Arquivo da tag: 19

Aeronave cai após bater em viaduto e mata 19

TAIWAN-AVIAO1Um acidente de um avião da TransAsia Airways ocorrido nesta quarta-feira em Taiwan deixou pelo menos 19 mortos e dezenas de feridos, segundo as últimas informações oferecidas pela agência taiwanesa “CNA”.

O avião, no qual viajavam 58 pessoas, entre elas, cinco membros da tripulação, caiu no rio Jilong em Taipé, a capital, após realizar uma manobra brusca e atingir um viaduto, por razões ainda desconhecidas.

As equipes de emergência transferiram os feridos para quatro hospitais próximos, enquanto os trabalhos de resgate continuam, pois, aparentemente, ainda havia passageiros presos na fuselagem da aeronave.

As equipes que estão no local estão tentando resgatar as pessoas de dentro da aeronave através de um buraco na fuselagem, por onde também estão injetando ar para evitar que o avião afunde.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mais da metade do avião está submersa, segundo as imagens divulgadas por emissoras de televisão locais.

Aparentemente, a parte dianteira, onde se encontra a cabine dos pilotos, está incrustada no fundo do rio. O acidente ocorreu por volta das 11h locais (1h de Brasília) e as equipes de emergência chegaram rapidamente ao local onde caiu a aeronave com veículos e lanchas, para prestar socorro.

Entre os passageiros, estava um grupo de 31 turistas da China continental, da província de Fujian, segundo a agência oficial chinesa “Xinhua”.

O avião, um bimotor turboélice ATR-72 de fabricação franco-italiana, tinha menos de um ano de uso e passou por sua última revisão no dia 26 de janeiro, segundo confirmou um representante da Autoridade de Aviação Civil da ilha.
A aeronave caiu no rio pouco após decolar do aeroporto de Taipé com destino a Jinmen, um arquipélago a oeste de Taiwan. Algumas fotografias feitas por testemunhas do acidente começaram a circular na internet e mostram o avião realizando uma manobra muito brusca sobre o viaduto antes de cair no rio.

Nesta queda, o avião tocou em um táxi com a ponta da asa esquerda antes de se chocar contra a água. Trata-se do segundo acidente envolvendo essa companhia aérea taiwanesa em menos de um ano, depois que 48 pessoas morreram em julho do ano passado na queda de um avião do mesmo modelo.

Naquela ocasião, a aeronave se acidentou quando precisou realizar um pouso de emergência nas ilhas Penghu por causa das más condições atmosféricas devido à passagem do tufão Matmo.

Terra

19 milhões de pessoas não sabem que estão infectadas pelo HIV, alerta Unaids

aidsDos 35 milhões de pessoas que vivem com HIV no mundo, 19 milhões não sabem que estão infectados. Os dados foram divulgados hoje (16) pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV e Aids (Unaids). O órgão alertou que, para dar fim à epidemia até 2030, é preciso ampliar esforços para acabar com a lacuna de pessoas sem diagnóstico e, consequentemente, sem acesso ao tratamento.

O relatório destaca que, na África Subsaariana, quase 90% das pessoas que testaram positivo para HIV buscaram acesso à terapia antirretroviral. Dessas, 76% alcançaram a supressão da carga viral, reduzindo significativamente o risco de transmissão para seus parceiros. Estudos recentes indicam que, para cada 10% de ampliação na cobertura antirretroviral, os casos de novas infecções caem 1%.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o Unaids, os esforços globais para aumentar o acesso aos medicamentos antirretrovirais estão funcionando. Em 2013, 2,3 milhões de pessoas passaram a fazer uso da terapia, totalizando 13 milhões de soropositivos em tratamento no mundo. A estimativa é que, atualmente, cerca de 13,9 milhões de pessoas façam uso de antirretrovirais.

“Se acelerarmos os esforços até 2020, estaremos no caminho certo para acabar com a epidemia em 2030”, disse o diretor-executivo do Unaids, Michel Sidibé. “Se não conseguirmos, corremos o risco de aumentar significativamente o tempo que seria necessário para isso – adicionando uma década, se não mais”, completou.

Ainda segundo o relatório, atingir a meta de encerrar a epidemia de aids até 2030 significaria evitar 18 milhões de novas infecções por HIV e 11,2 milhões de mortes relacionadas à doença entre 2013 e 2030.

Atualmente, 15 países contabilizam mais de 75% dos 2,1 milhões de casos de novas infecções registrados em 2013. Na África Subsaariana, apenas três países – Nigéria, África do Sul e Uganda – somam 48% dos casos de novas infecções no mundo.

O Unaids alerta que países como República Democrática do Congo, Indonésia e Sudão do Sul estão “abandonados” em relação ao combate ao HIV, com baixas taxas de cobertura antirretroviral e quedas mínimas ou nulas nos índices de infecção.

Dados do órgão mostram também que o risco de infecção é 28 vezes maior entre usuários de drogas; 12 vezes maior entre profissionais do sexo; e até 49 vezes maior entre mulheres transgênero (homens que se identificam como mulheres). Na África Subsaariana, meninas adolescentes e jovens mulheres representam um de cada quatro novos casos de infecção.

“Não haverá o fim da aids sem que as pessoas sejam colocadas em primeiro lugar, sem assegurar que as pessoas que vivem a epidemia sejam parte de uma nova estratégia”, disse o diretor-executivo do Unaids. “Sem uma abordagem centrada nas pessoas, não conseguiremos avançar na era pós-2015”, concluiu.

 

Unaids

Agência Brasil

 

Mutirão da improbidade gera condenação de 19 ex-prefeitos da Paraíba

Aluizio Bezerra Filho coordena equipe de juízes
Aluizio Bezerra Filho coordena equipe de juízes

O Tribunal de Justiça divulgou o 4º lote de sentenças referente ao julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, dos processos relacionados pela Meta 4 do CNJ.

O grupo especial de juízes e assessores julgou nos últimos quinze dias 51 (cinquenta e um ) processos que estão relacionados abaixo com a identificação dos réus, suas sanções e os que foram condenados, e também os que foram absolvidos.
Da relação consta a condenação de 19 (dezenove) ex-prefeitos, sendo que o ex-prefeito de São Bentinho, Francisco Andrade Carreiro, que teve a maior pena aplicada que foi de 10 (dez) anos de reclusão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Outros ex-prefeitos condenados foram: Francisco Gilson Mendes Luiz, de Nazarezinho; Dorgival Pereira Lopes, Serra Redonda; José de Arimatéia Anastácio Rodrigues de Lima, Evardo Herculano, de Lagoa Seca; Inácio Roberto Lira Campos, de Camcimba de Areia; Fernando Araújo Filho, de Soledade; Ivan Olímpio dos Santos, de São Bentinho; Francisco Andrande Carreiro, de ex-prefeito de São Bentinho; Elson da Cunha Lima Filho, de Areia; Marcus Antonius Brito, de Alagoinha; Erasmo Quintino de Abrantes Filho, de Lastro; Saulo José de Lima, de Frei Martinho; Francisco de Assis Maciel Lopes e José Maciel da Silva, de Queimadas; José Ronaldo Martins de Andrade, de Itatuba; Robério Andrade de Vasconcelos, de Zabelê; José Sidney Oliveira, de Princesa Isabel; Frederico Antônio Raulino de Oliveira, de Juazeirinho, e Hércules Sidney Firmino, de Água Branca
O grupo especial é formado pelos juízes João Batista de Vasconcelos, Jailson Shizue Suassuna, Fábio José de Oliveira Araújo, Diego Fernandes Guimarães, Claudio Pinto Lopes, Algacyr Rodrigues Negromonte, Manuel Maria Antunes de Melo, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires e Hugo Gomes Zaher, que é coordenador pelo juiz Aluizio Bezerra Filho e que tem como gestor da Meta o desembargador Leandro dos Santos.
O trabalho desenvolvimento alcança todas as comarcas do Estado que importa na tramitação prioritária desses processos e o julgamento do que se encontra regularmente instruídos.
Clickpb

Reunião com servidores da UFPB e UFCG pode acabar greve nesta segunda, 19

greve-ufpbApós mais de 60 dias de greve, os servidores das Universidades Federais da Paraíba (UFPB) e Campina Grande (UFCG) têm uma reunião marcada para a tarde desta segunda (19) em Brasília, mas a paralisação pode continuar por tempo indeterminado.

De acordo com o comando local de greve, o governo federal vem sendo ‘bastante intransigente’, mas 15 dias atrás, se comprometeu com a possibilidade de uma reunião.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Estamos fazendo pressão nas universidades, um ato nacional, pedindo a todas as universidades que adiram a paralisação para o governo sair da posição de intransigência e negocie”, afirma o comando.

Os servidores só devem voltar ao trabalho depois da negociação e caso o governo não apresente nenhuma proposta, a greve vai continuar.

Paraiba.com