Arquivo da tag: amigos

Acusado de ter matado o próprio cunhado é assassinado com tiro durante bebedeira de amigos

(Foto: folhadovali.com)
(Foto: folhadovali.com)

Um homicídio foi registrado na noite desse sábado (25) no município de São José de Caiana, mais precisamente no sítio Serra Grande. O agricultor Eziel Ernestino de Melo, de 29 anos, foi morto com um tiro a queima roupa.

Segundo informações da polícia militar, Eziel estava participando de uma bebedeira quando se afastou da casa para urinar, juntamente com um companheiro. Instantes depois, ouviu-se o tiro no meio do mato.

O rapaz que estava com ele correu imediatamente para avisar aos outros que estavam bebendo ali próximo. A Polícia Militar foi acionada, mas o acusado conseguiu fugir.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O corpo de Eziel foi encaminhado para o IML na cidade de Patos. Informações dão conta de que Eziel era foragido da justiça e respondia pela acusação de um homicídio ocorrido no ano de 2014 contra seu próprio cunhado.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações da Polícia Militar

Amigos e familiares de jovens mortos tentam invadir delegacia para linchar acusado pelos assassinatos

Divulgação/ Polícia Militar Josinaldo foi preso pela PM
Divulgação/ Polícia Militar
Josinaldo foi preso pela PM

Um tumulto foi registrado na manhã desta sexta-feira (30) na sede da Delegacia Seccional de Alhandra, no Litoral Sul do estado. Um grupo de pessoas tentou invadir o local para linchar Josinaldo Oliveira da Silva, 21 anos, que foi preso pela Polícia Militar acusado de quatro homicídios na cidade. Os manifestantes são parentes e amigos das vítimas. A prisão ocorreu na noite dessa quinta-feira (29).

De acordo com o major Cristóvão Lucas, assessor de comunicação social da Polícia Militar da Paraíba, os parentes quando souberam da prisão do jovem se aglomeram em frente da delegacia pedindo justiça. O preso deverá ser transferido para outra unidade.

“Foi um tumulto grande. Eram parentes e amigos das pessoas que foram assassinadas nos últimos dias na cidade. Os familiares queriam fazer justiça com as próprias mãos, mas foram contidos pela Polícia Militar que evitou a invasão e o linchamento”, confirmou o major.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a assessoria de imprensa da PM, além dos assassinatos, Josinaldo Oliveira é acusado de tráfico de drogas nas cidades de Alhandra e Caaporã, no Litoral Sul. Entre as mortes atribuídas a ele está um duplo homicídio ocorrido no dia 1º de janeiro deste ano em Alhandra, município onde foi preso.

De acordo com o comandante da 1ª Companhia Independente, capitão Kelton Pontes, o suspeito foi preso após um cerco montado no local onde ele estava escondido, na comunidade Nova Descoberta. “No mesmo local já tínhamos apreendido, na semana passada, 2 kg de maconha e este mês fechamos outro ponto de venda de drogas controlado pelo acusado em Caaporã. Ele é do grupo do presidiário Samuel Mariano da Silva (o Samuka), preso no fim do ano passado em Pernambuco, e era responsável por receber as drogas e distribuir para pontos de venda das duas cidades (Alhandra e Caaporã)”, detalhou.

O oficial disse ainda que o suspeito é apontado como autor de quatro homicídios na região. “Inclusive já tinha um mandado de prisão expedido pela comarca de Alhandra pelo envolvimento dele em dois homicídios no ano passado e ele é suspeito, também, do duplo homicídio ocorrido no dia 1º de janeiro deste ano, na mesma comunidade onde foi preso”, destacou. O acusado, que já tem passagem pela polícia por porte ilegal de arma, foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil, em Alhandra. Josinaldo Oliveira é o 43º suspeito de homicídio preso pela Polícia Militar, somente este mês, na Paraíba.

 

 

Amigos são assassinados a tiros em Cabedelo

HomicidioDois homens foram assassinados tiros a na noite deste sábado (24), no Jardim Gama, em Cabedelo. Uma das vitimas foi identificada por Cristiano da Silva Santos, 28 anos, conhecido por “Kita”.

Segundo informações, o “Kita” morava em Jacaré e possivelmente seria o alvo dos seus algozes. Já a segunda vitima conhecido como Pica Pau, pode ter sido assassinado por estar acompanhado de “Kita”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O detalhe que causou estranheza entre os policiais, é que Cristiano estava usando um colete à prova de balas. A policia vai investigar a motivação dos crimes, para tentar localizar os acusados.

O cabuloso 

Jovem pode ter se afogado e desaparece quando se divertia com amigos no Rio Paraíba

Reprodução/Instagram/moficorreio
Reprodução/Instagram/moficorreio

Um jovem de 21 anos pode ter sofrido afogamento neste domingo (7) enquanto se divertia com amigos no trecho do Rio Paraíba que passa pela cidade de São Miguel de Taipu, na Zona da Mata Paraibana, a 41 km da Capital. A informação foi transmitida pelo Corpo de Bombeiros da cidade de Guarabira, responsável pela tentativa de resgate. Ele permanecia desaparecido.

Dois amigos do jovem também teriam sofrido um princípio de afogamento, mas conseguiram ser resgatados por outras pessoas que estavam no rio.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os bombeiros não conseguiram encontrar o corpo durante as buscas. O trabalho será retomado na manhã desta segunda-feira (8) por uma unidade de João Pessoa. Profissionais do CB informaram que o envio de uma equipe da capital é necessário porque o trecho, onde o possível afogamento aconteceu, é de difícil acesso e de grande profundidade, exigindo o uso de equipamento para mergulho.

A Polícia Militar da cidade de Itabaiana, que engloba as ocorrências da região onde o fato ocorreu, informou que estava levantando informações e ainda não havia dados concretos sobre possível óbito do jovem.

 

portalcorreio

Luiza, que voltou do Canadá, está preocupada com amigos após tiroteio

 (Foto: Reprodução Facebook)
(Foto: Reprodução Facebook)

A modelo Luiza Rabello, de 20 anos, que ficou famosa como a “Luiza que voltou do Canadá”, está preocupada com os seus amigos que estão naquele país. Na tarde desta quarta-feira, 22, duas pessoas foram mortas em tiroteiro no Parlamento, Centro de Ottawa, e um soldado canadense ficou ferido.

O edifício do Parlamento foi fechado, e policiais e equipes táticas foram para o local, que foi cercado. Pessoas que estavam dentro dos prédios foram retiradas após uma triagem.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em conversa com o EGO, Luiza disse que está surpresa. “Escolhi o Canadá como destino do meu intercâmbio justamente por ser um país seguro. Quando tinha os diversos destinos para viajar, a segurança foi um fator de desempate. Já tínhamos visto situações em países como Estados Unidos e Inglaterra, mas lá não”, conta ela que deixou amigos próximos por lá.

“Estou bastante preocupada com eles. Deixei amigos muito próximos e também a família que me recebeu no Canadá. Quero saber como eles estão e reagiram ao que aconteceu. Nunca tinha acontecido nada, nem de assalto, comigo lá… Imagina uma situação como esta. É muito preocupante”, considera Luiza que voltou do Canadá em janeiro de 2012 e está no 3º período de Odontologia.

“Luiza do Canadá” virou sucesso em 2012. Tudo começou com um comercial de TV, estrelado pelo pai dela, que é colunista social. Foi o suficiente para a jovem cair na internet e virar destaque nas redes sociais. Sua temporada no Canadá como destino de um intercâmbio de 6 meses foi um dos assuntos mais comentados do ano e ganhou até dedicatória no show do cantor Lenine, em João Pessoa. De volta ao Brasil, ela virou até tema de reportagem do Jornal Hoje, da TV Globo.

A fama de Luiza Rabello foi tão grande que, em solo brasileiro, ela ganhou status de celebridade e marcou presença nos principais eventos do país: do Festival de Verão de Salvador, passando pelo São Paulo Fashio Week, até o Carnaval do Rio.  Na época, Luiza chegou a comentar sobre a sua fama estantânea: “Nunca pensei em viver de um vídeo e me tornar famosa. Fiquei assustada no começo e fui até o limite certo. Já tinha me planejado para isso e essa questão esteve bem resolvida para mim”, declarou ela.

 

Ego

Lula faz 1 milhão de amigos no face e agradece

lulaO ex-presidente Lula atingiu uma marca importante hoje no Facebook. Tem 1 milhão de fãs na sua página no Facebook, o que faz dele próprio um importante para difusão de informações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Feliz com o resultado, Lula agradeceu os internautas. “É com muita felicidade que acabo de saber que um milhão de internautas já acompanham a minha página aqui no Facebook”, disse ele. “As mídias sociais têm mostrado a sua força na construção de uma comunicação coletiva, onde todos podem dar sua opinião e divulgar informações que consideram relevantes. Que sejamos cada vez mais pessoas unidas para construir um mundo melhor!”

Lula tem sido um entusiasta do uso da internet como meio mais democrático para distribuição de informação. Ele próprio já concedeu uma importante entrevistas a blogueiros, iniciativa que, depois, foi copiada pelo ministro Gilberto Carvalho e também pela presidente da Petrobras, Graça Foster.

Agora, como na canção de Roberto Carlos, ele já pode dizer que atingiu o sonho do primeiro milhão de amigos. Relembre:

 

brasil247

Nesse domingo acontece em Caiçara (PB) o lançamento do Livro “Amigos por Todas as Vidas”

saraNo dia 19 de maio Caiçara será palco de um evento diferenciado. Trata-se do lançamento do livro “Amigos por Todas as Vidas” da médium caiçarense Sara Viera ditado pelo espírito do Dr. Marcos Gregório. A programação terá início às 9 da manhã quando a médium será entrevistada no Programa “Sem Fronteiras” da Rádio Rural, com apresentação de Mariza Alverga. Ás 17 horas, na Praça Dois Antônios, teremos uma mobilização coordenada pela equipe do Grupo Espírita Ave Luz, de João Pessoa. O grupo trará para Caiçara a campanha em defesa da vida, que repudia o aborto e a eutanásia. O momento, chamado “Alegria Cristã”, terá músicas e muitos esclarecimentos sobre a Doutrina Espírita. Por fim, no  Ginásio de Esportes às 19 horas do dia 19/05, será o lançamento oficial do livro, com destaque para palestra sobre reencarnação ministrada por André Luiz Lucena, da capital.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

medicoNo seu livro de estreia, Sara psicografa uma grande história narrada pelo espírito de um médico espanhol que atuou na Primeira Guerra Mundial junto com uma equipe formada por familiares e amigos. Na primeira parte do livro você acompanhará além de fatos históricos, o dramático relato do dia-a-dia no campo de batalha. A segunda parte, após o desencarne, está repleta de ensinamentos sobre o pós-vida segundo a Doutrina Espírita. A justiça da lei espírita, o destino dos suicidas, os segredos do sono, a reencarnação e outros mistérios desvendados pelo Espiritismo numa história de amizades que romperam a barreira do tempo e da morte até se reencontrarem nessa vida atual.
Preço do livro: R$ 45,00
Páginas: 534
O livros já está a venda pelo site www.editoraschoba.com.br (R$ 39,90 + frete), Posteriormente, será vendido nas bibliotecas comunitárias do Grupo Atitude e pelo fone 93209860.
amigos

Prof. Jocelino para o Focando a Notícia

Familiares e amigos de jovens assassinadas em Queimadas relembram barbárie e pedem justiça e paz

 

queimadasFamiliares e amigos das jovens Isabella Monteiro e Michelle Domingos, promoveram uma ação em memória das jovens que foram assassinadas há um ano no triste caso conhecido como a Barbárie de Queimadas.

O evento aconteceu, na última terça-feira(12/02) nos locais onde as jovens foram assassinadas com atividades que relembraram Izabella e Michelle numa caminhada com momentos de reflexão e louvor a partir de concentração na estrada que dar para a comunidade rural Baixa Verde onde Izabella Monteiro foi assassinada e em seguida foi feito uma caminhada até a Igreja Matriz, local onde Michelle Domingos também foi morta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Stúdio Rural conversou com Maurício dos Santos Herculano , tio de Michelle Domingos, que falou sobre o significado da data que marcou um ano da acontecimento que marcou Queimadas e região. “Representa muita coisa, estamos fazendo uma caminhada pela paz, estamos lutando por uma esperança nova pra que venha tudo novo na nossa vida e que infelizmente a gente fazendo essa mobilização, mas vem a dor novamente. É uma dor que a gente relembra cada vez mais, a saudade aumenta mais e nós estamos lutando por um mundo melhor, por uma Queimadas melhor, por uma Queimadas de paz, de sossego pra todas as famílias e que ninguém venha à passar o que nossas famílias estão passando e que fique a nossa mensagem para todas as mães de famílias, pais de famílias e irmãos que tenham suas irmãs, que tenham seus filhos, suas filhas que se posicionem no lugar dos pais de Izabella e Michelle, no lugar dos irmãos, dos tios e que vejam que nós estamos apenas a procura de paz e que cada diz mais venham a nos ajudar nessa caminhada pela paz e não violência contra a mulher”, explica Maurício agradecendo o apoio recebido por parte da imprensa local e regional, da Secretaria da Ação Social da prefeitura dentre outras.

Maria José Domingos é mãe de Michelle Domingos e, ao conversar com Stúdio Rural explicou que a data e a mobilização representam não a morte, mas a vida das meninas que apesar de terem sido assassinadas ainda jovens, mas tiveram uma missão importante na vida cotidiana dando testemunho de integridade ao longo de suas vidas com alegria, dedicação as pessoas e ao trabalho. “Mexeu com a vida de toda a região, Queimadas parou, o ano passado já não houve carnaval por conta que foi uma coisa inesperada um acontecimento desses”, explica dizendo que todos eram jovens da cidade e que algo da natureza jamais se esperava vir a acontecer a tragédia que envolveu e dividiu elevado número de famílias naquela cidade.

Celebrar um ano de saudade das jovens e reivindicar um basta á violência contra a mulher foi o objetivo da passeata denominada de caminhada da Esperança.  “Isso vem também da base dos jovens, da educação que também tem uma certa parcela, do afastamento das coisas de Deus já que os jovens que são envolvidos dentro das coisas de Deus ele tem a cabeça voltada pra outra coisa, para as coisas boas, então a gente fica se perguntando porque diante de tantas coisas boas que a vida oferece, eles procurar fazer uma coisas dessas”, lamenta lembrando o caso acontecida com a também Jovem Analice Macedo que também foi vítima de estupro seguido de morte meses subseqüentes. “Esse acontecimento de Analice também nós ficamos muito chocados porque foi em seguida. No mês de fevereiro também houve um dos casos de estupro do rapaz que estuprou Analice e em setembro foi justamente na semana que a CPMI veio investigar esse caso aqui de Isabelle e Michelle foi quando aconteceu a morte de Analice, então é um caso de quem não conhece ficar assustado, achar que Queimadas é violenta, mas eu não tenho Queimadas nessa imagem de ser violenta não, foi violento, foi um acontecimento terrível e numa proporção enorme, mas eu não acho que ela seja violenta”, explica dizendo que a sociedade precisa ir em busca do resgate de um povo que nos novos tempos vem enfrentando uma verdadeira crise de percepção e, portanto, contabilizando resultados negativos.

Trabalhar o processo de educação nas suas formas mais amplas são alguns dos objetivos da comunidade organizada, por outro lado acompanhar o processo de punição aos culpados pelo judiciário faz parte das metas a serem alcançadas pelas componentes da luta. “Eu mesmo diante de minha dor eu tenho, mas eu tenho ido batalhando e vou até o fim, não é porque eu estou ali com minha dor que vou ficar ali parada só sofrendo com a minha dor, fechada. Eu tenho que batalhar pra evitar que outras coisas em outras vezes venham acontecer com outras famílias, para que aconteça isso de a gente ver acontecer, porque uma coisa dessa proporção a gente não vai desejar que aconteça com ninguém, então nós como sociedade temos que todos batalhar pra evitar que isso aconteça”.

Aquela mãe, dialogando com os ouvintes de nossas emissoras parceiras, disse que o judiciário está fazendo o necessário e que as famílias estão esperando a conclusão no julgamento de Eduardo que ainda está faltando e esperam que ele seja condenado com pena máxima como forma de exemplificar que o crime não compensa. “Eu deixo um recado em primeiro lugar para a sociedade pra gente não ter separação de classe social, de religião e ter muito cuidado com as amizades que as vezes as amizades leva a gente pra um caminho que a gente não queria e as vezes a gente está pensando que é uma boa amizade, mas as vezes não é, então ter muito cuidado nisso e enfim os pais também se preocupem bastante com as companhias dos filhos que as vezes ele diz que é gente boa, mas a gente tem que conhecer, vir na casa da gente para a gente conhecer, conhecer a família. Não vamos dizer que isso resolve, mas diminui”, compartilha ao dialogar com os ouvintes 590 kHz e 1180 kHz.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Estudo revela influência dos amigos para adolescente começar a beber

bebidaUm estudo conduzido pela Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, mediu a influência dos “melhores amigos” na iniciação de adolescentes à bebida alcoólica.

A pesquisa, publicada na revista científica “Pediatrics”, revela que os jovens cujo melhor amigo consome álcool apresentam o dobro do risco de provar o primeiro gole e podem ser até três vezes mais propensos a começar a beber regularmente.

“Mesmo as crianças que vêm de famílias que apresentam problemas com álcool não recebem a primeira bebida de seus familiares. Eles recebem os primeiros goles de seus amigos”, diz Samuel Kuperman, um dos autores do estudo e psiquiatra de crianças e adolescentes na Universidade de Iowa.

O estudo tomou como base dados extraídos de um grupo de 820 adolescentes de seis locais dos Estados Unidos. Os participantes tinham entre 14 e 17 anos – média de 15,5 anos, quase idêntica à idade típica em que ocorre o primeirocontato com a bebida alcoólica, segundo levantamentos anteriores.

Indicadores
Kuperman e sua equipe estabeleceram cinco indicadores principais que levam os adolescentes a beber, com base em pesquisas prévias e relatórios de institutos americanos dedicados ao assunto. São eles: comportamento perturbador, histórico familiar de dependência de álcool, baixa sociabilidade, e companhia de amigos que bebem.

Os cientistas analisaram, então, como essas cinco variáveis trabalharam em conjunto e descobriram que “ter um melhor amigo que bebe ou tem acesso a bebidas alcoólicas” foi o fator que mais influenciou na iniciação dos jovens.

“O histórico familiar não necessariamente determina a idade do primeiro consumo”, observa Kuperman, que estuda a iniciação dos adolescentes no álcool há mais de uma década.

“O que determina é o acesso. Nessa idade (14 ou 15 anos), esse fator supera todos os demais. À medida que envelhecemos, a história familiar desempenha um papel maior”, avalia Kuperman.

De acordo com os cientistas, o estudo reforça a constatação de que os jovens que começam a beber antes de completar 15 anos são mais susceptíveis a abusar do álcool ou a tornar-se dependentes depois.

Mais de oito em cada dez entrevistados vieram do que os pesquisadores consideram “famílias de alto risco”, embora mais de metade deles não tivesse pais dependentes. Entre os adolescentes que relataram ter consumido bebidas, quase quatro em dez disseram que seus melhores amigos também bebiam.

A pesquisa foi financiada pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH) dos EUA, pelo Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo e pelo Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas do país.

Bem Estar