Secretário confirma desativação do Roger; novo presídio começa a ser construído em 2012

Publicado em quinta-feira, novembro 3, 2011 ·

80962_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBO secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Harisson Targino, confirmou nesta quinta-feira (3) que o Governo do Estado vai desativar a Penitenciária de Segurança Máxima Flósculo da Nóbrega, conhecida como o presídio do Roger. Segundo ele, a administração estadual está captando recursos para construir um novo prédio para onde os detentos da unidade de João Pessoa devem ser transferidos.


Na semana passada, uma rixa entre presos provocou uma rebelião no presídio do Roger que terminou com dois mortos e 14 feridos. Depois disso, seis detentos foram transferidos para a penitenciária de segurança máxima PB-I, que também fica na capital. Um dia antes do motim, um preso foi assassinado e esquartejado dentro do Roger.


No mês de março, após a realização de um mutirão carcerário, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomendou a desativação do presídio. O órgão disse que o local não tem condições mínimas para acomodar os presos.


Em entrevista à um canal de televisão, Harisson Targino disse que existe o compromisso do governo estadual em cumprir a recomendação do CNJ. Segundo ele, até o início do próximo ano deve ser aberta uma licitação para a construção de uma nova unidade prisional. “Estamos buscando captar recursos do Governo Federal , que inclusive já foram anunciados”, completou.


Ainda conforme Harrisson, a obra do novo presídio deve durar dois anos. “As pessoas quando falam no Roger guardam consigo fatos lastimáveis”, disse o secretário.


Educação no sistema prisional


Nesta quinta-feira e na sexta-feira, João Pessoa recebe um encontro estadual sobre educação no sistema prisional. O evento discute a implantação de políticas públicas no segmento e parcerias. Para o secretário Harrison Targino, o encontro simboliza a consolidação do projeto. “É possível fazer educação pública dentro do sistema prisional, até porque todos devem ter acesso à educação. Realizaremos esse trabalho de forma sistematizada, organizada e permanente, mediante parcerias entre as secretarias e instituições.” destacou Harrison targino.



FONTE: G1 PB- Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627