Arquivo da tag: Antônio Muniz

Arritmia leva dom Antônio Muniz de volta a UTI. Entenda o que aconteceu

Dom-Ant.-MunizA arquidiocese de Maceió (Alagoas), continua em alerta e constante oração quanto ao pós-cirúrgico de Dom Antonio Muniz Fernandes (62 anos), que se submeteu a seis pontes de safena na última quarta-feira (20), na Santa Casa de Misericórdia de Maceió.

O arcebispo se recuperava em apartamento do hospital até que ontem uma arritmia chamou a atenção da equipe médica que decidiu leva-lo novamente a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A medida é preventiva, mas o quadro é estável e está sob controle, segundo a Pastoral da Comunicação local.

Dom Frei Antônio Muniz Fernandes é da Ordem Carmelita. Natural de Princesa Isabel (Paraíba), nascido em  11 de agosto de 1952. Foi ordenado padre no dia 24 de maio de 1980, sendo nomeado para o episcopado em fevereiro de 1998, para a Diocese de Guarabira.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Foi ordenado bispo na cidade de Olinda, em 24 de maio de 1998, pelas mãos de Dom Marcelo Pinto Carvalheria.

Foi ainda bispo de Guarabira de 1998 a 2006), vice-presidente do regional Nordeste-2 da CNBB, entre 2003 a 2007; presidente do regional Nordeste-2 da CNBB, entre 2007 a 2011 e é o arcebispo de Maceió desde fevereiro de 2007.

Formado em Filosofia e em Teologia pelo Instituto de Teologia do Recife, possui mestrado em Teologia Bíblica pela Universidade Gregoriana de Roma. Fez ainda Complementação Bíblica em Jerusalém e Inglês em Recife.

Em 22 de novembro de 2006 foi designado arcebispo de Maceió, em Alagoas.

O que é arritmia?

Uma arritmia é um distúrbio do batimento ou ritmo cardíaco, como batimento muito rápido, muito lento ou irregular. Quando o coração bate mais rápido que o normal, o paciente tem aquilo que os médicos chamam de taquicardia. Quando acontece o contrário, ou seja, quando os batimentos são mais lentos do que deveriam, o caso é de bradicardia. Muitas vezes, o paciente pode apresentar batimentos cardíacos irregulares, sem representar necessariamente um padrão, seja ele mais rápido ou mais lento que o normal.

Normalmente, o coração é capaz de bombear o sangue pelo corpo sem ter que se esforçar mais do que o necessário. Ele possui um sistema elétrico que garante que as contrações que impulsionam o sangue aconteçam de forma ordenada. Quaisquer mudanças nessas contrações podem causar arritmia.

O que é ponte de safena?

A ponte de safena, também conhecida por cirurgia de revascularização do miocárdio, consiste na retirada de uma parte da veia safena localizada na perna, para criar uma ponte por cima das artérias do coração para tornar possível a passagem sanguínea.

Riscos da ponte de safena

Os riscos da ponte de safena são minimizados quando o paciente respeita todas as orientações médicas que podem incluir o controle da alimentação e o uso ou a suspensão de determinados medicamentos antes da cirurgia.

O principal risco da ponte de safena é o infarto que pode ocorrer durante a cirurgia.Há maiores chances disto acontecer quando o indivíduo sofre de doenças pulmonares, é diabético, tem insuficiência renal crônica ou é portador de outras doenças cardíacas.

Além disso, os riscos vão depender se a cirurgia foi realizada com urgência, do grau de comprometimento do coração e se já houve algum infarto anteriormente.

Cirurgia para ponte de safena

A cirurgia para ponte de safena é delicada e dura em média 5 horas. As etapas da cirurgia para ponte de safena são:

  • Anestesia geral com necessidade de um tubo na traqueia para facilitar a respiração;
  • Retirada de parte da veia safena, na perna;
  • É feito um corte no tórax, para ter acesso às artérias do coração;
  • O médico examina as artérias obstruídas, definindo os locais para  fazer as pontes;
  • A veia safena é costurada no local necessário;
  • O esterno é costurado com fios de aço para fechar novamente o tórax;
  • No final da cirurgia, o tubo na traqueia é mantido durante as primeiras horas de recuperação.

Rafael San – PASCOM

Arquidiocese de Maceió divulga nota sobre saúde de dom Antônio Muniz

Dom_munizO arcebispo metropolitano de Maceió, dom Antônio Muniz Fernandes, O.Carm., já se encontra internado no hospital Santa Casa de Misericórdia de Maceió realizando os procedimentos pré-operatórios para a cirurgia que acontecerá na manhã desta quarta-feira (20) a partir das 7h, estando impossibilitado de receber visitas até autorização médica.

Conclamamos todo o povo de Deus que se una em orações pelo êxito desta cirurgia cardíaca a qual ele será submetido, sob a direção do renomado Dr. José Wanderley Neto e sua equipe.

Que Nossa Senhora dos Prazeres, nossa Mãe e Padroeira, interceda a seu Filho Jesus pelo restabelecimento da saúde de nosso querido pastor.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Maceió