Senador decide não ser vice de Bolsonaro e paraibano pode herdar vaga

Publicado em quarta-feira, julho 11, 2018 ·

O senador Magno Malta (PSL) anunciou na noite desta terça-feira (10) que vai dedicar-se à sua reeleição para o Senado  pelo Espírito Santo e não será o vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições deste ano.

Magno disse acreditar na vitória de Bolsonaro para presidente nas urnas e acrescentou que será mais importante para o futuro governo permanecendo no Congresso Nacional.

“O que seria mais importante para o Brasil e para o presidente Bolsonaro: eu calado ou eu como líder no Senado?”, afirmou.

“Ele vai enfrentar uma grande batalha no começo. Eu não posso ficar calado, em berço esplêndido. É como se você pegasse um guerreiro e dissesse, me dá suas armas, senta aí, fica de férias, que depois eu te chamo”, justificou.

Com a decisão de Magno Malta, se tornam reais as chances do ex-senador paraibano, Ney Suassuna (PRB), herdar a vaga de vice.

Há duas semanas, Ney reacendeu seu nome na fogueira das especulações em Campina Grande ao recepcionar e declarar apoio ao presidenciável na Rainha da Borborema.

Na oportunidade, o presidente estadual do PSL, Julian Lemos, enalteceu o trabalho de Suassuna pela Paraíba e destacou que o empresário paraibano, senador por dois mandatos, é um nome considerado para vice de Bolsonaro.

Olhar Digital 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS












INFORMA BREJO


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627