Reunião de docentes e ministério amanhã pode resultar em greve na UFPB e em todo país

Publicado em segunda-feira, agosto 8, 2011 ·

sala deaulaO Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES) realiza nesta terça-feira (9) uma reunião com o Ministério do Planejamento que irá definir que fim terá a mobilização dos professores do ensino superior. Em caso de uma proposta agradável, os docentes podem encerrar o movimento de imediato, caso contrário, a paralisação em todo o país é quase certa.

Segundo o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (Aduf-PB), Ricardo Lucena, o Andes apresentou ao Planejamento um requerimento de uma proposta emergencial no dia 20 de julho e até agora não recebeu nenhum posicionamento do Governo.

Lucena declarou que os docentes estão aguardando a posição que o Ministério irá tomar na reunião de terça. “Por ser emergencial a negociação é imediata, se a proposta for interessante, então encerramos o movimento antes mesmo de começar a greve. Por isso vamos esperar antes de tomar qualquer posição”, explica.

De acordo com o presidente da Aduf, a posição do corpo de docentes da UFPB deve ser definida ainda nesta quarta-feira (10). “Caso não seja apresentada qualquer proposta, poderemos sinalizar greve”, diz. Caso seja deflagrada greve na UFPB, cerca de 25 mil alunos ficarão sem aulas.

As reivindicações para a proposta emergencial incluem reajuste do piso salarial e do plano de carreira. Segundo Lucena, os docentes não querem a criação de uma nova categoria na escala do professor universitário.

Paraíba.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627