Rede virtual estimula professores a discutir sobre Tecnologia Social na escola

Publicado em quarta-feira, junho 15, 2011 ·

Rede virtual e professoresUm espaço destinado para debates e discussões sobre o conceito de Tecnologia Social (TS) e de disseminação do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social e do Concurso Ensinar e Aprender. Essa é a Rede de professores Ensinar e Aprender, um site lançado no mês passado pela Fundação Banco do Brasil (FBB) e Revista Fórum.
Claiton Mello, gerente de comunicação e mobilização da FBB e um dos idealizadores do projeto, explica que a rede é “fruto do Concurso Ensinar e Aprender – Tecnologias Sociais”. O concurso, destinado a professores da rede pública de ensino, acontece desde 2008, sempre nos anos pares. Os vencedores são convidados a, no ano seguinte, participar de mesas e debates sobre educação e tecnologias sociais no Fórum Social Mundial (FSM).
Na primeira edição, o Concurso recebeu mais de 2.600 inscrições e, no ano passado, mais de 3.000. Segundo ele, os participantes das duas edições foram convidados a integrar a rede, a qual pretende ser uma “sequência” dos concursos. “A gente espera que, com a Rede, os professores dialoguem entre si sobre os conceitos da tecnologia social e sobre temas específicos em grupos de debate”.
A ideia é que os professores discutam mais sobre a tecnologia social em sala de aula e com a comunidade. Segundo Mello, a discussão da TS na escola é importante porque “leva a outra dimensão de tecnologia”, ou seja, muda a concepção de que tecnologia é somente “tecnologia de ponta”, equipamentos modernos. “Existe outro tipo de tecnologia, a tecnologia social”, comenta.
Além disso, a discussão da TS na escola ainda auxilia no aprendizado do estudante. O gerente de comunicação e mobilização social da FBB cita como exemplo a iniciativa de Edinalva Oliveira, diretora de uma escola de ensino fundamental de Arapiraca, interior de Alagoas. A educadora venceu o Concurso Ensinar e Aprender – Tecnologias Sociais de 2008 da região Nordeste com a iniciativa de Farmácia Viva.
Edinalva decidiu fazer uma horta fitoterápica na escola. Com isso, aproveitou a atividade para discutir com alunos, pais, professores e funcionários questões como cultivo de plantas, ervas medicinais e automedicação. Os participantes passaram, assim, a conhecer as plantas e a utilizá-las para fins medicinais, prestando atenção para as indicações de cada uma.

Prêmio FBB
A Fundação Banco do Brasil recebe inscrições até o próximo dia 30 de junho para o Prêmio FBB de Tecnologia Social. Podem participar instituições sem fins lucrativos em uma das nove categorias: regionais (um prêmio para cada região) e especiais: “Direitos da Criança e do Adolescente e Protagonismo Juvenil”, “Gestão de Recursos Hídricos”, “Participação das Mulheres na Gestão de Tecnologias Sociais” e “Tecnologia Social na Construção de Políticas Públicas para a Erradicação da Pobreza”.
Para participar da Rede, acesse: http://www.aprenderensinarts.com.br/index.php

Karol Assunção
Do Adital
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627