Arquivo da tag: abandonam

Desconhecidos assassinam homem, arrastam corpo e abandonam às margens de estrada

Um crime praticado com requintes de crueldade foi registrado no final da noite de ontem na comunidade Rio do Meio, no município de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa.

De acordo com a polícia, por volta das 22 horas da madrugada, os moradores escutaram os disparos e uma hora depois o corpo foi encontrado às margens de uma estrada.

De acordo com a polícia, a vítima apresentava disparos de arma de fogo pelo corpo e depois de assassinada foi arrastada por cerca de vinte metros e o corpo abandonado às margens de uma estrada.

Paulo Cosme/Flávio Fernandes

 

 

Nove partidos abandonam o apoio incondicional à presidente Dilma

dilmaNo terceiro ano de mandato, a presidente Dilma Rousseff assiste ao esfacelamento do “núcleo duro” de deputados fieis a seu governo na Câmara.

O bloco, que já foi formado por 17 partidos, hoje abriga só petistas e remanescentes de mais sete legendas, destaca o jornal O Estado de São Paulo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Formado pelos que votam com o governo 90% das vezes ou mais, o “núcleo duro” era integrado em 2011 por 306 dos 513 deputados.

Desde então, ainda de acordo com o jornal, o número encolheu e, agora, se resume a 101 deputados.

Fonte: paraibaonline

PT e PSOL abandonam Comissão de Direitos Humanos em protesto à indicação de pastor evangélico

Domingos Dutra (PT-MA)O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Domingos Dutra (PT-MA), renunciou ao cargo em protesto à indicação do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), acusado de homofobia e racismo, para a presidência do colegiado. Todos os deputados do PT e do PSOL também se retiraram da comissão. Dutra se retirou da reunião, antes da eleição do novo presidente do colegiado. A eleição será conduzida pelo membro mais idoso da comissão, o deputado evangélico Costa Ferreira (PSC-MA).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A reunião teve início a portas fechadas. O acesso a manifestantes não foi permitido. Em meio a debates acalorados entre deputados evangélicos e os defensores dos direitos dos homossexuais e negros, o deputado Domingos Dutra (PT-MA) se emocionou. Ele se opôs à decisão do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), de convocar a sessão a portas fechadas para eleição da presidência do colegiado.

“Nem a ditadura ousou bloquear o acesso do povo esta Casa. Essa comissão não é de evangélicos ou de católicos, mas do povo”, disse Dutra que renunciou à presidência da comissão.

O deputado Pastor Eurico (PSB-PE) criticou a postura de Dutra. “Isso é uma comissão de direitos humanos ou de direitos de uns e de outros? Não existe crime antes de ser julgado”, pontuou. “Estão praticando o preconceito aos evangélicos. Poderíamos convocar os evangélicos para fazer baderna nessa Casa. Mas nós, evangélicos, não somos de fazer baderna.”

O deputado Takayama (PSC-PR) disse que os evangélicos não são contra os homossexuais. “Amamos os homossexuais. Amamos o pecador, mas não as práticas do pecado”, disse Takayama.

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) criticou a decisão de impedir o acesso de manifestantes à reunião. “Os espectadores não devem estar entendendo esse episódio que nos remonta a um período triste da nossa história. A questão aqui é política. Não é legal, nem regimental.”

 

 

Agência Brasil

SERRARIA PB: Por causa de assaltos moradores abandonam suas moradias e pedem segurança

Dezenas de moradores da comunidade Poço do Gado, no município de Serraria, há 13 quilômetros de Solânea, abandonaram suas residências e seus sítios por causa dos assaltos que aconteceram nos últimos meses. Várias famílias tiveram suas casas invadidas por bandidos armados que roubavam, espancavam e causavam um verdadeiro terror com os habitantes daquela localidade e adjacências. Para se proteger e defender seus filhos da violência, muitos pais de família, decidiram ir embora para a zona urbana daquele município e a cidade de Arara, onde abriga a maior quantidade de pessoas que deixaram suas propriedades, passando a pagar aluguéis caros que aumentam o orçamento familiar. O morador Silvino Silva de Oliveira, disse em entrevista a imprensa, que sucedeu em Poço do Gado, um tipo de arrastão da bandidagem e cobra dos governantes, segurança e melhorias nas estradas, para que além de facilitar a vida dos agricultores, melhore o acesso para que a polícia chegue com mais rapidez. Segundo Silvino, em frente à sua residência, há mais de oito anos, não passa uma viatura da polícia.

Portal Arara PB – Balbino Silva – MÍDIA PARAÍBA – Blog do Braga Neto