Seleção pode desfalcar o Corinthians, mas Tite não reclama. ‘Eles merecem’

Publicado em sábado, outubro 24, 2015 ·

corinthiansO Corinthians foi o clube que teve mais convocados para a seleção, com quatro: o goleiro Cássio, o zagueiro Gil e os meio-campistas Elias e Renato Augusto. Um fato raro, em tempos em que os principais jogadores do país estão no exterior, e reflexo direto da excelente campanha que o time de Tite faz no Brasileirão.

Tudo ótimo? Para os jogadores, claro que sim. Pelo menos foi o que indicou Elias. No que dependesse da vontade do volante, que parece ter um lugar assegurado na escalação titular de Dunga, tem espaço para mais, numa demonstração de entusiasmo com a notícia desta quinta-feira.

“Foi uma surpresa muito boa, estou muito feliz. Se continuar trabalhando, outros jogadores terão oportunidade. É o caso de Jadson, Fagner e, quem sabe, o Uendel, o (Guilherme) Arana no sub-23”, afirmou em entrevista à “ESPN Brasil”, Elias, lembrando que, sim, o time pode ceder mais atletas na próxima janela, uma vez que a CBF vem promovendo convocações paralelas para compor um grupo de idade olímpica.

Cássio é a novidade de Dunga. Veja a lista com o quarteto corintiano:

Agora a questão é: o que Tite está achando tudo isso? Ele não reclama. “Os jogadores merecem. Fiquei muito feliz. Eu não vou nunca tirar a ambição profissional. Só estão porque tem os marmitão estão. Trabalhamos todos juntos aqui e eles estão lá porque a equipe aqui é forte”, disse Tite nesta sexta-feira.

Porém, o complicado calendário do campeonato nacional gera um impasse ao treinador alvinegro. A seleção vai enfrentar a Argentina no dia 12 de novembro e, depois, o Peru no dia 17. Não há partidas do Brasileirão agendadas para este período. O problema? Para o dia 18, sim, há previsão de jogos. Incluindo o duelo entre Corinthians e Vasco, hoje, repectivamente, o líder e o lanterna da competição.

“No período sem jogos (em outubro), alguns machucaram. Uma marca da nossa campanha, porém, é que todos os atletas se preparam, independente de iniciar ou não. Quem entra fica tranquilo”, comentou.

Ainda no papel de organizadora do Brasileirão e mantenedora da seleção, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) poderia, então, manipular sua tabela e adiar o confronto corintiano? Mas não é tão simples assim. “Não é algo resolvido em minutos”, afirma Manoel Flores, gerente de competições da CBF. “A ideia é realmente não prejudicar os times. Se for possível, faremos essa mudança. Temos outras questões, como a TV aberta, que transmitiria esse jogo. Além de ser reta final de campeonato, envolver descanso para o próximo jogo e tudo mais. Mas vamos conversar.”

Do seu lado, o coordenador da seleção brasileira, Gilmar Rinaldi, afirma que entende as dificuldades apresentadas, mas que a prioridade no momento é a seleção. “Entendemos que o melhor era contar com esses quatro jogadores”, resumiu.

Dunga não deu a entender que possa utilizar a base corintiana para ganhar entrosamento em sua equipe titular. Ele só preferiu destacar a origem ‘nacional’ do quarteto. “São jogadores experientes, que já estiveram na seleção brasileira e estão tendo um ano muito bom. Isso demonstra que, pra nós, não importa se joga no Brasil ou se joga na Europa”, disse.

Entre os clubes brasileiros “premiados” (ou não) pela convocação, além do Corinthians, constam apenas o Santos, que vai ceder Lucas Lima e Ricardo Oliveira, o Internacional, de Alisson, e o Botafogo, de Jéfferson.

IG

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627