Arquivo da tag: agredida

Delegado pede exame de corpo de delito e convoca parentes de criança agredida em Mamanguape

A criança de dois anos de idade que sofreu agressões e espancamento do próprio padrasto será levada para a realização de exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) em João Pessoa. O delegado de Rio Tinto, Deusdete Leitão, que acompanha o caso, confirmou em entrevista ao ClickPB que enviará um agente até o Hospital de Trauma, onde a criança está internada, para avaliar a sua situação e decidir quando será feito o exame.

“A partir do momento que tiver condições de fazer o exame. Quando tiver uma melhora aí vou solicitar”, ressaltou o delegado.

Ele comentou ainda que recebeu a documentação repassada pelo delegado plantonista e instaurou o inquérito para prosseguir com as investigações. Os parentes da criança serão convocados para prestar depoimento. O delegado Deusdete Leitão detalhou que pretende ouvir a mãe da criança, o padrasto e os avós maternos.

Os depoimentos deverão ser tomados logo após a realização do exame de corpo de delito. O delegado declarou ainda que se for necessário, irá colher os depoimentos nas residências dos envolvidos. O Conselho Tutelar da região deverá elaborar um relatório sobre o caso para enviar o documento ao delegado.

Até o momento ninguém foi ouvido pela polícia nem nenhuma prisão foi solicitada. Desdete Leitão antecipou ao ClickPB que, quando os agressores forem identificados, poderão ser autuados pela prática de maus tratos e lesão corporal. A mãe da criança, que tem 17 anos de idade, chegou a ser detida pela polícia, mas foi liberada pouco depois. Já o padrasto segue foragido.

De acordo com as primeiras informações, a criança, que tem dois anos de idade, teria sido agredida pelo próprio padrasto. O menino foi socorrido pelo avô materno, que o levou até o Hospital Infantil no bairro Valentina Figueiredo, em João Pessoa. De lá, precisou ser encaminhado até o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, também em João Pessoa.

De acordo com informações da assessoria do hospital, a criança segue internada na enfermaria infantil com quadro de saúde considerado regular. O menino não teve fraturas, mas apresenta vários hematomas pelo corpo e pelo rosto.

 

clickpb

 

 

Mulher é agredida por ex-companheiro e queimada com cigarro; suspeito é preso, na PB

Um homem foi preso na noite desta terça-feira (13) suspeito de agredir a ex-companheiro e provocar uma queimadura no pescoço dela com cigarro, no bairro da Torre, em João Pessoa. Ele foi preso depois que a mulher pediu socorro e os vizinhos chamaram a polícia.

A vítima e o suspeito tinha um relacionamento de oito anos, mas haviam se separado recentemente. No entanto, nesta terça, o homem foi até a casa da mulher, a agrediu, ameaçou e queimou parte do seu pescoço com cigarro.

De acordo com a delegada da mulher, Josenice de Andrade, os vizinhos relataram que as agressões são constantes. Em outros episódios, o homem teria sufocado a mulher e, quando ela já estava perto de desmaiar, ele parava e mandava ela respirar de novo.

Nesta terça-feira, além da queimadura, o homem puxou os cabelos da mulher, apertou o pescoço dela e ameaçou tocar fogo no colchão da cama dela. A mulher pediu socorro e os vizinhos chamaram a polícia.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia da Mulher, na Central de Polícia Civil. Ele está preso na carceragem e deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (14). Segundo a delegada, a mulher nunca havia solicitado medida protetiva. No entanto, após a prisão, a medida já foi solicitada pela delegada e, se após a audiência de custódia o homem for solto, ele vai precisar cumprir as medidas protetivas que serão impostas pela Justiça.

G1

 

Mulher é agredida pelo ex-namorado na frente dos filhos, em João Pessoa

Uma mulher ficou ferida após ser agredida pelo ex-namorado, neste sábado (20), no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, conforme informado pelo posto policial do Hospital de Emergência e Trauma da capital paraibana, para onde ela foi levada.

A equipe do posto da PM declarou que o homem agrediu a mulher, com socos e chutes, na frente dos dois filhos dela, por estar inconformado com o fim do relacionamento. No entanto, até o fim da manhã deste sábado (20), o suspeito não havia sido localizado.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital de Emergência e Trauma, a mulher, de 32 anos, foi levada à unidade por um carro particular, passou por procedimentos médicos de emergência e segue em observação. O estado de saúde dela é considerado regular.

G1

 

Mulher é agredida por namorado após ele ter crise de ciúmes, em João Pessoa

Uma mulher foi agredida pelo namorado após ciúmes, nesta terça-feira (16), no bairro do Valentina, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, a mulher contou que estava conversando com o namorado, quando falou o nome de um ex-namorado enquanto conversava com ele. Nesse momento, o homem começou a agredir a mulher.

A Polícia Militar foi acionada. No entanto, quando a equipe chegou ao local, o homem já tinha fugido. Conforme o posto da PM no Hospital de Trauma, ele é da cidade de Patos e a suspeita é que ele tenha fugido em direção ao Sertão.

A mulher, de 32 anos, foi socorrida pela viatura da Polícia Militar ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ela recebeu os atendimento médicos de emergência e recebeu alta por volta das 23h da terça-feira.

G1

 

Mulher é agredida e baleada no olho, na PB; suspeito é o ex-companheiro, diz polícia

Uma mulher de 25 anos foi vítima de uma tentativa de feminicídio na noite da terça-feira (21), em Teixeira, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito é o ex-companheiro da vítima que, após agredir a mulher, atirou com uma espingarda no olho esquerdo dela.

O caso aconteceu por volta das 19h40, no Sítio São Francisco, zona rural da cidade. De acordo com a polícia, o ex-companheiro da vítima foi até a casa dela e começou a agredir a filha do casal. Na tentativa de socorrer a filha, a mulher também foi agredida pelo suspeito com vários socos na cabeça.

Conforme a PM, após ser agredida, a vítima ligou para a Polícia Militar, mas o homem fugiu do local. Policiais foram até a casa da atual mulher do suspeito, que informou que ele também não estava na residência.

Enquanto a polícia procurava pelo homem, ele teria voltado na casa da ex-mulher e atirado com uma espingarda no olho esquerdo dela, depois fugiu do local. A vítima foi socorrida por vizinhos até o Hospital Sancho Leite, em Teixeira. Em seguida, ela precisou ser encaminhada para o Hospital Regional de Patos.

Na manhã desta quarta-feira (22), a polícia informou que a mulher também precisou ser transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade hospitalar, o estado de saúde dela é estável.

Até as 12h desta quarta, a assessoria do hospital havia informado que a mulher estava sob avaliação médica e que, caso precisasse passar por cirurgia, seria transferida novamente para outro hospital da cidade. Ainda segundo a polícia, o suspeito, de 40 anos, não havia sido localizado.

G1

 

Areia-PB: Bebê que teve traumatismo craniano era agredida pela mãe, diz padrasto à polícia

(Foto: Reprodução/TV Paraíba)

O padrasto da bebê de 11 meses que deu entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande com traumatismo craniano e ferimentos no rosto disse que as agressões sofridas pela vítima partiram da mãe. Na manhã desta quinta-feira (16), o homem prestou depoimento à delegada de Polícia Civil Symone Lacet, na cidade de Areia, no Brejo paraibano, onde o caso ocorreu. A mãe da bebê é uma adolescente de 16 anos.

Segundo a delegada, durante o depoimento, o homem de 33 anos contou que quando começou o relacionamento com a adolescente, a criança já tinha marcas de agressão. “Ele conta que ela tinha ferimentos pelo corpo e também nas partes íntimas, destacando o comportamento agressivo que a mãe tinha com a filha”, disse a delegada.

Ainda durante o depoimento, segundo a delegada, o padrasto contou que a mãe inventou um acidente para negar a agressão. “Ele disse que estava no quintal da casa e a mãe estava com a bebê dentro de casa, quando ele ouviu os gritos da criança. Ao entrar em casa, ele já viu a criança ensanguentada e ajudou a socorrer. A mãe disse que a bebê teria caído no banheiro, mas ele acredita que ela agrediu (a criança)”, destacou a delegada.

Outras duas pessoas que ajudaram a socorrer a criança foram ouvidas, também na manhã desta quinta-feira. Segundo a delegada Symone Lacet, parentes da adolescente também vão ser ouvidos. “Pelo que já investigamos, tudo indica que foi a mãe quem agrediu a criança. Vamos também ouvir parentes para questionar esse histórico de agressões relatado pelo padrasto”, informou a delegada.

A Polícia Civil informou que o inquérito já está sendo concluído e deve ser encaminhado ao Ministério Público da Paraíba (MPPB) para que sejam tomadas providências em relação à guarda da criança. O Conselho Tutelar da cidade de Areia já comunicou o caso ao MPPB. A criança continua internda e está sendo acompanhada pela mãe.

Estado de saúde

A bebê deu entrada no Hospital de Emergência Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, na última segunda-feira (13) com traumatismo craniano e lesões no rosto. Segundo o Conselho Tutelar de Areia, exames confirmaram que as lesões foram provocadas por agressões.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital de Trauma de Campina Grande, a bebê continua internado na ala pediátrica Em entrevista a, TV Paraíba ela disse que não sabe como a criança se feriu. “Ela tava no banheiro, porque ela anda demais”, disse a mãe.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mulher é derrubada e agredida por assaltante enquanto caminhava com criança na Grande JP

Um vídeo divulgado na internet mostra o momento em que uma mulher é agredida por um assaltante na cidade de Cabedelo. O caso aconteceu na tarde dessa quinta-feira (19) e foi flagrado por câmeras de um circuito de segurança.

As imagens mostram o momento em que uma mulher caminha com uma criança pequena e é atacada pelo homem. A mulher cai no chão e é agredida. Assustada com o que estava acontecendo, a criança corre para se afastar do agressor.

A Polícia Militar confirmou ao Portal Correio que o homem roubou o celular que a vítima carregava. As imagens mostram quando o homem foge correndo.

Um homem suspeito de ser o que aparece nas imagens foi detido na manhã desta sexta (20) e levado para uma delegacia em Cabedelo. A redação tentou contato com a Polícia Civil, mas as ligações não tinham sido atendidas até a publicação desta matéria.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Grávida de oito meses é raptada, agredida e tem os olhos e a boca colados, em Campina Grande

Na tarde desta terça-feira (11), uma mulher grávida de oito meses deu entrada mo Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, com marcas de agressão e os olhos e a boca colados.

De acordo com informações policiais, a mulher teria sido raptada por três homens e levada para um matagal, onde foi agredida com chutes e teve os olhos e a boca colados.

A polícia realizou buscas mas não conseguiu localizar os supeitos. A mulher também não soube informar as características dos homens.

O caso aconteceu no bairro Belo Monte.

A mulher passou por procedimentos cirúrgicos. Ainda não se sabe o estado de saúde do bebê.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vereadora é agredida durante sessão em câmara

A vereadora Marleide Quintino (PSD) foi agredida durante sessão da Câmara Municipal de Salgado de São Félix, nessa sexta-feira (26). O quebra-quebra começou quando os vereadores de oposição, entre eles a parlamentar agredida, reforçavam as denúncias de irregularidades cometidas pela atual administração da cidade, principalmente casos de nepotismo e de funcionários fantasmas.

Nessa hora, de acordo com o Boletim de Ocorrência feito pela vereadora, o vereador Mario Romero (PSB), junto com o irmão e dois filhos, partiu para agredir o marido de Marleide Quintino, que tentou conter a situação e acabou sendo agredida por um dos filhos do colega de parlamento.

“O nosso trabalho é fiscalizar a gestão pública e os vereadores de situação não admitem que façamos isso. Eu e mais dois colegas da oposição já estávamos sendo ameaçados nas ruas e ontem eles cumpriram com as ameaças e nos agrediram. Essa situação não pode permanecer assim, tenho medo que a próxima ameaça seja de morte”, disse Marleide.

Além do BO, a vereadora também fez exame de corpo de delito para comprovar as agressões sofridas durante a sessão na Câmara Municipal. “Ainda pedi que o presidente da Câmara chamasse a polícia, mas infelizmente nada foi feito”, lamentou a vereadora.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o marido da vereadora Adriana Suênia também foi agredido pelo vereador Mario Romero, o irmão e os filhos.

Diante da grave situação os vereadores de oposição estão fazendo um apelo às autoridades estaduais uma vez que não se sentem seguros com o policiamento local. Por conta da fragilidade policial da região, os parlamentares prestaram queixa também na Central de Polícia, em João Pessoa.

Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mulher é agredida a pauladas e socorrida pela polícia, em Solânea

sireneUma mulher de 48 anos foi agredida a pauladas por um homem e por pouco não morreu. Ela foi socorrida por policiais que haviam sido chamados por populares. A polícia não informou se o agressor era companheiro da vítima.

Por voltas das 21h30, a guarnição foi informada pelo Copom, que segundo informações, um indivíduo conhecido como Oliveira estava armado de faca, e agredindo uma mulher a paulada. Ao chegar ao local, os policias, encontraram a mulher bastante machucada e com um hematoma na cabeça.

Os policiais compareceram ao local e constataram a veracidade do fato e conduziram o acusado, à Delegacia de Solânea, para as providências cabíveis. A vítima foi socorrida pelo Samu para o hospital local.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br