Secretário de Segurança da Paraíba propõe união das polícias do Nordeste para combater a violência

Publicado em domingo, agosto 7, 2016 ·

claudio limaNo sentido de intensificar o combate às quadrilhas que explodem agências bancárias no Nordeste, o secretário de Segurança do Estado da Paraíba, Cláudio Lima, propôs a unificação das forças policiais da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte para combater essas quadrilhas, uma vez que seus integrantes estão sempre migrando entre os estados vizinhos.

Conforme dados do Sindicato dos Bancários da Paraíba até a quinta-feira (4) tinham sido registrados 70 ocorrências de ataques contra bancos e caixas eletrônicos em 2016.

A assessoria do Sindicato dos Bancários da Paraíba revelou que os banqueiros não investem em segurança particular porque tudo que é roubado das agências já está assegurado.

 

“Precisamos dar uma resposta urgente a essas ações criminosas, que acontecem não só na Paraíba, mas em todo o País, e para isso também precisamos de ações conjuntas com os bancos. Não podemos culpar só as agências, nem tão pouco o trabalho da polícia, porque a nossa legislação favorece o retorno dos assaltantes às ruas em pouco tempo”, afirmou o secretário.

 

A polícia já identificou que um dos veículos utilizados na ação foi roubado da cidade de Natal (RN), na ação da explosão a uma agência em Caaporã. Cláudio Lima informou que marcou um encontro com o secretário de Segurança do Rio Grande do Norte, para que possam ser tratadas ações conjuntas no sentido de que os estados do Nordeste possam atuar de forma conjunta no combate à criminalidade.

 

PBAgora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627