PSOL afirma sua posição e presença na disputa a Prefeito e vice em Solânea

Publicado em terça-feira, agosto 2, 2016 ·

 

psolNesta última segunda, dia 01 de Agosto, o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), reunido em seu diretório realizou a reunião de convenção para decidir a posição do partido neste ano eleitoral em Solânea.

O PSOL reafirma as cores vermelho e amarelo. Já tendo iniciado sua construção do Plano de governo dialogando com vários setores da população (Jovens, idosos, agricultores, trabalhadores, educadores, ONG’s e etc.) e que contribua com sua agenda de campanha. Reafirma também as pré-candidaturas para concorrerem ao pleito deste ano.

REAFIRMANDO UMA CANDIDATURA DE MULHER, DE ESQUERDA E DE LUTA

O Partido que já apresentava as pré-candidaturas de Rosangela Vital a prefeita, e Sedru Cavalcanti a vice-prefeito, após debates da atual conjuntura, pela necessidade de manter sua posição de esquerda e de opção por outro jeito de fazer política para Solânea, deliberou e reafirmou que “haverá sim, uma nova voz a apontar caminhos para o real desenvolvimento de nosso município!” é o que afirma o secretário do partido Luís Carlos.

Dos nomes apresentados, o de Rosa (Rosangela Vital) foi reafirmado para concorrer ao cargo de prefeita do município. Afirma que coloca o nome a disposição do partido e do povo de Solânea para a disputa, fazendo uma campanha limpa, sem corrupção e na defesa dos interesses do povo de Solânea.

FAZER DIFERENTE EXIGE OUSADIA E ALEGRIA

“Há muito que desejava tornar a eleição em Solânea um espaço de disputa de ideias, de projetos, e não de interesses de grupos A ou B. Seremos os pioneiros nesse processo de democratizar a política em Solânea, que anda tão desacreditada. Fazer a crítica é necessário. Sei que é uma ousadia, mas vamos por a cara a tapa e enfrentar mais essa batalha e dizer: SIM! Solânea tem opção, tem PSOL!”, declarou Rosângela Vital.

“Os desafios que se apresentam para o PSOL são inúmeros. A possibilidade de sermos uma alternativa real para Solânea tem incomodado os poderosos, pois estamos representando aos olhos de Solânea a opção que vem verdadeiramente do povo, e que não cede, nem cederá, a nenhum dos grupos e famílias que já vem historicamente comandado Solânea.”, declarou Sedru Cavalcanti.

A participação ativa, e não apenas meramente figurativa de mulheres e homens do povo, jovens, negros, LGBT, trabalhadores e trabalhadoras municipais na construção do partido, terá reflexo n construção do programa o partido para o município, e na representatividade durante a convenção.

A alegria de consolidar nossa oposição a esses grupos familiares que tem conduzido Solânea sem pensar no povo, com uma candidatura própria, trazendo uma ACS e um dentista de PSF para representarem essa oposição diz muito das possibilidades que o povo tem de se reconhecer de forma ativa na condução de sua política. Vamos mostrar que o povo não precisa votar em patrão, não precisa votar em coronéis. O servidor pode sim votar em servidor. A mulher pode sim votar em mulher. O jovem pode votar em jovem.

CAMPANHA LIMITADA

Respeitando as limitações e impossibilidade impostas pelo seu atual estado de saúde, a candidata escolhida na convenção do PSOL contará com o apoio dos companheiros e companheiras partidários e simpatizantes para cumprir toda a agenda de campanha, quando se iniciar o período apropriado no calendário eleitoral.

Todo apoio à companheira foi confirmado durante a convenção, por parte dos presentes, se dispondo a fazer o máximo que possam para divulgar a campanha nos dias e lugares que a mesma não possa estar.
Outra limitação do Partido em Solânea é que com pouco mais de um ano de existência no município, mas com certeza de que se misturar com antigas praticas seria impedir o nascimento de novas práticas, não fez coligação e sairá com a chamada Chapa “Puro-Sangue”.

Ainda sem o fundo partidário, a limitação financeira colocará para o partido o desafio de fazer uma campanha mais criativa e alternativa,
“A posição do PSOL é de uma reeducação politica”, como afirmou o secretário municipal do Partido, Luís Carlos, e com essa concepção o partido conta com a atuação militante dos filiados e simpatizantes, criando uma nova consciência política.

A CÂMARA MUNICIPAL

A câmara municipal precisa de uma voz de esquerda lá dentro, pois o atual quadro de vereadores não representa os interesses das populações, principalmente as mais carentes, e sim a de grupos familiares que se revezam no poder, e nos deixam a mercear de um assistencialismo.

Nas eleições desse ano o PSOL concentrará suas forças na disputa pela prefeitura.

O trabalho de base do partido juto às comunidades será nossa arma para controle da atuação da câmara municipal, continuaremos provocando as mudanças e a discussão das pautas que são de interesse público.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS









ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627