Suspeito de esquartejar casal em Guarabira teve surto psicótico, diz polícia

Publicado em quinta-feira, junho 25, 2015 ·

Foto: Valber Virgulino
Foto: Valber Virgulino

Um homem de 22 anos foi preso na tarde desta terça-feira (23) acusado de esquartejar um casal e espalhar partes dos corpos das vítimas pelos cômodos de uma residência no conjunto Lucas Porpino, em Guarabira, no Agreste da Paraíba. Ele foi preso em uma construção, próximo a sua residência no mesmo conjunto onde o fato aconteceu. Com o acusado, os policiais apreenderam a faca usada por ele na ação. A prisão aconteceu através de uma operação conjunta das polícias Civil e Militar.

De acordo com o delegado da 8ª Delegacia Seccional da Polícia Civil, Wallber Virgolino, o duplo homicídio está sendo investigado, a princípio, como um latrocínio. A polícia identificou que foi feito um saque no valor de R$ 500 referente ao benefício do Bolsa Família de uma das vítimas antes do crime.

Walber disse ainda que Paulo Roberto Rodrigues Santos já trabalhou como marchante e antes de matar o casal, bebeu durante toda a noite com as vítimas com o intuito de diminuir as chances de defesa deles. O suspeito teria cometido o crime sozinho. Paulo Roberto usou uma faca, que foi apreendida pela polícia, e uma machadinha para esquartejar Severino Vieira e sua esposa.

Polícia apreendeu faca usada nos crimes Foto: Valber Virgulino)
Polícia apreendeu faca usada nos crimes Foto: Valber Virgulino)

Em depoimento à polícia, Paulo disse que não recordava o que tinha acontecido na noite do anterior e que tomava remédio controlado. “Quando eu cheguei em casa, estavam falando desse duplo homicídio seguido de esquartejamento, mas eu não tive nada a ver”, relatou.

A polícia acredita que ele teve um surto psicótico, já que o acusado tem registros de problemas mentais. “Ele recentemente saiu do presídio onde responde por porte ilegal de arma, lesão corporal e, segundo familiares deles, ele alegava que estava ficando louco, vendo visagens no presídio”, explicou o agente de investigação da Polícia Civil, Luiz Pereira.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Paulo Roberto foi levado para o presídio regional de Guarabira. “Após todo o trabalho de investigação feito, das evidências que conseguimos colher com o depoimento de pessoas que o viram sair da casa ensanguentado, do filho da vítima que foi expulso da residência quando ele chegou, nós já o colocamos na cena do crime e, agora, confrontado com todas essas informações, ele disse que não recorda de nada do que aconteceu. É quase é certo que realmente ele cometeu o duplo homicídio”, informou o delegado Ricardo Sena.

Maria Aparecida da Conceição, de 47 anos, e Severino Vieira da Silva, de 58, foram mortos na sala de casa. A polícia não acredita na participação de outras pessoas no crime.

Duplo homicídio
Um casal foi encontrado esquartejado dentro de uma casa na manhã desta terça-feira (23), em Guarabira. Os corpos foram encontrados por um parente das vítimas. De acordo com o delegado seccional da 8ª Delegacia Seccional da Polícia Civil, Wallber Virgolino, os criminosos espalharam partes dos corpos pelos cômodos da residência. Segundo moradores do local explicaram, o casal não teria ligação com tráfico de drogas ou outros crimes, mas que já havia se envolvido em brigas por conta de bebidas alcoólicas.

 

 

manchetepb

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627