Arquivo da tag: amplia

SUS amplia prevenção contra casos de Aids

O Ministério da Saúde anunciou ontem a incorporação no SUS de tratamento que previne a infecção pelo HIV. A terapia será ofertada a grupos mais expostos ao risco, como homens que fazem sexo com homens e profissionais do sexo.

O tratamento consiste na administração diária do antirretroviral Truvada, que é uma combinação de outros dois medicamentos (tenofovir e emtricitabina), em pessoas não infectadas pelo HIV que mantêm relações de risco.

No primeiro ano, o tratamento estará disponível para 7.000 pessoas, número que foi tido como insuficiente por especialistas durante discussão sobre o assunto na Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias), que recomendou a terapia.

Segundo eles, o cálculo de 7.000 só atingiria 3,8% dos homens gays e bis -trans, travestis e heterossexuais não entrariam nesse cálculo.

Estimativa feita nos EUA prevê que um quarto dos homens que fazem sexo com homens teriam recomendação para usar a a chamada “prep” (da sigla em inglês para profilaxia pré-exposição).

Se a mesma proporção fosse usada no Brasil, mais de 220 mil pessoas deveriam receber a terapia.

Desde 2012 a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda a oferta de prep para casais sorodiscordantes (ou seja, em que um dos parceiros tem HIV), homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo e transgêneros (travestis e transexuais).

As taxas de prevalência de HIV são mais elevadas nesses subgrupos populacionais (varia de 5% a 10%), quando comparadas às taxas na população geral (0,4%).

No anúncio de ontem, o ministério não informou quais grupos de risco terão prioridade na indicação da droga. Para isso, segundo o órgão, profissionais da saúde vão realizar uma avaliação da vulnerabilidade do paciente.

“Uma série de critérios deve ser levada em conta antes da indicação da prep, como o número de parceiros sexuais, os outros métodos de prevenção utilizados, o compromisso com a adesão ao medicamento, entre outros”, afirmou Adele Benzaken, diretora do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

Para o infectologista Esper Kallás, professor e pesquisador da USP, a quantidade inicial prevista de comprimidos no Brasil não é problema porque a oferta poderá ser redimensionada conforme a demanda. “A incorporação é um grande avanço. Há dez anos, éramos chamados de loucos, antiéticos, havia preconceito. Ver isso sendo transformado em realidade é show.”

O investimento inicial do Ministério da Saúde será de US$ 1,9 milhão na compra de 2,5 milhões de comprimidos, o que deve atender a demanda pelo período de um ano. A distribuição da terapia no SUS começa em 180 dias.

Mario Scheffer, professor do departamento de saúde preventiva da USP, afirma que, pelo fato de a patente do Truvada estar em domínio público, fica aberto o caminho para os genéricos, o que reduziria o custo. Ainda cabe recurso da farmacêutica Gilead, fabricante da droga.

Segundo ele, muitos dos grupos vulneráveis ainda não foram sequer informados sobre a distribuição ou do que se trata a prep. “Vai ter campanha dirigida aos mais vulneráveis informando sobre o novo direito? Faz tempo que o Ministério da Saúde censurou campanhas dirigidas aos homossexuais e profissionais do sexo”, diz Scheffer.

Efeitos colaterais

Nos últimos anos, a discussão sobre a oferta da prep no SUS gerou questionamentos sobre a possibilidade de a terapia criar resistência ou causar efeitos colaterais em pessoas saudáveis, que, dificilmente, seriam convencidas a fazer uso diário de um remédio.

Para Esper Kallás, a profilaxia provoca poucos efeitos colaterais. “São facilmente administráveis.” Ele diz que outra grande vantagem da prep é trazer essas pessoas para o centro de assistência.

“Não é só dar o remédio e prevenir os efeitos colaterais, é dar aconselhamento sobre o uso da camisinha e o teste de HIV com frequência, reduzir o número de parceiros. É uma ação em saúde pública.”

Para Kallás, a relação de custo e benefício da droga é altíssima porque, ao prevenir uma infecção nessa população vulnerável, várias outras pessoas estarão sendo poupadas do risco de se infectar com o vírus.

A prevenção será ofertada nos serviços do SUS que já trabalham com prevenção do HIV. Segundo o ministério, a prep só será indicada após testagem do paciente para HIV, uma vez que ela é contraindicada para pessoas já infectadas pelo vírus. Nesses casos, ela pode causar resistência ao tratamento.

Atualmente, 827 mil pessoas vivem com HIV/Aids no país. Desse total, 372 mil ainda não estão em tratamento, sendo que 260 mil já sabem que estão infectadas e 112 mil pessoas desconhecem o fato.

Com a nova medida, o Brasil se torna o primeiro país da América Latina a utilizar essa estratégia de prevenção como política de saúde pública.

Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TCE amplia transparência com nova ferramenta de acesso às despesas públicas e faz balanço da gestão

Uma nova ferramenta de acesso à informação está à disposição dos cidadãos no site do Tribunal de Contas do Estado – TCE. Trata-se do link “Painéis de Acompanhamento de Gestão”, que permite ao usuário acessar a evolução das despesas realizadas pelo Estado e pelos municípios, bem como dados das receitas e das licitações. A informação foi prestada, nesta sexta-feira (12), pelo conselheiro presidente da Corte, André Carlo Torres Pontes, ao lembrar os cinco anos da Lei de Acesso à Informação (12.527/2011). A LAI será comemorada na próxima terça-feira, 16 de março.

Ao anunciar o novo dispositivo de acesso às informações públicas no site do TCE, o conselheiro André Carlo Torres enfatizou a preocupação do Tribunal em ampliar a transparência. Reiterou que os painéis ficarão à disposição do cidadão para consultas, a exemplo de outras ferramentas que podem ser consultadas pelos internautas, como o Sagres – Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade, onde estão disponíveis dados sobre receitas orçamentárias, empenhos, pagamentos e folha de pessoal.

Balanço da Gestão – O conselheiro André Carlo fez um balanço dos primeiros quatro meses da gestão no TCE, desde que foi implantado o Processo de Acompanhamento da Gestão, em tempo real, no início do ano. Com a nova sistemática de análise para as contas públicas, disciplinada pela Resolução Normativa RN-TC Nº 01/2017, a Auditoria do TCE passou a produzir relatórios iniciais, que ensejaram a emissão de “Alertas”, decorrentes de indícios de irregularidades ou descumprimento de preceitos relativos à Transparência Pública e Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os números mostraram que foram emitidos 277 Alertas, entre os 1.971 processos iniciados a partir de relatórios, solicitações, pedidos de cautelares, diligências, denúncias, licitações e atos de pessoal. No período o Departamento Especial de Auditoria – DEA produziu 1.233 relatórios, observando-se ainda 40 relatórios sobre a verificação de cumprimento das decisões.

O TCE também ampliou as atividades pedagógicas através da Escola de Contas Otacílio Silveira – Ecosil, proporcionando diversos cursos e treinamentos aos gestores públicos, especificamente em relação às novas ferramentas que estão viabilizando o acompanhamento da gestão, a exemplo do encaminhamento de balancetes mensais e cumprimento da Lei de Transparência. A Ecosil realizou 22 eventos para 1.767 participantes.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cruzeiro vence Atlético-MG e amplia tabu sobre o rival para seis clássicos

cruzeiroQuando se trata de clássico, nenhum outro número agrada mais ao cruzeirense do que o seis, desde 2011. Número que o torcedor celeste vai poder usar para tirar onda com o amigo atleticano nas próximas semanas. Afinal de contas já são seis clássicos que o Cruzeiro não perde para o Atlético-MG. No primeiro duelo de 2017, a quarta vitória azul nesta sequência. Com gol de Arrascaeta a equipe celeste venceu por 1 a 0, pela primeira rodada da Primeira Liga.

Além de vencer o maior rival e ampliar a invencibilidade no clássico para seis partidas, o bom futebol apresentado diante do Atlético também deixou o cruzeirense satisfeito. Mesmo sem Thiago Neves e Lucas Silva, duas das grandes contratações para a temporada, o Cruzeiro foi sempre melhor do que rival. Portanto, um resultado inquestionável, acabando com o jejum de clássicos sem vitórias no Mineirão, que era de sete confrontos.

À vontade no clássico, Arrascaeta faz outro gol

Iniciando a terceira temporada pelo Cruzeiro, o meia Arrascateta já enfrentou o Atlético-MG em outras oportunidades. O jogador uruguaio mostra que está bem à vontade quando o jogo é diante do maior rival. Com o gol pelo duelo da Primeira Liga, Arrascaeta já tem três gols anotados em clássicos com o Atlético. Além de gols, o uruguaio coleciona assistências e boas atuações diante do rival alvinegro.

Felipe Santana sofre com a falta de ritmo

Após deixar o futebol russo, no meio de 2016, o zagueiro Felipe Santana ficou alguns meses sem jogar. O retorno ao futebol aconteceu na estreia do Atlético, no Mineiro, diante do América, de Teófilo Otoni. Ainda sem ritmo e três dias depois do primeiro jogo oficial após um período parado, o defensor mostra que ainda está sem ritmo. O gol do Cruzeiro deixa claro como Felipe Santana sofre para readquirir a forma técnica e física. O camisa 26 do Atlético errou o tempo de bola, deixando Arrascaeta sozinho com Giovanni. No segundo, uma nova falha e mais susto para os atleticanos, mas o Cruzeiro não aproveitou a chance.

Mano supera Roger no primeiro duelo de gaúchos

Com dois técnicos nascidos no Rio Grande do Sul, os clássicos entre Cruzeiro e Atlético vão ter um gostinho de Gre-Nal em 2017. No primeiro deles, melhor para Mano Menezes. O Cruzeiro foi muito melhor do que o Atlético, em todos aspectos. Abafa e controle do jogo até abrir o placar. Depois uma marcação eficiente com uma equipe postada para o contra-ataque. Não fosse as oportunidades perdidas pelos atacantes, o resultado poderia ser ainda melhor. Um ótimo alento para quem espera voltar a brigar por títulos nesta temporada.

Sem criar, Atlético apela para o lateral alçado na área

O Atlético trocou mais passes do que o Cruzeiro, mas quase sempre no campo de defesa. Com muita dificuldade para chegar perto da área adversária, o time alvinegro voltou a apelar para um velho recurso: bola alçada na área através da cobrança de lateral. Isso ocorreu em pelo menos cinco oportunidades, a primeira delas antes dos 15 minutos de jogo. Mas nada funcionou. Embora já mostre um melhor posicionamento em campo, o time de Roger Machado está muito longe do que espera a torcida alvinegra.

Duelo das torcidas foi o ponto alto da noite

É claro que o cruzeirense deixou o Mineirão muito mais satisfeito do que o atleticano. Mas se teve algo que agradou a todo mundo foi o duelo de torcidas, para ver quem cantava mais alto. Após quatro anos o clássico voltou a ter as duas principais torcidas do estado divididas meio a meio. Desde a abertura dos portões, por volta das 17h30, quando entraram os primeiros torcedores no estádio, já era possível ver a disputa de quem contaria mais. Nesse ponto, vitória do futebol mineiro.

Reforços de Cruzeiro e Atlético foram no Mineirão

Anunciados como reforços do Cruzeiro e do Atlético-MG nos últimos dias, os volantes Lucas Silva e Elias, respectivamente, estiveram no Mineirão na noite desta quarta-feira. Ainda sem condições de jogo, os atletas foram acompanhar o clássico mineiro. Novato em Belo Horizonte, Elias chegou a o estádio com a delegação atleticana, enquanto Lucas Silva já conhece muito bem a capital mineira e não fazia parte da delegação cruzeirense. Ambos acompanharam a partida dos camarotes do Mineirão.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Data: 01/02/2017 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 1ª rodada da Primeira Liga
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 39.811 pagantes
Renda: R$ 1.139.052,00
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (MG)
Assistentes: Luiz Antônio Barbosa (MG) e Felipe Alan de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Rafael Sóbis, Ezequiel e Alisson (CRU) Yago, Lucas Pratto, Ralph, Fábio Santos e Gabriel (CAM)
Cartão vermelho: Robinho (CRU)
Gols: Arrascaeta aos 27 do primeiro tempo

CRUZEIRO
Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique (Hudson, no intervalo), Ariel Cabral, Robinho e Arrascaeta (Rafinha, aos 36 do 2º); Alisson e Rafael Sóbis (Ábila, aos 28 do 2º).
Treinador: Mano Menezes.

ATLÉTICO-MG
Giovanni, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Yago (Ralph, no intervalo), Otero, Maicosuel (Clayton, aos 28 do 2º) e Cazares (Rafael Moura, aos 40 do 2º); Lucas Pratto.
Treinador: Roger Machado.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

FOCANDO A NOTÍCIA lança novo layout e amplia contato com o internauta  

 

NOVOSITEBuscando sempre uma melhor performance e agilidade para seus internautas, a empresa de Mídias e Comunicação FOCANDO A NOTÍCIA lançou o novo layout. Mais dinâmico e moderno o novo site permanece prezando pela boa informação e, principalmente, pela responsabilidade e credibilidade nas notícias postadas.

 

E a nova cara também chega cheia de novidades. A partir de agora o FOCANDO A NOTÍCIA vai também aproximar a população das Câmaras Municipais de suas cidades. Ao vivo, o internauta vai poder acompanhar as sessões das Casas Legislativas de Bananeiras, Casserengue e Solânea, que estão sendo transmitidas pelo site, por meio da TVCÂMARA.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As redes sociais chegam com força total no FOCANDO A NOTÍCIA para aqueles que não vivem sem a conexão. A página criada no facebook vai ampliar esse elo entre o site e o internauta com muito mais interação. O twitter já era uma ferramenta utilizada e agora o instagram também faz parte da nova cara do portal.

 

Com todas essas novidades, a notícia vai chegar cada vez mais rápido até o internauta, que estará sempre atualizado com as informações da sua cidade, do Estado e do Brasil.

 

FOCANDO A NOTÍCIA

Prefeitura de Guarabira amplia parceria com IFPB e conquista novos cursos do Pronatec

zenobioO prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano, se reuniu com Golbery Chagas e Ticiana Cunha, coordenadores do PRONATEC – campus Guarabira, na tarde nesta semana para discutir a ampliação do programa na cidade com a parceria entre a Prefeitura e o IFPB.

Para 2015, mais três cursos serão implantados na Zona Rural da cidade. Os novos cursos serão: promotor de vendas, agente em cooperativismo, e técnicas em vendas. As matrículas serão abertas a partir de fevereiro e devem capacitar 120 pessoas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O prefeito Zenóbio adiantou que a Prefeitura estará disponibilizando outros espaços para abrir novos cursos.

MaisPB com Assessoria 

Luiz Couto sofre revés e vê adiada votação do relatório que amplia caracterização do crime de tráfico de pessoas

luiz-traficoO deputado Luiz Couto (PT-PB) não conseguiu colocar o relatório final da Comissão Especial de Repressão ao Tráfico de Pessoas em votação, nessa quinta-feira (20), como pretendia.

Couto, que preside a comissão, atendeu pedido de vistas da deputada Antônia Lúcia (PSC-AC), conforme direito assegurado aos parlamentares no regimento interno da Câmara Federal.

Com isso, Luiz Couto definiu que os parlamentares têm até quarta-feira (26), data da próxima reunião, para apresentação de algum elemento novo com relação ao assunto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O projeto de lei a ser votado, que tem como relator o deputado Arnaldo Jordy (PSOL-PA), amplia a caracterização do crime de tráfico de pessoas no código penal; considera como hediondo os crimes de tráfico de pessoas e de trabalho escravo; cria o cadastro nacional de tráfico de seres humanos; prevê a concessão de visto permanente e de seguro desemprego para as vitimas de tráfico de pessoas; altera normas para adoção internacional de crianças e adolescentes; cria regras para a prática de atividades esportivas, artísticas e de moda por crianças e adolescentes.

 Assessoria

INSS amplia prazo de pagamento para crédito consignado

dinheiroO Ministério da Previdência decidiu ampliar o prazo máximo de pagamento de empréstimo consignado (com desconto em folha) para os aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O número limite de prestações mensais para pagamento de empréstimo pessoal e cartão de crédito subiu de 60, equivalente a cinco anos, para 72, ou seis anos.

A mudança esá publicada em uma portaria publicada no “Diário Oficial” da União desta segunda-feira (29) e foi adotada por recomendação do Conselho Nacional de Previdência Social. A medida passa a valer a partir de 1º de outubro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Atualmente, as taxas máximas são de 2,14% ao mês, para o empréstimo, e 3,06% ao mês, para o cartão consignado, segundo informa o Ministério da Previdência. Não houve alteração nas taxas.

De acordo com o ministério, o valor máximo da renda do segurado a ser comprometida não pode ultrapassar 30% do valor da aposentadoria ou pensão recebida.

G1

Município de Remígio amplia o numero de beneficiários do Programa Bolsa Família

bolsa familiaDe Janeiro a Maio de 2014 foram mais de 253 novas famílias cadastradas no Cadastro Único do Governo Federal, totalizando 4.254 famílias com cadastro atualizado no município. Atualmente 2.837 famílias são beneficiarias do Programa Bolsa Família.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Programa Bolsa apresenta condicionalidades , que são compromissos assumidos pelas famílias para permanecer recebendo o beneficio: na EDUCAÇÃO: manter as crianças de 6 a 15 anos regularmente matriculados em estabelecimento regular de ensino, garantindo frequência escolar mínima de 85% de carga horaria anual, informando sempre ao setor responsável pelo Bolsa Família no município qualquer mudança de escola e série dessas crianças; e SAÚDE: para gestantes e nutrizes realizar o pré-natal e comparecer as consultas medicas na unidade de saúde mais próxima, levar as crianças menores de 7 anos as unidades de saúde ou aos locais de vacinação mantendo sempre o calendário de vacinas atualizado, realizar também o acompanhamento com a Agente de Saúde a cada seis meses.

 

Secome-PMR

Cruzeiro empata com Timão e amplia vantagem na ponta do brasileirão

O Cruzeiro queria ter disparado ainda mais na liderança. E disparou um pouquinho. O Corinthians queria estancar a crise. Mas não estancou. O empate sem gols entre paulistas e mineiros neste domingo, no estádio do Pacaembu, pela 23ª rodada do Brasileirão, teve efeitos bem diferentes para os dois lados. Bom para a Raposa, péssimo para o Timão.

ralf corinthians Ricardo Goulart borges cruzeiro no Pacaembu (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Borges, Ralf e Ricardo Goulart em disputa pelo alto (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Agora há seis jogos sem vencer (dois empates e quatro derrotas) e com 31 pontos, a equipe do técnico Tite segue sem se encontrar. E o ataque, sem marcar. Nesse período em que reencontrou a crise, o Corinthians fez apenas um gol, na derrota para o Goiás. Passou em branco contra Inter, Náutico, Botafogo, Ponte e novamente neste domingo, contra o Cruzeiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para o time mineiro, o empate não teve efeitos colaterais. Vindo de oito vitórias seguidas no Brasileirão, a Raposa não conseguiu vencer no Pacaembu, o que lhe renderia a quebra do recorde de triunfos do time na história da competição. Mas ampliou para oito pontos sua vantagem na ponta. Tudo por conta da derrota do Botafogo para o Bahia. Agora, com 50 pontos, o time mineiro vê os cariocas estacionados nos 42.

Na quarta-feira, o Corinthians dá um tempo no Campeonato Brasileiro e recebe o Grêmio, no Pacaembu, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. No fim de semana, pelo Brasileirão, encara a Portuguesa, domingo, às 16h. No mesmo dia, só que às 18h30, o Cruzeiro visita o Internacional.

cassio corinthians e cruzeiro no Pacaembu (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Cassio foi um paredão diante do Cruzeiro no Pacaembu (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Raposa para em Cássio

Dono do melhor ataque do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro mostrou logo de cara como conquistou esse status. Destemido, o time de Belo Horizonte foi para cima do Corinthians, na tentativa de testar a melhor defesa da competição. Apostando na linha de impedimento, a zaga alvinegra falhou. Mas Cássio salvou.

O goleiro do Timão foi o melhor em campo no primeiro tempo, como já havia sido no meio de semana, na derrota por 2 a 0 para a Ponte Preta. Muito exigido, Cássio fez importantes defesa. Uma em cabeçada à queima-roupa de Nilton, outra em chute de Willian quase da pequena área e também em arremate de Egídio.

Do outro lado, porém, Fábio não teve trabalho. Não mesmo. O Corinthians não fez nada, absolutamente nada, para criar perigo ao Cruzeiro. Mesmo com dois meias de criação em campo (Douglas e Danilo), o Timão manteve a apatia das últimas rodadas, errou muitos passes e pouco finalizou (apenas três vezes). Pato, artilheiro do time com sete gols, estava no banco. E Romarinho e Sheik não conseguiam segurar a bola no ataque.

Mais entrosado e embalado pela liderança isolada do Brasileirão, o Cruzeiro tentou de todas as maneiras furar o bloqueio feito por Cássio. Mas não conseguiu. Com 57% de posse de bola no primeiro tempo, a Raposa foi muito superior aos donos da casa. Faltou o gol para coroar a boa atuação cruzeirense.

Poderia até ter tido uma chance mais clara se o árbitro tivesse visto pênalti de Gil em Borges. Mas nada foi marcado no lance em que o zagueiro acertou o atacante na área.

Emerson Sheik Corinthians e Ceará Cruzeiro série A (Foto: JF Diorio / Agência Estado)Emerson Sheik e Ceará travaram duelo quente (Foto: JF Diorio / Agência Estado)

Timão acorda, mas nem tanto…

A postura do Corinthians no início do segundo tempo foi bem diferente. Ainda que um pouco desorganizado, mas com mais agressividade, os donos da casa por pouco não abriram o placar aos cinco minutos. Igor fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Emerson Sheik, sozinho na pequena área, cabecear por cima do gol.

Com mais vontade, o Timão pressionou, relembrando um passado não muito distante, quando colocava medo em seus adversários no Pacaembu. Douglas, por exemplo, arriscou de fora da área, aos 12 minutos, e obrigou Fábio a executar linda defesa. Em pouco tempo, aliás, o goleiro trabalhou mais do que na etapa inicial.

Sem se importar muito com a pressão alvinegra, o Cruzeiro não abandonou o estilo ofensivo. Até por isso abriu mais espaços para o Corinthians. Mas o Timão não conseguia aproveitar. Principalmente por conta dos seguidos erros de passe dos seus armadores. A bola não chegava ao ataque para finalização.

Tite, então, colocou Pato em campo no lugar de Emerson. Mas a primeira impressão não foi boa. Logo de cara, o atacante pisou na bola e caiu no gramado. Pouco depois, ele deu lindo corte em Bruno Rodrigo e bateu da entrada da área, mas o chute saiu forte demais e passou por cima do gol de Fábio.

Os minutos finais do confronto foram de tentativas frustradas para ambos os lados. Contra-ataques desperdiçados, passes errados, tropeços… Pelo primeiro tempo, o Cruzeiro merecia ter vencido, mas, pelo que ambos apresentaram na etapa final, o 0 a 0 foi justo.

Douglas corinthians Dedé cruzeiro no Pacaembu (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Dedé, do Cruzeiro, na marcação do corintiano Douglas (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Globoesporte.com

SUS amplia controle sobre qualidade de sangue doado

 

Bolsa de SangueNeste 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. O Ministério da Saúde incorporou o teste ácido nucleico (Nat) na triagem sorológica do doador do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi publicada no Diário Oficial da União e passa valer em 180 dias. O teste detecta agentes químicos capazes de desenvolver doenças, sobretudo dos vírus HIV e da hepatite C, em períodos menores do que testes convencionais.

O sangue recebido dos doadores passa por testes. São exames relacionados a doenças infecciosas possíveis de serem transmitidas via transfusão. Esta etapa tem o objetivo de garantir a segurança do paciente que vai receber o sangue. O objetivo do ministério é analisar até 3,5 milhões de bolsas de sangue anualmente, cobrindo integralmente a hemorrede pública brasileira.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, Carmino Antonio Souza, o teste adotado na Europa Ocidental, América do Norte e Ásia encurta o prazo de detecção no sangue doado dos vírus HIV de 22 para sete dias e, da hepatite C, de 70 para 11 dias em média. “Um dos maiores desafios da hemoterapia em todo o mundo é encurtar cada vez mais a janela imunológica, período em que vírus permanece indetectável em um indivíduo”, comentou ele. A associação comemorou a incorporação do teste ao SUS, mas cobra do Ministério da Saúde a obrigatoriedade do teste Nat em todo o país, inclusive na saúde complementar (planos e operadoras de saúde particulares).

O gerente do Programa de Reativos para Diagnósticos de BioManguinhos, Antônio Gomes Pinto Ferreira, explicou que o Nat brasileiro, produzido desde 2010, está em permanente aperfeiçoamento. “Nosso Kit identificou mais de dez janelas imunológicas [bolsas de sangue contaminadas com o vírus da aids ou da hepatite C] de 2,5 milhões de bolsas de sangue triadas. É um dado muito robusto, que mostra que o Nat brasileiro cumpre com o papel a que se propõem de contribuir e ampliar a segurança transfusional no Brasil”, disse ele. O gerente da BioManguinhos informou que atualmente o Nat brasileiro detecta HIV e hepatite C. Os vírus da hepatite B e da dengue serão os novos alvos do teste.

Flávia Villela, da Agência Brasil