Secretária diz que números de violência contra mulher na PB são altos, mas nova lei Maria da Penha deve coibir agressores

Publicado em terça-feira, Fevereiro 21, 2012 ·

80875_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBDe janeiro a agosto de 2011 77 mulheres foram estupradas na Paraíba, 37 mortas e foram contabilizados 57 casos de agressão. A secretária Estado da Mulher e Diversidade Humana, Iraê Lucena informou esses dados fornecidos pelo Centro Oito de Março de Apoio à Mulher em entrevista ao programa Rede Verdade da TV Arapuan desta sexta (17).

Ela informou que os números não são verdadeiros porque os centros que passam essas informações são baseados na mídia e não retratam a realidade, mas que estão se mostrando altos. Em 2010 foram 72 casos de abuso sexual, cinco a menos que em 2011. Em todo o ano de 2010 foram 53 homicídios e 70 casos de agressão.

A secretária afirmou que os números vêm se mantendo alto e que o governo cada vez mais está investindo em ações para combater esses crimes. Ela afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de eliminar a necessidade de uma queixa formal feita pela mulher, necessitando agora apenas uma denúncia feita pelo Ministério Público deve diminuir os casos de violência contra a mulher. “Isso vai minimizar porque o homem vai pensar duas vezes antes de agredir”, diz.

paraibaurgente

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627