Sob olhares de Adilson, São Paulo impõe 3ª derrota ao Inter e é 2º

Publicado em domingo, julho 17, 2011 ·

são paulo2O São Paulo conquistou neste domingo sua segunda vitória em dois jogos sob o comando do técnico interino Milton Cruz. A vítima da vez foi o Internacional, que recebeu o rival no Estádio do Beira-Rio e foi derrotado por 3 a 0, em confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado dá mais tranquilidade aos são-paulinos, que vinham de três derrotas consecutivas (Corinthians, Botafogo e Flamengo) e que se depararam com o fim da passagem do técnico Paulo César Carpegiani pela equipe diante dos tropeços. Com Milton Cruz, o time já havia vencido o Cruzeiro por 2 a 1 em seu último duelo.

Assim, com 21 pontos, o São Paulo é vice-líder – ao menos até quarta-feira, quando o Flamengo (19 pontos) enfrenta o Palmeiras. Na próxima rodada, o time passará a ser comandado pelo já contratado Adilson Batista, que estava presente no estádio do Internacional para acompanhar seu novo clube.

Já o Internacional vem em momento inverso ao do algoz deste domingo. Depois de uma série de três vitórias (Figueirense, Atlético-MG e Atlético-PR), o time comandado Paulo Roberto Falcão emendou três derrotas: Vasco, Corinthians e São Paulo. Contabilizado o tropeço deste domingo, se manteve na sétima posição com 15 pontos.

Mesmo fora de casa, o São Paulo aproveitou o momento irregular do Inter para começar o jogo pressionando nas bolas paradas. Aos 13min, Rogério Ceni bateu falta da entrada da área e obrigou Muriel a intervir. Aos 19min, porém, o goleiro colorado não conseguiu defender a cabeçada de Casemiro, que subiu mais que a zaga na falta levantada por Rivaldo e mandou para as redes.

A partir daí, na tentativa de resposta, Leandro Damião assumiu a função de ameaçar o gol de Rogério Ceni. Com 23min, ele recebeu na entrada da área, escapou da marcação e bateu com perigo por cima do travessão. Mais tarde, aos 27min, o próprio Leandro Damião só não empatou porque Rhodolfo tirou em cima da linha a cabeçada do atacante – na sobra, Guiñazu também mandou por cima.

O São Paulo, porém, voltou a comandar as ações. Em nova falta, aos 36min, Dagoberto cobrou falta da intermediária e obrigou Muriel a se esticar para espalmar. O atacante, no entanto, acertou o passe aos 39min para Fernandinho, que avançou sozinho, invadiu a área e tocou na saída do goleiro para ampliar a vantagem.

Após o intervalo, o Internacional passou a apostar nos erros de passe dos visitantes para tentar a reação. Na frente, Alex e Leandro Damião eram as opções na bola aérea, que a defesa são-paulina afastava com eficiência. Aos 15min, D’Alessandro arriscou com força, mas Rogério Ceni defendeu em dois tempos. Mais tarde, com 20min do segundo tempo, o goleiro mostrou segurança e segurou a cabeçada de Leandro Damião.

Recuado, o São Paulo passou a enfrentar os crescimentos dos donos da casa, que chegaram mais uma vez com Leandro Damião aos 28min, em conclusão da risca da área que Rogério Ceni tirou. O São Paulo ainda teve uma primeira chance de fazer o terceiro gol aos 40min, em cruzamento de Dagoberto pela esquerda – Casemiro, porém, se esticou e não alcançou.

Mas já no fim do jogo, Nei falhou ao tentar cortar o cruzamento pela direita. A bola sobrou para Carlinhos Paraíba, que arrematou de dentro da área para vencer Muriel e dar números finais ao jogo. Derrotado, o Inter entra em campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Avaí fora de casa pela 11ª rodada. O São Paulo joga no sábado, em casa, com o Atlético-GO.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627