Sexo oral não é pecado se a esposa pensar em Jesus enquanto pratica, diz livro publicado por arcebispo católico

Publicado em quinta-feira, março 13, 2014 ·

arcebispo-Francisco-Javier-MartinezAs polêmicas e dúvidas em torno da prática do sexo oral entre marido e mulher, aparentemente, chegaram ao fim. Isso se a opinião do arcebispo de Granada for levada em conta, e a sugestão – de pensar em Jesus no ato – acatada.

O sacerdote católico Francisco Javier Martínez, atraiu para si inúmeros holofotes quando publicou o livro Casa-te e Sê Submissa, escrito por uma fiel italiana chamada Costanza Miriano, de acordo com informações do portal Terra.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No livro, Constanza dá conselhos às mulheres sobre sua visão de como conservar o casamento e ainda ensina como aproveitar o tempo de maneira produtiva: “Sê uma mulher do século XXI. Pratica o coito de costas. Assim, entretanto, podes aproveitar para passar a ferro”, sugere a autora.

Sobre o sexo oral, a escritora possui uma receita que, segundo ela, elimina as polêmicas sobre ser ou não pecado fazer carícias com a boca na genitália: “Mulher, praticarás felatio ao teu marido sempre que ele te ordenar. Mas, quando o fizeres, pensa em Jesus. Recorda-te: não és uma pervertida!”, diz Constanza.

A orientação se aproxima da ideia da Igreja Universal do Reino de Deus sobre o assunto. Em janeiro de 2012, a denominação liderada pelo bispo Edir Macedo afirmou que o sexo oral só é pecado se o orgasmo for alcançado.

Muitos veículos de comunicação deram destaque para o livro pelo fato de o arcebispo católico ter avalizado a publicação. Para muitos, o apoio manifestado por Martinez pode levar à interpretação de que os conselhos são um item da doutrina da Igreja Católica.

 

gospelmais

Comentários

Tags : , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627