Arquivo da tag: aconselha

Rômulo aconselha Tião Gomes a tomar calmante e dispara: ‘É pau mandado’

romulo_psdO deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) rebateu, no início da tarde desta quinta-feira (9), as declarações do deputado estadual Tião Gomes (PSL) que, ao criticar a relação entre Luciano Cartaxo (PSD) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), acabou envolvendo o presidente do PSD. Tião disse nesta manhã que assim como fez com Ricardo Coutinho (PSB), Cássio também trairá Cartaxo, e afirmou que Rômulo ficaria com Cássio. Rômulo respondeu à provocação. No Sistema Correio, disse que Tião, em vez de estar brigando, deveria ir trabalhar.

Rômulo Gouveia também aconselhou o deputado a tomar um calmante. “Ele tem uma prática terrível de não respeitar as pessoas”, disse o presidente estadual do PSD ao emendar: “Tião deve estar atacado com a derrota sofrida nas eleições municipais deste ano quando seu grupo perdeu a prefeitura de Areia”.

Rômulo lembrou que o processo eleitoral de 2016 já passou e aconselha Tião Gomes a descer do palanque e trabalhar pela cidade de Areia, reduto eleitoral do representante do PSL. “A cidade está destroçada”. Rômulo pede ainda para Tião que trabalhe e pare com ‘rame-rame’ (fuxico no linguajar político).

De acordo com Rômulo, Tião Gomes é um ‘pau mandado’ e a sua intenção é desestabilizar os partidos de oposição. “Ele não vai conseguir, pois só vamos discutir 2018 em 2018”. Rômulo lembra, por exemplo, que o PSD tem vários nomes para disputar as eleições gerais.

Rômulo lembra também que a a sua principal atividades política em Brasília é trabalhar pela Paraíba. “Hoje, juntamente com o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), estive em audiência com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, para tratar da transposição das águas do Rio São Francisco”, disse.

Ele revelou que  Romero apresentou ao ministro um plano de trabalho das ações emergenciais para garantir o abastecimento de Campina e municípios circunvizinhos. A previsão é que os recursos sejam liberados nos próximos 15 dias.

Ele detalhou ainda uma série de encontros que terá durante toda a semana com ministros para tratar de pleitos do estado.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Prefeito reeleito aconselha opositores a deixarem cidade e insinua que só dará água a aliados; vídeo

lucildoO prefeito reeleito da cidade de Damião, Lucildo Oliveira, do PSB, protagonizou uma cena polêmica ao sugerir, durante a comemoração pela vitória nas urnas, que seus adversários deixem a cidade e se mudem para São Paulo em busca de emprego.

Ovacionado por eleitores e aliados, Lucildo disse que só “terão vez os que votaram a favor de Damião” e insinua que só disponibilizará água para quem for seu aliado. “Agora vão atrás dos babões pedir água”, disparou.

Lucildo venceu a disputa contra Eleonora Diniz (PSD), com 53,11% dos votos.

Confira o vídeo:

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

CMJP: Maranhista aconselha Agra a não apoiar ninguém na briga pela PMJP

O vereador maranhista Fernando Milanez (PMDB) fez uma declaração surpreendente nesta terça-feira (19). Mesmo com a possibilidade do seu candidato a prefeito (o ex-governador José Maranhão) contar com o apoio do prefeito Agra (PSB) – o que poderia garantir uma vitória já no primeiro turno – o vereador aconselhou o gestor a não se aliar a ninguém, depois de decidir romper com o projeto político do PSB.

Na visão de Milanez, só o fato do prefeito cruzar os braços já tiraria os socialistas do pairo, por proporcionar um grande prejuízo eleitoral ao grupo. O conselho de Milanez tem por objetivo alimentar a discórida entre Agra e seu “ex-grupo político” já que, segundo acredita, não faz sentido voltar a apoiar um bloco que só o usou como “uma laranja”, que se chupa e joga fora.

Apesar de propor o silêncio, o vereador não escondeu o desejo de ter Agra ao lado de José Maranhão. Em defesa desse possível pacto, o peemdebista afirma que não seria incoerência do prefeito se unir a Maranhão, pois “Agra se libertou”, depois de ser usado e jogado no lixo pelo PSB.

“Usaram, chuparam o caldo e jogaram o bagaço no lixo”, disse Milanez sobre o tratamento que o prefeito recebeu no PSB. “O engano do sabido é pensar que os outros são bestas”, complementou.

Na ótica de Milanez, até poucos meses atrás o Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa eram uma só administração, com Agra submisso às decisões do governador. Porém, com a decisão de Agra em sair do PSB a situação mudou, permitindo uma aliança do ex-socialista com o PMDB. “Luciano Agra só assumiu ontem a prefeitura”, disparou o parlamentar, que é líder da bancada oposicionista na Câmara Municipal.

MaisPB