Secretário de Segurança da Paraíba defende toque de recolher em Bayeux

Publicado em quarta-feira, novembro 23, 2011 ·

1914160-0521-atm14Uma entrevista concedida ao Portal Bayeux em Foco , no último domingo (20), por um dos líderes da igreja católica em Bayeux, padre José Aércio, da paróquia São João Batista, no Mário Andreazza, um dos bairros mais violentos da cidade, reacendeu a discussão, até então completamente adormecida, em torno da implantação do toque de recolher.

O religioso afirmou que é favorável ao projeto. “Penso que muitas ações que vemos na sociedade são pedagógicas, são catequéticas. Uma ação dessa no nosso bairro se torna muito importante porque além de reeducar o cidadão está nos protegendo”.

Na tarde da terça-feira (22) em uma reunião solicitada pelos conselheiros tutelares de Bayeux que estão sendo ameaçados de morte, através de mensagens anônimas enviadas ao celular institucional, o secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Coelho Lima, chegou a defender com veemência a implantação do toque de recolher em Bayeux e citou o exemplo de Santa Rita.

Cláudio Lima convocou uma reunião para a próxima sexta-feira (25) para discutir e viabilizar ações de segurança com o comandante Geral da Policia Miltar, coronel Euler Chaves, Delegado Geral de Polícia Civil, Severiano Pedro do Nascimento, comandante do 1º BPM, Tenente Coronel Jefferson Pereira, comandante da 3ª Cia, Major Lucas, secretário municipal, coronel Ardenildo Morais, vereadores, Conselho Tutelar e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

Segundo David Coelho, presidente do CMDCA, o secretário está empenhando em montar um plano de segurança para Bayeux e o toque de recolher é uma das estratégias que, inclusive, já vem sendo discutida há um bom tempo pelas autoridades municipais.

O promotor de justiça e o juiz também foram convidados para a reunião. Ambos têm papel fundamental no debate. Em Santa Rita, o promotor aplicou a medida do toque de recolher.

O deputado federal Luiz Couto (PT) também deve participar, segundo o assessor Ricardo Brindeiro. Também participaram da reunião os conselheiros Josivaldo Farias, Maria do Desterro, Jarbas Coelho, David Coelho, vereadora Célia Domiciano e a ex-prefeita Sara Cabral.

Em relação ao caso dos conselheiros tutelares, o secretário disse que vai tomar as medidas necessárias e designará um delegado especial para investigar as ameaças de morte.
















Bayeux em Foco

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627