Arquivo da tag: Adolescente

MPT tem 131 investigações na Paraíba envolvendo exploração do trabalho da criança e do adolescente

O Ministério Público do Trabalho possui 3,3 mil procedimentos ativos ou investigações envolvendo exploração do trabalho da criança e do adolescente, em todas as suas 24 Procuradorias Regionais espalhadas pelo País. Os dados (computados em 9 de janeiro de 2019) são do sistema informatizado de procedimentos do MPT. Desse total, 131 procedimentos estão sendo acompanhados na Paraíba, o 13º Estado do País com maior número de investigações.

Nesse período de verão e férias escolares, é comum o aumento de casos de meninos e meninas nas ruas, praias e semáforos de capitais e cidades litorâneas onde há atividades turísticas. Essas crianças ficam expostas à criminalidade, à exploração sexual, ao tráfico de drogas, além de estarem mais vulneráveis a acidentes de trabalho, muitas vezes em atividades insalubres e perigosas. Por isso, o MPT faz o alerta e lança uma campanha nas redes sociais para pedir o apoio da população.

A campanha “Rejeite produtos vendidos por crianças e adolescentes e Denuncie a exploração sexual ou outras formas de trabalho infantil” orienta turistas e a sociedade em geral a não consumir produtos ou serviços oferecidos por crianças e adolescentes em praias, festas, pontos turísticos, estacionamentos, bares, restaurantes e outros locais públicos. Também pede que qualquer flagrante de exploração seja denunciado pelo Disque 100.

MPT vigilante. Na Paraíba, a procuradora Edlene Lins Felizardo, coordenadora regional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), disse que o MPT permanece vigilante para coibir a exploração de meninos e meninas.

“As prefeituras municipais – a quem cabe esse primeiro atendimento de políticas públicas de combate ao trabalho infantil – devem manter funcionando nesse período de férias escolares serviços de cultura e lazer. A orientação do Ministério Público para as prefeituras é que mantenham, por exemplo, colônias de férias, onde as crianças sejam atraídas para o lazer, para que elas saiam das ruas, feiras, dos mercados e das praias”, afirmou a procuradora.

“No MPT, já há diversos procedimentos investigatórios em que as prefeituras estão sendo chamadas e cobradas para aplicar essas políticas. Em João Pessoa, já existe inquérito civil instaurado em relação a essas crianças que ficam nos semáforos”, informou Edlene Lins.

 

pbagora

 

 

Homem é preso suspeito de tentar trocar televisão por relação sexual com adolescente, na PB

Um homem de 68 anos foi preso nesta quinta-feira (27) suspeito de oferecer uma televisão em troca de relações sexuais com uma adolescente de 13 anos, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, o homem manteve contato físico com a jovem e deve ser indiciado por estupro.

A adolescente é filha da mulher presa na terça-feira (26) por aliciar sexualmente as três filhas de treze, nove e seis anos. A polícia constatou que vários homens frequentavam intensamento a casa onde moravam, em Cicerolândia, Zona Rural de Santa Rita, para ter relações sexuais com a mulher ou com as meninas.

Ela passou por audiência de custódia nesta quinta-feira e vai permanecer presa. A mulher foi encaminhada para o Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. As meninas foram encaminhadas para um abrigo e a Polícia Civil procura o pai delas, na cidade de Mari, ou algum parente que assuma a responsabilidade.

De acordo com a Polícia Civil, o exame realizada em uma das meninas constatou que uma das crianças sofreu abuso sexual recentemente. Ela informou que já mantinha relações sexuais com um parceiro fixo de 17 anos, a quem chamou de marido. Segundo ela, o jovem cedia R$ 50 por mês, que eram repassados para a mãe.

G1

 

Dupla é detida suspeita de tentar aliciar adolescente para praticar ataque em escola da Paraíba

Um jovem e um adolescente foram detidos na noite da quinta-feira (23) suspeitos de tentar recrutar um adolescente para praticar um ataque em uma escola de Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, após se recusar a participar da ação criminosa, a vítima foi ameaçada de morte pela dupla.

Conforme a polícia, após ser ameaçado, o adolescente de 16 anos acionou a PM. Ele contou à polícia que a dupla, um jovem de 19 anos e um adolescente de 15, estudam em uma mesma escola da cidade e planejavam cometer o ataque na instituição.

“A dupla chamou a vítima para participar de uma ação criminosa em uma escola, provavelmente com emprego de arma de fogo, mas o jovem se recusou e foi ameaçado. O adolescente denunciou à PM, e nas diligências localizamos o menor e o adulto autor da ameaça”, relatou o sargento David Venceslau, da Companhia de Choque do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Os dois suspeitos foram detidos no bairro Bodocongó III. Eles foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Campina Grande, no bairro do Catolé. A Polícia Civil investiga a participação deles em outros crimes na cidade.

G1

 

Em Guarabira, homem finge ser adolescente, manda ‘nudes’ para criança de 11 anos e acaba preso

Um produtor musical foi preso, nesta terça-feira (21), suspeito de tentar abusar sexualmente de uma criança de 11 anos, no Centro de Guarabira, no Brejo paraibano. O acusado, de 33 anos, fingiu ser um adolescente de 16 anos e passou a manter conversas via internet com a vítima, inclusive, enviando ‘nudes’ (fotos pelado) para ela.

O pai da criança descobriu a farsa e acionou os policiais. A prisão executada pelas equipes das Polícias Civil e Militar ocorreu em flagrante delito. Segundo informações repassadas pelo delegado Hugo Pereira de Lucena, o preso será autuado pelo crime de pedofilia.

A polícia informou que o suspeito estava há certo tempo acessando as redes sociais para enganar e aliciar a criança. “Ele se passou por um adolescente de 16 anos e tentou aliciar a criança de 11 anos de idade para manter relação sexual com ela”, afirmou o delegado.

Ainda segundo o delegado, o preso já estava conseguindo envolver a criança e, durante as conversas online, já havia enviado ‘nudes’ para a menina. “Ele havia marcado um encontro com a criança no Centro de Guarabira, na manhã de hoje (terça-feira, 21), mas o pai da menor foi informado dessa situação por outro filho e acionou a polícia, que prendeu o acusado em flagrante”, declarou Hugo Lucena.

Os policiais apreenderam celulares e outros equipamentos que eram usados durante as conversas com a criança. Esses aparelhos serão submetidos a perícias, para comprovar a prática do delito.

Durante o interrogatório, o preso negou que tivesse intenção em abusar sexualmente da criança e justificou que deseja apenas conversar e manter amizade com a criança. “Mas essa explicação não convenceu os policiais. Ele foi preso, autuado em flagrante delito e encaminhado para um presídio”, acrescentou o delegado.

 

Jota Alves

 

 

Adolescente é morto por primo após ser confundido com suspeito, no Conde, PB

Um adolescente de 17 anos foi morto com um tiro de espingarda, na noite deste domingo (14), na Zona Rural do município do Conde, Litoral Sul da Paraíba. O suspeito de efetuar o disparo é o primo dele, de 16 anos, que teria atirado por engano, após confundi-lo com um criminoso.

De acordo com a Polícia Militar, o adolescente suspeito já havia saído do local quando uma equipe da PM chegou na residência.

O perito Ademir Lins informou que o crime aconteceu por meio de uma janela da porta da casa. Era por volta das 20h quando o adolescente de 17 anos estava abrindo a porta da residência. Pela janela, o primo efetuou um tiro de espingarda, a curta distância, que atingiu a boca da vítima. O adolescente morreu no local.

A polícia trata o crime como uma fatalidade. Segundo a PM, a princípio, a família trabalha no roçado, na Zona Rural da cidade, e não teriam envolvimento com o tráfico de drogas.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Homem é preso suspeito de estupro e cárcere privado de adolescente de 16 anos, na PB

Um homem foi preso na noite da sexta-feira (12) suspeito de estuprar e manter em cárcere privado uma adolescente de 16 anos, em São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima.

Segundo a polícia, o homem foi preso após denúncias anônimas que levaram a Polícia Militar até a casa da vítima, no Sítio Alagamar, zona rural do município. Em depoimento, a adolescente relatou que o homem era o ex-companheiro dela, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento e teria a obrigado a manter relações sexuais.

A adolescente relatou ainda que o ex-companheiro a ameaçou de morte caso ela não voltasse para a casa dele e, ao retornar para a residência do homem, ela teria sido estuprada e agredida por ele.

Após o relato da vítima, a polícia conseguiu localizar o homem, que foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, na mesma região. A adolescente também foi levada à delegacia acompanhada do Conselho Tutelar do município.

Na manhã deste sábado (13), a polícia informou que o suspeito permanecia detido na delegacia de Cajazeiras aguardando audiência de custódia prevista para a terça-feira (16).

G1

 

Homem é preso suspeito de estupro e cárcere privado de adolescente de 16 anos, na PB

Um homem foi preso na noite da sexta-feira (12) suspeito de estuprar e manter em cárcere privado uma adolescente de 16 anos, em São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima.

Segundo a polícia, o homem foi preso após denúncias anônimas que levaram a Polícia Militar até a casa da vítima, no Sítio Alagamar, zona rural do município. Em depoimento, a adolescente relatou que o homem era o ex-companheiro dela, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento e teria a obrigado a manter relações sexuais.

A adolescente relatou ainda que o ex-companheiro a ameaçou de morte caso ela não voltasse para a casa dele e, ao retornar para a residência do homem, ela teria sido estuprada e agredida por ele.

Após o relato da vítima, a polícia conseguiu localizar o homem, que foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, na mesma região. A adolescente também foi levada à delegacia acompanhada do Conselho Tutelar do município.

Na manhã deste sábado (13), a polícia informou que o suspeito permanecia detido na delegacia de Cajazeiras aguardando audiência de custódia prevista para a terça-feira (16).

G1

 

Adolescente é detido por produzir e publicar pornografia infantil em redes sociais, na PB, diz polícia

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite da quinta-feira (11), em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado Seccional da Polícia Civil, Sylvio Rabello, o adolescente foi detido após investigações da polícia constatarem que ele produzia, armazenava e publicava pornografia infantil nas redes sociais.

Na casa do adolescente, a polícia apreendeu todos os aparelhos eletrônicos. Ao serem analisados, foram encontrados fotos e conversas que constataram a pornografia infantil em diversas modalidades. “O adolescente utilizava do relacionamento que tinha com uma jovem de 16 anos, além de outros relacionamentos na cidade, em que as vítimas eram filmadas durante os atos sexuais”, explicou o delegado.

Segundo o delegado, as investigações começaram após a polícia ouvir os responsáveis de uma das vítimas na Delegacia de Polícia Civil de Catolé do Rocha. “No Procedimento Infracional aberto estão as fotos do relacionamento sexual com a jovem e conversas, além das publicações nas redes sociais”, informou.

O adolescente foi apontado como infrator pelos crimes de publicação, armazenamento e produção de pornografia infantil. Ainda conforme o delegado, ele foi ouvido junto com a mãe e liberado em seguida. “A gente vai pedir uma outra medida ao juizado da Infância da Juventude e ao Ministério Público”, concluiu.

Segundo a polícia, adolescente filmava encontro com jovens na cidade e publicava na internet, na PB — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Segundo a polícia, adolescente filmava encontro com jovens na cidade e publicava na internet, na PB — Foto: Polícia Civil/Divulgação

 

G1

 

 

Adolescente que noticiou no Facebook que se mataria será sepultada em Pilões

Está é Laís, mas conhecida por (Laizinha) ela tinha 12 anos, e morava no Parque do Sol, no bairro do Valentina de Figueiredo, zona Sul de João Pessoa. E na noite desta quarta-feira (10), Laís cometeu suicídio por meio de enforcamento. Ainda não se sabe a real motivação da garota ter tirado a sua própria vida.

Há algumas informações que foram repassadas, mas sem confirmação oficial. Uma das supostas motivações é que a mãe da jovem teria descoberto que a mesma estava grávida e a é de que a menina estava fazendo parte de um Grupo que incentiva jovens e adolescentes a cometerem o suicídio.

Alguns dias atrás ‘Laís’, fez uma publicação em seu Facebook, que ainda dentro deste ano cometeria suicídio. O corpo já foi liberado pelo IML da capital e segue para a cidade de Pilões, onde será velado e sepultado no final da tarde.

A Secretaria de Educação Municipal de Pilões emitiu nota de pesar pela morte da jovem e de mais duas pessoas, que faleceram em outras circunstancias, e suspendeu as aulas no dia de hoje (11).

A menina foi aluna da Escola Estadual Dom Santino Coutinho.

 

portalmidia

 

 

Adolescente infrator acusado de tentar matar homem e atear fogo na casa dele é apreendido em Cuitegi

Um adolescente infrator de 17 anos de idade foi apreendido por policiais militares e civis na tarde desta quarta-feira (10), na cidade de Cuitegi. Contra ele havia um mandado de busca e apreensão expedido pela Comarca de Guarabira pelo ato infracional semelhante à lesão corporal grave.

Ele é acusado de, junto com outro, espancar um homem a pauladas até quase a morte e ainda tocar fogo na residência dele. Devido à gravidade das agressões, a vítima passou várias semanas internada no Hospital de Trauma, mas conseguiu sobreviver.

O adolescente infrator foi apreendido por policiais da guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, com o apoio do Destacamento local, comandado pelo sargento Djevaldo.

Ele foi localizado na sua residência e conduzido pelos policiais para a Delegacia de Polícia Civil.

Assessoria 4º BPM