São Paulo e Palmeiras ficam no empate e aumentam jejum

Publicado em domingo, agosto 21, 2011 ·

palmeirasRuim para os dois. Em clássico disputado neste domingo, no Morumbi, São Paulo e Palmeiras ficaram no empate por 1 a 1, aumentaram seus jejuns de vitórias e desperdiçaram a chance de reduzirem a diferença para os líderes do Campeonato Brasileiro.

Contando a Copa Sul-Americana, o time alviverde soma seu sexto jogo seguido sem triunfo e chega a 29 pontos, ainda na sexta posição do torneio nacional. A equipe tricolor, por sua vez, não vence há quatro partidas, e aparece em terceiro, com 34 pontos, um a menos que o Flamengo e a três do Corinthians.

Serve de consolo para os são-paulinos a manutenção de um longo tabu. Desde o dia 20 de março de 2002, o time da casa não sabe o que é perder para os palmeirenses no Morumbi. De la para cá, foram 18 partidas, com 11 vitórias para os anfitriões e sete empates.

Diante de um público pequeno na fria tarde na capital paulista, Dagoberto abriu o placar para o time tricolor com um golaço no primeiro tempo, mas Henrique empatou de cabeça no segundo.

No próximo domingo, as duas equipes terão um novo clássico pela frente. O São Paulo encara o Santos na Vila Belmiro, enquanto o Palmeiras pega o Corinthians em Presidente Prudente. Os dois jogos valem pela última rodada do primeiro turno do Brasileiro.

O clássico

O técnico Luiz Felipe Scolari optou por fortalecer a marcação neste domingo e mandou o time alviverde a campo com três volantes – Chico, Márcio Araújo e Marcos Assunção. Maikon Leite, cotado para entrar no ataque, iniciou no banco. E esta não foi a única mudança. Suspensos, Gerley e Valdivia foram substituídos por Rivaldo e Patrik, respectivamente. Já na zaga, com Thiago Heleno cumprindo gancho e Maurício Ramos lesionado, o treinador optou por Leandro Amaro.

Do lado tricolor, o treinador Adilson Batista também reforçou a defesa e escalou a equipe com três zagueiros: João Filipe, Xandão e Rhodolfo. Sobrou para o meia Cícero, que foi barrado. Na frente, Fernandinho venceu a concorrência de Marlos e ficou com a vaga de Lucas, suspenso. Mesmo com formações mais cautelosas, as equipes fizeram um jogo movimentado, com chances para os dois lados.

O Palmeiras começou com mais posse de bola e quase marcou aos 4min. Quase sem ângulo, Luan arriscou chute cruzado da esquerda e obrigou Rogério Ceni a fazer boa defesa. Já o São Paulo, após ter dificuldades para criar chances de perigo, levantou a torcida com duas oportunidades seguidas. Aos 17min, Dagoberto tabelou com Rivaldo e errou o alvo por muito pouco. Pouco depois, Fernandinho se livrou de Henrique e soltou uma bomba. Marcos salvou os alviverdes.

A equipe de Felipão se refez rapidamente dos sustos e pressionou, explorando principalmente o lado esquerdo da zaga tricolor e as bolas aéreas. Aos 27min, Luan pegou a sobra depois de cobrança de escanteio e, mesmo caído no chão, acertou uma bicicleta. Ceni saltou e evitou o golaço. A partir daí, porém, a partida caiu tecnicamente, com sequência de erros de passes e nenhum lance de perigo.

Coube a Dagoberto, em jogada individual, a missão de acabar com este panorama. O atacante recebeu passe de Rivaldo na entrada da área, deu belo drible em Leandro Amaro e tocou por cobertura sobre Marcos aos 42min. Golaço e 1 a 0 para os donos da casa. No intervalo, o treinador palmeirense trocou Márcio Araújo por Maikon Leite e colocou o time mais para frente.

A equipe alviverde dominou o segundo tempo e, além de não deixar o São Paulo ficar com a bola, ameaçou nos cruzamentos. Aos 10min, Kleber alçou na cabeça de Patrik, que viu Rogério Ceni defender no reflexo. Pouco depois, porém, o goleiro nada pôde fazer. Marcos Assunção cobrou falta da esquerda e Henrique desviou para as redes aos 17min. Foi o primeiro gol do zagueiro após sua volta ao clube.

O Palmeiras continuou mais perigoso após o empate, e Adilson decidiu mexer no time. Fernandinho, que irritou a torcida com uma sequência de passes errados, deu lugar a Marlos. O São Paulo até melhorou, mas não pressionou com ênfase e ainda ficou exposto a contra-ataques. Os técnicos ainda fizeram alterações após os 30 minutos, mas a igualdade no placar prevaleceu, com as equipes mostrando pouca inspiração e só assustando em bola parada.

Antes de mais um clássico no Brasileiro, os dois times voltam as atenções para a Copa Sul-Americana, torneio no qual precisam vencer para avançar. Derrotado por 2 a 1 no jogo de ida, em Fortaleza, o São Paulo recebe o Ceará na próxima quarta, no Morumbi. No dia seguinte, o Palmeiras encara o Vasco no Pacaembu tentando reverter a boa vantagem de 2 a 0 aberta pelos cariocas em São Januário.

SÃO PAULO 1 x 1 PALMEIRAS

Gols
SÃO PAULO:
Dagoberto, aos 42min do primeiro tempo

PALMEIRAS:
Henrique, aos 17min do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; João Filipe, Xandão e Rhodolfo; Piris, Wellington, Carlinhos Paraíba, Rivaldo (Cícero) e Juan; Fernandinho (Marlos) e Dagoberto. Técnico: Adilson Batista

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Rivaldo; Chico, Márcio Araújo (Maikon Leite), Marcos Assunção e Patrik (João Vitor); Kleber e Luan. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Cartão amarelo
PALMEIRAS: Cicinho

Árbitro
Cleber Wellington Abade (SP)

Local
Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627