RC admite Cássio como a maior aliança, mas não esquece Efraim, Damião e Luiz Couto

Publicado em sexta-feira, setembro 20, 2013 ·

ricardo-conexaoO governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu que a maior aliança do PSB na Paraíba se dá, neste momento, com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). No entanto, o socialista não deixou de lembrar o secretário de Infra-Estrutura, Efraim Morais (DEM), a quem chamou de “grande aliança”, deixando claro que é a segunda maior força. Os nomes de Damião Feliciano (PDT) e Luiz Couto (PT), também foram lembrados.

 

Segundo Coutinho, as forças da oposição tentam separar ele de Cássio há muito tempo, desde que não conseguiram construir uma outra via política de fôlego.

 

“Aqui na Paraíba tem muita gente que faz política e não gosta de administração pública, porque provavelmente não interessa ver a Paraíba mudando tanto. Se pega, com unhas e dentes, em detalhes e discussões, que efetivamente buscam muito mais dividir do que somar. O grande mote daqueles que se opõem a mim, e ao governo que eu represento, ao longo de todos esses tempos depois que perceberam que não conseguiram emplacar outra candidatura, o grande mote, é tentar separar uma aliança. E uma aliança onde você não tem dependência”, revelou.

 

Pela ótica do governador, o senador Cássio tem a sua historia e é maior de idade para saber o que está fazendo. Coutinho garantiu que vê o tucano como “um companheiro na caminhada”. O governador contou ainda que esteve na terça-feira (17) com Cássio em Brasília, mas o encontro não precisou ser documentado para que outros vissem.

 

 

“Porque nós fazemos isso seguidas vezes. Enquanto isso tem gente, principalmente a oposição, que evidentemente coloca o seu despreparo e desespero ao dizer que não tem alternativa e tenta jogar na divisão”, avaliou o chefe do executivo estadual, naturalmente falando da ala do PSDB liderada pelo senador Cícero Lucena (PSDB), parte do Blocão e do próprio PMDB.

 

 

Coutinho revelou que está apaixonado pela administração do estado e com isso demonstrou desejo de permanência no Governo. Para isso, sinalizou que que tem se empenhado em tratar com consideração os aliados.

 

“Eu tenho uma carga administrativa e eu particularmente estou profundamente apaixonado e envolvido por ela, que são as coisas que nós estamos fazendo. Ao mesmo tempo eu tenho procurado, dentro dos limites, procurado construir e convergir cada vez mais as relações com os nossos aliados”, explicou.

 

O governador revelou a importância das forças que compõem o governo e as nominou, deixando claro a grandeza de cada uma.

 

“Evidentemente que Cássio é o nosso principal aliado. Evidentemente que Efraim Morais é nosso grande aliado. Evidentemente que Damião Feliciano é nosso aliado, que Luiz Couto é nosso aliado. Nós temos dentro desse projeto. Todo mundo é satisfeito? Ora, nem eu sou satisfeito. Porque todo mundo ou alguém estaria satisfeito? A politica é assim mesmo. Será que em algum momento da historia da politica alguém estarai plenamente satisfeito?”, argumentou.

Paulo Dantas

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627