Sem Marina, PV diz passar por ‘1ª grande crise de crescimento’

Publicado em quinta-feira, julho 7, 2011 ·

marina silvaEm nota divulgada nesta quinta-feira, o Partido Verde (PV) disse que enfrenta sua “primeira grande crise de crescimento” após a saída da ex-ministra Marina Silva e outros membros. “O Partido Verde e suas lutas, entretanto, são maiores do que qualquer pessoa. Temos certeza de que ultrapassaremos os problemas atuais e sairemos fortalecidos desse processo”, afirmou a nota. Marina anunciou hoje a saída da legenda pela qual disputou a presidência da República em 2010 e obteve 19,6 milhões de votos, cerca de 20% do eleitorado brasileiro.

O chamado “Encontro Por Uma Nova Política” reuniu mais de 300 pessoas, entre apoiadores e simpatizantes, além de políticos como Alfredo Sirkis, Ricardo Young e Fernando Gabeira, que deu uma breve declaração por Skype. “O movimento que surge hoje é muito importante e representa uma resposta a um problema, que é o de aproximar a sociedade dos grandes temas. Desejo sucesso a todos e contem comigo”, disse Gabeira, que segue no PV. Sirkis e Guilherme Leal, candidato a vice na chapa de Marina na última eleição, saíram do partido.

“O Partido Verde lamenta muito essa falsa polêmica artificialmente inflada sobre a falta de democracia interna, que tem gerado distorções injustas na imprensa brasileira. Continuaremos sempre abertos para receber em nossas fileiras pessoas que entendem que a luta pelo coletivo é muito mais relevante do que a luta pelo individual. Enfatizamos, contudo, que, independentemente de qualquer pessoa, o partido opta por continuar pautado por seus princípios e ideais”, afirmou a nota divulgada pelo PV.

No discurso de adeus ao partido, Marina Silva ressaltou que está mantendo a coerência do seu discurso e criticou o PV. “Estamos aqui hoje para reafirmar que esta continua sendo a nossa palavra, que vale o que está escrito. Está nesta palavra dada a principal razão pela qual eu mesma e tantos companheiros estamos nos afastando do Partido Verde. Para manter nossa coerência e seguir em frente, em união com aqueles que, embora não se desligando do partido por diversas razões, permanecerão críticos e em consonância com o mesmo pensamento”, disse.

No final da nota, o PV garantiu manter os seguintes compromissos: preparar o partido para a atualização estatutária e programática, a ser aprovada em convenção nacional que será realizada em março de 2012; mobilizar o partido para responder da forma devida aos principais temas em pauta no País, como a reforma política e a reforma tributária, assim como para enfrentar a pressão por retrocessos na legislação florestal e pela implantação de novas usinas nucleares, entre vários outros assuntos importantes que poderiam ser citados, e promover o recadastramento dos filiados, simultaneamente a uma grande campanha nacional por novas filiações.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627