Campina Grande

Suspeitos de ferir mototaxista na PB ameaçaram família da vítima antes do crime, diz delegado

Publicado em terça-feira, Janeiro 15, 2019 ·

Os suspeitos de tentar matar a tiros um mototaxista após uma briga por vaga em estacionamento do shopping Luíza Motta, em Campina Grande, invadiram a casa e ameaçaram a família da vítima cerca de meia hora antes do crime, segundo o delegado da Polícia Civil responsável pelo caso, Pedro Ivo.

De acordo com o delegado, o crime teria ocorrido depois que a vítima teve uma discussão com outro mototaxista, mas os dois já tinham tido um desentendimento durante a semana. O suspeito de atirar contou com a ajuda do pai durante a ação.

A direção do shopping Luiza Mota não quis se pronunciar sobre o caso.

Após investigações, a polícia foi informada de que a dupla, pai e filho, teriam entrado cerca de meia hora antes do crime na casa da sogra de José Tiago. Os dois invadiram o local armados e ameaçaram a família da vítima.

 

O delegado disse ainda que, durante a ação, a vítima também foi esfaqueada pelo pai do mototaxista suspeito. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que a dupla chega pilotando uma moto e, juntos, eles entram em luta corporal com a vítima. Os disparos foram efetuados pelo filho, que estava na garupa da moto.

Segundo a polícia, foram quatro tiros, que atingiram a cabeça e abdome da vítima. Ainda no dia do crime, uma testemunha que não quis se identificar disse, em entrevista à TV Paraíba, que a confusão entre vítima e suspeitos começou pela manhã, porque o mototaxista suspeito, que é cadastrado, queria ficar na parte interna do estacionamento, assim como a vítima.

O shopping fica ao lado de uma companhia da Polícia Militar e os policiais chegaram ao local segundos após os disparos, mas os dois homens conseguiram fugir. A Polícia Militar continua em busca dos suspeitos e pede apoio da população para tentar localizar a dupla. Até as 13h (horário local) desta terça-feira (15) ninguém havia sido preso.

Mototaxista baleado em frente à shopping de CG

José Tiago da Silva, de 30 anos, foi ferido a tiros na tarde da segunda-feira (14) dentro de um estacionamento do shopping Luiza Motta, no bairro do Catolé, em Campina Grande. Os tiros ocorreram por volta das 12h (horário local). Segundo a Polícia Militar, após a primeira discussão, o mototaxista cadastrado, suspeito de atirar contra a vítima, saiu do local e depois retornou com o pai em uma moto.

Depois de ser ferida, a vítima foi socorrida e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. De acordo com a unidade hospitalar, ele chegou ao local consciente, orientado, respirando espontaneamente e evoluiu do estado de saúde grave para o regular.

G1

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627