Segundo a ação as famílias estão estabelecidas em local pertencente a Universidade Federal Agrícola

Publicado em quarta-feira, julho 13, 2011 ·

130207218Cerca de 35 famílias da cidade de Bananeiras foram surpreendidas na manhã da terça-feira (12) ao receber um comunicado judicial no qual estão sendo obrigadas a deixar suas residências em no máximo trinta dias.

Segundo informações colhidas na Rua José Alípio da Rocha, onde estão estabelcidas as famílias, na ação judicial consta que as residências foram construídas em território pertencente a Universidade Agrícola Federal e que se os moradores não cumprirem a determinação no prazo estabelecido será usada a força policial.

Embora o endereço das residências constem nas faturas de água e energia com sendo em Solânea, a localidade geograficamente pertence a cidade de Bananeiras e consequentemente ao Campus da Universidade Federal.

Seu Fernando, que mora no local a mais de cinquenta anos disse a nossa equipe que os portadores da notícia e do documento da justiça foram os próprios seguranças do Campus e que embora haja um vasto terreno aos arredores das moradias a Universidade insiste em expulsá-los.

Um outro morador identificado como Manoel alegou que há um tempo houve um acordo que dava direito de permanência dos moradores na terra mas que não foi oficializado através de documento.

Fomos até a Universidade e o Dr. Antonio Eustáquio Resende Travassos, Diretor do Campus, em entrevista a nossa equipe declarou que a ação foi movida por  outra gestão e que não há outra alternativa a não ser encaminhar o caso para o setor competente para executar a ação judicial.

Indagado se há algum projeto para utilização do terreno, Dr. Antonio Eustáquio alegou que ainda não existe planos de utilização da área antes que a mesma seja desocupada e entregue ao Campus.

A batalha será travada perante o tribunal.





Nordeste1/Tony Souza
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627