Superação e coração: Fla luta contra Emelec e ausências pela Libertadores

Publicado em quinta-feira, Março 8, 2012 ·

O torcedor rubro-negro sabe qual é a escalação do Flamengo. Não exatamente a que vai entrar em campo nesta quinta-feira contra o Emelec, pela Libertadores, mas aquela do departamento médico. Não chega a ser um time completo, só que está bem perto disso. Tem um goleiro, três volantes e dois meias: Felipe, Airton, Willians, Maldonado, Renato e Camacho. Todos inscritos na competição continental. Todos vetados. Joel Santana tem apenas 19 dos 25 relacionados à disposição. Vai ter de apostar, por exemplo, nos garotos Muralha e Luiz Antonio juntos. Terá de contar com a experiência de Léo Moura, que volta de lesão, e Junior Cesar. E espera que Ronaldinho e Vagner Love brilhem intensamente.

joel santana flamengo (Foto: André Portugal/VIPCOMM)Joel não terá seis jogadores nesta quinta-feira (Foto: André Portugal/VIPCOMM)

Brasileiros e equatorianos se enfrentam às 19h30m (de Brasília), pela segunda rodada do Grupo 2. Depois do empate por 1 a 1 com o Lanús, na Argentina, o Rubro-Negro fará sua primeira partida em casa, no Engenhão. Com um ponto, precisa vencer para ocupar a primeira posição da chave. O Emelec tem três, na liderança provisória.

Se depender do técnico Marcelo Fleitas, sua equipe não virá a passeio. Confiante e cheio de mistério, fez um treinamento fechado para a imprensa na última quarta-feira. Depois de nove anos sem conquistar um título nacional, o clube ergueu a taça novamente e vive um dos melhores momentos dos últimos tempos. O esquema 3-5-2, porém, denuncia que deverá esperar o Fla em seu campo de defesa.

Darío Ubriaco apita o confronto, auxiliado por Carlos Pastorino e Nicolás Taran. O trio é uruguaio. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os detalhes em Tempo Real, desde meia hora antes do início do jogo.

header as escalações 2

Flamengo: Joel Santana não quis divulgar a escalação do Flamengo para o jogo contra o Emelec. Pelos elogios do treinador, a tendência é que a equipe jogue com três zagueiros. Neste caso, Deivid seria sacado do ataque, e Welinton entraria na defesa com Marcos González e David Braz. Na formação, o trio ofensivo com Bottinelli, Ronaldinho e Vagner Love não guarda posição e pressiona a saída de bola adversária. Na defesa, Marcos González fica como líbero, com Welinton pela direita e David Braz na esquerda. A escalação: Paulo Victor, Welinton (Deivid), Marcos González e David Braz; Léo Moura, Muralha, Luiz Antonio, Bottinelli e Junior Cesar; Ronaldinho e Love.

Emelec: o técnico Marcelo Fleitas arma sua equipe com três zagueiros e apenas um meia ofensivo. Ele ainda não sabe se Baguí estará à disposição. Mas, a julgar pelo treino fechado à imprensa quarta-feira à noite, pode aprontar alguma surpresa. Pelo menos em relação a jogadas ensaiadas. Joel que se prepare. Eis a formação provável: Dreer; José Quiñónez, Achilier, Bagüí (Morante); Gaibor, Pedro Quiñónez, Valencia, Giménez, Mondaini; Marlon de Jesús e Figueroa.

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Flamengo: Joel não consegue contar os desfalques em apenas uma das mãos. Felipe, Airton, Willians, Maldonado, Renato e Camacho estão vetados pelo departamento médico.

Emelec: lesionado, o zagueiro Baguí é dúvida. Se não jogar, entra Morante.

header fique de olho 2
Flamengo:
com tantos problemas, Ronaldinho é a aposta de Joel Santana para o jogo contra os equatorianos. O técnico espera que o camisa 10 esteja em uma noite de Messi ou Neymar, que brilharam por Barcelona e Santos na quarta-feira.

Emelec: já com um gol marcado na competição, o argentino Figueroa é a principal esperança equatoriana. Criado no Rosário Central, teve passagens por Villareal-ESP, além de River Plate e Boca Juniors, entre outros. Defendeu também a seleção de seu país nas eliminatórias para a Copa de 2006. Ele sofreu com uma infecção nos últimos dias, mas mostrou-se pronto nos treinos em solo brasileiro. É alto (1,83m), experiente (30 anos) e tem faro de gol.

header o que eles disseram

Joel Santana, técnico do Flamengo: “A equipe está tomando entrosamento dentro dos jogos. Estamos com muitos problemas e não estamos com tempo para trabalhar fundamentos. Estamos trabalhando nos jogos, a parte teórica e temos de mudar o time todo dia. Tenho uma ideia da equipe, vou conversar com os jogadores, com meus auxiliares e achar a melhor formação. Estou esperando uma boa partida. Estamos precisando do apoio do nosso torcedor, não só por ser Libertadores. Podemos chegar a quatro pontos, nosso adversário tem três, e vamos obrigá-los a vencer nas próximas rodadas.”

Figueroa, atacante do Emelec: “Sabemos que vamos enfrentar uma grande equipe, mas viemos aqui para buscar a vitória. Temos um time muito bom e podemos, sim, buscar estes pontos. Quando temos a posse de bola, não nos intimidamos e procuramos atacar. Sem a bola, a luta é para recuperá-la e fazemos isso pressionando os adversários no campo de defesa”

header números e curiosidades

* O Flamengo tem bom retrospecto em partidas realizadas no Brasil contra times estrangeiros pela Libertadores. Em 34 jogos, foram 25 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. O Rubro-Negro marcou 92 gols e sofreu 39. As derrotas foram para o Peñarol em 82 (0x1), América de Cali em 93 (1×3), Universidad Católica em 2002 (1×3), América do México em 2008 (0x3) e Universidad de Chile em 2010 (2×3).

* O Emelec foi eliminado na fase de grupos da Libertadores nas últimas cinco vezes que disputou a competição, em 2002, 2003, 2007, 2010 e 2011. A equipe participa da competição sul-americana pela 21ª vez e obteve sua melhor campanha em 1995, quando foi eliminada pelo Grêmio nas semifinais.

* O balanço do Flamengo em Libertadores contra adversários estrangeiros é positivo. Em 70 confrontos, foram 41 vitórias, 11 empates e 18 derrotas. Nesses jogos, marcou 140 gols e sofreu 83.

* O Emelec já enfrentou 16 vezes adversários brasileiros na história da competição e jamais venceu. A equipe equatoriana conseguiu apenas seis empates e foi derrotada dez vezes. Marcou oito gols e sofreu 26. O Emelec enfrentou seis vezes o Inter, quatro vezes e Grêmio, duas vezes o Palmeiras em 95, duas vezes o Atlético-PR em 2000 e duas vezes o Cruzeiro em 2001.

header último confronto v2

Será um confronto inédito na Libertadores. O Flamengo vai enfrentar um clube do Equador pela primera vez na competição. As equipes fizeram três jogos ao longo da história, todos na década de 60 e em Guayaquil. Foram duas vitórias dos brasileiros, ambas em amistosos, e um empate pelo Torneio Internacional de Guayaquil. Este último no dia 20 de abril de 1966: 2 a 2.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627