade Doce Mãe de Deus.

O evento acontecerá no pátio da matriz da cidade e será totalmente gratuito. Durante toda a tarde terá uma vasta programação no local com outras atrações, inclusive com apresentações dos violeiros e do cantor Roberto Sousa.

Será um momento inesquecível para toda a região, principalmente para todos que estiverem presentes.

por: André Alexsandro

Cantor Roberto Sousa, fará a abertura do Show do Padre Antonio Maria, na cidade de Bananeiras – PB

Já está tudo decidido e o Cantor Roberto Sousa, fará a abertura do memorável Show do Padre Antonio Maria, na cidade de Bananeiras, neste dia, dia 10 de Outubro, como parte integrante das festividades de Aniversário da Rádio Integração do Brejo – AM 680 KHZ -, emissora partencente à diocese e detentora de excelentes serviços prestados à comunidade.

Todos os preparativos, em conformidade com  os organizadores, já estão devidamente providenciados e, como uma das posturas da emissora, é valorizar a chamada prata da casa, Roberto Sousa, além de um de seus Comunicadores, como programa todos os domingos, das 9 às 11 da Noite, destaca-se como um dos mais conceituados Cantores e Compositores de todo grande Brejo Paraibano, sendo, portanto, convocado para fazer a
abertura deste super esperado Show.

Ainda segundo os organizadores, toda programação terá inicio às 3 da tarde, com programas, ao vivo e músicas especiais, contando um pouco da história da Rádio e destacando o papel que a mesma exerce diante da coletividade, como um todo, transmitindo os ideais de fraternidade, de cristandade e do bem viver, na solidificação de melhores dias para todos.

Por  Geraldo Belo


Padre Antônio Maria fará show em Bananeiras-PB


 

O padre Antônio Maria, famoso por suas belas músicas e parcerias musicais com vários artistas nacionais como Roberto Carlos, estará na cidade de Bananeiras para uma inédita apresentação.

O evento faz parte das festividades de aniversário de 30 anos da Rádio Integração do Brejo – AM 680, que no próximo dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, completa 30 anos de existência.

Atualmente a emissora é administrada pela Comunidade Doce mãe de Deus.

O show acontecerá as 20hs do dia 10 de outubro no largo da matriz de Bananeiras, e a cidade já se prepara para este grande evento religioso.

André Alexsandro/ Rádio Integração do Brejo

TRE indefere registro de Carlos Antônio a prefeito de Cajazeiras, mas decisão cabe recurso ao TSE

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) modificou a decisão de primeira instância para indeferir o registro de Carlos Antônio Araújo de Oliveira a prefeito de Cajazeiras nas eleições deste ano. A decisão ainda cabe recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O relator do processo, juiz Miguel de Britto Lyra, entendeu que atos praticados pelo ex-prefeito foram dolosos e por isso modificou decisão de primeira instância. Como três (Tércio Chaves, Silvio Porto e Márcio Accioly) dos seis juízes que compõe a Corte se averbaram suspeitos, o juiz Breno Wanderley foi convocado para participar do julgamento do recurso.

Após a modificação na composição, os integrantes da Corte seguiram o voto do relator e o entendimento do Ministério Público para indeferir o registro de Carlos Antônio.

O Juiz da 42ª Zona Eleitoral, José Djacy Soares Alves, tinha deferido a candidatura de Carlos Antônio Araújo de Oliveira para as eleições 2012. O julgamento do pedido de registro do ex-prefeito foi o último dos três concorrentes ao cargo de Prefeito de Cajazeiras a ser julgado em primeira instância. No entanto, o Juiz entendeu que as decisões do Tribunal de Contas contra “Dr. Carlos” não geravam a sua inelegibilidade.

Fonte: PolíticaPB

MPPB encontra irregularidades no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande


:
Foto: Ascom

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) realizou na terça-feira (24), inspeção no Hospital Antônio Targino, localizado em Campina Grande. Foram constatadas, a exemplo de outras unidades hospitalares da cidade, diversas irregularidades como falta de triagem para priorizar pacientes mais graves, além da própria demora no atendimento. A inspeção foi acompanhada pelos técnicos dos conselhos regionais de Medicina, Enfermagem, Farmácia, Odontologia e da Vigilância Sanitária.

A fiscalização apurou, ainda, que o Hospital Antônio Targino disponibiliza apenas um médico para cada 20 leitos, enquanto a recomendação do Ministério da Saúde, neste caso, é no mínimo dois profissionais de saúde.

Alguns enfermeiros revelaram aos técnicos e aos promotores de Justiça, Luciano Maracajá e Adriana Amorim, que não dispõem de dormitórios para melhor acomodação nos horários de repouso. Devido a falta de espaço adequado, eles utilizam bancos de cinto existentes nos corredores daquela casa hospitalar.

Os acompanhantes dos pacientes também enfrentam problemas durante a estadia na unidade hospitalar, pois há falta de camas para esta finalidade nas enfermarias. A fiscalização apurou ainda que os próprios doentes não dispõem, em sua totalidade, de roupas hospitalares, sendo obrigados a permanecerem com as vestes com as quais ingressam no local.

Uma paciente procedente da cidade de Aroeiras, no Cariri Oriental da Paraíba, informou aos promotores de Justiça que, para receber um atendimento mais rápido, teve que pagar R$ 150 por uma consulta, cobrada por um médico do Hospital Antônio Targino e feita num dos próprios consultórios do estabelecimento de saúde.

Os promotores Luciano Maracajá (Direitos da Saúde de Campina Grande) e Adriana Amorim (coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Saúde do estado) vão instaurar inquérito policial para apurar a denúncia.

Com relação às demais irregularidades encontradas, o Ministério Público e os órgãos técnicos responsáveis pela inspeção, vão dar 30 dias à direção do hospital para que todas elas sejam corrigidas – sob pena de terem que ingressar com uma ação na Justiça.

Fonte: Ascom
Focando a Notícia

Alcymar Monteiro faz show inesquecível no Santo Antônio e São João de Solânea – PB

No Santo Antônio e São João de Solânea, se apresentaram na noite desta quinta – feira dia (21), Alcymar Monteiro, Raio do sol, Forró Classe A e Ronaldo Show.  A apresentação do cantor Alcymar Monteiro estava sendo aguardado por todos com muita expectativa na Praça do Forró no centro da cidade.

Aproximadamente 10 mil pessoas assistiram o show na Praça 26 de Novembro em Solânea. A grande multidão cantou, dançou e se emocionou ao som do grande ícone do forró no Brasil, Alcymar Monteiro. Ele cantou grandes sucessos do seu repertório na apresentação que começou à 1hora da madrugada e terminou por volta das 4horas. Mesmo com a forte chuva que caiu durante o show de Alcymar Monteira, o publico não arredou o pé e caiu no forró que terminou já na manhã desta sexta – feira com apresentação da Banda Raio do Sol.

Segundo a Polícia Militar, a festa transcorreu na maior tranquilidade, pois o trabalho preventivo que a polícia realizou inibiu qualquer ação dos mais exaltados e as pessoas foram à praça apenas para curtir o santo Antônio e São João de Solânea.

 

fotos/diariodobrejo.com

 

Assessoria

diariodobrejo.com