Secretaria abre sindicância após achar medicamentos vencidos na PB

Publicado em sexta-feira, Fevereiro 24, 2012 ·

MP flagra medicamentos vencidos armazenados em galpão na Paraíba (Foto: Inaê Teles/G1)
MP flagra medicamentos vencidos armazenados em galpão na Paraíba (Foto: Inaê Teles/G1)

A Secretaria de Saúde de João Pessoa vai abrir uma sindicância para apurar o armazenamento de medicamentos odontológicos vencidos no galpão da Gerência de Medicamentos e Assistência Farmacêutica (Gemaf).

O flagrante aconteceu nesta sexta-feira (24) durante uma inspeção do Ministério Público com membros do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) e do Conselho Regional de Farmácia da Paraíba (CRF-PB).

De acordo com o promotor da Saúde, João Geraldo, a ação aconteceu após o MP receber uma denúncia que diversos medicamentos destinados ao serviço público de saúde de João Pessoa seriam incinerados por estarem com o prazo de validade vencido. Segundo o promotor, a denúncia foi feita ao MP após um vídeo, que mostrava os supostos medicamentos vencidos em um galpão, ter sido divulgado na internet. “O que nós encontramos aqui não é nem 5% do que foi detonado na imprensa por esse internauta”, disse o João Geraldo.

Em um dos galpões as equipes encontraram diversas caixas de soro armazenadas de forma irregular. Segundo a representante do Conselho Regional de Farmácia, Rubênia Aquino, o local não possuía controle de temperatura e também não havia nenhum farmacêutico responsável.

Já sobre os medicamentos vencidos encontrados na Gerência de Medicamentos e Assistência Farmacêutica, a gerente Roseane Wanderley, disse que ele não é de responsabilidade da Gemaf, mas não apontou quem respondeira por eles. “O que a gente encontrou foi material de saúde bucal que é armazenado aqui no nosso galpão, mas não é de nossa responsabilidade”, explicou. No local as equipes encontraram cerca de 30 frascos de carbonato hidrogenado de sódio com a data de validade vencida.

O promotor João Geraldo disse que o MP vai abrir um procedimento administrativo. Já o advogado Leonardo Nóbrega, a sindicância será instaurada para apurar as irregularidades encontradas nos estabelecimentos fiscalizados.

Do G1 Pb

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627