Queda e coice: Palmeiras pode perder mandos de campo na Série B

Publicado em terça-feira, novembro 20, 2012 ·

Em menos de uma semana após ter o rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro confirmado, o Palmeiras pode receber mais uma notícia nada agradável para o ano de 2013. O time paulista será julgado na próxima sexta-feira (23/11) por conta da violência de seus torcedores, que agrediram policiais militares no jogo contra o Botafogo, pela 34ª rodada da competição, em Araraquara. Com risco de grave multa e perda de mandos de campo, o clube estará na pauta da Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Cumprindo punição imposta pelo STJD por conta da indisciplina de sua torcida no Pacaembu, o Palmeiras mandou a partida contra o Botafogo no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara, interior de São Paulo. No empate em 2 a 2, mais uma vez os palmeirenses não se comportaram bem e podem prejudicar o time na próxima temporada.

Na súmula da partida, o árbitro Elmos Alves Resende Cunha relatou as agressões sofridas pelo tenente Zacheto, pelo solado Tasso e pelos cabos Vicente e Lucélia, todos da Polícia Militar. O tenente, inclusive, teve seu capacete danificado pela torcida do Palmeiras. Os policiais sofreram escoriações e foram atendidos pela ambulância.

Além das agressões, que puderam ser vistas pelas imagens do jogo, o árbitro também informou sobre o arremesso de uma bomba, direcionada à tropa que tentava apaziguar a rebeldia dos torcedores alviverdes.

Por “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens e o lançamento de objetos”, o Palmeiras será julgado com base no artigo 213, incisos I e III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Entendendo que dois fatos ocorreram, a Procuradoria denunciou o clube duas vezes no artigo. Assim, a multa pode chegar a até R$ 200 mil.

Além disso, por conta da elevada gravidade dos fatos, o parágrafo primeiro do artigo foi incluído à denúncia, que pode tirar até 20 mandos de campo do Verdão. A possível punição, por não poder mais ser cumprida neste ano, deverá ser cumprida no início da Série B do Brasileirão ou na Copa do Brasil, a depender de qual disputa comece primeiro para o clube.

Após analisar as imagens do jogo, a Federação Paulista de Futebol proibiu a torcida uniformizada “G.R.C. Torcida Mancha Alviverde” de entrar em estádios de futebol até a apuração da responsabilidade dos fatos.

Botafogo também será julgado

Na súmula da partida, o árbitro também relatou a demora de três minutos da equipe do Botafogo para entrar em campo. Assim, o clube responderá ao artigo 206 do CJBD, acusado de “dar causa ao atraso do início da partida”, que prevê multa de até R$ 1 mil por cada minuto.

Justiça Desportiva

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627