Arquivo da tag: Agência

Grupo explode agência e caixa eletrônico vai parar no outro lado da rua na PB

Cerca de seis homens explodiram uma agência bancária em Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba por volta das 3h desta terça-feira (3). Com a explosão, o caixa eletrônico voou para o outro lado da rua.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos invadiram a cidade, explodiram o banco e, após o roubo, espalharam grampos pelos acessos à cidade e fugiram com destino a Matinhas, na mesma região.

Segundo a perícia do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), foram encontradas cápsulas de balas de fuzil calibre 12 no chão, mas não foram encontrados explosivos.

A gerência do banco não informou se o caixa eletrônico tinha sido abastecido. Até as 7h desta terça-feira nenhum suspeito de participar do assalto tinha sido preso.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Dez homens armados explodem agência bancária em Caiçara, na PB

Uma agência bancária na cidade de Caiçara foi explodida no início da manhã desta quarta-feira (5), no município de Caiçara, no Agreste paraibano. A ação criminosa foi registrada pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) por volta das 5h20.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de dez homens chegaram à cidade em três carros e foram direto para a agência. Lá, eles arrombaram e explodiram o estabelecimento. Ainda não foi confirmado se os criminosos conseguiram levar algum dinheiro.

Viaturas da Polícia Militar estão fazendo rondas nas proximidades do município para tentar identificar suspeitos do crime, mas até às 7h10 ninguém havia sido preso.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Dois homens assaltam agência dos Correios e tomam arma de vigilante no Agreste

Dois homens assaltaram uma agência dos Correios na cidade de Damião, no Agreste da Paraíba, na tarde desta quinta-feira (08). Eles recolheram dinheiro do caixa e ainda levaram a arma do vigilante do local.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), um dos acusados do roubo ficou na porta aguardando a ação enquanto o outro rendeu o segurança e tomou sua arma. O mesmo homem ainda recolheu o dinheiro do caixa.

Após a ação os assaltantes fugiram tomando destino ignorado. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local foi informada que o gerente da agência havia ido à Delegacia de Polícia Civil em Barra de Santa Rosa para registrar a queixa do roubo. Os policiais ainda fizeram diligências na região, mas não conseguiu identificar nem localizar os suspeitos.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bandidos explodem agência bancária no Sertão da Paraíba

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um banco foi atacado na madrugada desta terça-feira (23) na cidade de Desterro, no Sertão da Paraíba. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, vários assaltantes armados fecharam as entradas da cidade por volta das 3h. Uma parte do grupo foi até a agência bancária, instalou e acionou os explosivos em um caixa eletrônico.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o banco atacado pelos criminosos é privado. Após explodir o caixa eletrônico, os assaltantes fugiram da cidade atirando para cima. Desde a notificação do crime, a polícia realiza buscas na região da cidade, mas até o início da manhã desta terça-feira, nenhum suspeito tinha sido localizado.

A Polícia Militar também não informou que se algum dinheiro foi levado pelos bandidos. Até o caso registrado em Desterro, um levantamento feito pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba apontava 26 casos de ataques a bancos registrados em 2017, 14 deles somente de explosões.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Dez bandidos fazem reféns e atacam agência bancária em Cuité

Reprodução
Imagem ilustrativa

Uma agência bancária foi atacada na cidade de Cuité, na região da Borborema da Paraíba, por cerca de 10 homens na madrugada desta quinta-feira (11). Conforme informações do 9º Batalhão de Polícia Militar de Cuité, o bando tentou violar o cofre da agência, mas não conseguiu, tentaram levar o cofre, mas não teve sucesso, e então desistiu e fugiu.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, durante o ataque ao banco os assaltantes fizeram reféns no local e usaram os moradores da cidade como escudo humano. Após a ação na agência, os reféns foram liberados. Os bandidos fugiram da cidade em dois carros e algumas motos por volta das 3h. Moradores ouviram vários tiros durante a tentativa de assalto.

A Polícia Militar informou que os bandidos fugiram levando uma quantia não informada de dinheiro. A Polícia Militar realizou buscas pela região de Cuité, Picuí e Barra de Santa Rosa, mas até o início da manhã desta quinta-feira, nenhum suspeito foi localizado.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Notas indicam benefício a agência na maior licitação da gestão Temer

Planilhas da comissão de licitação do Banco do Brasil mostram que a agência de publicidade Multi Solution recebeu notas maiores do que duas concorrentes que, segundo os próprios julgadores, apresentaram as mesmas falhas que ela nas propostas de negócio que fizeram ao BB.

A empresa ficou com o primeiro lugar da concorrência que, como noticiado no último dia 25 de abril, teve o resultado antecipado pela Folha. O jornal recebeu informação de que a Multi Solution estaria entre as vencedoras quatro dias antes da abertura oficial dos envelopes que trariam a classificação.

Já na ocasião, foi dito que houve direcionamento dentro da estatal para garantir que a Multi Solution estaria entre as três empresas que dividiriam o contrato de até R$ 500 milhões por ano, prorrogável por até 60 meses. Isso totalizaria R$ 2,5 bilhões, sem calcular eventuais reajustes.

A concorrência é a de maior valor já realizada no governo Michel Temer.

A informação de que a Multi Solution estaria entre as vencedoras foi registrada pelo jornal em cartório na própria quinta-feira (20) e publicada em anúncio cifrado na seção de classificados no domingo anterior à abertura dos envelopes, dia 23 de abril.

Após a publicação da reportagem, o banco instaurou auditoria e suspendeu a homologação do resultado até a concluir as investigações.

A informação de que a Multi Solution foi menos penalizada pelos avaliadores consta de planilhas que estão anexadas no processo de licitação, colocado à disposição do público pelo BB após o jornal revelar que o resultado havia vazado para a reportagem.

Os papéis mostram que a subcomissão de licitação do Banco do Brasil deu notas maiores à Multi Solution em dois quesitos técnicos nos quais os próprios avaliadores apontaram problemas idênticos nas propostas de duas de suas concorrentes.

Ao avaliar a “capacidade de atendimento” das agências, os jurados disseram que a Multi Solution não informou “nenhum cliente com o porte do Banco do Brasil e poucos com porte similar”.

Disseram ainda que “não foi evidenciado, de forma completa, as quantidades e qualificações dos profissionais que estarão à disposição para execução dos serviços ao banco”. Por esses dois motivos,a Multi Solution recebeu nota 13,08 de um total possível de 15.

As mesmas justificativas constam da planilha de avaliação de outra empresa, a Calia. Ao julgar a agência, a subcomissão apontou os mesmos problemas, nos mesmos termos, linha por linha. A nota da Calia, porém, foi menor: 12 de um total possível de 15. A firma acabou ficando com a última colocação na licitação do BB.

A Multi Solution também perdeu menos pontos do que outra concorrente, a agência Heads, no quesito que avaliava relatos de soluções para problemas de comunicação.

Neste caso, os julgadores deram nota 9,5 de um total possível de 10 para a agência vencedora, justificando o desconto de meio ponto pela “baixa relevância” de um case apresentado como referência, a propaganda de uma marca de cadernos.

A mesma justificativa, resultado de ação de “baixa relevância” foi usado para descontar a Heads. Enquanto a Multi Solution perdeu 0,5 ponto, sua concorrente recebeu nota 8,75 de um total possível de 10, sofrendo um desconto de 1,25.

Ao final da abertura das notas, a Multi Solution acabou com a primeira colocação na concorrência, somando 91,58 pontos. A segunda colocada ficou mais de seis pontos atrás.

A Folha não conseguiu fazer contato com a Multi Solution neste domingo (7), mas em comunicado anterior a empresa rechaçou a hipótese de ter sido beneficiada na concorrência.

O presidente da agência, Pedro Queirolo, disse, na ocasião, por e-mail, que “de forma alguma [houve direcionamento]”. “Acreditamos que o novo momento que nosso país enfrenta é uma oportunidade para desenvolver um trabalho sério e competente também no setor público.” Sua empresa nunca prestou serviços a órgãos públicos. O BB seria o primeiro.

OUTRO LADO

Procurada, a assessoria de imprensa do Banco do Brasil emitiu nota na qual informa que “está aberta, até a próxima quarta-feira (10), a fase de apresentação de recursos referentes à licitação para contratação de agências de publicidade”. “Todos os questionamentos dos licitantes serão respondidos pela comissão responsável.”

A instituição ressaltou que está cumprindo os prazos previstos no edital da licitação, publicado em janeiro.

“O Banco do Brasil acrescenta que iniciou processo de auditoria interna para avaliar as etapas da licitação e condiciona a homologação final do processo à conclusão desta apuração.”

“Todas as propostas técnicas que foram apresentadas na licitação, junto com as respectivas notas atribuídas pela comissão responsável pela avaliação, estão disponíveis para consulta pública”, ressalta a instituição financeira ao final do texto.

A Multi Solution não foi encontrada neste domingo (7), mas em comunicado anterior negou favorecimento. Disse que a licitação do BB “veio para coroar os 20 anos de trabalho da agência, reconhecida por construir grandes cases no setor privado”.

MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES
Planilhas detalham proposta de agência em licitação

PASSO A PASSO DA LICITAÇÃO

1. Formada por seis integrantes, a subcomissão de licitação responsável por dar notas às agências que concorreram no certame de publicidade do Banco do Brasil atuou em diversas etapas

2. Na primeira fase, os jurados analisaram o chamado plano de comunicação. Neste passo, avaliaram as propostas feitas por cada uma das 14 agências sem que os papéis tivessem logomarca que identificasse quem era o autor da proposta

3. Na fase seguinte, os julgadores divulgaram notas das propostas técnicas de cada agência. Nesta etapa, as agências deveriam propor e apresentar dados que certificassem sua:
> Capacidade de atendimento
> Repertório
> Relatos de cases de sucesso, em que tivessem conseguido dar soluções eficazes para problemas de comunicação

FALHAS

Editoria de Arte/Folhapress
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação

> Em dois quesitos da proposta técnica –capacidade de atendimento e relatos de soluções de problemas de comunicação– os julgadores elencaram problemas na proposta da Multi Solution

> As mesmas falhas apontadas na proposta da Multi Solution foram indicadas em propostas formuladas por outras duas agências

> Em ambos os casos, as concorrentes receberam notas menores que as da Multi Solution

Editoria de Arte/Folhapress
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação
Editoria de Arte/Folhapress
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação
MESMOS PROBLEMAS, NOTAS DIFERENTES Planilhas detalham proposta de agência em licitação

ENTENDA O CASO

20 de abril – o nome da primeira colocada em uma licitação para a conta de publicidade do Banco do Brasil é antecipado à Folha. A abertura dos envelopes que trariam o resultado, porém, estava marcada apenas para o dia 24

23 de abril – a Folha exibe anúncio cifrado informando que a Multi Solution seria a ganhadora da concorrência

24 de abril – Na concorrência de maior valor já realizada no governo Temer, a empresa fica em primeiro lugar em licitação para a conta de publicidade do banco. Outras duas agências foram selecionadas

25 de abril – A Folha publica reportagem mostrando que o resultado havia sido antecipado dias antes. No mesmo dia, o banco decidiu não homologar o resultado da licitação e auditoria é aberta.

Folha de São Paulo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bananeiras recebe comitiva da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande

A cidade de Bananeiras recebeu nesta quinta-feira (04), comitiva da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico –AMDE de Campina Grande. O Presidente da AMDE, Nelson Gomes e seus auxiliares foram recebidos pelo Prefeito Douglas Lucena em um dos cases de sucesso do município a Casa do Empreendedor que completa neste mês quatro anos da sua criação.

O programa de apoio ao empreendedorismo, desenvolvido pela Casa do Empreendedor tem como prioridade a concessão de crédito produtivo orientado. Além disso, busca incentivar a geração de ocupação e renda entre os empreendedores locais, bem como fortalecer a economia solidária, o microempreendedor individual, o microempresário, o empresário de pequeno porte e as cooperativas de produção do município.

Assim, torna-se exemplo para outros municípios que procuram meios para fomentar a sua economia local. Neste mês de abril, o programa completará 4 (quatro) anos de atuação investiu cerca de R$ 1.700,00 (Hum milhão e setecentos mil Reais) acreditando na expansão das microempresas.

O Prefeito Douglas Lucena, proferiu palestra “Bananeiras: Cidade Empreendedora”, para os presentes e pode trocar informações apresentando os avanços que foram realizados com o empreendedorismo e o turismo na região.

A casa do Empreendedor, o calendário turístico, os diversos empreendimentos que se instalam a cada dia como; condomínios, hotéis e restaurantes chama a atenção e servem de exemplo a ser seguido por outros estados. A gestão municipal tem desempenhado seu papel para que Bananeiras cresça cada dia mais com ações de desenvolvimento.

Ascom- PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Dupla rouba agência dos Correios em Serra da Raiz; funcionário foi agredido

Uma agência dos Correios da cidade de Serra da Raiz, no Brejo paraibano, foi roubada na tarde desta terça-feira (2). O crime ocorreu durante a tarde e foi praticado por dois homens armados que, segundo a Polícia Militar, chegaram ao local a pé. Um funcionário chegou a ser agredido e precisou de atendimento médico.

Segundo a Polícia Militar, era por volta das 13h50 quando os dois homens entraram na agência e anunciaram o assalto, rendendo funcionários e outras duas pessoas que estavam no local. Os homens roubaram o dinheiro do caixa de atendimento e ainda forçaram um funcionário a tentar abrir o caixa da agência.

Como não tiveram êxito nesta ação, um dos homens agrediu o funcionário com a arma. Ele sofreu um ferimento na cabeça e precisou de atendimento médico, segundo a Polícia Militar. Depois do roubo, os dois homens saíram da agência correndo, mas a Polícia Militar acredita que eles tinham algum tipo de veículo para apoio na fuga.

“A gente acredita que eles saíram correndo e depois pegaram uma moto. Segundo informações que levantamos, eles seguiram com destino ao município de Duas Estradas. Foram feitas buscas, mas ninguém foi preso”, disse o soldado Rosinaldo da Silva.

No fim da tarde desta terça-feira, uma equipa da Polícia Federal esteve na agência realizando um procedimento de perícia e levantando informações com os funcionários. A Polícia Militar disse que o valor levado pelos suspeitos não foi informado pelos funcionários.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Grupo explode agência dos Correios em Boa Vista, no Cariri paraibano

Um grupo de cinco homens explodiu a agência dos Correios do município de Boa Vista, no Cariri paraibano, durante a madrugada desta sexta-feira (28). Na explosão, parte do teto do estabelecimento caiu e a polícia ainda não sabe se os criminosos conseguiram levar o dinheiro.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o grupo chegou à cidade em dois carros e seguiu direto para a agência dos Correios, onde explodiu o cofre. O impacto da explosão foi tão grande, que parte do teto do estabelecimento desabou.

Quando a polícia chegou ao local, os assaltantes já haviam fugido e a agência estava completamente destruída. Os policiais não souberam informar se o grupo conseguiu levar o dinheiro do cofre, nem para qual destino eles fugiram após a ação. Rondas estão sendo realizadas neste momento para tentar identificar os suspeitos.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Polícia cerca agência bancária em João Pessoa após denúncia de assalto com reféns

policiais-no-bancoA informação de que um assalto estaria acontecendo na manhã desta quarta-feira (29) no Banco do brasil localizado na Avenida Dom Pedro I, no centro de de João Pessoa mobilizou mais de cinquenta policiais.

Após a denúncia, realizada por telefone, várias viaturas chegaram ao local para interceptar a pressuposta ação criminosa, o quarteirão da agência acabou sendo isolado e o trânsito foi desviado pela Rua Santo Elias.

Os funcionários e clientes que estavam no banco acabaram se assustando com a movimentação e os bombeiros foram chamados para atender os que ficaram mais nervosos.

Informações extra oficiais davam conta de que haviam reféns em poder dos bandidos. E, em entrevista ao Sistema Arapuan, uma cliente que estava no banco contou que não viu homens armados em nenhum momento.

Apesar da não confirmação de que o assalto está sendo realizado, a polícia achou melhor manter o cerco.

Uma camionete com restrição de roubo se encontrava no estacionamento do banco, assim como uma bolsa abandonada.

O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima, entrou em contato com a produção do Cidade em Ação para informar que vai investigar o caso e localizar o culpado pelo trote.

A TV Arapuan acompanhou ao vivo toda a movimentação, desde a chegada da Polícia, até a dispersão. Assista, os momentos de tensão:

Veja imagens de um cinegrafista amador, no momento em que ainda não se sabia o que estava acontecendo no interior da agência:

Yves Feitosa