Arquivo da tag: antigo

A pressão funcionou! Versão beta do WhatsApp traz antigo Status de volta

whatsO WhatsApp lançou há uma semana o Status, um novo recurso de troca de fotos e vídeos que desaparecem 24 horas após sua postagem. Mas o antigo Status, aquele que te deixava colocar uma frase que dizia seu “estado de espírito”, acabou sendo sacrificado por conta disso.

Mas, para os fãs do recurso original do WhatsApp, pode haver uma luz no fim do túnel. O perfil de Twitter @WABetaInfo, que adianta novidades ainda em fase de testes das futuras versões do aplicativo, mostrou que o antigo Status consta em uma versão beta para iOS número 2.17.8.14.

Ele aparece com o nome de “tagline” (slogan, em tradução livre). Já na versão beta para Android número 2.17.85 chama-se “about” (sobre). Em uma versão beta anterior, o nome do recurso escondido era “Info” (informação).

O @WABetaInfo testa versões que nem mesmo as pessoas que se inscreveram para ser usuários beta do WhatsApp têm acesso. Para ser um usuário beta no Android, basta ir à página do aplicativo na Google Play e depois em “tornar-se testador”, mas talvez tenha que esperar novas versões do WhatsApp para ver o velho Status.

Como são informações extraoficiais, não se sabe quando (ou se) o WhatsApp oficializará a volta do Status velho. E se isso acontecer, provavelmente ele não vai “matar” a versão nova do Status, mas as duas opções deverão coexistir.

Pelo menos no Brasil, o novo Status do WhatsApp, inspirado no Snapchat, não agradou os fãs do app: em enquete do UOL, 79,41% dos mais de 10 mil votantes criticaram o novo Status.

Poucos aprovaram a cópia de recursos de aplicativos (Snapchat e Instagram) com propósitos diferentes, a mudança de abas na tela inicial (que deixou os contatos um pouco mais escondidos) e, claro, o fim do antigo Status, que muitos usavam para colocar frases poéticas ou mandar indiretas para seus “crushes”.

Nas redes sociais, os lamentos pelo fim do antigo Status renderam a hashtag #KdMeuStatusDoWhats.

Quero voltar agora ao Status antigo, dá?

A resposta, infelizmente, é: oficialmente, o WhatsApp não possui uma ferramenta que faça o aplicativo voltar à versão mais antiga –nem no Android nem no iPhone (iOS).

É importante manter o aplicativo atualizado, porque a cada versão erros são corrigidos, mas se você realmente “não está sabendo lidar”, pode tentar se aventurar.

No iPhone, por conta do sistema iOS, que não dá espaço para personalizações, os passos são complicadíssimos. Até existem alguns tutoriais na internet que mostram como fazer, mas eles requerem paciência e conhecimento técnico. Se você não manja do assunto, procure quem entenda.

No Android, é um pouco mais fácil instalar versões antigas de aplicativos, mas lembramos que não é recomendado o uso de APKs (espécie de arquivo ‘zip’ para Android) que não sejam oficiais. Você corre o risco de pegar algum vírus ou danificar seu smartphone.

Caso queira se arriscar, primeiro desinstale a versão do WhatsApp. Depois habilite a opção “Fontes desconhecidas” em Configurações/Ajustes > Segurança.

Então, baixe no seu celular uma versão anterior do WhatsApp no site APK Mirror e clique no arquivo baixado para começar a instalar, como se fosse um programa do Windows.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Odebrecht pagou R$ 350 mil a antigo braço-direito de Dilma, diz delator

Joel Silva/Folhapress
Joel Silva/Folhapress

O ex-assessor especial de Dilma Rousseff Anderson Braga Dorneles recebeu R$ 350 mil da Odebrecht, como “apoio financeiro”, de acordo com a delação de Cláudio Melo Filho, ex-diretor de relações institucionais da empresa. Os repasses, feitos em sete parcelas de R$ 50 mil, teriam ocorrido entre outubro de 2013 e julho de 2014.

Melo Filho relata que conheceu Dorneles, que teria o codinome “Las Vegas” nas planilhas da Odebrecht, em meados de 2012, durante um encontro com a presença de Marcelo Odebrecht, então presidente da empresa.

“Segundo me foi dito por Marcelo Odebrecht, ele mantinha contato com o sr. Anderson, pois este trabalhava com a sra. Presidente Dilma Rousseff e era responsável pela agenda de trabalho da mesma. Posteriormente à reunião, Marcelo me comunicou que recebeu um pedido de apoio financeiro a Anderson, autorizando que se realizassem pagamentos de R$ 50 mil em seu benefício”, diz o delator.

A delação também traz uma troca de e-mails entre Cláudio Melo Filho e Marcelo Odebrecht, de setembro de 2014, onde o primeiro diz que o caso envolvendo Dorneles está “sem ser resolvido nestes últimos dois meses, por meu esquecimento” e pede para que “seja aprovado”. Odebrecht responde com um “ok”.

Sócio em bar

Dorneles foi assessor de Dilma até fevereiro de 2016, quando foi exonerado do cargo – na época, Dilma ainda era presidente da República. Segundo informações da “Folha de S.Paulo”, o assessor desejava sair do governo porque iria se casar, mas também porque o Palácio do Planalto temia que seu nome aparecesse na delação premiada de outros executivos, da empreiteira Andrade Gutierrez.

A suspeita tinha relação com um bar dentro do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, do qual o gaúcho Dorneles seria sócio junto com o empresário Douglas Fanzoni Rodrigues – preso em março deste ano pela Polícia Federal na 26ª etapa da Operação Lava Jato.

Franzoni, que também trabalhou em cargos comissionados do governo federal, durante o governo Lula, foi detido porque a PF suspeitava que seria ele o “Las Vegas” das planilhas da Odebrecht e teria recebido R$ 50 mil. Segundo a delação de Melo Filho, “Las Vegas” trata-se de Dorneles, não de Franzoni.

Na delação do executivo, existe referência a um Douglas Rodrigues, que esteve na Odebrecht Brasília em três datas ao longo de 2015 para tratar dos “recebimentos acordados com Anderson Dorneles”.

Dorneles conheceu Dilma há mais de 20 anos, quando era office-boy da Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, segundo a “Folha”. O assessor tratava diretamente da agenda da presidente, tendo acesso a seus telefones e atendendo ligações, inclusive de ministros. A presidente se referia a ele como “o menino”.

Outro lado

UOL não conseguiu contato com Anderson Dorneles e Douglas Franzoni até a publicação deste texto neste domingo. A assessoria de Dilma Rousseff não respondeu ao contato feito via telefone e mensagem eletrônica.

Às 22h29, foi encaminhada a seguinte nota à redação em nome de Anderson Dornelles: “A respeito das informações divulgadas pela imprensa relativas à delação do Sr. Claudio Mello Filho, as quais fui citado, informo que nunca estive em reunião na sede da Odebrecht, nunca solicitei ou recebi qualquer ajuda financeira, nem tão pouco autorizei terceiro que o fizesse em meu nome. Informo também que, em minhas funções nunca fui responsável pela agenda da ex-Presidente da República Dilma Rousseff.” O posicionamento foi incluído às 22h56.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Tem celular velho parado na gaveta? Conheça sites que compram seu aparelho antigo

celularesHoje em dia os celulares ficam obsoletos com uma velocidade impressionante. O mesmo aparelho que você comprou há apenas seis meses e pelo qual zerou suas economias, se torna uma versão ultrapassada antes que seja possível terminar de pagar as prestações do cartão de crédito. Por conta dessa velocidade tecnológica, não são raras as pessoas que possuem algum celular antigo encostado em alguma gaveta.

Uma opção inteligente antes de adquirir um aparelho top de linha, é vender o antigo e assim usar o dinheiro na aquisição do novo. Alguns sites nacionais especializados no chamado “recommerce” (comércio de itens usados), prometem uma forma simples e rápida para quem deseja vender seu celular velho. E isso vale até mesmo para os aparelhos que sequer funcionam, pois suas peças podem ser reutilizadas.

Especializado apenas em aparelhos da Apple, o Brused compra e vende iPhones, iPads, iPods e Macbooks. Bastante intuitivo, basta clicar na imagem do aparelho que deseja vender ou comprar e depois clicar nas informações solicitadas: se o aparelho é desbloqueado ou não e sua capacidade de armazenamento. Um iPhone 4 de 32 GB em bom estado é avaliado no site em R$ 450 enquanto um em excelente estado chega a valer R$ 490.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No Redial é possível vender aparelhos de qualquer marca. Basta digitar o nome do aparelho que você deseja vender no campo de busca, responder algumas perguntas relacionadas a condição do dispositivo – se ele está como novo, se funciona muito bem, se possui arranhões e rachaduras ou se não funciona mais. Quanto melhor ele estiver, mais dinheiro é pago pelo aparelho. Testamos o valor do iPhone 4 de 32 GB. No site o valor pago pelo aparelho fica em torno de R$ 245,00.

O site Ziggo é outra opção de site que compra aparelhos usados. Para isso, é preciso indicar a condição de uso de seu celular escolhendo entre “Excelente”, “Bom”, “Tela Trincada” ou “Danificado”. No site o valor pago pelo iPhone 4 de 32 GB é de no máximo R$ 430.

O Uzlet também é outro especialista no recommerce de aparelhos celulares e funciona de maneira similar aos outros já citados. No site, o valor pago pelo iPhone de 32 GB é de no máximo R$ 450.

Via Catraca Livre

87% dos internautas concordaram com a demolição do antigo Hospital Regional de Solânea

enqueteHá quase um mês uma cena mudou a avenida principal do município de Solânea. O antigo Hospital Regional foi demolido depois de anos de uma queda de braço na justiça que mantinha o “esqueleto” da Unidade de Saúde vivo.

Na ocasião a demolição de um lugar histórico para a cidade causou polêmica. Alguns concordaram com a destruição do hospital, porque ele tinha virado ponto de encontro de dependentes de drogas e de vândalos.

Houve, porém, quem discordasse com a demolição, porque acreditava que o local poderia ser resgatado trazendo melhorias para a saúde dos moradores da cidade.

Foi diante desse quadro que o Focando a Notícia realizou uma enquete com a seguinte pergunta: “você concordou com a demolição do hospital de Solânea”.

O resultado é que a maioria esmagadora dos internautas respondeu que sim, que era a favor dessa demolição.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Dos 635 internautas que votaram na enquete, 550 votaram a favor dessa decisão, o que representa 87% do total de votantes. Apenas 85 (13%) disseram ser contra a demolição do antigo hospital.

Focando a Notícia

 

Facebook: como fazer para encontrar um post antigo que você fez

facebookJá ocorreu de você ter alguma postagem antiga feita pelo Facebook e querer mostrar ela pra algum amigo? Se a sua resposta for afirmativa, provavelmente teve um trabalhão para encontrar o conteúdo desejado, que ficou perdido entre tantos outros itens de sua linha do tempo.

Infelizmente, a rede social não possui uma ferramenta nativa para fazer isso. Mas, nem tudo está perdido, pois através de um aplicativo desenvolvido para Facebook, você poderá encontrar qualquer postagem de uma forma muito mais prática e rápida. Acompanhe o tutorial a seguir para saber como instalar o Status History e como utilizá-lo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Como instalar e utilizar o aplicativo

  • Acesse o site do aplicativo StatusHistory e clique no botão “Get Status History”;

  • Uma pop-up abrirá para que você autorize a execução do aplicativo em seu perfil de Facebook. Para aceitar esta solicitação, clique em “OK”;

  • Em seguida, você será redirecionado para uma tela que recuperará suas postagens antigas. Este processo pode demorar alguns minutos, dependendo da quantidade de posts que você publicou;

  • Após a conclusão do processo de recuperação de postagens, você será redirecionado para uma página com 4 principais abas. Selecione a opção “Search” e digite um termo qualquer utilizada na postagem antiga;

  • Vá até a aba “Status” e confira toda a lista de resultados encontrados;
  • Você também pode procurar por postagens feitas nas Fan Pages que você administra.
FONTE(S)

  • StatusHistory

Corpo encontrado próximo ao antigo CAIC é o de Pedro Henrique; diz padrasto

pedrohenriqueNa manhã deste domingo, 07, foi encontrado um cadáver nas proximidades do IFPB de Guarabira, antigo CAIC. Segundo a polícia militar, o corpo tratava-se do jovem Pedro Henrique Soares, 17 anos, que residia no bairro da Esplanada.

De acordo com informações colhidas pela nossa equipe, o corpo do jovem se encontrava enterrado num buraco e enrolado num saco plástico com cal. Um pneu queimado também foi encontrado no local, talvez com o objetivo de tentar esconder o local onde o corpo foi enterrado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Pedro é filho do Subtenente Wamberto, lotado no 4º Batalhão da Polícia Militar, e estava desaparecido desde o final do jogo entre Brasil e Chile, ocorrido no sábado (28). 

Inicialmente, o pai do menor disse que o corpo não era o seu filho, porém, o padrasto do adolescente também foi ao local e reconheceu o corpo a partir das vestimentas e do corte de cabelo, chegando a conclusão que se trata realmente de Pedro Henrique. Os peritos também afirmaram as pernas da vítima estavam amarradas e o rosto cheio de hematomas.

portalindependente

Com discurso antigo, oposição só confirmará ‘novidade’ Dilma

AécioNeves3.-Antonio-CRuzAgenciaBrasiO discurso do senador mineiro Aécio Neves (PSDB), pré-candidato do maior partido de oposição à Presidência da República, remete ao passado do governo de seu correligionário Fernando Henrique Cardoso e evidencia que os tucanos não sabem lidar com a principal ‘novidade’ ocorrida no Brasil nos últimos 11 anos: a silenciosa ascensão social dos mais pobres para a classe média.

O outro candidato oposicionista, que aparece em terceiro lugar nas pesquisas, Eduardo Campos (PSB), foi beber nas mesmas fontes – a das críticas conservadoras de analistas do mercado financeiro e colunistas ranzinzas da mídia tradicional – para construir seu discurso de oposição. Acabou igualando-se a Aécio.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Empresários arcaicos – e os políticos que os representam – não enxergam, por exemplo, a ‘novidade’ do baixo desemprego e dos aumentos reais nos salários dos trabalhadores. Em sua visão tacanha é mais cômodo ter um grande estoque de mão de obra desempregada e desqualificada que se sujeite a salários mais baixos, do que o país alcançar o pleno emprego. Ao olharem só para o microcosmo de suas empresas, desconsideram que o mercado de trabalho aquecido tem reflexos em toda a economia, aumentando a atividade de todas as empresas e criando oportunidades para o surgimentos de outros empreendimentos.

Outra ‘novidade’, que tem a ver com o aumento da renda familiar, é o fato de os jovens estudarem por mais tempo antes de entrar no mercado de trabalho. Economistas arcaicos reclamam sem refletir que, passado o tempo de formação dessa parcela, agora ampliada, da juventude, eles terão condições de iniciar suas carreiras com muito mais qualificação, valorizando ainda mais suas contribuições para aqueles que os empregarem.

Há muitas outras ‘novidades’ por aí e que estarão na pauta dos debates e campanhas eleitorais deste ano. Mas pelo que vimos até agora, setores do empresariado, da velha mídia e da classe política tendem a permanecer cegos a elas, já que insistem em só criticar, em vez de entender o novo contexto brasileiro em que estão inseridos.

Dessa forma, Dilma terá uma oposição sob medida para conquistar um segundo mandato e ampliar as ‘novidades.’

 

RBA