Arquivo da tag: agredido

Homem teria agredido vendedor para proteger filho autista

(Foto: Portal Correio)

Uma moradora entrou no ar no programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, desta quarta-feira (2), em defesa do vizinho suspeito de agredir o vendedor ambulante Severino Ferreira, na tarde dessa terça-feira (1º), em João Pessoa.

Ela informou que o suspeito tem um filho autista, com sensibilidade para ouvir barulho, e há quase dois anos ele descia o prédio, constantemente, para pedir ao vendedor que não gritasse por causa do problema do menino.

Ela também afirma que a criança tinha crises de pânico quando ouvia os gritos do vendedor. A confusão ocorreu porque o pai teria pedido várias vezes a ele que evitasse gritar naquelas imediações, mas o vendedor não teria acatado. O suspeito não foi localizado para comentar a polêmica.

De acordo com a vítima, ele foi agredido quando estava vendendo seus produtos como faz há mais de 10 anos, seguindo o mesmo trajeto, pelos bairros de Altiplano até Jardim Oceania, passando por Miramar, Tambaú e Manaíra, onde aconteceu a agressão. Segundo a vítima, um morador de um dos prédios desceu e começou a reclamar com Severino pelo fato dele estar gritando para anunciar seus produtos. Foi nesse momento que as agressões começaram.

Tanto o morador quanto o comerciante foram até a 12ª Delegacia Distrital de João Pessoa para prestar esclarecimentos. Severino registrou um boletim de ocorrência por crime de agressão. Já o homem que o agrediu foi ouvido e em seguida liberado, e até o momento não quis se pronunciar sobre o assunto.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cachorro é agredido e tem pata decepada a golpe de facão no Sertão

Uma atitude de violência e pura crueldade vitimou um cachorro gravemente no município de Patos, no Sertão da Paraíba. O animal foi encontrado sangrando muito embaixo de um veículo.

Médicos veterinários foram chamados por uma moradora após ela escutar os ‘gemidos’ do cachorro. No local, os veterinários encontraram o animal agonizando e com parte de uma das patas decepadas. De acordo com os profissionais, um golpe de facão teria provocado o ferimento.

Além da pata ferida, o cachorro presentava ferimentos por todo o corpo. Ele foi resgatado pelos veterinários e levado a uma clínica. O cão apresentava ainda sintomas de desnutrição.

Não há informações referentes a quem teria provocado o ferimento.

 

PB Agora
Foto: Reprodução / Portal Patos Online

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Dupla rouba agência dos Correios em Serra da Raiz; funcionário foi agredido

Uma agência dos Correios da cidade de Serra da Raiz, no Brejo paraibano, foi roubada na tarde desta terça-feira (2). O crime ocorreu durante a tarde e foi praticado por dois homens armados que, segundo a Polícia Militar, chegaram ao local a pé. Um funcionário chegou a ser agredido e precisou de atendimento médico.

Segundo a Polícia Militar, era por volta das 13h50 quando os dois homens entraram na agência e anunciaram o assalto, rendendo funcionários e outras duas pessoas que estavam no local. Os homens roubaram o dinheiro do caixa de atendimento e ainda forçaram um funcionário a tentar abrir o caixa da agência.

Como não tiveram êxito nesta ação, um dos homens agrediu o funcionário com a arma. Ele sofreu um ferimento na cabeça e precisou de atendimento médico, segundo a Polícia Militar. Depois do roubo, os dois homens saíram da agência correndo, mas a Polícia Militar acredita que eles tinham algum tipo de veículo para apoio na fuga.

“A gente acredita que eles saíram correndo e depois pegaram uma moto. Segundo informações que levantamos, eles seguiram com destino ao município de Duas Estradas. Foram feitas buscas, mas ninguém foi preso”, disse o soldado Rosinaldo da Silva.

No fim da tarde desta terça-feira, uma equipa da Polícia Federal esteve na agência realizando um procedimento de perícia e levantando informações com os funcionários. A Polícia Militar disse que o valor levado pelos suspeitos não foi informado pelos funcionários.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Sargento da PM é agredido a pauladas e tem arma roubada em Santa Rita

casos de policiaNa madrugada deste sábado (18), um sargento da Polícia Militar foi alvo de bandidos na Região Metropolitana de João Pessoa. Ele foi abordado por quatro homens que logo em seguida o espancaram.

O crime aconteceu no distrito de Várzea Nova, em Santa Rita e, de acordo com a Polícia Militar, a vítima declarou que voltava para sua residência em sua motocicleta quando ao passar pela comunidade Bela Vista foi surpreendido pelo bando.

Segundo a vítima, o sargento José Cosme, ao parar o veículo, foi agredido com uma paulada na cabeça e em seguida espancado. Os elementos fugiram levando a bolsa do sargento, documentos, o capacete, o relógio e sua arma, uma pistola.

Várias viaturas foram ao local auxiliar no socorro da vítima e na busca pelos suspeitos. Os acusados foram capturados no início da manhã e conduzidos até a 6ª DD com parte dos objetos pessoais da vítima.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homem é agredido até a morte após briga na cidade de Sousa, na Paraíba

sireneUm homem de 42 anos foi morto agredido até a morte na madrugada deste domingo (12), na cidade de Sousa, no Sertão paraibano. O crime teria ocorrido depois de uma briga entre o suspeito e a vítima. Segundo a Polícia Militar, a briga teria começado depois que a vítima teria assediado a esposa do suspeito Já a Polícia Civil disse que essa versão de houve um assédio ainda não foi confirmada.

Segundo a Polícia Civil o crime ocorreu por volta das 2h, no bairro Guanabara. A vítima foi ferida por um objeto que causou lesões e cortes, mas a perícia do Instituo de Polícia Científica (IPC) ainda não conseguiu confirmar o tipo de objeto usado. O suspeito do crime já foi identificado e está sendo procurado. Até 17h deste domingo, ele não havia sido preso.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Carlos Seabra, o crime ocorreu depois que vítima e suspeito tiveram uma briga. “Pelo que apuramos no início desta investigação, a vítima e o suspeito brigaram na tarde do sábado (11) e o suspeito teria feito uma ameaça de morte. Ele está sendo procurado. As equipes estão nas ruas em busca dele, mas ainda não o encontraram”, disse o delegado.

Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima morava no estado de São Paulo e estava na cidade de Sousa, na Paraíba, havia cerca de 15 dias. “Ele viajou até a Paraíba para visitar os parentes. O pai dele está doente e por isso ele decidiu passar alguns dias com a família”, contou Carlos Seabra.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homem suspeito de matar ex-mulher é agredido por vizinhos e preso na PB

 (Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um homem foi preso na noite de domingo (26) suspeito de matar a ex-mulher a facadas na comunidade do Timbó, no bairro dos Bancários em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi espancado por moradores da comunidade. A polícia acionou o Samu, que prestou socorro. O homem foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa sob custódia.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito foi encontrado caído em um campo de futebol com ferimentos na cabeça. Segundo relatos de vizinhos repassados à polícia, a mulher sofria ameaças desde o fim do relacionamento com o suspeito. De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito trabalhava como agente de coleta de material reciclável.

O suspeito de esfaquear a vítima foi levado ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e, até as 9h desta segunda-feira (27) a unidade ainda não tinha publicado informações sobre o estado de saúde do homem.

Homem foi encontrado espancado em campo de futebol em comunidade de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)Homem foi encontrado espancado em campo de futebol em comunidade de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Suspeito de matar amigo é agredido pela população e preso pela Polícia Militar

sireneO trabalho integrado das Polícias Civil e Militar na 11ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) resultou na prisão de Leonardo Balbino, 25, natural de Umbuzeiro, pela autoria do homicídio que teve como vítima Alexandre Rodrigues da Silva. O crime aconteceu na noite dessa sexta-feira (24), em uma estrada que liga Umbuzeiro a Natuba, no sítio Cipaúba de Baixo.

De acordo com a Polícia, o assassinato teve como motivação uma briga entre suspeito e vítima. Ambos eram amigos e estavam ingerindo bebidas alcoólicas quando ocorreu o desentendimento e Balbino desferiu um golpe de faca peixeira contra Alexandre.

Depois do ocorrido, as equipes policiais realizaram a prisão em flagrante. “O suspeito foi encaminhado para a sede da Delegacia Seccional de Queimadas, onde confessou o crime e afirmou que teria sido agredido fisicamente por populares. Segundo relato, Leonardo chegou a ser atingido por disparos de arma de fogo”, afirmou o delegado seccional Danilo Orengo.

O suspeito do homicídio ficará recolhido na Cadeia Pública da cidade, aguardando audiência de custódia. A tentativa de assassinato registrado contra ele também será investigada, já tendo a Polícia identificação do autor do crime.

MaisPB com Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Caco Barcellos é agredido durante manifestação de servidores na Alerj

caco-bacellosO jornalista da TV Globo Caco Barcellos, que cobria o protesto de servidores estaduais, na tarde desta quarta-feira, foi agredido por manifestantes contrários a sua presença no local. Caco foi impedido de cobrir o ato próximo à Assembleia Legislativa do Estado (Alerj).

Ao sair do local, alguns servidores o seguiram. O jornalista foi atingindo por um cone de trânsito, na altura da Avenida Erasmo Braga.

Um jornalista do Jornal O Globo, mais cedo, foi agredido por um dos manifestantes. Vestido com uma camisa azul, um homem tentou agredir o repórter, que mexia no celular e conseguiu se esquivar do soco. Ao correr, um outro manifestante deu um chute em sua perna. O repórter perdeu seus óculos.

A TV Globo se manifestou sobre o caso:

“Caco cobria o protesto para reportagem do ‘Profissão Repórter’, quando foi agredido e impedido de registrar o momento. Felizmente, ele está bem. A Globo repudia qualquer tipo de hostilidade que impeça a transmissão da notícia ao espectador, único fim do trabalho jornalístico da Globo, que preza pela isenção e correção.”

Extra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Carreata em Monteiro acaba em confusão; vereador é acusado de atropelar jovem e acaba agredido

carreataUma carreata realizada na noite da sexta-feira (26), no município de Monteiro, no Cariri paraibano, terminou em confusão e agressões. Militantes de duas coligações concorrentes se enfrentaram nas ruas da cidade e a Polícia Militar precisou ser acionada para conter a confusão.

Testemunhas informaram que militantes da Coligação ‘O Trabalho Não Pode Parar’, que tem Lorena de Dr. Chico como candidata a prefeita, invadiram uma área reservada para a Coligação ‘Juntos Somos Mais Fortes’, que tem Conrado como candidato a prefeito.

A coligação de Conrado afirma que já tinha protocolado na Justiça Eleitoral para utilização da avenida principal para a realização de uma carreata. Os militantes das duas coligações se enfrentaram, e o tumulto tomou de conta do centro da cidade. De acordo com a coligação ‘Juntos Somos Mais Fortes’, um candidato a vereador do PSD, tentou atropelar as pessoas que interrompiam a passagem na avenida e por pouco não foi lixado.

Integrantes da outra coligação, no entanto, afirmam que retornavam para casa, após um comício, quando foram agredidos por militantes que participavam da carreata. O vereador Lito foi agredido com socos e teve a roupa rasgada após seu carro ter sido cercado por várias pessoas.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Embaixador americano na Coreia do Sul é agredido a faca por militante nacionalista

EMBAIXADORO embaixador dos Estados Unidos na Coreia do Sul, Mark Lippert, foi ferido a faca nesta quinta-feira em Seul por um militante nacionalista contrário à aliança militar entre seu país e Washington.

O agressor, que estava armado com uma faca de cozinha de 25 cm, segundo a polícia, atacou Lippert quando ele participava em uma reunião durante um café da manhã no instituto cultural Sejong, no centro da capital sul-coreana.

“O homem surgiu bruscamente entre o público no momento em que começava o café da manhã. Alguns tentaram impedir seu avanço, mas tudo aconteceu muito rápido. O embaixador foi ferido no rosto e levado para o hospital”, explicou Kim Young-man, porta-voz do Conselho Coreano para a Reconciliação e a Cooperação, que organizou o evento.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O diplomata, ferido na mão e na bochecha, foi operado com sucesso e se encontra em condição estável, segundo os médicos. Lippert, no entanto, deverá permanecer por dois ou três dias no hospital.

“Estou bem, animado”, escreveu o embaixador no Twitter.

O presidente Barack Obama telefonou para o embaixador para desejar uma recuperação rápida, informou a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional (NSC), Bernadette Meehan.

O Departamento de Estado condenou com veemência o “ato de violência”.

– Ataque à aliança com EUA –

A polícia identificou o suspeito como Kim Ki-jong, 55 anos, já condenado por atirar uma pedra contra o embaixador do Japão em Seul no ano de 2010.

“Ele permanece detido e estamos tentando entender o motivo do ataque”, disse o chefe de polícia encarregado da investigação, Yoon Myung-Soon.

A presidente sul-coreana, Park Geun-hye, denunciou a agressão como um ataque contra a aliança militar entre Seul e Washington.

“Estes fatos são intoleráveis porque não se trata apenas de uma agressão física contra o embaixador Lippert, mas sim contra a aliança entre Coreia do Sul e Estados Unidos”, destacou.

A presidente Park também foi vítima de um ataque com arma branca, em 2006, durante uma campanha eleitoral. O agressor foi condenado a 10 anos de prisão por tentativa de homicídio.

A Coreia do Norte considerou o ataque contra Lippert um “castigo justo”, pela decisão dos Estados Unidos de seguir adiante com os exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul.

“Castigo justo para os belicistas americanos”: este é o título de um breve comunicado da agência de notícias oficial KCNA.

A agência afirmou que o ataque a Lippert reflete a postura da opinião pública sul-coreana, “que é crítica a respeito dos Estados Unidos por provocar uma crise bélica na península coreana por seus exercícios militares conjuntos” com Seul.

A KCNA classificou o ataque de “expressão de resistência” válida.

– Movimento nacionalista –

A embaixada dos Estados Unidos na Coreia do Sul coopera com a polícia local, informou o Departamento de Estado.

Os agentes das forças de segurança avançaram sobre o agressor, que usava uma roupa tradicional coreana e gritou uma frase contra a guerra no momento do ataque.

A agência Yonhap revelou que o agressor lidera um movimento nacionalista que organiza regularmente manifestações contra as pretensões territoriais do Japão sobre um grupo de ilhas controladas pela Coreia do Sul.

Partidário do regime norte-coreano, segundo fontes da inteligência de Seul, o agressor viajou seis vezes para a Coreia do Norte entre 2006 e 2007. Ele tentou construir um monumento em memória de Kim Jong-Il em Seul após a morte do dirigente de Pyongyang em 2011.

Kim Ki-jong tem um blog no qual expressou esta semana sua oposição aos exercícios militares conjuntos da Coreia do Sul com os Estados Unidos, por considerar que impossibilitam a retomada do diálogo entre as Coreias.

As manobras conjuntas anuais em grande escala geralmente provocam reações violentas do governo da Coreia do Norte.

Quase 30.000 soldados americanos estão presentes na Coreia do Sul de forma permanente e Washington assumiria o comando operacional no caso de conflito armado com a Coreia do Norte.

Lippert, 42 anos, ex-assistente do Departamento de Defesa para Assuntos Asiáticos, tem a reputação de ser um diplomata próximo do presidente Obama. Oficial da reserva da Marinha, que serviu no Iraque nos anos de 2007 e 2008 como agente de informação das forças especiais, assumiu o posto em Seul em outubro do ano passado.

 

 

AFP