Arquivo da tag: Alemanha

Espanha registra recordes 832 mortes em 24 horas; Alemanha prorroga quarentena até ao menos 20 de abril

Pelo segundo dia consecutivo, a Espanha teve um número recorde de mortes, chegando a 832 vítimas — 63 a mais que as registradas nas 24 horas anteriores. O numero diário é o segundo maior contabilizados no mundo, atrás apenas das 919 mortes registradas na sexta pela Itália, país europeu mais afetado pela crise sanitária. Em parelelo, a chanceler alemã Angela Merkel, cuja resposta à pandemia do novo coronavírus vem sendo elogiada, agradeceu os alemães por respeitarem as medidas de precaução, em meio ao anúncio de que a quarentena no país será prorrogada ao menos até o dia 20 de abril.

Apesar da alta cifra registrada neste sábado, os indícios são de que a crise de saúde pública na Espanha vem se aproximando de seu pico: o aumento no número de mortes nas últimas 24 horas foi de 12,7%, em comparação com 14% na sexta-feira e 18% na quinta. Devido ao período de incubação da doença e a evolução dos sintomas, o governo espanhol espera que o pico de internações em UTIs ocorra na semana que vem e que, a partir daí, o número de mortos comece a registrar quedas absolutas.

No total, o número de óbitos na Espanha chegou a 5.690, com 72.248 infecções desde que pandemia começou. Em seu boletim diário, a força-tarefa do governo espanhol de combate ao coronavírus anunciou que 40.630 pessoas no país precisaram de hospitalização, 4.575 das quais estão em unidades de terapia intensiva. O número de curados, segundo Madri, é 12.285 — entre quinta e sexta-feira, eram apenas 9.357, uma forte alta de 31,3% em 24 horas.

O número absoluto dos casos confirmados nas últimas 24 horas, também voltou a crescer: na sexta-feira, foram 7.921 e, neste sábado, 8.189. As novas infecções registradas neste sábado, no entanto, são inferiores às vistas há 48 horas, quando o número de casos diários chegou a 8.578.

As regiões mais afetadas são Madri, com 2.757 mortos, quase metade do total, e Catalunha, com 1.070 vítimas fatais. A taxa de mortalidade na capital é tamanha que a partir de segunda-feira a cidade habilitará um segundo necrotério em uma instalação pública que estava abandonada. O governo local já havia instalado um necrotério em uma pista de patinação de um centro comercial.

Com a grande quantidade de casos na Itália e na Espanha, que, juntos, somam mais de 72 mil casos, a Europa continua a ser o novo epicentro da pandemia de Covid-19 ao lado dos Estados Unidos, o país mais afetado pela doença no mundo, com quase 105 mil infectados.

Alemanha prorroga quarentena

A Alemanha, por sua vez, é um dos países europeus mais elogiados por sua resposta à Covid-19. Segundo um virologista que faz parte da força-tarefa de Berlim para combater o vírus, o país vem realizando cerca de 500 mil testes para a doença por semana, algo que explica a baixa mortalidade: no total, há mais de 53,3 mil casos confirmados no país, com 395 mortes.

Em seu podcast, a chanceler Angela Merkel, que testou negativo para o novo coronavírus, agradeceu os alemães por respeitarem as medidas de conteção, enquanto seu chefe de Gabinete afirmou que as medidas de quarentena deverão durar ao menos até o dia 20 de abril. Entre as medidas impostas pelo governo alemão, estão o fechamento de escolas, shoppings, playgrounds, lojas de esportes e a interrupção de parte da atividade industrial.

— Quando eu vejo hoje como quase todo mundo mudou completamente de comportamento, como a vasta maioria de vocês vêm evitando contatos desnecessários, precisamente porque é um risco de infecção, então eu quero simplesmente dizer: obrigada, obrigada, obrigada, do fundo do meu coração — disse Merkel, que ainda está de quarentena em casa. — Eu devo pedir para que vocês sejam pacientes. Infelizmente, os números diários de infecções não nos dão motivo para relaxar.

 

O Globo

 

 

Paraibano da banda ‘Os 3 do Nordeste’ morre em hospital na Alemanha

parafusoMorreu, nesta segunda-feira (3), aos 76 anos, o músico paraibano Carlos Albuquerque de Melo, da banda ‘Os 3 do Nordeste’, na cidade de Colônia, na Alemanha. Conhecido como Parafuso, ele tocava zabumba e é considerado o patriarca do grupo musical, que lançou vários sucessos ao longo da trajetória, incluindo ‘É Proibido Cochilar’.

A causa da morte de Parafuso teria sido Acidente Vascular Cerebral (AVC) seguido de infarto. Ele passou mal no sábado (1º) e chegou a ser internado em um hospital, mas não resistiu a complicações no quadro clínico e morreu durante a madrugada desta segunda.

A banda estava em turnê no continente europeu. Além de Colônia, haveria shows nas cidades alemãs de Hamburgo e Berlim; em Zurique e Genebra, na Suíça; Lisboa e Porto, em Portugal; Londres, Inglaterra; Paris, França; e Roma, Itália.

Familiares do músico comunicaram pelo Instagram que cuidam do traslado do corpo ao Brasil e vão divulgar informações sobre velório e sepultamento em breve.

 

Morte do músico foi comunicada por rede socialFoto: Morte do músico foi comunicada por rede social
Créditos: Reprodução/Instagram/Os 3 do Nordeste

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

É hoje o dia: por apoteose do ouro, Brasil encara Alemanha no Maracanã

Se  o final for feliz, é capaz de virar enredo daqui a alguns anos. Neste sábado, às 17h30 (de Brasília), a seleção olímpica do Brasil entra em campo para enfrentar a Alemanha na decisão da medalha de ouro do futebol masculino. O acaso colocou dois dos maiores traumas futebolísticos do país juntos para que Neymar e cia., mesmo sem qualquer relação com fatos anteriores, possam amenizar as decepções recentes do torcedor. Contra qualquer Maracanazo ou 7 a 1, o time joga para fazer história.

A trajetória, por si só, já é apoteótica. Tanto que, para contá-la melhor, o GloboEsporte.com escolheu 10 sambas-enredos – o gênero musical mais emblemático do Rio de Janeiro – e mostrou como Rogério Micale, o criador desta seleção olímpica, comandou Neymar, Gabriel Jesus, Gabigol, Renato Augusto, Marquinhos e companhia na briga pela inédita medalha de ouro.

Micale Neymar Gabriel Jesus Brasil e Honduras olimpíada (Foto: Agência Reuters)Micale Neymar Gabriel Jesus Brasil e Honduras olimpíada (Foto: Agência Reuters)

A seleção e os sambas

“Gbala”, o samba da Vila Isabel de 1993, contava como o mundo recomeçava, de acordo com a mitologia africana – um momento de transição simbolizado pela saída de Dunga e a entrada de Micale no comando da seleção olímpica. Com o início da Olimpíada, uma verdadeira festa da raça, como a Kizomba de 1988, a seleção teve dificuldades. Primeiro, perdeu Prass, mas viu o acreano Weverton repetir o Salgueiro de 1993, pegar um Ita no Norte e chegar para a maior missão da vida no Rio de Janeiro.

Neymar Treino Seleção Brasileira Olímpica (Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press)Neymar sorri no último treino da seleção olímpica antes da final contra a Alemanha, no Maracanã (Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press)

Com a bola rolando, o começo foi difícil: dois empates sem gols com os modestos África do Sul e Iraque. Começaram as dúvidas, e o “Amanhã” cantado pela União da Ilha em 1978 era também um mistério para o Brasil. Mas, na Bahia, as coisas mudaram: assim como Agotime, a rainha de Daomé homenageada pela Beija-Flor em 2001, a seleção encontrou seu rumo em Salvador com a goleada sobre a Dinamarca.

Nas quartas de final, a Arena Corinthians era casa para muitos jogadores – especialmente Renato Augusto. Exemplar contra a Colômbia, ele se multiplicou em campo, ajudou os companheiros mais jovens a se acalmar… Poderia ouvir “Se todos fossem iguais a você” de Micale, como a Mangueira cantou em 1992 para Tom Jobim.

No Rio de Janeiro de sol, samba e Maracanã, uma quarta-feira virou o “Domingo” cantado pela Ilha em 1977. Neymar virou o protagonista do samba de 1982 da agremiação insulana e virou o dono da festa na goleada sobre Honduras, garantindo a passagem para a final.

Que a seleção olímpica entre em campo embalada pelos versos imortalizados na Sapucaí. E que este sábado, que pode ser histórico para o futebol brasileiro, seja o dia da alegria – e a tristeza nem pense em chegar. Sonhar não custa nada, já cantou a Mocidade em 1992.

Ficha técnica:

BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto; Gabriel, Luan e Gabriel Jesus; Neymar. Técnico: Rogério Micale

ALEMANHA: Horn, Klostermann, Süle, Ginter e Toljan; Sven Bender, Lars Bender e Meyer; Brandt, Selke e Gnabry. Técnico: Horst Hrubesch

Data: 20/8/2016 Horário: 17h30 (de Brasília) Local: Maracanã, Rio de Janeiro Árbitro: Alireza Faghani (IRN)) Assistentes: Reza Sokhandan e Mohammadreza Mansouri (IRN) Transmissão:a TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.com acompanham ao vivo; o site também terá o Tempo Real.

globoesporte

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Explosão deixa um morto e ao menos 11 feridos em cidade no sul da Alemanha

Pelo menos uma pessoa morreu neste domingo (24) numa explosão em um restaurante na cidade alemã de Ansbach, perto de Nuremberg, na Baviera. Autoridades municipais disseram que a explosão foi resultado de um ato terrorista e não de um vazamento de gás, como cogitado inicialmente.

Um alemão-iraniano de 18 anos atacou um shopping em Munique, na Alemanha, e matou nove  na última sexta-feira
Matthias Balk/Agence France Presse/Estadão Conteúdo – 22.7.16

Um alemão-iraniano de 18 anos atacou um shopping em Munique, na Alemanha, e matou nove na última sexta-feira

De acordo com os investigadores, a tragédia foi provocada por um explosivo improvisado, e tudo indica que a vítima seria também o responsável pelo ataque. Pelo menos outras 11 pessoas ficaram feridas. Perto do local da explosão estava sendo realizado um festival de música neste final de semana.

Esse é mais um ato de violência de uma sequência que vem assustando a população alemã nos últimos dias. Na última segunda-feira (18), um jovem afegão atacou vários passageiros em um trem também na Baviera, com uma faca e um machado, ferindo cinco antes de ser morto pela polícia.

Na sexta-feira (22), um jovem alemão de origem iraniana. matou nove pessoas em feriu mais de 30 em um shopping center de Munique, também na Baviera. Em seguida, se suicidou.

Por fim, mais cedo neste domingo (24), um homem com um facão foi preso na cidade de Reutlingen, em Bade Wurtemberg, depois de matar uma mulher e ferir outras duas pessoas. O suspeito foi identificado como um refugiado sírio de 27 anos.

*Com informações da Sputnik Brasil

iG

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Atacante paraibano se despede do futebol e leva mais de 40 mil torcedores a estádio da Alemanha neste sábado

torcidaO atacante paraibano Aílton,que fez sucesso no futebol alemão, se despediu dos gramados  oficialmente neste sábado numa emocionante festa organizada pelo Werder Bremen. O atacante de 41 anos arrastou 40 mil torcedores ao Weserstadion, na Alemanha, palco onde brilhou na última década, para uma partida amistosa. Jogaram o time de 2003/2004, que conquistou o Campeonato Alemão, e as estrelas de Aílton, que contou obviamente com o paraibano, natural de Mogeiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mesmo visivelmente acima do peso, ele marcou três gols na vitória por 8 a 4 e chorou ao apito final. Participaram da festa nomes como Paulo Sergio, Élber, Naldo, Diego, Mineiro, Claudio Pizarro, Torsten Frings e o ex-goleiro Tim Wiese, que deixou a profissão para cuidar do corpo – ficou famoso em seu país por ganhar músculos de fisiculturista.

– Este clube e este time vão ficar para sempre no meu coração. Quero agradecer ao time da temporada 2003/2004, mas especialmente ao técnico Thomas Schaaf. Eu tenho um pai lá no Brasil e um segundo pai aqui na Alemanha – disse.

Aílton atuou por seis temporadas no Werder Bremen, mas a de 2003/2004 é inigualável. Ele marcou 28 gols apenas na Bundesliga e se sagrou artilheiro, campeão e também o melhor jogador em atividade no país. A equipe também ergueu a Copa da Alemanha (feito que já havia sido conquistado em 1999). Desde então, ele rodou por 14 clubes entre Brasil, Europa e Ásia até decidir encerrar a carreira.

Em 2009, o paraibano atuou pela equipe do Campinense.

– Joguei em muitos clubes, mas no meu coração só tem um: o Werder Bremen – encerrou.

MaisPB com G1

Felipe Massa bate com Magnussen e capota na largada do GP da Alemanha

O GP da Alemanha acabou rápido para Felipe Massa. O brasileiro se chocou com Kevin Magnussen, da McLaren, ao fazer a primeira curva do circuito de Hockenheim e capotou. Com sua Williams bastante danificada, Massa abandonou. Já o jovem dinamarquês, apesar do choque, seguiu na corrida. A prova foi interrompida com bandeira amarela para a retirada do carro de Massa e recomeçou logo depois. Acompanhe em Tempo Real.

massa acidente frame formula 1 Hockenheim  alemanha (Foto: Reuters)Felipe Massa capotou na primeira curva do GP da Alemanha de Fórmula 1 (Foto: Reuters)

Apesar do susto, está tudo bem com Felipe Massa. Ele saiu caminhando normalmente de sua Williams e pegou carona no carro médico para voltar ao paddock. Lá, ele visitou o centro médico para exames de precaução e foi liberado logo em seguida.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Fisicamente estou bem. Lógico que o acidente deve ter sido mais impressionante do que foi dentro do carro. Vi tudo de cabeça para baixo, mas o impacto não foi forte. Estou bem, 100%, não aconteceu nada. Isso é o mais positivo – disse em entrevista à TV Globo.

massa acidente formula 1 Hockenheim  alemanha (Foto: Reuters)Felipe Massa capota na largada do GP da Alemanha (Foto: Reuters)

 

Massa deu sua versão do acidente:

– Tentei fazer a primeira curva até de um jeito mais tranquilo para não entrarem os dois carros da mesma equipe brigando um por dentro e outro por fora. Tirei um pouco o pé para esperar ele fazer a curva e voltar atrás dele, mas o outro carro não pensou a mesma coisa e acabou encostando no meu e eu saí capotando. O que me deixa mais chateado são os muitos pontos que estamos perdendo.

A direção de prova investigou o episódio, classificou como “acidente de corrida”, não considerando ninguém culpado e não aplicando nenhuma punição.

– Estava na frente dele, ele estava atrás de mim. Os carros entrando na curva. Não assisti ainda. Nem sei o que aconteceu. Entrei na curva do lado do meu companheiro. Na hora que eu virei, comecei a curva, senti o toque na roda traseira e saí capotando. É muito difícil para eu responder. É difícil analisar.

 

Por 

Torcedora da Alemanha refaz gesto de Larissa Riquelme e chama atenção

torcedora-da-alemanhaUma torcedora alemã roubou a cena na arquibancada do Maracanã neste domingo, 13, no Rio, ao refazer o gesto de Larissa Riquelme e colocar o celular entre os seios. Sarada, ela chamava atenção pela animação e pelo corpão e nem mesmo os argentinos se incomodaram de posar com ela.

A animada torcedora se chama Simone Villar e, assim como Larissa, é paraguaia. A modelo ficou conhecida depois de posar para o calendário “Hot Brasil Mundial 2014” defendendo as cores da Alemanha.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A paraguaia Larissa ficou famosa em 2010 e levou o título de musa da Copa na época por causa do gesto. Ela veio ao Brasil no início da competiçaõ e chamou atenção por estar mais cheinha: “Tenho um problema de saúde, hipotireoidismo, e tenho altos e baixos. Mas agora estou no meu peso. Tenho 60kg e 1,75m de altura. O problema é que estou inchada porque fiz uma lipoaspiração há dois meses e, como estou viajando muito a trabalho, não pude ficar em repouso e não tive tempo para fazer a recuperação do jeito que se deve”, disse ao EGO.

Fã alemã imita Larissa Riquelme (Foto: REUTERS/Michael Dalder)Simone imita Larissa Riquelme (Foto: REUTERS/Michael Dalder)
Torcedora da Alemanha rouba a cena (Foto: REUTERS/Michael Dalder)Torcedora da Alemanha faz sucesso com argentinos (Foto: REUTERS/Michael Dalder)
Torcedora da Alemanha rouba a cena (Foto: REUTERS/Darren Staples)Argentino aprova a torcedora da Alemanha (Foto: REUTERS/Darren Staples)
Riquelme alemã faz sucesso com argentinos (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)Riquelme alemã faz sucesso com argentinos (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)
Fã da Alemanha (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)Simone mostra o corpão (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)

EGO

Alemanha quebra escrita e é 1ª seleção europeia a ganhar Copa na América

alemanha-e-argentinaA “Copa das copas” teve mais uma quebra de escrita. Ao bater a Argentina na prorrogação, a Alemanha foi a primeira seleção da Europa que conseguiu ganhar um Mundial em continente americano.

 

Antes disso, só a Espanha tinha conseguido ganhar fora da Europa, em 2010, na África do Sul, ao derrotar a Holanda na decisão.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Nas vezes em que a Copa foi disputada no continente americano, só sul-americanos tinham sido campeões.

Foi assim em 1930 e 1950, com Uruguai campeão dentro de casa e no Brasil, em 1962 e 1970, com Brasil campeão no Chile e no México, em 1978 e 1986, com Argentina ganhando em casa e no México, e com o tetracampeonato brasileiro nos Estados Unidos em 1994.

Uol

Igreja quer negar sacramentos a quem não paga o ‘imposto da fé’ na Alemanha

Os católicos alemães criticaram um decreto emitido na sexta-feira (21/09) pela Conferência Episcopal do país que propõe que os sacramentos sejam dados somente aos fiéis que se assumem como católicos na declaração de impostos, divulgou o jornal britânico ‘Guardian’. No país, o cidadão pode registrar no formulário oficial de declaração de impostos qual religião pratica. Os contribuintes que assinalam que são protestantes, católicos romanos ou judeus se submetem a um imposto que varia emtre 8% e 9% dos rendimentos anuais.

O dinheiro desse tributo é repassado pelo estado ao Vaticano e a igrejas e sinagogas locais. Quem declarar que não pratica nenhuma religião está livre desse tributo.

Até a emissão do decreto, os alemães que não se declaravam formalmente como católicos podiam receber e participar dos sacramentos da igreja. Agora, só poderá ser batizado ou casar na igreja quem paga o imposto, a não ser que a pessoa obtenha uma permissão especial de um bispo. A única exceção é a benção antes da morte, que a igreja oferece tanto a católicos como a não católicos.

“Pagar e orar é um sinal completamente errado, na hora errada”, divulgou nesta segunda o movimento reformista ‘Nós Somos a Igreja’. O grupo disse que o decreto “mostra o grande medo dos bispos alemães e do Vaticano sobre a possibilidade de novas perdas nas receitas fiscais da igreja”.

A ‘União das Associações’, grupo conservador e leal ao papa, questionou o fato des católicos que não pagam o imposto serem punidos e pessoas que não cumprem com os requisitos da fé católica poderem continuar na igreja. “Então os sacramentos estão à venda e só quem paga o imposto da igreja pode receber os sacramentos?”, questionou em comunicado o grupo, acrescentando que o decreto episcopal “vai além da venda de indulgências que \[Martin] Lutero denunciou no início da Reforma”.

Em defesa do decreto, os bispos disseram que já haviam alertado aos católicos sobre as consequências de deixar a igreja para evitar o pagamento. “É besteira assumir que alguém poderia deixar a igreja institucional e continuar a ser católico”, disse o secretário da Conferência Episcopal Alemã, Hans Langendoerfer. “Quem sai da igreja, deixa-a completamente”, completou em entrevista a uma emissora de rádio católica em Colônia.

O número de fiéis católicos que abandonam a religião na Alemanha gira em torno de 120 mil pessoas por ano, mas nos dois últimos anos esse número subiu para mais de 180 mil fiéis depois das revelações de abusos sexuais contra crianças que abalaram a igreja no país onde nasceu o papa Bento XVI.

Segundo as estatísticas oficiais, o Estado repassa todo ano cerca de cinco bilhões de euros para a Igreja Católica Romana e 4,3 bilhões de euros para as igrejas protestantes.

EFE

Michel Levy planeja ir à Alemanha negociar com Diego e Wolfsburg

Diego foi um dos destaques do Atlético de Madri no título da Liga Europa (Foto: AFP)

O nome do camisa 10 foi escolhido, mas o Flamengo ainda precisa de um sinal verde. A pedido do diretor de futebol Zinho, o vice de finanças Michel Levy pretende ir à Alemanha na próxima semana para tentar a contratação do meia Diego. Para isso, ele aguarda uma resposta positiva do jogador e do Wolfsburg para embarcar e iniciar a negociação. O clube apresentou valores preliminares para análise, mas não uma proposta oficial. Se a sinalização chegar, Levy partirá para negociar pessoalmente.

Diego, de 27 anos, é um desejo de Zinho para vestir a camisa 10. O problema é o preço. Após boa passagem por empréstimo pelo Atlético de Madri na última temporada, o Wolfsburg conta com o retorno do jogador a partir de 1º de julho. O vínculo entre as partes tem duração de mais dois anos. O Rubro-Negro procurou o atleta, mas para contratá-lo em definitivo teria de investir cerca de R$ 30 milhões, algo inviável para o clube.

O alto salário também é um obstáculo. Diego recebe € 5 milhões (R$ 12,9 milhões) anuais, quase R$ 1,1 milhão por mês, valor bem próximo do que recebia Ronaldinho Gaúcho (R$ 1,25 milhão). Apesar de sonhar com o jogador, Zinho já disse que não há como pagar um salário deste nível a nenhum reforço, mas o interesse continua forte.

Diego foi um dos destaques do Atlético de Madri na conquista da Liga Europa e pretendia continuar na Espanha. No Wolfsburg, ele teve uma saída tumultuada. Na ocasião, ao tomar conhecimento que ficaria no banco de reservas na última rodada do Campeonato Alemão, contra o Hoffenheim, recusou-se a participar da partida na temporada 2010/2011.

Argentinos são oferecidos

A procura do Flamengo por um armador deixa empresários atentos. Nesta semana, dois nomes foram oferecidos ao clube, ambos são argentinos e defendem equipes daquele país. O meia Héctor Canteros, de 23 anos, do Vélez Sarsfield, e o meia-atacante Diego Molares, de 25, que está no Tigre. Para comprar 50% dos direitos econômicos de Morales, o clube teria de pagar R$ 5,2 milhões.

Globoesporte.com