Arquivo da tag: achado

Achado corpo de homem soterrado enquanto cavava poço na PB

Buscas pelo trabalhador duraram todo o fim de semana (Foto: Divulgação)

Foi encontrado, na madrugada desta segunda-feira (12), o corpo do trabalhador Ronaldo César Duarte, de 31 anos, que foi soterrado, no sábado (10), enquanto cavava um poço em uma propriedade particular em Mamanguape, Litoral Norte paraibano, a 60 quilômetros de João Pessoa. A informação foi confirmada ao Portal Correio pelo secretário de Meio Ambiente, Defesa Civil e Recursos Hídrico do Município, Gemerson Roque.

De acordo com o gestor, o trabalho de busca feito pelo Corpo de Bombeiros se estendeu por toda noite e madrugada. Mesmo após visualizar o corpo de Ronaldo César, a equipe levou algumas horas para retirá-lo do poço.

“Era um pouco delicada a situação devido a posição em que o trabalhador se encontrava. Parte estava sob a barreira de contenção e parte estava à vista. A equipe tentou remover da melhor maneira, para que não gerasse tantos danos ao corpo”, explicou Gemerson Roque.

O corpo do trabalhador Ronaldo César Duarte seria levado para perícia na Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) na Capital.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem que matou esposa com mais de 20 facadas é achado morto em presídio

Ivanildo postou ameaça à companheira em rede social (Foto: Reprodução)

O detento Ivanildo Júnior foi encontrado morto, na manhã desta sexta-feira (9), na Penitenciária Padrão de Santa Rita, na Grande João Pessoa. Ele era o assassino confesso da esposa, Joseane França de Lima. A mulher foi morta com mais de 20 facadas, no dia 18 de fevereiro.

Segundo o diretor da penitenciária, Cícero Gonçalves, uma corda foi encontrada junto ao corpo de Ivanildo, o que aponta para a hipótese de suicídio. Ainda assim, uma perícia será realizada para confirmar a causa da morte. Ivanildo dividia cela com outros presos – todos enquadrados na Lei Maria da Penha – e estes devem prestar depoimento à polícia.

À TV Correio, o diretor da penitenciária informou ainda que Ivanildo não recebeu visitas de familiares durante o tempo em que esteve sob regime carcerário. Uma filha do suspeito havia concluído recentemente o cadastro para ter direito a encontros com ele.

Homem que matou esposa tinha feito ameaças pelo Facebook

Poucos dias antes do crime, Ivanildo havia postado ameaças a esposa no Facebook. Ao ser preso em flagrante, Ivanildo disse que decidiu assassinar Joseane após descobrir uma traição. Ele foi preso em flagrante, ainda dentro da casa onde aconteceu o crime, em Santa Rita, e com o corpo sujo do sangue da companheira.

O corpo de Ivanildo Júnior foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Campina Grande.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bebê de dois meses é achado morto em casa na Capital

(Foto: Walla Santos)

Um menino de dois meses foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (30), em uma casa na comunidade Alto do Céu, em Mandacaru, Zona Norte de João Pessoa.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local para apurar a situação. A médica responsável pela equipe disse que o corpo do bebê já estava frio e apresentava sinais de rigidez quando a ambulância chegou. Havia também sinais de sangramento na boca do recém-nascido.

“O chamado foi por volta das 4h. A mãe contou que quando acordou a criança já estava morta. Pelos sinais encontrados, há várias possibilidades de causa da morte. Por isso, o corpo passará por perícia”, contou a médica, à TV Correio.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Feto é achado em calçada de loja na feira central de Santa Rita, na PB

Funcionárias da loja colocaram o feto dentro de um copo para evitar que pedestres pisassem (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um feto foi encontrado por funcionárias na calçada de uma loja na feira central de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa, no início da manhã desta quarta-feira (18). De acordo com a Polícia Militar, as mulheres descobriram o feto ao limpar a calçada que estava suja de sangue.

De acordo com Josilene Soares, uma das funcionárias, o feto foi achado por volta das 7h. “Eu cheguei para trabalhar e vi uma sujeira de sangue na porta da loja. Antes de abrir para os clientes, chamei a menina que trabalha na loja do lado e pedi pra me ajudar na limpeza. Foi então que eu vi o feto. De imediato pensei que era de um cachorro, mas a outra funcionária foi que identificou que era humano”, contou.

Feto estava na calçada de loja na feira central de Santa Rita (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Feto estava na calçada de loja na feira central de Santa Rita (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Juliana da Silva, vendedora da loja ao lado, disse que de imediato fotografou o feto e colocou dentro de um copo descartável antes de acionar a polícia. “Estava passando muita gente no local e ficamos receosas das pessoas pisarem. Então colocamos dentro do copo e quando passou a PM, mostramos aos policiais”, explicou.

Segundo a PM, as polícias Civil e Científica foram chamadas para acompanhar o caso. O feto foi recolhido e uma perícia vai ser feita para identificar se é realmente humano e se trata de um aborto espontâneo ou provocado. Até as 10h50, a polícia não tinha informações de quem teria deixado o feto no local.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Vigilante é achado morto dentro de escola e polícia suspeita de latrocínio

 (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
(Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Um vigilante 27 anos foi achado morto a tiros dentro da escola estadual em que trabalhava na madrugada deste sábado (7) no bairro dos Cuités, em Campina Grande. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Tatiana Matos, a suspeita é de que o homem tenha sido vítima de latrocínio.
O caso foi registrado por volta de 1h10 (horário local), na Rua Bruxelas. Moradores da região ouviram tiros e acionaram a polícia. Uma equipe da PM fazia rondas pela região quando notaram uma das portas da escola entreaberta. Os policiais entraram no local e encontraram a vítima caída. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado, mas os médicos confirmaram que o vigilante já estava morto.

Da vítima, foram levados um revólver calibre 38 com munições, a carteira e um aparelho celular. A delegada explica que as informações sobre o caso são poucas, mas as investigações continuam. A família do vigilante contou para a delegada que o homem não tinha envolvimento com nenhum tipo de crime e a empresa de vigilância disse que ele trabalhava falou que o jovem também não tinha histórico de desentendimento com alguma pessoa ou qualquer outro problema.

“A princípio, estamos tratando como latrocínio. Não há nenhuma ligação da vítima com crimes. O caso vai continuar sendo investigado e não temos suspeitos ainda”, disse Tatiana.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Recém-nascido é achado morto em balde e polícia investiga aborto na PB

lixoA Polícia Civil investiga o caso de um recém-nascido que foi achado morto dentro de um balde em um sítio na cidade de Massaranduba, no Agreste paraibano. De acordo com o delegado Cícero Pereira Filho, que investiga o caso, a suspeita é de que se trata de um aborto e uma perícia deve ser feita para identificar de que forma aconteceu.

O caso foi registrado na noite da sexta-feira (23), na zona rural do município. De acordo com o agricultor José Pontes Ramos, pai da mãe do bebê, a filha, de 20 anos, teve um aborto natural após passar mal.

“Ela estava se sentindo mal, com umas dores na barriga, levamos ela para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e lá ela tomou soro e uma injeção, foi medicada. O médico passou uns remédios e ela tomou também. No outro dia, ela continuava a passar mal. Eu saí para trabalhar e a mãe dela ficou com ela em casa, foi quando ela disse que notou uma poça de sangue na casa. Só que ela já tinha perdido o menino, botou no balde e escondeu”, disse.

A mãe do bebê foi levada para o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida, em Campina Grande, onde estava internada para exames até a tarde deste sábado (24). Segundo a família, ela estava com oito meses de gestação.

“Nós vamos fazer uma perícia para identificar se realmente se trata de um aborto espontâneo ou se foi induzido. Sendo neste segundo caso, precisamos identificar em que circunstância aconteceu”, completou o delegado.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Adolescente que estava desaparecido é achado enterrado em Esperança-PB

casos de policiaUm adolescente de 16 anos foi encontrado morto e enterrado na tarde da segunda-feira (19) em Esperança, no Agreste paraibano. Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, o rapaz estava desaparecido desde o dia 18 de novembro e o corpo foi achado por moradores.

Os investigadores do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Esperança chegaram até o local, um terreno no bairro José Lopes, após denúncias anônimas. De acordo com a polícia, ainda não foi confirmada a motivação do crime. A mãe da vítima disse apenas que o adolescente havia saído de casa em uma bicicleta e não retornou.

O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande e seguia no local até as 6h50 (horário local) desta terça-feira (20). O órgão informou que ainda não é possível constatar as causas da morte devido ao avançado estado de decomposição do corpo.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Menino é achado desacordado em casa abandonada em Bayeux, na PB

ambulanciaUm menino de 10 anos foi encontrado desacordado na noite de terça-feira (15) em uma casa abandonada no bairro do Baralho, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. De acordo com a mãe da criança, com base no que foi relatado pelo menino, ele foi obrigado a entrar em um carro, tomar um comprimido e acabou sendo agredido e abandonado em uma casa. O menino foi atendido pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

De acordo com a mãe da criança, três pessoas, entre elas uma amiga dela, teriam participado do rapto do menino. A médica do Samu que prestou atendimento à vítima, Socorro Marques, explicou que o menino foi socorrido em estado regular, embora estivesse bastante afetado emocionalmente. “A criança nos informou de uma dor no membro inferior, mas não temos nenhum indício de fratura”, comentou.

A casa em que o menino foi encontrado fica bem perto da sua residência. A mãe dele explicou que a amiga que teria participado do rapto ajudou a criar o filho. “Ele contou tudo. Que foram dois homens e essa mulher que conhece ele, que ele foi colocado dentro [do carro]. A mulher falou que ia dar dinheiro a ele, mandou ele tomar um comprimido e depois, quando chegou em uma praça, começou a bater”, contou. A criança afirmou aos familiares que não lembra o que aconteceu depois.

Uma vizinha da mãe do menino explicou que a mulher chegou a perguntar sobre a rotina da criança, como ia para escola, mas não sabia que se tratava de algo que pudesse acabar com o rapto e agressão. “Ela comentou que não aceitava que o menino tivesse saído da vida dela e depois pediu que eu não comentasse que ela tinha ido até a minha casa”, explicou a vizinha. No boletim médico divulgado pelo Hospital de Trauma, não consta informação sobre o estado de saúde da criança. O G1 tentou contato com a unidade, mas as ligações não foram atendidas.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homem é achado baleado depois de explosão de banco na Paraíba

Reprodução/ Aryel Aquino
Reprodução/ Aryel Aquino

Os caixas eletrônicos do Banco do Brasil da cidade de Tavares, no Sertão do estado, a 420 km de João Pessoa, foram explodidos na madrugada desta quarta-feira (16), por um grupo formado por cerca de 15 homens. Um homem foi encontrado baleado perto da agência.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos chegaram em veículos e foram em direção ao banco. O bando armou os explosivos e detonou bananas de dinamites, que foram colocadas nos caixas eletrônicos.

Devido à forte explosão, os caixas ficaram destruídos e parte da estrutura do prédio está comprometida. Várias cápsulas de arma de grosso calibre foram encontradas na cidade. A Polícia Militar não soube informar qual foi o valor levado pelos criminosos. Os suspeitos fugiram em direção ao estado de Pernambuco.

Parte interna do banco  

Durante a vistoria no local do crime, um homem foi encontrado baleado perto do banco. Ele foi levado para o Hospital Regional de Patos onde está internado sob custódia da Polícia Militar. A polícia vai investigar se o homem teve participação no crime.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Corpo de homem é achado boiando no mar do Bessa, em João Pessoa

 (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Um corpo de um homem foi encontrado boiando no mar do Bessa, em João Pessoa, na manhã deste domingo (25). De acordo com a Polícia Civil, os guarda-vidas da praia viram o corpo e chegaram a resgatar para a areia, mas a vítima já estava morta. A suspeita da polícia é de que o homem tenha se afogado.

Segundo o agente João Strauss, da Polícia Civil, os guarda-vidas viram o homem boiando por volta das 10h30, em um trecho de maré alta. A vítima estava vestindo apenas uma bermuda e aparenta ter entre 45 e 50 anos. Na praia, os banhistas não souberam dizer quem era a vítima.

“Tomamos conhecimento de que ele veio à praia sozinho e foi tomar banho, mas de lá não voltou. Tudo o que temos de identificação dele é um nome que consta em um cartão de crédito encontrado com ele, mas não sabemos se o cartão é dele e não apareceu ninguém da família aqui”, explicou Strauss.

O corpo do homem foi levado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), para passar por uma perícia que pode identificar a causa da morte. Até as 12h40, a vítima permanecia sem reconhecimento de nenhum familiar.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br