Arquivo da tag: 6

Pesquisa para presidente traz Dilma com 47,4%, Campos com 12,9% e Aécio com 12,6%

aecio-dilma-eduardo-marinaA pesquisa eleitoral Correio/Souza Lopes, após os registros de candidatura na Justiça Eleitoral para disputa pela Presidência da República. A pesquisa foi exibida na edição do ‘Jornal da Correio’ nesta sexta-feira (25) e revelou os seguintes dados de intenções de votos:

Dilma Rousseff (PT) lidera com 47,4%, seguida por Eduardo Campos (PSB), com 12,9%, logo à frente de Aécio Neves (PSDB), que aparece com 12,6%. Em quarto lugar vem o Pastor Everaldo (PSC), com 1,1%, acompanhado por José Maria (PSTU), com 0,5%. Um pouco atrás surge Luciana Genro (PSOL), com 0,3 % e Eduardo Jorge (PV), com 0,2%, empatado com Rui Costa Pimenta (PCO), também com 0,2%. Somando apenas 0,1% cada, estão José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB). Ninguém/Brancos/Nulos somaram 11,7%. Não sabem ou não opinaram 12,9%.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Foram realizadas 1500 entrevistas com eleitores do Estado da Paraíba no período de 19 a 22 de julho de 2014, considerando um erro amostral máximo de 2,6 pontos percentuais, com um nível de confiança de 95%.

 

A pesquisa foi registrada no TRE-PB sob o número: PB 00013/2014 – 20/07/2014 e no TSE sob o número: 00244/2014 – 20/07/2014

Blog do Gordinho com Portal correio

Ibope: Dilma tem 41%, Aécio 23% e Campos 6% no RS

aecio-dilma-eduardo-marinaPesquisa Ibope divulgada na manhã desta segunda-feira (21) mostrou o cenário para as eleições presidenciais no Rio Grande do Sul. No estado, Dilma Rousseff (PT) apresenta uma boa vantagem sobre seus adversários, com 41% das intenções de voto, contra 23% de Aécio Neves (PSDB) e 6% de Eduardo Campos (PSB). Neste cenário, Dilma seria reeleita no primeiro turno.

Entre outros candidatos, a soma atinge 36%, sendo que a candidata do PSOL, Luciana Genro, tem 4% das intenções. Enquanto isso, 9% dos eleitores disseram que vão votar nulo ou em branco e 13% declararam não saber em quem votar. Na pesquisa, a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Sobre a aprovação do governo, 53% dos entrevistados veem como positivo, sendo que 36% consideram a administração de Dilma ótima ou boa. De acordo com a pesquisa, a nota média da presidente ficou em 5,6. O Ibope entrevistou 812 eleitores entre 13 e 16 de julho.

 

247

Pesquisa mostra Dilma com 31,6%, Aécio com 21,1% e Campos com 7,2%

aecio-dilma-eduardo-marinaPesquisa encomendada pela revista IstoÉ ao Instituto Sensus mostra ligeira queda na intenção de voto dos três principais candidatos à Presidência da República. O levantamento, feito entre os dias 12 e 15, em 136 cidades de 14 estados, mostra que, na consulta estimulada, a intenção de voto em Dilma Rousseff (PT) caiu para 31,6% dos votos. Na pesquisa anterior, a presidenta tinha 32,2%.

Aécio Neves (PSDB) caiu de 21,5% para 21,1% e Eduardo Campos (PSB) passou de 7,5% para 7,2% nas intenções de voto. A margem de erro da pesquisa é 2,2%. A vantagem de Dilma aparece nas respostas espontâneas. Quando perguntado em quem votaria, sem que nenhum nome seja apresentado, a petista aparece com 21% contra 9,8% do tucano. Campos aparece com 3,2%.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os números apontam empate técnico entre Dilma e Aécio em um provável segundo turno. Os candidatos teriam 36,3% e 36,2% de intenção de votos, respectivamente. Se o embate fosse com Eduardo Campos, Dilma teria 38,7% e o ex-governador de Pernambuco 30,9%. No levantamento anterior, a petista obteve 37,5% e o pernambucano 26,9%. A diferença entre eles diminuiu: de 10,6 para 7,8 pontos percentuais. Indecisos, nulos, em branco ou que não responderam totalizam 30,4%, ante 35,6% do levantamento do mês passado.

A avaliação do governo apresentou queda em relação à pesquisa anterior, quando 34,2% dos entrevistados responderam que era positiva. Agora, 32,4% avaliaram positivamente o governo. Em contrapartida, cresceu o percentual dos que consideram o governo regular, passando para 36,4% ante 29,1% da pesquisa anterior. O número de entrevistados que considerou o governo ruim também caiu. Antes, 36,4% avaliaram como negativo. Agora, o percentual baixou para 28,5%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR – 00214/2014.

Luciano Nascimento, repórter da Agência Brasil

Projeto de Lei reduzirá em 6% alíquota da contribuição previdenciária

dinheiroA Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou ontem, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 7082/10, do Senado, que reduz para 6% a alíquota da contribuição previdenciária paga por patrões e empregados domésticos. Atualmente, o índice é de 12% para os empregadores e varia de 8% a 11% para os domésticos, de acordo com o salário.

A proposta agora poderá seguir para a sanção da presidente da República, Dilma Rousseff, a menos que haja recurso para que seja votada também em Plenário.

É bem provável que seja apresentado recurso, porque o texto vinha sendo colocado em pauta pela CCJ há algumas semanas, mas sem conseguir ser apreciado porque o governo é contrário e tem uma proposta alternativa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Por Jornal Correio da Paraíba

Governo espera fechar US$ 6 bilhões em negócios durante a Copa

Copa 2014A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) espera dobrar o valor dos negócios fechados durante a Copa das Confederações, realizada no ano passado.

Agora, a projeção, calculada com base no número e potencial dos empresários estrangeiros convidados para o evento esportivo, é que o valor dos negócios cresça de US$ 3 bilhões para US$ 6 bilhões.

Foram fechados US$ 1,8 bilhão em exportações e US$ 1,2 bilhão em investimentos durante encontros promovidos com mil empresários na Copa das Confederações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para atingir a meta, o Projeto Copa do Mundo da Apex aumentou o número de empresários convidados de 1 mil para 2,3 mil e tem promovido encontros com pequenas, médias e grandes empresas brasileiras.

Ig

 

Pedro Gabriel, de 6 anos, lança livro na Livraria Leitura neste sábado

Panfleto lancamento de livroPedro Gabriel é uma criança de 6 anos que desde cedo demonstrou talento para as artes. Sempre mostrou muita habilidade para escrita e desenho. A partir dos 3 anos, seus pais, os médicos Edivaldo e Amira Medeiros, começaram a guardar os desenhos feitos por ele, ao perceberem a sensibilidade que o menino tinha para expressar seus sentimentos de criança. Esses guardados agora estão nas páginas de um livro, que será lançado no próximo sábado, dia 7 de junho, às 16h, na Livraria Leitura, no Shopping Manaíra, em João Pessoa.

Pedro Gabriel fez 6 anos no dia 29 de maio e é aluno do 1º ano da Educação Infantil no Geo Sul. Seus pais começaram a perceber seu talento quando ele desenhava os super-heróis, com uma riqueza de detalhes impressionante para a idade. A partir daí eles estimularam que ele continuasse a desenhar e passaram a colecionar as figuras.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O menino tem desenhos sobre sua família, sobre a natureza, sobre os super-heróis e sobre outros personagens fictícios que ele mesmo criou. É uma criança que gosta de assistir filmes, desenhar, ouvir histórias e criar suas próprias histórias de guerra entre o bem e o mal.

“Acho incrível como ele cria rapidamente o desenho. Em poucos minutos ele faz aparecer uma imagem e torna real algo que estava em seu imaginário. Tem um desenho da família de ursos que acho lindo como ele expressou o papai urso com seu filhinho no colo. Acho perfeito o desenho dos ninjas, o da praia que tem um personagem tomando água de coco embaixo do guarda-sol”, fala orgulhosa a mãe Amira Medeiros.

Ela conta que Pedro nunca fez aula de desenho, e tudo que ele criou partiu de sua percepção. “O mais lindo não é analisar seus desenhos sob o ponto de vista técnico, mas sobretudo perceber os detalhes que ele expressa, principalmente por ser uma criança pequena. Adoro quando ele mesmo conta a história de cada desenho, com uma riqueza imensa de detalhes. Pensamos depois em colocá-lo para estudar desenho quando ele mesmo quiser” , revelou.

A médica Amira Medeiros disse que tanto ela como o marido, o também médico Edivaldo Medeiros, acham que este talento deve ser valorizado e a proposta do livro foi justamente de eternizar esta fase tão linda da infância. “O texto é bem leve e faz parte do universo infantil. Aqueles pais que gostam de contar histórias para seus filhos vão poder aproveitar muito, até porque é um livro de criança feito por uma criança real”, argumentou.

 

Contatos:

Pais de Pedro Gabriel: Amira Medeiros (8896-7466 e 9982-7825) e Edivaldo Medeiros (8804-8771)

Email: amiramedeiros@gmail.com

 

Assessoria

Ricardo convoca concursados da Polícia Civil depois de 6 anos da realização do concurso

Diário oficialO Diário Oficial do Estado (DOE) publicou nesta terça-feira (03) uma lista convocando 73 nomes do último concurso da Polícia Civil. O edital de convocação acontece seis anos depois da realização do concurso e depois de vários protestos dos aprovados pedindo a nomeação no certame.

Os convocados irão trabalhar como Agente de Investigação (50), Escrivão de Polícia (01), Perito Criminal (05), Técnico em Perícia (13) e Necrotominsta (04) nas regionais de Guarabira, Monteiro, Patos, Itaporanga, Picuí, Catolé do Rocha, Cajazeiras, Itabaiana, Campina Grande e João Pessoa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após a publicação dos Atos de Nomeações os convocados deveram comparecer à Gerência Operacional de Posse no Centro Administrativo Estadual, no Bloco III, 3º andar, situado na Av. João da Mata, s/nº, Jaguaribe, João Pessoa-PB, no prazo de até 30(trinta) dias, munido da documentação exigida para investidura do cargo.

 

blogdogordinho

Atraso em 6 obras do PAC provoca perda de R$ 28 bi

pactoA demora do governo em concluir no prazo obras de infraestrutura incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) causou um prejuízo de R$ 28 bilhões à sociedade, apenas num grupo de seis projetos analisados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O valor é próximo ao que se estima gastar na realização da Copa.

 

O estudo procura medir os benefícios que deixaram de ser gerados para o País apenas pela demora. Leva em conta, por exemplo, o que poderia ter sido a produção agropecuária no Nordeste, caso a transposição do São Francisco tivesse ficado pronta no prazo fixado pelo governo. Ou as receitas de exportação de minérios e grãos que deixaram de ocorrer pelo atraso na construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em todos os casos foi considerado também o custo de oportunidade – o custo do dinheiro público aportado nas obras que ainda não gerou benefícios. “Se o programa deveria ficar pronto em três anos e sai em seis, isso reduz a produtividade global da economia”, diz o diretor de Políticas e Estratégia da CNI, José Augusto Coelho Fernandes.

Ele explica que a dificuldade em administrar megaprojetos não é exclusiva do Brasil. Porém, os prazos estourados tornaram-se praticamente uma regra, o que merece atenção.

 

A CNI propõe que o próximo governo, seja qual for, intensifique o programa de concessões em infraestrutura. Para Coelho, esse é um campo em que a economia pode aumentar sua produtividade, visto que as reformas trabalhista e tributária demorarão a sair e gerar efeitos. Sugere, também, iniciativas para melhorar a qualidade dos projetos e para facilitar o licenciamento ambiental.

 

O estudo faz parte de um conjunto de 43 documentos-propostas que serão entregues aos presidenciáveis em junho, quando a entidade pretende fazer um debate dos candidatos com os industriais. Foram analisados o aeroporto de Vitória, o principal projeto de esgotamento sanitário em Fortaleza (Bacia do Cocó), a transposição do São Francisco, a Fiol, a duplicação da BR-101 em Santa Catarina e as linhas de transmissão das usinas do Madeira. A maioria dos projetos ainda está em andamento.

 

Atraso

 

Das obras selecionadas, a que causou maior prejuízo foi a transposição do São Francisco. Originalmente estava prevista para terminar em junho de 2010 (eixo Leste) e dezembro de 2012 (eixo Norte). Como isso não ocorreu, o estudo estima quanto deixou de ser produzido pela agropecuária local, já considerando um crescimento proporcionado pela disponibilidade constante de água. E subtraiu da conta o custo da energia que deixará de ser gerada pela redução do fluxo de água para a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

 

Os economistas da CNI chegaram a um total de R$ 11,7 bilhões de 2010 a 2015. A isso, foram somados R$ 5 bilhões referentes ao custo de oportunidade do dinheiro aplicado na obra, orçada em R$ 8,2 bilhões. A história da transposição segue o roteiro clássico de obra atrasada no País. Segundo o estudo, foi iniciada em 2005, baseada num projeto pouco detalhado de 2001 – que, evidentemente, estava desatualizado. Seguiram-se vários ajustes.

 

Para andar mais rápido, foi dividida em 14 subcontratos. Mas o que em tese ia acelerar a construção virou um pesadelo gerencial. A própria presidente Dilma Rousseff reconheceu que o governo subestimou a complexidade do projeto.

 

O Ministério da Integração Nacional afirma que a licitação da obra, em 2007, passou pelo crivo do Tribunal de Contas da União. Os ajustes ocorrem principalmente porque os canais, que chegam a 477 quilômetros, passam por diferentes tipos de terreno. Foi necessária, também, a negociação com concessionárias de água e esgoto. Segundo a pasta, a obra será concluída em 201.

 

jornal O Estado de S. Paulo.

Pais de menina de 6 anos matam vizinho por suspeitar de abuso sexual

Reprodução/Portal Mídia
Reprodução/Portal Mídia

Um casal matou a facadas um homem que teria sido encontrado debaixo da cama deles, no morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. Eles desconfiaram que o homem tivesse abusado sexualmente da filha de seis anos. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (9).

De acordo com a Polícia Civil, o casal havia deixado a garota sozinha em casa. Ao retornarem, eles flagraram o vizinho dentro da casa deles tentando se esconder. O homem seria conhecido na região por ter um histórico de abusos sexuais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O casal, que foi ouvido por investigadores da DH (Divisão de Homicídios) nesta sexta, entrou em luta corporal com o vizinho e, em seguida, o matou com golpes de faca. A criança vai passar por exame de corpo de delito para identificar se apresenta sinais de violência sexual.

Atualmente, o país vive uma discussão sobre a prática dos justiceiros, as pessoas que inconformadas com a lentidão das autoridades e da Justiça no país, realizam Justiça com as próprias mãos. Discuti-se os riscos de se cometer crimes contra pessoas inocente como o que aconteceu com uma dona de casa de São paulo que espancada, após ser confundida com outra mulher.

180 Graus

Dupla tenta assaltar grupo de mulheres e atira em criança de 6 anos, em João Pessoa

Policial .Uma criança de 6 anos de idade foi baleada na noite desta sexta-feira (9), no bairro Jardim 13 de Maio, em João Pessoa. A tentativa de homicídio ocorreu quando o menino tentou fugir de um assalto.

Familiares informaram à equipe da TV Correio HD que dois homens chegaram em uma motocicleta e anunciaram o assalto a um grupo de mulheres, que estava conversando em frente de uma residência.

Ainda segundo as vítimas, a criança ficou em estado de choque e tentou correr para dentro da casa, quando um dos bandidos atirou contra ela. O menino foi atingido na perna e socorrido para o Hospital da Unimed. O estado de saúde da vítima ainda não foi divulgado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o aspirante Vinícius da Gama, do 1º Batalhão da Polícia Militar, o suspeito que pilotava a moto foi detido pela Guarda Municipal de João Pessoa com a motocicleta que, segundo o policial, tem restrição de roubo.

“O responsável por efetuar os tiros conseguiu fugir correndo. Mas, o piloto da motocicleta foi preso pela Guarda Municipal e levado para o Distrito Integrado de Segurança Pública, o Disp, no bairro de Manaíra”, disse o aspirante Gama, informando que a polícia está em diligência para prender o segundo suspeito.

 

Por Hyldo Pereira