Monitoramento

Queimadas: Paraíba já registrou 103 focos de incêndio só este ano

Publicado em quarta-feira, setembro 4, 2019 ·

O tamanho do estrago das queimadas na floresta amazônica ainda é incerto, mas o certo é que elas podem afetar o clima no Nordeste. Mesmo estando longe da floresta “pulmão do mundo”, a Paraíba pode sofrer com os efeitos das queimadas.

A fumaça que se espalha entre o centro e o sul da África, na altura da República Democrática do Congo, Zâmbia e países vizinhos, já está alcançando o litoral do Nordeste.
Na Paraíba, a Associação Paraibana de Astronomia (APA), identificou que o pôr do sol está mais avermelhado recentemente, algo normalmente percebido somente na época de colheita da cana, o que não é o caso.

Segundo o Centro de Monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), setembro começou com 10 focos de queimadas ativos na Paraíba e foram registrados 103 até o fim de agosto deste ano, número pouco menor que os 102 vistos no mesmo período de 2018.

A partir de imagens de satélite, a APA concluiu que a alteração na coloração do céu de João Pessoa não vem das queimadas no estado, mas das que ocorrem no continente africano, que estão espalhando fumaça também no litoral do Nordeste por meio de correntes de vento que atravessam cerca de 6 mil km do Oceano Atlântico.

O geógrafo e professor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) Hermes Alves de Almeida aponta que a Amazônia é importante não somente para o Brasil, mas para todo o planeta. Um estudo divulgado no ano passado pela Universidade de São Paulo (USP) apontou que o bioma é um dos maiores estoques de carbono em ambientes terrestres do mundo.

Em 2018, o setor de Estatísticas do Corpo de Bombeiros registrou 1.565 incêndios em vegetação, terrenos baldios ou em resíduos em todo o Estado.

SL
PB Agora

 

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627