Arquivo da tag: 21

INSS reduzirá agendamento presencial a partir do dia 21

A partir de segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixará de agendar o atendimento presencial para salário-maternidade e aposentadoria por idade urbanos. Agora, o segurado deverá acessar o Meu INSS ou ligar para o 135 e, em vez de agendar uma data para ser atendido, receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento.

Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Com o novo modelo, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado à agência.

Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível então a concessão automática do benefício, isto é, a distância.

Segundo o INSS, com a mudança, não haverá mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agência para apresentar algum documento, o cidadão terá a garantia de ser atendido perto da residência. O instituto diz ainda que a mudança representa o fim do tempo de espera para ser atendido.

Atualmente, o Meu INSS tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados e é acessível pelo computador ou celular. O sistema, que está sendo aprimorado, conta com um canal que permite ao cidadão acompanhar o andamento do seu pedido sem sair de casa, consultar extratos e ter acesso a outros serviços do INSS.

O instituto vai ampliar cada vez mais a lista de serviços agendáveis. A partir do dia 24, serviços que antes eram prestados somente no atendimento espontâneo serão realizados com dia e horário marcados, bastando fazer seu agendamento pelo Meu INSS ou o telefone 135.

Veja a lista dos serviços que passarão a ser agendáveis:

  • Alterar meio de pagamento
  • Atualizar dados cadastrais do beneficiário
  • Atualizar dados do Imposto de Renda – Atualização de dependentes
  • Atualizar dados do Imposto de Renda – Declaração de Saída Definitiva do País
  • Atualizar dados do Imposto de Renda – Retificação de Dirf
  • Cadastrar Declaração de Cárcere
  • Cadastrar ou atualizar dependentes para salário-família
  • Cadastrar ou renovar procuração
  • Cadastrar ou renovar representante legal
  • Desbloqueio do benefício para empréstimo
  • Desistir de aposentadoria
  • Emitir Certidão de Inexistência de Dependentes Habilitados
  • Pensão por morte
  • Emitir Certidão para Saque de PIS/Pasep/FGTS
  • Reativar benefício
  • Reativar benefício assistencial à pessoa com deficiência, suspenso por inclusão no mercado de trabalho
  • Renunciar a cota de Pensão por Morte ou Auxílio-Reclusão
  • Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido
  • Solicitar valor não recebido até a data do óbito do beneficiário
  • Suspender benefício assistencial à pessoa com deficiência para inclusão no mercado de trabalho
  • Transferir benefício para outra agência

 

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Conta de luz vai ficar 18,21% mais cara em CG e região

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (30), em Brasília, o Reajuste Tarifário da Energisa Borborema (EBO), que valerá a partir de 4 de fevereiro de 2018. O efeito médio a ser percebido pelo consumidor é de 18,21%. Para os clientes da Baixa Tensão (residencial e comercial) a correção será de 16,83% e para os da Alta Tensão, 21,54%.

Os principais motivos para a correção da tarifa são os itens relacionados à geração, como a compra de energia e o serviço de transmissão. O reajuste tarifário é um processo regulado pela Aneel, previsto no contrato de concessão da empresa. Estes contratos apresentam regras bem definidas a respeito das contas de luz, bem como a metodologia de cálculo dos reajustes.

A Energisa Borborema é responsável pela distribuição de energia em seis municípios da Paraíba – Campina Grande, Queimadas, Fagundes, Boa Vista, Massaranduba e Lagoa Seca.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pesquisa mostra Dilma com 31,6%, Aécio com 21,1% e Campos com 7,2%

aecio-dilma-eduardo-marinaPesquisa encomendada pela revista IstoÉ ao Instituto Sensus mostra ligeira queda na intenção de voto dos três principais candidatos à Presidência da República. O levantamento, feito entre os dias 12 e 15, em 136 cidades de 14 estados, mostra que, na consulta estimulada, a intenção de voto em Dilma Rousseff (PT) caiu para 31,6% dos votos. Na pesquisa anterior, a presidenta tinha 32,2%.

Aécio Neves (PSDB) caiu de 21,5% para 21,1% e Eduardo Campos (PSB) passou de 7,5% para 7,2% nas intenções de voto. A margem de erro da pesquisa é 2,2%. A vantagem de Dilma aparece nas respostas espontâneas. Quando perguntado em quem votaria, sem que nenhum nome seja apresentado, a petista aparece com 21% contra 9,8% do tucano. Campos aparece com 3,2%.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os números apontam empate técnico entre Dilma e Aécio em um provável segundo turno. Os candidatos teriam 36,3% e 36,2% de intenção de votos, respectivamente. Se o embate fosse com Eduardo Campos, Dilma teria 38,7% e o ex-governador de Pernambuco 30,9%. No levantamento anterior, a petista obteve 37,5% e o pernambucano 26,9%. A diferença entre eles diminuiu: de 10,6 para 7,8 pontos percentuais. Indecisos, nulos, em branco ou que não responderam totalizam 30,4%, ante 35,6% do levantamento do mês passado.

A avaliação do governo apresentou queda em relação à pesquisa anterior, quando 34,2% dos entrevistados responderam que era positiva. Agora, 32,4% avaliaram positivamente o governo. Em contrapartida, cresceu o percentual dos que consideram o governo regular, passando para 36,4% ante 29,1% da pesquisa anterior. O número de entrevistados que considerou o governo ruim também caiu. Antes, 36,4% avaliaram como negativo. Agora, o percentual baixou para 28,5%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR – 00214/2014.

Luciano Nascimento, repórter da Agência Brasil

Professores da UFPB decidem manter indicativo de greve e realizam paralisação no próximo dia 21

greve-ufpbOs professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiram manter o indicativo de greve e ainda afirmaram que no dia 21 deste mês haverá uma paralisação nacional de 24h. A Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB) realizou duas assembléias gerais, uma nesta terça-feira (13) em Areia e  Bananeiras, e outra aconteceu nesta quarta-feira (14) na UFPB com a decisão de manter o indicativo de greve, porém, sem data definida.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A categoria aprovou uma nova paralisação para a próxima quarta-feira (21), neste mesmo dia o Sindicato Nacional (ANDES) volta a dialogar com a Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC) para negociar as reivindicações feitas em Assembleias.

De acordo com o presidente da ADUFPB, Jaldes Meneses, novas Assembleias estão previstas para os dias 22 e 23 de maio para decidirem sobre o indicativo de greve.

Wagner Mariano

Operação do Exército apreende 21 toneladas de explosivos em todo o país

exercitoBalanço divulgado pelo Exército Brasileiro, nesta quarta-feira (7), aponta que a Operação Dínamo II apreendeu 21 toneladas de explosivos em todo o país.

Segundo o Exército, essa foi a maior operação de fiscalização de explosivos e produtos correlatos do país. O órgão informou ainda que as atividades “estão ligadas às diretrizes do Ministério da Defesa para a Copa do Mundo e se encaixam em ações de defesa no Eixo 10: Fiscalização de Explosivos e Produtos Correlatos”.

Foram apreendidos, além dos explosivos, 50 mil espoletas, 190 mil metros de cordel detonante e 5,8 toneladas de pólvora.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Participaram da ação 1.188 militares do Exército e 1.102 agentes de órgãos de segurança pública estaduais, secretarias de Fazenda e das polícias Rodoviária Federal e Federal, entre outros.

A ação aconteceu entre os dias 28 e 30 de abril, quando equipes de todos os Estados realizaram vistorias em empresas e pessoas, cadastradas ou não no Exército, que exercem atividades com esse tipo de material.

Objetivo

A fiscalização verificou as atividades de fabricação, comércio, utilização e armazenamento de explosivos, além de itens como acondicionamento, adequação aos requisitos de segurança, a conferência de documentação e quantidades existentes.

Além disso, durante ação, foram montados postos de fiscalização em rodovias federais para evitar o transporte ilícito de explosivos.

A Operação Dínamo II faz parte de um conjunto de medidas das Forças Armadas para intensificar a fiscalização sobre o exercício de atividades com explosivos.

O Estado de Minas Gerais –responsável por 53% da produção de minerais metálicos do Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Mineração– teve 56 empresas fiscalizadas e 3,2 toneladas de explosivos. O material apreendido foi destruído com o apoio do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar de Minas Gerais.

O uso de explosivos é uma das principais preocupações das autoridades de seguranças do país devido aos ataques à caixas eletrônicos no país.

Somente no Nordeste, até o meio de março, foram registrados 155 casos de ataques a bancos.

Uol

Jovem que apunhalou 21 pessoas na Pensilvânia tem 16 anos; vai ser julgado como adulto

Um dia depois de um estudante ter apunhalado 21 pessoas na escola secundária Frankelin Regional High School, em Murrysville, Pensilvânia, Estados Unidos, este foi identificado como Alex Hribal, de 16 anos.
Um dia depois de um estudante ter apunhalado 21 pessoas na escola secundária Frankelin Regional High School, em Murrysville, Pensilvânia, Estados Unidos, este foi identificado como Alex Hribal, de 16 anos.

Segundo o jornal espanhol ABC, fontes próximas da investigação adiantaram que Alex Hribal, apesar de ter apenas 16 anos e portanto não ser maior de idade, vai ser julgado pelo ataque como um adulto.

O adolescente enfrenta quatro acusações de tentativa de homicídio, 21 acusações de assalto e uma acusação de posse de arma em centro educativo.

Alex Hribal atacou 20 colegas e um adulto com arma branca. O adolescente, que ia armado com facas de cozinha, atacou os colegas enquanto caminhava para a escola. Segundo as autoridades quatro das vítimas encontram-se em estado “crítico”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O diretor geral dos hospital Forbes Regional, Chirs Kaufmann, onde se encontram as vítimas, disse à CNN que “nenhuma das feridas é superficial. Todas são punhalada profundas”.

Notícias BR

 

21 homicidas e traficantes são presos; detento da Bahia liderava esquema no Sertão

presosUma ação conjunta entre as policias Civil e Militar e a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (Seap) foi desencadeada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (26), na cidade de Patos, no Sertão do Estado, e denominada ‘Operação Zumbi’, visando combater o tráfico de drogas e homicídios dentro e fora do presídio local. As investigações foram comandadas pelo delegado seccional de Patos, Cristiano Jaques.

O comando da quadrilha era feito por Abenego da Silva, preso no Presídio Romero Nóbrega em Patos, em conjunto com Emanuel Lemos Coutinho, preso em Jequié Bahia e Thiago Siqueira.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A juíza da 6ª Vara da Comarca de Patos, expediu 14 mandatos de prisão e 9 de busca e apreensão. Até as 7h30, 21 pessoas tinham sido detidas.

A operação apreendeu também, 6 revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 32, munições, 4 kg de maconha, papelotes de cocaína e 400g de crack.

Material apreendido na operaçãoFoto: Material apreendido na operação
Créditos: Divulgação/Seap

A polícia está à procura de Higor Henrique Gomes, conhecido como Higor Campina e Kildery Alexandro de Melo, conhecido como Quinho, responsáveis pela execução das pessoas.

O grupo agia nas em Patos, Itaporanga, Santa Terezinha e cidades vizinhas com ligações a traficantes de Recife/PE.

Algumas vítimas que foram mortas pela quadrilha:

Edna Cristina Sales de Brito, 31 anos. Assassinada no dia 29 de dezembro de 2013, no Centro de Patos.

Francisco José de Araújo, 48 anos. Assassinado no dia 1º de janeiro de 2014, em Patos.

As investigações tiveram inicio, quando policiais do Grupo Tático Especial da Polícia Civil,apreenderam no ano passado cocaína no piso do banheiro masculino do Campus UFPB de Patos, na festa “Zumbi Walk II”.

Convite para a festa Zombie Walk IIFoto: Convite para a festa Zombie Walk II
Créditos: Divulgação/Polícia Civil

O delegado Cristiano Jacques, informou que o trabalho da polícia, foi uma resposta ao número de homicídios em Patos, que ocorreram desde o início do ano. “A cidade de Patos teve no ano passado, o maior índice de redução de mortes na Paraíba, 36%. Fruto de um trabalho incessante de combate qualificado à criminalidade e de uma integração entre as Polícias Civil e Militar”, ressaltou o delegado.

Operação Zumbie deflagrada em PatosFoto: Operação Zumbi deflagrada em Patos
Créditos: Reprodução/Jornal Correio/Cícero Araújo

O secretário de Administração Penitenciária, Walber Virgolino, confirmou a transferência de 11 presos do Romero Nóbrega para o Complexo Penitenciário PB1, em Jacarapé, na Capital.

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

 

portal correio

Bancos já sofreram 21 ocorrências entre explosões e arrombamentos em 2014; Sindicato denuncia Procon

banco-do-brasilO sindicato dos Bancários do estado da Paraíba afirma que vai entrar com uma denúncia contra o PROCON estadual. De acordo com o diretor presidente do sindicato, Marcos Henrique e Silva, a denúncia será feita porque, segundo ele, o sistema de monitoramento não está funcionando como deveria e cabe ao órgão estadual fiscalizar.

“Vamos denunciar o PROCON, pois os bancos precisam ser fiscalizados,” completou Henrique. Para ele , os clientes e os funcionários temem por falta de segurança.

Uma explosão de um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil, em Umbuzeiro, no Agreste paraibano, foi a sétima investida criminosa contra bancos na Paraíba, em fevereiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No ano, são 21 ocorrências, sendo: 7 explosões (5 no Bradesco e 2 no Banco do Brasil), 2 assaltos (1 no Bradesco e 1 no Banco do Brasil), 8 arrombamentos (1 no Banco do Brasil, 2 no Santander e 5 no Itaú), 1 Tentativa de arrombamento/explosão/assalto (1 no Banco do Brasil), 3 Saidinhas/Entradinhas de banco (1 no Santander, 1 no Bradesco e 1 no Banco do Brasil). Veja onde e como ocorreram esses crimes, no mapa abaixo.

 

ATAQUES A BANCOS NO ESTADO DA PARAÍBA

2014

01 Av. Canal – Campina Grande Itaú Arrombamento

01/01/14

02 Bairro dos Estados – João Pessoa Santander Saidinha

07/01/14

03 Jericó Bradesco Explosão

08/01/14

04 São Vicente do Seridó Bradesco Explosão

08/01/14

05 Av. Canal – Campina Grande Itaú Arrombamento

09/01/14

06 Praça 1817 – João Pessoa Santander Arrombamento

13/01/14

07 Ag. Borborema – Campina Grande Bradesco Saidinha

13/01/14

08 Ag. Liberdade – Campina Grande BB Saidinha

14/01/14

09 Gurjão Bradesco Explosão

16/01/14

10 Espaço Cultural – João Pessoa Santander Arrombamento

20/01/14

11 Av. Canal – Campina Grande Itaú Arrombamento

21/01/14

12 Duque de Caxias – João Pessoa Itaú Arrombamento

21/01/14

13 Parque Solon de Lucena – João Pessoa Itaú Arrombamento

21/01/14

14 Mamanguape Bradesco Assalto

23/01/14

15 Shopping – Campina Grande BB Arrombamento

02/02/14

16 Livramento Bradesco Explosão

02/02/14

17 Shopping Popular – João Pessoa BB Tentativa

02/02/14

18 Alagoa Nova BB Explosão

04/02/14

19 São José dos Ramos Bradesco Explosão

05/02/14

20 Espaço Cultural – João Pessoa BB Assalto

06/02/14

21 Umbuzeiro BB Explosão

07/02/14

Atualizado: 07/02/2014 – 10h57

OCORRÊNCIAS NO ANO DE 2014

BANCO

Explosão

Assalto

Arrombamento

Tentativa de Arrombamento

Saidinha de Banco

Total

Banco do Brasil

2

1

1

1

1

6

Santander

0

0

2

0

1

3

Bradesco

5

1

0

0

1

7

Banco 24Horas

0

0

0

0

0

0

Itaú

0

0

5

0

0

5

Caixa Econômica

0

0

0

0

0

0

HSBC

0

0

0

0

0

0

Totais

7

2

8

1

3

21

Atualizado em 06/02/14

Fonte: SEEB – PB / Rogério Lucena/Cassiana Ferreira e Otávio Ivson

Wagner Mariano