Saque da poupança é o maior desde 1995 e supera depósito em R$ 41 bilhões

Publicado em quinta-feira, janeiro 5, 2017 ·

caixa_eletronicoEm meio à crise econômica, os saques de recursos da caderneta de poupança somaram R$ 1,98 trilhão em 2016, o maior montante desde 1995, início da série histórica, informou nesta quinta-feira (5) o Banco Central.

Como os depósitos totalizaram R$ 1,94 trilhão, a captação líquida da caderneta foi negativa em R$ 40,7 bilhões no ano passado, mostram os dados do BC.

É a segunda vez desde 2005 que esse movimento acontece —no ano passado, o montante sacado da caderneta foi R$ 53,6 bilhões maior do que o depositado.

O ocorrido pode ser explicado pela elevação no número de desempregados e pelo aumento da inadimplência, além da baixa rentabilidade da poupança em relação a outros investimentos.

Em dezembro de 2016, a captação foi positiva em R$ 10,6 bilhões. Somente em 1999 e 2002 houve captação negativa no último mês do ano, que é sazonalmente positivo para a poupança, de acordo com as estatísticas do BC.

O volume total aplicado, ou seja, o estoque da caderneta, recuou ao final de dezembro para R$ 664,9 bilhões. No fim do ano passado, estava em R$ 662,7 bilhões.

Folha de S. Paulo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627