Romero cobra a retomada das obras da transposição do São Francisco

Publicado em segunda-feira, dezembro 5, 2011 ·

canal-do-sao-francisco-1A paralisação das obras da transposição do rio São Francisco foi denunciada na tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília, pelo deputado federal da Paraíba, Romero Rodrigues (PSDB/PB).

Ele disse que há “de nossa parte e da parte de toda a população nordestina o conhecimento da importância dessa obra estruturadora especialmente para o Nordeste setentrional. Ao comunicar essa paralisação, também faço, neste instante, um apelo ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que é nordestino e conhecedor da importância dessa obra, até porque sua própria origem vem das margens do Rio São Francisco”.

Romero salientou que “paraibano que sou, conheço como ninguém a importância dessa transposição não apenas para o Estado da Paraíba, mas para parte do Estado de Pernambuco, para o Estado do Ceará e para o Estado do Rio Grande do Norte. Na Paraíba, no eixo leste, por exemplo, visa levar abastecimento de água ao Estado, entrando pelo Município de Monteiro, chegando até o Município de Boqueirão, através do Rio Paraíba, e desaguando no Açude Epitácio Pessoa, também denominado de Açude Boqueirão, que abastece vários outros Municípios”.

Registrou, inclusive, que o Município de Campina Grande sofreu, em passado não muito distante, uma grave crise de abastecimento de água. Basta lembrar que, na época, o Açude Epitácio Pessoa, de Boqueirão, chegou a ter apenas 16% de sua capacidade hídrica. Foi uma grande preocupação não apenas para Campina Grande, mas para vários outros Municípios do Compartimento da Borborema que são abastecidos pelo Açude Epitácio Pessoa, pela incerteza da continuidade do abastecimento de água para praticamente um milhão de habitantes. Um milhão de pessoas recebem o abastecimento pelas adutoras advindas do Açude Boqueirão.

Acentuou que a transposição do São Francisco visa, sobretudo, nesta área geográfica por mim relatada, tornar-se exatamente um ponto importante de sustentabilidade hídrica, através do Açude Boqueirão, para várias cidades paraibanas, especialmente Campina Grande, que tem uma população de aproximadamente 400 mil habitantes. Campina Grande é um grande polo de educação, de saúde, de tecnologia, com indústria forte e comércio pujante.

“Evidentemente, a incerteza da continuidade do abastecimento hídrico gera toda uma insegurança aos demais Municípios da região por todos esses aspectos relacionados à necessidade e à importância da transposição, a fim de dar sustentabilidade hídrica ao Açude Epitácio Pessoa”, disse.

Finalizando afirmou que “sou conhecedor da sensibilidade do ministro da Integração Nacional. Apelo que sua Excelência possa, o mais rápido possível, recomendar, exigir, tomar todas as providências cabíveis no sentido de retomar a obra de transposição do Rio São Francisco, obra essa, repito, super importante, redentora para todo o Nordeste Setentrional”.

Assessoria para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627