Arquivo da tag: agredir

Suspeito de agredir e estuprar ex-companheira é preso no Litoral Norte da PB, diz polícia

Um homem suspeito de agredir e estuprar uma ex-companheira foi preso no município de Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba, nesta quinta-feira (18), segundo a Polícia Civil. Outra ex-companheira dele também o denunciou, por agressão e ameaça de morte, e havia uma ordem de prisão preventiva expedida contra ele, pela 2ª Vara Mista da cidade.

Titular da Delegacia da Mulher de Mamanguape, Cristiane Medeiros informou que as duas mulheres procuraram a polícia para prestar queixas de agressão.

“Uma das vítimas nos procurou há cerca de 15 dias para relatar ameaças que vinha sofrendo dele. Porém, durante a conversa, ela nos relatou ter sido obrigada a manter relações sexuais com ele à força”, disse.

Segundo a delegada, a vítima contou que, em março deste ano, estava em uma praça, quando o suspeito chegou ao local e começou a discutir e dar tapas no rosto dela. Em seguida, ele teria a obrigado a subir na moto e a levou para um local isolado, onde a estuprou, conforme a polícia.

Cristiane Medeiros explicou que, à época, a mulher teve medo e não procurou a delegacia, por isso não foi possível fazer os exames sexológicos, no entanto, afirmou que isso não impede a investigação do caso.

A delegada informou ainda que, além do depoimento da vítima, foram ouvidas testemunhas que viram o momento em que a mulher foi levada pelo suspeito. “Diante do histórico violento do acusado, representamos pela [prisão] preventiva dele, que foi deferida pela Justiça”, declarou.

G1

 

Policial militar suspeito de agredir manifestante em Campina Grande é afastado das ruas

O policial flagrado dando uma tapa na cara de um manifestante em Campina Grande na manhã desta sexta-feira (14) foi afastado das ruas. A decisão foi tomada pelo governador João Azevêdo e confirmada ao G1 pelo secretário de Comunicação, Luis Tôrres.

O caso aconteceu em frente a uma empresa de call center, no bairro do Cruzeiro. Manifestantes impediam a entrada de funcionários e a PM foi acionada. Quando os policiais chegaram houve uma discussão e um PM deu uma tapa na cara de um estudante ligado à União Nacional dos Estudantes (UNE).

Segundo o secretário Luis Tôrres, o policial está afastado temporariamente e vai ser investigado. “A Corregedoria abriu processo disciplinar para, após conclusão, dar parecer sobre o caso e, consequentemente, sugerir medidas”, informou.

G1

 

Homem é detido suspeito de agredir mulher com oito golpes de faca, em Sapé, na PB

Uma mulher ficou ferida, nesta segunda-feira (10), depois de ser atingida por golpes de faca, na cidade de Sapé, na Mata paraibana. O suspeito da agressão é padrasto do marido da vítima e foi preso pela polícia.

A mulher, de 38 anos, teve oito ferimentos. Ela foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, passou por cirurgia e permanece em estado de saúde considerado estável.

Ela foi levada para a unidade de saúde por uma ambulância do Samu. De acordo com informações do posto da Polícia Militar no Hospital de Trauma, o homem que a agrediu teria tido um surto psicótico antes do crime.

G1

 

Após denúncia de vizinhos, pizzaiolo é preso por agredir esposa

Um pizzaiolo de 25 anos foi preso em flagrante nesta segunda-feira (13), por agredir e ameaçar a esposa. Ele estava no interior da casa onde mora, na comunidade Boa Esperança, no bairro do Cristo Redentor, na Zona Oeste de João Pessoa.

Segundo a delegada Josenise Andrade, a vítima foi agredida fisicamente durante a noite desse domingo (12), mas teve medo de pedir ajuda e permaneceu calada ao lado do agressor. Porém, vizinhos perceberam as lesões e avisaram o caso aos familiares da mulher.

“A vítima foi trazida para a delegacia pelos familiares. Ao ser ouvida, ela nos relatou que o agressor fez ameaças de morte e tem histórico criminal. De imediato, determinei que nossos agentes saíssem para prender o agressor”, afirmou a delegada. Os policiais cercaram a casa e não houve resistência.

O pizzaiolo foi conduzido à delegacia onde será autuado por crimes de ameaça e lesão corporal, com base no Código Penal Brasileiro e Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha).

Ele permanecerá preso na carceragem da Central de Polícia até ser apresentado à audiência de custódia, nesta terça-feira (14).

 

portalcorreio

 

 

Homem suspeito de agredir a mulher com barra de ferro e incendiar casa é preso, na PB

Um homem suspeito de quebrar o braço da esposa e atear fogo na casa em que eles moravam foi preso, na tarde desta quinta-feira (9), no município de Santa Rita, Grande João Pessoa, de acordo com a Polícia Civil. O caso aconteceu no dia 13 de janeiro de 2019 e a mulher pretendia arquivar o processo nesta quinta-feira.

Segundo a delegada Paula Monalisa, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, ele é suspeito de tráfico de drogas, roubo e receptação, além de já ter uma outra queixa da mesma vítima, relacionada a violência contra a mulher. O casal tem um filho.

À época do crime, conforme a delegada, a mulher foi levada para a delegacia de plantão, iniciou o procedimento, recebeu o aparelho “SOS Mulher”, que a mantinha em contato com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), e teve uma medida protetiva concedida pela Justiça.

Um mandado de prisão foi expedido, mas o suspeito fugiu para o Rio de Janeiro e só retornou esta semana. A delegada informou que, nesta quinta-feira, a vítima foi até a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher do município e contou que voltou a conviver com o marido e que pretendia arquivar o processo. Contudo, Paula Monalisa informou que pediu para que a mulher levasse o marido até a delegacia para ser ouvido.

Em depoimento, ele afirmou à delegada que não quebrou o braço da esposa com uma barra de ferro, como a vítima tinha inicialmente relatado, mas que ele estava tentando abrir o portão com o objeto, quando ela passou e, por isso, acabou a machucando.

Entretanto, de acordo com a delegada, ele negou que o braço tenha quebrado e que tenha dado um tapa no rosto dela. O suspeito afirmou ainda que havia bebido e usado drogas e que não lembro do caso.

Após isso, a delegada cumpriu o mandado de prisão e encaminhou o homem para realizar o exame de corpo de delito. Ele será levado para a carceragem da Central de Polícia Civil, onde deve aguardar a audiência de custódia, que deve ocorrer nesta sexta-feira (10).

G1

 

Diretor de hospital é acusado de agredir verbalmente médico em Serraria

Um fato lamentável aconteceu na quinta-feira (18) no hospital Estadual da cidade de Serraria. Segundo boletim de ocorrência registrado na delegacia de Solânea, o diretor do hospital é acusado de agredir verbalmente um médico da unidade que estava de plantão.

Dr. Humberto de 70 anos de idade, relatou à Policia Civil que o diretor Antônio Eduardo desferiu contra o mesmo, várias palavras de baixo calão. No boletim ainda há o relato de que o diretor chegou a tomar o celular da mão do médico por estar gravando as possíveis agressões.

Testemunhas relataram que algumas pessoas presentes tiveram que acalmar o diretor
com medo de uma agressão física.

Segundo o médico, as agressões ocorreram porque o diretor queria que o mesmo realizasse um procedimento médico, mesmo com o hospital interditado pela vigilância sanitária.

O FN não conseguiu contato com o diretor para que ele explicasse sua versão.

 

Redação FN

 

 

Em Araçagi, homem é preso em flagrante depois de agredir o pai de 72 anos

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam em flagrante, na noite dessa quinta-feira (28), na zona rural do município de Araçagi, um homem suspeito de agredir o próprio pai, um idoso de 72 anos de idade.

Os militares foram informados, através de familiares da vítima que ligaram para o 190, de que o homem teria chegado na casa do pai, localizada no Sítio Gravatá de Piabas, com sinais visíveis de embriaguez, passando a agredi-lo fisicamente.

Quando a guarnição chegou ao local, o suspeito tinha evadido, mas de forma rápida os policiais conseguiram localizá-lo e prendê-lo. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal.

 

4º BPM

 

 

Padeiro é preso suspeito de agredir a própria mulher, em Solânea 

A violência contra a mulher não para de deixar vítimas no município de Solânea. Nesse domingo (04), um homem de 37 anos foi preso suspeito de agredir a própria mulher. Além desse crime, ele reagiu à prisão cometendo desacato.

O fato aconteceu por volta das 23h, quando a Polícia Militar foi acionada por populares, informando que o suspeito estava agredindo a mulher e a ameaçando com uma faca.

No momento em que os policiais chegaram ao local, o padeiro ainda estava com a arma na mão e a vítima apresentava escoriações na boca.

Feito o flagrante, foi dada voz de prisão ao suspeito, que desobedeceu e, com isso, se fez necessário o uso da força policial para contê-lo.

 

Focando a Notícia

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Policiais do 4º BPM prendem acusado de agredir esposa em Guarabira

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam nesta quinta-feira (14), no Conjunto Mutirão, em Guarabira, um homem acusado de violência doméstica depois que ele agrediu fisicamente a esposa. Segundo a vítima, os dois caminhavam pelo Sítio Areia Branca quando teria acontecido uma discussão verbal entre os dois.

O acusado, segundo ela, pegou um porrete e a agrediu, causando uma lesão no seu braço direito. A viatura comandada pelo cabo Umbelino esteve no local e prendeu o acusado, conduzindo-o para a Delegacia de Polícia Civil, onde ele foi autuado em flagrante.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem é preso acusado de agredir companheira e ameaçar sogro

Os policiais estiveram no local e conduziram as vítimas e o acusado para a Delegacia de Polícia Civil (Foto: Walla Santos)

A Polícia Militar prendeu nessa quarta-feira (8), um homem acusado de violência doméstica e porte de entorpecente. A prisão ocorreu no Sítio Areia Branca, em Guarabira, Agreste Paraibano.

A vítima, de 18 anos, contou que o acusado, com quem mantinha uma relação conjugal, a expulsou de casa e, no momento em que ela arrumava seus objetos pessoais para ir embora, foi agredida fisicamente por ele.

Ela foi para a residência da família e lá foi surpreendida pelo companheiro, que passou a ameaçar também o seu pai, dizendo que só iria embora depois que tirasse a vida dele e o xingando.

Os policiais estiveram no local e conduziram as vítimas e o acusado para a Delegacia de Polícia Civil.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br