Arquivo da tag: aeroporto

Susto no ar: após 30 minutos de sobrevoo, avião da Latam consegue pousar no Aeroporto Castro Pinto

Com 30 minutos de atraso, avião da Latam, de número TAM 3366, conseguiu pousar no Aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa. O avião ficou sobrevoando por João Pessoa porque não encontrou condições de pousar devido às chuvas registradas na cidade desde o início deste domingo (05). O avião saiu do aeroporto de Guarulhos (São Paulo) às 11h30, com destino ao Aeroporto Internacional Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa.

De acordo com informações, o voo, que vinha de São Paulo, tinha previsão de pousar às 14h32, mas devido às condições meteorológicas, porque o aeroporto está operando com baixa visibilidade, o piloto precisou arremeter o avião. O avião precisou fazer órbita, esperando o tempo melhorar e poder pousar novamente.

O avião arremete porque é um procedimento de segurança que é feito quando não atinge as condições mínimas necessárias para pouso.  Apesar da pouca chuva no aeroporto, a visibilidade era baixa, por conta foi necessária esse tipo de manobra.

 

clickpb

 

 

Justiça Federal na Paraíba proíbe reabertura de estabelecimentos no aeroporto de João Pessoa

A Justiça Federal da Paraíba decidiu proibir, em liminar nesta terça-feira (7), que estabelecimentos comerciais do aeroporto Castro Pinto, na região da Grande João Pessoa, sejam reabertos.

A decisão foi tomada pela juíza da 2ª Vara da Justiça Federal de João Pessoa, Wanessa Figueiredo dos Santos Lima. Os estabelecimentos da praça de alimentação do local podem funcionar apenas com pedidos para realização de entregas.

Os demais estabelecimentos devem continuar sem funcionar enquanto durarem as determinações do decreto estadual que estabelece a suspensão de atividades comerciais durante 15 dias em municípios com casos confirmados do novo coronavírus. A decisão se estende ainda para a região metropolitana desses municípios.

A juíza determinou também que a Agência de Vigilância Sanitária da Paraíba (Anvisa) não adote nenhuma medida de autorização, orientação ou determinação sobre o funcionamento das lojas restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos localizados na área comum do aeroporto.

 

clickpb

 

 

Na PB, funcionário de aeroporto relata tensão com possíveis casos de passageiros contaminados

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), anunciou dentro do pacote de medidas de combate e prevenção ao coronavírus no estado, a fiscalização em aeroportos e rodoviárias para realização de uma triagem nos viajantes e tomar medidas imediatas se forem necessárias.

O intuito é poder verificar entre os passageiros se alguém possui um dos sintomas do novo vírus para que ações de Saúde possam ser tomadas imediatamente.

Além disso pessoas que estejam chegando na Paraíba vindas do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Bahia e Pernambuco,  devem ficar em isolados em observação por 14 dias.

Antes desta medida, a situação era de apreensão, principalmente no aeroporto Castro Pinto, onde a reportagem do PB Agora entrou em contato, na manhã desta terça-feira (17) com funcionários de algumas empresas de aviação.

De acordo com uma fonte que não quis ter o nome revelado, o clima era de tensão já que apesar de menos passageiros, os voos de chegada e de partida do aeroporto continuam normalmente.

“Só os voos internacionais que estão cancelando muitos. Agora os voos domésticos seguem normal, tá diminuindo o fluxo mas os pousos e decolagens seguem normalmente” revelou.

O funcionário ainda disse que entre os trabalhadores do aeroporto as medidas de proteção já estão sendo utilizadas, mas o medo é que elas não sejam suficientes.

“Sinceramente por mais que a gente use máscara, por mais que a gente use álcool em gel, eu acho que o passageiro chegando com o vírus, pegar o documento e me entregar, pegar minha caneta e assinar a etiqueta de bagagem, já complicou porque eu vou pegar a caneta, vou botar no bolso, vou pegar a etiqueta, tem o celular que a gente pega o tempo todo… Eu acho difícil alguém chegando lá a gente não pegar. A gente toma as precauções, mas é rezar pra que não chegue ninguém doente, porque se chegar a bronca é grande” desabafou.

PB Agora

 

 

Mulher com suspeita do novo coronavírus desembarca no Aeroporto do Recife; paciente foi encaminhada para Hospital

Uma mulher com suspeita do Covid-19, o novo coronavírus, desembarcou em Pernambuco, nesta terça-feira (25), no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na Zona Sul do Recife. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado. A paciente tem 51 anos de idade e esteve na Itália, país que íntegra a “lista negra” da doença divulgada pelo Itamaraty.

Também nesta terça, o país europeu confirmou mais quatro mortes devido à doença, totalizando 11 vítimas fatais, o que amplia o alerta de risco das autoridades. Um homem, morador de São Paulo, que também veio da mesma região, testou para positivo após fazer exames e agora aguarda a contra-prova para confirmação do primeiro registro da doença no Brasil. O foi encaminhado para o Instituto Adolfo Lutz, também na Capital paulista para contraprova.

“Chegou um caso que se enquadra na definição de suspeito. Se ampliou recentemente a definição de caso suspeito. Antes, falávamos da Ásia, agora falamos também da Europa. Essa paciente estava em deslocamento na Europa, na região de Milão, e veio para o Brasil via São Paulo, onde fez uma escala. Ela chegou ao Recife com alguns sintomas que se enquadram na nova definição de caso suspeito para a doença”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O avião em que veio a paciente partiu do estado de São Paulo e pousou na capital pernambucana às 15h50.

A mulher, segundo a filha – que pediu para não ser identificada -, viajou para a Europa no dia 13 de fevereiro para fazer um curso e, além da Itália, passou pela Espanha, país que também confirmou um caso nesta terça-feira (25).

No dia 18, começou a sentir os primeiros sintomas do que pode vir a ser o Covid-19, relatou a parente. “Ela vem tendo febre e dores no corpo e cansaço. Quando ela chegou no Recife, foi direto pro hospital. Não consegui nem ver ela e nem falar com ela. O primeiro sintoma foi febre”, declarou a filha da mulher.

Ela foi encaminhada ao Hospital Universitário Oswaldo Cruz, no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife. A unidade é referência na área de infectologia, segundo o protocolo implantado no estado.

“A gente precisa passar a mensagem de tranquilidade para a população. O número de casos suspeitos vai tender a aumentar com a expansão do diagnóstico, das situações de possível diagnóstico. O número de brasileiros que circulam na Europa é bem maior que os que circulam na China. E a gente precisa estar preparado para dar as respostas adequadas, como estamos dando”, disse o secretário estadual.

 

Portal WSCOM

 

 

Voo com saída do Aeroporto de João Pessoa é cancelado devido às chuvas

Um voo com saída do Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa, foi cancelado na manhã desta quinta-feira (13) devido às condições climáticas na região da capital. Chove desde a madrugada na Grande João Pessoa e, por isso, o voo que sairia para Belo Horizonte, pela companhia aérea Azul, foi cancelado.

De acordo com a Infraero, o Aeroporto de João Pessoa está fechado para voos e decolagens desde às 3h30. Um voo que deveria chegar de Recife, em Pernambuco, também foi cancelado.

De acordo com a companhia aérea Azul, um voo reforço já foi programado para a manhã desta quinta-feira de modo a acomodar os passageiros que deveriam viajar nesta manhã.

Inmet emitiu alerta de chuvas intensas

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo potencial de chuvas intensas para 127 municípios nas regiões do Litoral, Cariri, Agreste, Brejo, Seridó e Mata paraibana. O alerta começou às 8h10 desta quinta-feira (13) e se estende até as 9h15 de sexta-feira (14), incluindo as cidades de João Pessoa e Campina Grande.

G1

 

Avião sai da pista e fuselagem se parte em aeroporto na Turquia

Um avião saiu da pista ao aterrissar no aeroporto de Sabiha Gokcen, em Istambul, na Turquia, nesta quarta-feira (5). Imagens divulgadas pela imprensa local mostraram a fuselagem do avião quebrada em várias partes e os passageiros sendo retirados pelas equipes de emergência.

O Ministério dos Transportes afirma que a aeronave fez um “pouso forçado”. Segundo o governo, ninguém morreu, porém há ao menos 21 feridos.

Avião da Pegasus Airlines se acidentou em Istambul — Foto: Reuters/Murad

Avião da Pegasus Airlines se acidentou em Istambul — Foto: Reuters/Murad

“Não houve perda de vidas, os passageiros feridos estão sendo retirados do avião e levados para os hospitais”, disse o ministro turco dos Transportes, Cahit Turan.

O avião, da companhia aérea de baixo custo Pegasus Airlines, com 177 passageiros e seis tripulantes, havia decolado da cidade de Izmir, no oeste do país.

O site de rastreamento de voos Flightradar24 afirma que a aeronave é um Boeing 737-800. Após o acidente, o aeroporto foi fechado e voos foram desviados.

Avião se parte em aterrissagem em Istambul, na Turquia

Avião se parte em aterrissagem em Istambul, na Turquia

Avião da companhia Pegasus se acidentou logo após pousar em Istambul — Foto: Demir/AFP

Avião da companhia Pegasus se acidentou logo após pousar em Istambul — Foto: Demir/AFP

Aeroporto

O Aeroporto Sabiha Gokcen é o segundo maior de Istambul. Ele foi inaugurado para aliviar o tráfego ao Aeroporto Internacional Ataturk, no começo dos anos 2000. Desde então, o Aeroporto Ataturk foi fechado para voos de passageiros e foi inaugurado o Aeroporto Internacional de Istambul, um dos maiores do mundo. O Sabiha Gokcen, assim, manteve-se como o segundo da cidade.

Avião saiu da pista após pousar em Istambul — Foto: Juliane Souza/G1

Avião saiu da pista após pousar em Istambul — Foto: Juliane Souza/G1

Avião da Pegasus se partiu ao sair da pista em Istambul — Foto: Cansu Alkaya/Reuters

Avião da Pegasus se partiu ao sair da pista em Istambul — Foto: Cansu Alkaya/Reuters

Avião da Pegasus Airlines saiu da pista após pousar em Istambul — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus Airlines saiu da pista após pousar em Istambul — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus Airlines se acidentou na Turquia — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus Airlines se acidentou na Turquia — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus Airlines se acidentou na Turquia — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus Airlines se acidentou na Turquia — Foto: Reuters/Murad Sezer

Avião da Pegasus se acidentou em Istambul — Foto: AFP/Demir

Avião da Pegasus se acidentou em Istambul — Foto: AFP/Demir

Fuselagem de avião ficou partida em aeroporto de Istambul, na Turquia — Foto: Reprodução/ Globonews

Fuselagem de avião ficou partida em aeroporto de Istambul, na Turquia — Foto: Reprodução/ Globonews

Equipes de resgate retiram sobreviventes de avião que se partiu em aterrissagem em Istambul, na Turquia  — Foto: Reprodução/ Globonews

Equipes de resgate retiram sobreviventes de avião que se partiu em aterrissagem em Istambul, na Turquia — Foto: Reprodução/ Globonews

Avião se partiu em pedaços após o pouso na Turquia — Foto: NBC

Avião se partiu em pedaços após o pouso na Turquia — Foto: NBC

 

G1

 

 

Aeroporto lotado, festa, e corredor humano: Botafogo-PB apresenta o lateral Léo Moura

O saguão do Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa, ficou lotado. A festa foi grande para recepcionar Léo Moura no começo da tarde desta sexta-feira. Cantos entoados, batuque e um corredor humano da torcida do Botafogo-PB para o lateral após sair da porta de desembarque. O momento teve direito a muitas selfies e vídeos.

Léo Moura recepcionado pela torcida no aeroporto de João Pessoa — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura recepcionado pela torcida no aeroporto de João Pessoa — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

No aeroporto, cerca de 2 mil torcedores, segundo estimativa do marketing do clube (a Polícia Militar da Paraíba informou que não levanta esse dado por ser uma área da Infraero), recepcionaram Léo Moura, que não deu entrevista. Ele seguiu para o CT do Botafogo-PB, onde foi apresentado oficialmente e conversou com a imprensa.

– Nunca passei por um momento desse de ser recebido dessa forma. Fiquei muito feliz e emocionado. Agradecer a todos que foram no aeroporto. Espero que dentro de campo possa fazer o que essa torcida espera. Toda a diretoria que fez esse esforço em me trazer aqui. O primeiro contato foi com Warley (Santos, ex-Selecão, Grêmio e São Paulo, que hoje é gerente de futebol). Obrigado, Warley. Ele foi o cara que começou e depois falou com o presidente, treinador, a diretoria inteira. Fico feliz em acreditarem em mim. Pode ter certeza que vou fazer o máximo para dar alegria a todos vocês.

Lateral na entrevista coletiva no CT ao lado da diretoria do Botafogo-PB — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco

Lateral na entrevista coletiva no CT ao lado da diretoria do Botafogo-PB — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco

O lateral-direito de 41 anos, com passagens marcantes por Grêmio e Flamengo, falou sobre em qual posição vai atuar no Botafogo-PB: no setor de origem, onde construiu uma carreira vitoriosa, ou no meio?

– Tanto na lateral, como no meio, vou ajudar de qualquer forma. Vou conversar com o treinador, onde ele prefere que eu coloque meu futebol à disposição. Esperar para que ele decida. Gosto muito de jogar na lateral. Toda minha carreira pude jogar e desfrutar daquilo que eu sei fazer que é jogar futebol. Mas se precisar também de mim no meio também me sinto muito bem em jogar. Agora está nas mãos do treinador. O que ele decidir vou acatar.

Léo Moura distribui brindes para a torcida na apresentação — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura distribui brindes para a torcida na apresentação — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura vai vestir no Botafogo-PB a camisa 88 em alusão ao ano que o clube vai completar de história em 2020. Mas também tem outros significados para ele:

– É um número que gosto também, é o ano de nascimento da minha esposa e tive a felicidade de vestir a camisa 88 no Grêmio e conquistar títulos. Acredito que aqui não vai ser diferente, pode ter certeza.

Depois da entrevista coletiva, o jogador foi apresentado no gramado do CT com direito a muitos fogos e saudações da torcida nas arquibancadas. No começo da noite, Léo Moura participa de uma ação dentro de um shopping, no bairro de Mangabeira, com direito a fotos e autógrafos para sócios-torcedores.

Jogador vai vestir a camisa 88 no clube paraibano — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Jogador vai vestir a camisa 88 no clube paraibano — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

 

GE

 

 

Avião ucraniano pegou fogo e voltava para o aeroporto no Irã quando caiu, diz relatório inicial

O avião ucraniano que caiu em Teerã, no Irã, voltava para o aeroporto da cidade logo após a decolagem por causa de um problema, afirma o relatório inicial da autoridade iraniana de aviação civil, divulgado nesta quinta-feira (9). As 176 pessoas que estavam a bordo morreram. Testemunhas disseram que Boeing 737 pegou fogo antes de cair.

“O avião que se dirigia, a princípio, para o oeste para sair da zona do aeroporto, girou para a direita, devido a um problema, e estava no caminho de regresso ao aeroporto quando caiu”, explicou o Organização da Aviação Civil iraniana.

Testemunhas presenciais relataram um incêndio no Boeing 737 que se intensificou. Essas testemunhas acompanharam a decolagem do avião ou estavam em uma outra aeronave que voava em maior altitude do que o Boeing no momento da tragédia.

Irã se recusa a dividir os registros de avião que caiu no país com a Boeing

Irã se recusa a dividir os registros de avião que caiu no país com a Boeing

O voo 752 da Ukraine International Airlines partiu às 6h12 (horário local), com quase uma hora de atraso, do aeroporto Imam Khomeini, Teerã, e tinha como destino o Aeroporto Internacional Boryspil, em Kiev, na Ucrânia. O avião caiu em Shahedshahr, no sudoeste da capital iraniana.

A tragédia aconteceu poucas horas após o Irã ter disparado mísseis contra duas bases aéreas que abrigam tropas dos EUA no Iraque, em resposta à morte do general iraniano Qassem Soleimani. Não há informações sobre relação entre os dois incidentes.

Em meio à tensão que o Irã vive com os Estados Unidos, autoridades iranianas declararam que não irão entregar as caixas-pretas para a fabricante, a Boeing, ou para autoridades americanas.

A Convenção Internacional de Aviação Civil, da qual o Irã é signatário, prevê que fica responsável pela investigação o país onde a aeronave caiu (ou de onde ela partiu) – nesse caso, o Irã. Porém, a convenção prevê que o país fabricante (os EUA) e a empresa que o produziu, que é a Boeing, participem da investigação e tenham acesso às informações das caixas-pretas imediatamente.

Ucrânia quer investigar míssil russo

A Ucrânia é um dos países que participa das investigações sobre a queda do avião. O secretário do conselho de segurança nacional ucraniano, Oleksiy Danylov, informou que investigadores de seu país querem buscar possíveis destroços de um míssil russo no local do acidente depois de ler informações sobre isso na internet.

Os ucranianos investigam também a possibilidade de o avião ter colidido com um drone ou com outro objeto voador, problemas técnicos provocados por explosão ou ação terrorista dentro da aeronave.

‘Mínima probabilidade de erro’

Flores e velas foram colocadas em frente às fotos da tripulação do avião ucraniano que caiu logo após decolar de Teerã, no Irã, nesta quarta (8). Nenhuma das 176 pessoas que estavam a bordo sobreviveu ao acidente. — Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters

Flores e velas foram colocadas em frente às fotos da tripulação do avião ucraniano que caiu logo após decolar de Teerã, no Irã, nesta quarta (8). Nenhuma das 176 pessoas que estavam a bordo sobreviveu ao acidente. — Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters

Nesta quarta-feira (8), o vice-diretor de operações da Ukrainian International Airlines, empresa proprietária do avião, afirmou que a probabilidade de que um erro da tripulação tenha provocado a tragédia é mínima.

“O aeroporto de Teerã não é nada simples. Portanto, há vários anos a UIA utiliza esse aeroporto para realizar treinamento em aeronaves Boeing 737, com o objetivo de avaliar a proficiência e a capacidade dos pilotos de atuar em casos de emergência. Segundo nossos registros, a aeronave subiu até 2.400 metros. Dada a experiência da tripulação, a probabilidade de erro é mínima. Nem sequer consideramos essa chance”, diz o comunicado.

Mapa queda avião Irã — Foto: Rodrigo Sanches/G1

Mapa queda avião Irã — Foto: Rodrigo Sanches/G1

 

G1

 

 

Bandidos roubam terminal de cargas de empresa aérea de mais um aeroporto

Criminosos armados com fuzis e pistolas roubaram o terminal da Latam, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, no Rio, na manhã deste sábado (19).

De acordo com a Polícia Civil, os bandidos chegaram em três carros e fugiram do local levando, pelo menos, dois caminhões. Segundo funcionários, toda pessoa que chega ao terminal é submetida a revista, assim como a mala dos veículos. No entanto, as armas dos criminosos estavam dentro dos carros, ao lado dos passageiros.

Dentro do terminal e sob a mira de armas, os funcionários foram mantidos reféns e obrigados a deitar no chão. Segundo eles, a todo instante os bandidos eram hostis e faziam ameaças.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) foram acionados. Ainda não foi informado o que foi levado.

Em nota, a Polícia Civil disse que depoimentos estão sendo tomados e diligências realizadas. A Latam informou que está colaborando com as autoridades responsáveis nas investigações.

G1

 

 

Carro com grupo de pessoas de Guarabira capota na BR 230 quando seguia para Aeroporto

Um carro com quatro ocupantes capotou, na manhã desta segunda-feira (12), na altura do km 39 da BR-230 sentido Campina Grande-João Pessoa. Segundo informações, um estudante conduzia o veículo quando acabou perdendo o controle do carro ao tentar mudar de faixa.

A pista molhada teria ocasionado o acidente. O grupo havia saído do município de Guarabira, com destino ao Aeroporto Castro Pinto, na região metropolitana de João Pessoa. O estudante ia deixar a irmã no aeroporto. O carro não tem seguro e pertence ao pai do condutor. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. A PRF também esteve no local para dar suporte à ocorrência.

pbagora