Arquivo da tag: Agreste

Pai e filho morrem afogados em barreiro entre Puxinanã e Montadas, no Agreste da PB

Pai e filho morreram afogados na tarde desta quinta-feira (22), em um barreiro que fica entre as cidades de Puxinanã e Montadas, no Agreste paraibano. Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, o filho havia caído no barreiro e o pai pulou na água para tentar salvá-lo, mas os dois acabaram morrendo.

O afogamento foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de Campina Grande, por volta das 16h30. O barreiro onde o caso ocorreu fica às margens da rodovia estadual PB-115.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local para retirar os corpos. O pai era um agricultor de 48 anos de idade e filho era um adolescente de 13 anos de idade.

G1

 

Casa cai e outras oito estão sob ameaça de desabamento, no Agreste

Uma casa caiu, na noite desta sexta-feira (26), e outras oito estão sob ameaça de desabamento no bairro da Baixada, na cidade de Massaranduba, no Agreste da Paraíba. A prefeitura municipal decretou estado de calamidade. Chuvas caem há dez dias na região.

Oito famílias estão com as casas condenadas e precisaram desocupá-las. A Secretaria de Assistência Social da cidade irá fazer reuniões com estas famílias para compreender a situação deles e encaminhá-los para alojamentos ou se eles serão beneficiados com alugueis sociais.

De acordo com o engenheiro da prefeitura, as causas do desabamento foram as chuvas, o desmatamento na região e um esgoto a céu aberto que passa na lateral destas casas.

G1

 

Pastor de Igreja Batista capota o carro em rodovia do Agreste na Paraíba

O capotamento de um veículo na manhã dessa quarta-feira (24) o acidente aconteceu em uma curva entre Juarez Távora e Alagoa Grande, no Agreste da Paraíba.

De acordo com as informações, o condutor nada sofreu, restando apenas danos materiais.

Nordeste 1

 

Homem morre afogado em açude no Agreste da Paraíba

Um homem de 50 anos morreu afogado em um açude da cidade de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, na tarde do domingo (23). De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, a vítima estaria pescando e se divertindo com amigos quando se afogou.

O açude fica localizado às margens da BR-104, entre Campina Grande e Lagoa Seca. Moradores relataram aos bombeiros que o homem estava nadando e de repente começou a se afogar. Nenhuma testemunha conseguiu salvá-lo e ele submergiu.

O Corpo de Bombeiros foi acionado ainda no domingo e iniciou as buscas, mas sem sucesso. Já nesta segunda-feira (24) o homem foi encontrado morto. O corpo foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande.

G1

 

Dupla em moto tenta atear fogo em cadeia pública de Esperança-PB

Dois homens tentaram atear fogo na Cadeia Pública de Esperança, no Agreste da Paraíba, na manhã deste sábado (27). De acordo com os agentes penitenciários que estavam no local no momento do crime, um dos suspeitos arremessou dois coquetéis molotov para dentro da cadeia, um deles amarrado em um paralelepípedo, mas o fogo não se espalhou e apagou ainda no chão.

G1 entrou em contato com o gerente executivo do Sistema Penitenciário do Estado, Ronaldo Porfírio, que informou que o fato realmente aconteceu, mas que apenas uma parte da pintura da parede do local foi danificada durante a ação criminosa.

O caso aconteceu por volta das 10h18 deste sábado. Conforme os agentes penitenciários, câmeras de segurança flagraram o momento em que a dupla chega ao local em uma moto. Um deles, desce do veículo, se aproxima do muro da cadeia e arremessa o explosivo caseiro para dentro do local.

Ainda segundo os agentes penitenciários, a polícia acredita que a intenção dos suspeitos era que o explosivo caseiro atingisse as telhas da cadeia, o que causaria uma explosão no local.

Até as 12h deste sábado, as informações da polícia eram de que nenhum dos suspeitos havia sido localizado e que imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos da região serão analisadas para tentar identificar a moto em que a dupla estava.

G1

 

Polícia apreende quase 10 kg de drogas em duas cidades do Agreste da Paraíba

Quase 10 kg de drogas foram apreendidos nas ações de combate ao tráfico, realizadas nesse sábado (13) pela Polícia Militar, nas cidades de Campina Grande e Cacimba de Dentro, no Agreste da Paraíba. Duas pessoas que estariam atuando na comercialização de entorpecentes foram presas em flagrante, em pontos de venda desarticulados pela PM.

 Em Campina Grande, o tráfico que acontecia em uma esquina, na rua Maria do Carmo de Oliveira, durante a noite, nas Malvinas, foi desarticulado pelos policiais da Ronda Ostensiva Tática com apoio de Motocicletas (Rotam) do 2º Batalhão, que abordaram um grupo que estava no local e, ao fazer buscas, encontraram maconha na caixa de correspondências de uma casa.

 Um dos abordados morava na residência, onde foram encontradas mais drogas. No total, foram retirados de circulação 6,7 kg de maconha, 16 pedras de crack, uma balança de precisão e dinheiro. O homem, de 20 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

 Em Cacimba de Dentro, equipes da 7ª Companhia Independente da PM fecharam um ponto de venda de drogas que tinha sido instalado em uma casa, onde foram apreendidos mais de 2 kg de maconha, 120 gramas de crack e uma balança de precisão, durante a tarde. Uma mulher de 21 anos, envolvida na comercialização dos entorpecentes, foi presa em flagrante por tráfico de drogas. A maconha tinha acabado de chegar para ser vendida no fim de semana.

Ainda no Agreste

 Três suspeitos que estariam atuando no tráfico em uma praça, perto do mercado público de Itabaiana, foram detidos em flagrante com várias trouxas de maconha e um frasco com substância entorpecente. O trio, de 23, 18 e 13 anos, foi desarticulado durante operação de reforço da segurança na cidade, que contou com equipes do 8º Batalhão, da Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar, também na noite desse sábado (13).
Portal WSCOM

 

Saúde investiga morte de quatro crianças em 20 dias no Agreste

A morte misteriosa de quatro crianças no município de Alagoa Nova, Agreste paraibano, a 160 quilômetros de João Pessoa, em um período de 20 dias vem sendo investigada pelas secretarias de Saúde de Alagoa Nova e do Estado.

Os óbitos aconteceram entre 12 de março e o dia 2 deste mês. De acordo com a TV Correio, familiares das crianças apontavam a causa de morte como meningite, mas a situação foi negada pela Saúde do Estado.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Alagoa Nova informou que vai investigar a causa de morte das crianças.

 

portalcorreio

 

 

Homem é morto a tiros e irmão fica ferido em Esperança, no Agreste da Paraíba

Um homem foi morto a tiros e o irmão dele ficou ferido na noite da segunda-feira (1º), em Esperança, no Agreste da Paraíba. De acordo com o delegado de homicídios, Henry Fábio, dois suspeitos em uma motocicleta atiraram diversas vezes contra as vítimas.

Segundo o delegado, o caso aconteceu por volta das 19h. A primeira vítima, identificada como Luciano Pereira da Silva, de 38 anos, foi baleada quando caminhava próximo ao antigo Clube Campestre da cidade. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O irmão de Luciano, José Marcos Pereira da Silva, de 41 anos, também foi baleado. Ele foi atingido pelos tiros no bairro José Lopes, minutos depois do irmão ser morto. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Na manhã desta terça-feira (2), o hospital informou que a vítima ferida passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável. Até as 12h, as informações da polícia eram de que nenhum suspeito do crime havia sido identificado. A Polícia Civil investiga o caso.

G1

 

Escolas privadas entram em greve no Agreste da Paraíba

Foto: Pedro Ribas/ANPr

Os 4.500 professores e profissionais da educação particular do agreste da Paraíba decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado, deixando mais de 30 mil alunos das cerca de 180 escolas sem aulas a partir desta sexta-feira (18). Eles pedem um reajuste salarial de 10%, enquanto os patrões oferecem 3,3% de aumento.

Esta será a primeira paralisação geral em 12 anos, segundo informou José Roberto Martins, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Privado do Agreste e da Borborema (Sintenp). Ele ainda salientou que os docentes tiveram perdas neste período, mas decidiram continuar trabalhando por entender que estavam sendo ouvidos em suas reivindicações.

“Há dois meses estamos negociando, mas o sindicato patronal vem desrespeitando a classe, zombando das nossas necessidades e não levando em conta o que nós abrimos mão. Começamos pedindo 18% de aumento e agora queremos apenas 10% e poderíamos aceitar 8%, mas eles fazem piada com isso”, declarou.

José Roberto falou que os professores decidiram também diminuir o número de assembleias, passando a realizar uma por semana. O sindicato ainda afirmou que não entende a matemática utilizada pelas escolas.

“Eles aumentaram a mensalidade entre 14 e 18% e não estão passando nem um quarto disso para os profissionais. Estão querendo aumentar 23 centavos em relação a hora aula. É vergonhoso”, acrescentou o presidente.

De acordo com as contas do sindicato dos professores, cada docente receberia em média R$ 8,40 no salário mensal e ficaria com uma remuneração de mil reais a menos que o piso do Estado, caso aceitasse a proposta patronal.

“São circunstancias que nos levam à greve. Professor estuda, temos mestres e doutores, a gente só queria um pouco de respeito”, disse José Roberto. O presidente do Sindicato Patronal das Escolas Privadas de Campina Grande (Sinepec), Antônio Andrade, falou que não foi negado nenhum direito.

“Todos os direitos foram garantidos, inclusive a gratuidade para os filhos dos empregados. Não podemos fazer nada, vamos manter as aulas normais, com portões abertos para os alunos, e vamos aguardar que essa greve não ocorra”, declarou.

Antônio Andrade garantiu que o reajuste proposto está repondo a inflação do período e ainda com ganho real de 1%. “Não tem nenhuma motivação para ter greve, não acreditamos que vai ter greve. Os pais têm todo direito de reivindicar as mensalidades caso não haja aula, mas os professores não têm motivo para parar”.

*Texto de Wênia Bandeira, do Jornal Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Jogador do Treze fica ferido em acidente de moto no Agreste

O jogador Júlio Machado, zagueiro do Treze, foi vítima de um acidente na noite desta sexta-feira (23), na PB-130, nas proximidades do município de Areial, no Agreste paraibano. Júlio estava em moto quando colidiu contra um cavalo na rodovia.

O zagueiro estava voltando para a sua residência quando o animal surgiu na pista. Júlio não conseguiu desviar do animal, perdeu o controle da motocicleta e caiu.

O jogador foi atendido por uma equipe do Serviço Médico de Urgência (SAMU) e levado ao Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Após passar por exames na unidade de saúde, foi possível constatar uma fratura no punho esquerdo.

Ainda não foi possível afirmar quanto tempo o jogador deve ficar longe dos gramados. Existe ainda a possibilidade de que Júlio venha a passar por um procedimento cirúrgico.

 

PB Agora
Foto: João da Paz/Ascom/Trauma-CG

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br